Posts Populares

Supergirl – S02E12 – Luthors

Luthor! Um nome que deve ser respeitado! 

Se nos últimos episódios critiquei o tempo dado aos plots envolvendo Guardião e todo blá blá um pouco desnecessário, podemos dizer que “Luthors” deixa isso tudo pra trás e coloca uma trama envolvente, cheia de reviravoltas e tensão. Como sempre aquele clichê onde apenas Kara acredita em Lena, todos as evidências apontam o contrário, mas nossa heroína prefere seguir sua intuição.

O retorno de Lena Luthor envolve o então julgamento de sua mãe Lilian Luthor. Lena até o presente momento se mostra uma verdadeira amiga que Kara Denvers não tem, e a mesma se mostra a amiga que Lena Luthor nunca teve. Conhecemos um pouco mais sobre o passado de Lena, e sinceramente amo quando os personagens são desenvolvidos com coerência, e isso foi feito de forma tão natural com Lena até aqui, que temos que parabenizar a atriz e os produtores. Todos flashbacks e uma conversa sincera de madrasta e filha nós revelaram que Lena é realmente uma Luthor, tem o sangue do seu pai e logo tem um laço sanguíneo com Lex Luthor.

De forma esplendorosa, vemos que um vídeo vazado mostra Lena roubando um artefato de um cofre, uma arma importante e ela acaba sendo presa, como nada é feito sem motivos, logo descobrimos que Metallo que novamente tem um coração de kryptonita que resgata a moça, mesmo contra sua vontade aparentemente. Nesse momento tivemos aquela cota de minutos para James Olsen aparecer no episódio.. zzzzz

Excluindo essa aparição desnecessária de James Olsen, logo descobrimos a real motivação de Lilian levar Lena até aquele galpão criado por Lex, ela precisava das impressões digitais de um verdadeiro Luthor para conseguir acessar um acervo cheio de armas e de um objeto específico que poderia auxiliar a Cadmus a eliminar os extra terrestres de uma vez por todas.

Além de Metallo, Lilian tem ainda o Superman Cyborgue ou o verdadeiro Hank Henshaw se vocês preferirem, e quando vimos que Lena estava na mãos dos bandidos e apenas Supergirl poderia salva-la fiquei esperando uma grande batalha, e teve um confronto bem simples até, mas enfim dado a ameaça da explosão do Metallo que tava dando defeito, foi uma boa saída. Acabou que J’onn Joonz aparece para ajudar Supergirl e assim ela acaba salvando Lena.

Em resumo a saída foi simples, Supergirl acreditou em algo e provou seu ponto, mostrou que a esperança vale a pena. Até o momento Lena Luthor se mostra diferente de sua família, mas aquela cena final do jogo de tabuleiro e a forma como ela jogava com seu irmão deixou claro que podemos esperar uma Lena atravessando para o lado escuro da força!

Concluindo o episódio nosso OTP maior agora que Alex tem seu amor, quase aconteceu, Mon El e Kara estavam quase lá quando aparece aquela figura estranha chamada de Mxyzptlk, fiquei bem sem entender, mas vamos aceitar que o primeiro beijo de Kara e Mon El ficou pra depois.

P.S. Amei o momento que Alex apresenta Sawyer para os amigos! <3 São esses pequenos momentos que fazem a diferença em um roteiro bem construído.

P.S.2. Kara teria sido facilmente demitida dado sua teimosia ali hahaha! Apesar de sabermos que ela estava correta, era óbvio que o jornal deveria publicar as noticias relacionadas a Lena.

P.S.3. Tivemos um pequeno close na armadura de combate de Lex Luthor, seria um sinal que Lena poderia vir a utiliza-la?

 

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Amado por 30 milhões de Brasileiros! Paulista, Canceriano, 25 anos, Químico e atualmente faço Doutorado em Biotecnologia e Polímeros. Me achou nerd neh? Sou mesmo! Amo uma boa banda alternativa/indie, fã número 1 de Imagine Dragons e adoro perder um bom final de semana maratonando séries! P.S. Sou bêbado também gente, me chama para uma cerveja e para falar de série!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu