Panela de Séries » Arquivos Supergirl - S03E18 - Shelter from the Storm - Panela de Séries

Posts Populares

Supergirl – S03E18 – Shelter from the Storm

Parece está nascendo uma rivalidade que não queríamos.

Depois do interminável hiatos de supergirl, achei que a temporada voltou fraca nos episódios em si, porém nos plots de ligação para a história central da Reign como vilã achei que desenvolveu bastante, ainda mais com o episódio passado terminando com a Reign querendo matar a Ruby e com a morte de duas das três matadoras do mundo, que por incrível que apreça achei bem fraco a forma que foi, pois esperava embates mais sangrentos para concretar essas mortes.

O episódio começa com aquela melação chatíssima da Lena com o James, só que eles foram surpreendidos com a Reign os atacando procurando a Ruby, pois sabe que a única maneira da Sam desconectar da Reign de vez, só que Luthor consegue os defender e ela foge. Enquanto esse ataque acontecia no QG da DOE infelizmente estava acontecendo a despedida da legião de heróis, que é um dos pontos positivos da temporada, mas até a despedida da Kara com o Mon-El, que ainda estou em dúvida se Shippo ou não, foi interrompida pelo alerta do ataque contra a Lena a procura da Ruby.

Amei que enquanto conversavam com a Lena, ficamos sabendo que a Ruby estava na mansão mega secreta do Lex Luthor e a Alex ficou encarregada de ir conversar com a Ruby, enquanto a Supergirl e o J’onn foram até a mãe da Sam para proteger, que logo ao ver a Supergirl disse que saia que a filha era a Reign e ainda contou que se sentia culpada por ter expulsado a filha nova de casa ☹.  A Alex na casa do Lex continuou mentindo porque a mãe da Ruby não falava mais com ela, porém não entendo porque mentir, as vezes a verdade na hora do ato é melhor do que procrastinar mentiras.

Enquanto estavam na casa da mãe da Sam para proteger ela, Supergirl e J’onn perceberam que a Reign estava chegando e tentaram armar uma armadilha para ela, que a principio deu muito certo, mas tudo foi para os ares ao descobrirem que ela tem os poderes das outras matadoras e com Patrícia saindo de casa tentando recuperar a filha, só que a Reign não teve piedades para ataca-la, que depois acabou morrendo.  Enquanto na terra estava toda essa loucura os Legiões estavam voltando a vida deles, com o Mon-El claramente querendo ficar, ainda mais com o Brainiac fazendo os cálculos e aumentando a possibilidade de vitória da supergirl em cima da Reign caso um membro ficasse, deixando o Mon-El com dúvidas e a Imra pensativa.

O James que sabe do segredo da Lena em produzir Kryptonita tentou convencer a Luthor a contar para a heroína, só que ela estava com medo por conta de tudo que o Lex já fez, mas claramente com mais C* doce do que qualquer outra coisa, mesmo a supergirl sendo bem infantil em umas atitudes, creio que ela entenderia.  O pai do J’onn que com a demência perdeu ainda mais função na série, precisava de algo e foi ao procurar um ponto forte da supergirl sobre a Reign, que no caso seria a humanidade e coração, que o J’onn decidiu colocar seu pai na história, já que ele conseguiu alcançar o coração dos marcianos brancos, que negou ajuda, mas ajudou eles sem nem saber, utilizando o código de justiça que a Reign diz ter.

Quando estavam quase chegando a ruptura a Irma me surpreendeu e surpreendeu o Mon-El para que ele voltasse e ajudasse a supergirl, deixando ele até confuso sobre o que deveria fazer, já a Lena foi até a supergirl entregar Kryptonita para derrotar a Reign, só que ela agiu mal, como já era esperado e a Lena simplesmente pisou na cabeça da infantil da Kara, ainda mais quando disse que ela tinha complexo de Deus, como sempre achei o Superman em todas as histórias que já vi da DC.

A maior burrice da história foi ter levado a Alex para visitar a Ruby, que com isso conseguiu usar o telefone, só para a Reign ouvir para ir até a mansão do Lex, o que me deixou bem puto, porque era só deixar a menina quieta, que ninguém nem lembraria mais dela lá, mas  A Reign foi e começou a melhor luta do episódio com o Mon-El que decidiu voltar(usando Kryptonita) e com a supergirl, mas nada foi o bastante para derrotar a Reign, inclusive com a Ruby descobrindo que a Reign é sua mãe, deixando a menina sem reação alguma.

A Supergirl sabiamente deu uma de conselheira e usou as palavras para impedir a Reign de atacar a Ruby e deu certo, deu tão certo que deu tempo do Mon-El atirar Kryptonita na vilã e deixa-la desacordada, para inclusive levar ela para as instalações da Lena, que inclusive ouviu o pedido de desculpas da supergirl, finalmente, mas com uma baita batata na mão para assar, que era achar a cura para a Reign. A SUPERGIRL AO PERGUNTAR O Mon-El da sua volta ele foi sincero com o porque, mas sabemos que teve um algo a mais, que era justamente seu sentimento por ela, mas ficou com receio de contar.

A relação do J’onn com seu pai está até bonita para a série, mesmo não acrescendo em nada na história central da série, está bonita de se ver, ainda mais com esses pequenos atos entre eles, porque a demência está destruindo ele, só que ainda acho que isso possa ajudar a supergirl em algum momento. A Alex depois de toda a cagada que fez, teve que abri o jogo para a Ruby e prometendo que trará a mãe, sendo que nem ela sabe de nada como fazer isso e faz promessa, que saco isso. Por fim, venho o melhor, que foi mais um pisão da Lena em cima da Kara, falando que não confiava mais na supergirl por causa dos acontecimentos de mandar o James investigar o cofre, claramente a Lena sabe da identidade da supergirl e decidiu pisar na Kara para interferir o ego da heroína.

A Supergirl está cada vez mais insuportável, se achando um Deus assim como seu primo sempre achou e isso está me dando um ódio mortal, ainda mais com a série querendo colocar Lena Vs Supergirl e me fazendo torcer para uma Luthor. Por mais que a série esteja caminhando para derrotar a Reign, como por exemplo o caso da Tonya pegar o livro que aparentemente de bruxaria e será utilizado, mas por demais a série está enfraquecida em partes.

Então é isso, um beijo e até mais.

 

 

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu