Posts Populares

The Crown – S02E05 – Marionettes

Eis que The Crown resolve nos entregar um episódio maravilhoso!

“Marionettes”, quinto episódio dessa temporada, foi um primor! Recheado de conteúdo histórico de qualidade, show de atuação e detalhes sutis e incríveis, o episódio já se tornou o meu favorito da temporada, e é dele que falamos agora.

Falando do tema principal do episódio, temos uma crise constitucional se instaurando na monarquia britânica. E tudo graças a alguns deslizes, provenientes do comodismo de Elizabeth e seus colaboradores. Mas tudo nos é apresentado de maneira muito calma, mostrando os detalhes, as circunstâncias e usando recursos de roteiro interessantes, como começar o episódio em um momento mais adiantado e retornar para explicar o que houve.

E nosso personagem principal nessa história toda não é Elizabeth. Lord Altrincham, um ex-membro da Guarda Real, que aposentado decidiu fundar um jornal com alguns colegas pouco interessados. E logo na primeira aparição deles já observamos um pano de fundo interessante pro momento histórico da série, com uma discussão sobre a criação da União Europeia, por exemplo. Mas fato é que Altrincham quer ser notado, e ele espera o momento certo pra isso: Elizabeth e seus colaboradores acabam errando o tom de um discurso público da Rainha, resultando em um fervor popular mostrando certo descontentamento e falhas da monarca, liderado pelo próprio Altrincham.

Fato é que o jornalista conseguiu mexer com a Rainha e o encontro dos dois foi um dos grandes momentos da série. Elizabeth muito abusada rebatendo as críticas de Altrincham. Eu berrei quando ela falou “O tom da minha voz não está irritante pra você hoje? Avise-me se estiver” KKKKKKKKK Amei! Mas o legal é que o encontro deu um up pra vida da monarquia inglesa, principalmente por Altrincham ser um progressista e ver certas atitudes do Palácio de Buckingham meio ultrapassadas. Num primeiro momento, Elizabeth acatou a ideia de uma rainha mais presente no lar dos súditos, com pronunciamentos televisionados, por exemplo. Além disso, ela aceitou a ideia de visitações no Palácio, tornando-se mais acessível e humana. Eu preciso dizer que adorei quando ela perguntou pra mãe dela quem eram as pessoas chegando. “Vendedor de Carro; Lutador de Box”. E a cada nome uma expressão facial diferente KKKKKKKKKKKKKK

Outros detalhes fizeram do episódio mais pertinente ainda, como Elizabeth escolhendo um novo corte de cabelo, que aliás remete ao penteado atual da Rainha. Mas engraçado foi ver Philip não aprovando e ainda fazendo piada, além de pedir dicas de cabelereiro pra Margareth hahahaha. Também o novo Primeiro Ministro alertando Elizabeth sobre o poder das críticas de Altrincham no governo. Aliás, não sei se vocês perceberam, mas o ator que faz o Primeiro Ministro Macmillan é o mesmo que faz Qyburn, conselheiro pessoal e mão da rainha Cersei Lannister, em Game of Thrones. Esse entende de aconselhamento de rainhas kkkkkkkkkk E ainda temos Patricia interpretada por Gemma Whelan, que dá vida a Yara Greyjoy também em Game of Thrones. Um elenco desses, bicho!

Bom, eu amo esses episódios com referências históricas. Dá gosto de ver tudo o que aconteceu, nos mínimos detalhes. E por isso esse episódio me agradou tanto. Ver um lado diferente da Rainha Elizabeth surgir foi demais. E que atuação de Claire Foy hein! Essa mulher consegue entregar um trabalho impecável e lindo. Uma pena que seus dias na série estão contados…

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu