Panela de Séries » Arquivos The 100 - S05E13 - Damocles (Parte 2) [Season Finale] - Panela de Séries

Posts Populares

The 100 – S05E13 – Damocles (Parte 2) [Season Finale]

Sejam bem-vindos a uma das melhores e mais surpreendentes Seasons Finales de The 100.

CONTINUAÇÃO…

O que esperar do último episódio de uma eletrizante quinta temporada que do começo ao fim apresentou o enredo mais coerente da toda série? Um final digno e eletrizando que ligou toda a história de uma forma inexplicável. Quer saber mais? Então se segure nessa cadeira e se prepare para os Spoilers!

Como terminara o último episódio, Madi e Echo conseguem resgatar Bellamy, Octavia e companhia, salvando os e levando nos para de volta de seu povo. Chegando ao local, Madi é imediatamente reconhecida como a verdadeira Heda. Ao perceber a reação das pessoas ao ver a comandante, Octavia logo levanta sua espada e vai em direção a menina. O que todos pensavam que seria mais uma atitude desorientada de blodreina, nos rendeu uma das maiores surpresas: Octavia finca sua espada no chão e se ajoelha diante sua verdadeira Comandante.

Madi com o auxilio de Gaia, consegue acessar os espíritos dos comandantes e pedi-los ajuda. Nesse momento eu tive a esperança de que teríamos uma breve participação de Lexa, mas infelizmente não tivemos esse prazer. Heda, então, conseguira pensar em um plano para poder chegar ao Vale.

Enquanto isso, Raven e o Piloto foram feitos de refém por McCreary e o general tortura Miles até que sua namorada decide ajudá-lo com os mísseis. Nesse instante, Clarke chega ao local com Diyosa como refém. A menina tentara fazer com que McCreary desistisse de lançar o míssil, o que é em vão.

Ao colocar o plano de Madi em prática, Bellamy e Echo atiram contra suas armas supersônicas a fim de ricochetear a energia liberada pelo equipamento, fazendo com que o mesmo explodisse matando a todos. Com o caminho livre, Wonkru avança em direção ao Vale.

McCreary percebe que seu time está perdendo ao ouvir que o exercito inimigo havia entrada no Vale e toma então uma atitude drástica. O vilão aciona os mísseis para atingirem o local, matando a todos que estão nele, inclusive ele próprio. Clarke então consegue deter o coronel e começa a montar seu plano de evacuação.

Ao exército Wonkru chegar ao Vale, escuta-se uma sirena de evacuação tocar. Clarke rapidamente aparece e informa a situação crítica que estava para acontecer e que eles teriam menos de 10 minutos para colocar todos de volta na Nave.

O COMEÇO DO FIM DO MUNDO

Todos começam a se movimentar para evacuar o local, mas alguns entraves acontecem. Murphy é atingido e não consegue andar, além disso alguns feridos precisam ser transportados até a nave e eles não teriam tempo suficiente para chegar a ela. Dra. Griffin tenta salvar a vida de Kane e Octavia a encontra e após fazerem as pazes, as duas seguem para a nave.

Com a nave quase cheia, Murphy e Monty eram ainda os únicos que faltavam e o tempo estava no fim. Bellamy se recusa a ir embora sem seus amigos e Clarke se viu de novo com a decisão de escolher quem vive e quem morre. Dessa vez ela escolheu que vive, manteve a porta aberta até que no último segundo, literalmente, eles conseguem embarcar na nave e seguir viagem para o espaço.

NO ESPAÇO

Chegando na Eligius, eles percebem que a terra já não teria nenhum lugar habitável mais para voltarem. Além disso, os mantimentos da nave não eram suficientes para manter quase 500 pessoas vivas até que a terra se recuperasse de alguma forma.

A única saída que restara era que eles se congelassem por 10 anos, tempo mínimo para que a terra voltasse a se restabelecer e então pudessem voltar ao planeta “azul”. Assim todos se congelaram e esperaram, até que…

125 ANOS DEPOIS…

Bellamy e Clarke são repentinamente acordados e se deparam com a presença de um estranho jovem japonês com cabelos loiros. O jovem então se apresenta como Jordan, filho de Monty e Harper. Chocante não? Sim, mas não para por aí.

Monty deixa um breve vídeo onde explica o porquê de tomarem a decisão que tomaram e o que estaria acontecendo lá. Harper e Monty decidiram não se congelar e observar como o planeta iria evoluir conforme o tempo fosse passando. O tempo foi passando e a terra não melhorava. Harper fica gravida, tem um bebe e eles optam por manter fiscalizando a evolução do planeta.

Monty percebe que mesmo com o passar do tempo previsto, o planeta Terra não estaria voltando mais a sua forma sustentável para a sobrevivência de vida e então percebera que ela nunca mais voltaria.

Foi ai que ele começou a buscar e pesquisar sobre o real objetivo das expedições Eligius e tudo começa a fazer sentindo. A expedição não era para manter as pessoas até que o Planeta Terra se encontrasse a salvo. As naves Eligius fora criada para enviar pessoas para um novo planeta, um planeta com as condições parecidos com as da Terra e totalmente habitável.

Descobrindo a existência desse planeta, Monty decide congelar seu filho após anos terem se passado. Ele ordena que quando fosse descongelado, o menino acordasse somente Clarke e Bellamy e os mostrasse o vídeo que gravara.

Monty termina seu vídeo dizendo que Harper havia morrido e que ele agora se sentira sozinho e pronto para partir também. Antes de partir, Monty programa a nave para ir em direção ao novo planeta e 125 anos depois, cá estamos.

Bellamy e Clarke então olham pela janela e veem uma nova e mais inesperada ainda história que está por vir.

COMENTÁRIOS SOBRE A SEASON

Convenhamos né pessoal? Eu fico impressionado como The 100 consegue misturar uma simples trama adolescente com temas tão complexos e que num futuro não tão distante farão muito sentido.

Se pensarmos, já existem projetos de cidades no espaço loteadas em naves. Além disso, os EUA acabaram de anunciar a formação de uma força espacial, ou seja, um exército do espaço.

Com os avanços das máquinas, internets e sensores, a inteligência artificial já se tornou uma realidade e uma das maiores discussões é até onde essa inteligência pode ir quando começar a aprender sobre o ser humano.Explosões nucleares, Bunkers, isso parece ser tão surreal, mas quando paramos para pensar, vemos que essas coisas realmente estão fazendo sentido e podem muito bem não ser ficção no futuro.

Fechar a temporada com essa nova rota pra série foi perfeita. Quer ideia mais maravilhosa que essa? O maior empecilho do ser humano em viajar no espaço é a relação do tempo. E se o tempo não mais afetasse a gente? E se o tempo passasse, mas não passasse? Genial. Agora nos resta aguardar ansiosamente pela sexta temporada (quem diria) e os mistérios que surgirão juntamente com esse novo planeta.

Como será a vida nesse lugar? Será que mais alguma expedição conseguiu chegar antes deles? Será que eles encontrarão alguém?

Isso só poderemos saber ano que vem. Fiquem ligados nas nossas reviews e especiais do Panela que te deixaremos atualizado de tudo que acontece no mundo das séries.

May We Meet Again

gostou da matéria? deixe um comentário!

Carlos Alberto

Estudante de Engenharia, amante de música, viciado em séries e programas de TV! Fã de carteirinha de The 100, Flash, Game of Thrones e etc, se arrisca escrevendo reviews de suas séries favoritas!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu