Posts Populares

Step Up: High Water – S01E08 – Episode 8

Sobre despedidas e vulnerabilidade.

Com o término da temporada se aproximando, a série derivada da franquia “Se ela dança, eu danço”, aproveita mais um episódio para mostrarnos um lado mais vulnerável de alguns personagens, dando inclusive rumos mais certeiros, enquanto que outros parecem estar nos deixando.

Ao ver o vídeo promocional deste episódio, fiquei pensando que a produção tinha pretensões de alongar esse plot de Janelle e Poppy na cadeia, por mais que elas não viessem a passar tanto tempo. Mas certamente eles não estão preocupados com isto, o negócio deles é jogar os personagens na dança e na música, agregando um certo drama no decorrer disso.

Não vou mentir em dizer que não fiquei triste pela saída de Odalie Ashley, mas era realmente o certo a si fazer. Só senti uma brecha entre o ship Odavis, pois de repente parecia que ele havia deixado tudo que tinha acontecido de lado. O que acontecerá com o apartamento cedido a Davis, uma vez que Ashley estará fora do bairro? Difícil dizer, mas espero que ela volte num futuro não tão distante. Fico feliz que, caso a personagem não retorne, deram oportunidade à Jade Chynoweth de mostrar suas belas habilidades na dança.

Sem Johnny One, King, Tal ou Davis em destaque, este foi o momento de conhecermos um pouco mais sobre a questão familiar que envolve Poppy. Provavelmente não irão falar mais sobre o acontecido das meninas terem sido detidas, pois senti que o ciclo em relação a isto teve desfecho ainda neste episódio. Acho lindo que em Step Up: High Water, por mais que haja uma preferência, eles sempre tentam trazer os vários ritmos envolvidos com dança, a performance com requintes afro teve um valor simbólico marcante para mim. E o melhor de tudo foi a revigorada sentida por Poppy ao fim da música.

Me incomoda saber que os créditos dados a Naya Rivera são de “participação especial”, se fica nítido a importância e assiduidade dela na série. Collette é provavelmente a personagem que mais contracenou com todos os outros, mas deve ter um motivo para a atriz ter sido creditada desta maneira. Felicidade mesmo foi não ter visto East O, Marquise e Sage neste episódio, já não sentimos o cheiro de embuste no ar.

Já o drama envolvendo os gêmeos e Rigo com Poppy tiveram enfoque desta vez. Senti falta de tio Al, gostaria muito de ver o que ele teria a dizer sobre a detenção de sua sobrinha, mas o que não faltou foram lágrimas neste episódio. Não sei se gosto da ideia de ter Poppy e Rigo juntos novamente, mas Kendra Oyesanya fez um bom trabalho ao desabafar sobre o que havia sentido no momento em que foi algemada, bem como o apoio que queria receber de sua mãe. Foi inesperado, mas uma grata surpresa, pois acabei gostando de Poppy mais ainda após tudo isso.

Visto o pequeno vídeo promocional que é mostrado após o término de cada episódio, vi que teremos umas tretas em breve. Sendo assim, como prometido, trago o link do episódio sem legenda, aos interessados basta clicarem aqui. No mais, aproveito e convido-lhes para compartilharem suas opiniões sobre o episódio e/ou review e, se possível, darem dicas ou sugestões, pois tudo é bem vindo. Espero encontrá-los em breve, abração e até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu