Panela de Séries » Arquivos The Crown - S02E08 - Dear Mrs. Kennedy - Panela de Séries

Posts Populares

The Crown – S02E08 – Dear Mrs. Kennedy

Um episódio um tanto quanto peculiar

Não sei muito bem formular minha opinião sobre esse episódio, mas acho que ele virá a ser um de meus prediletos da série. Elizazbeth sempre foi o centro aqui e por muito tempo sempre foi a dona do mundo e tinha toda essa atenção para si. Mesmo que ela não se sentisse muito confortável em tal posição de destaque por muitas vezes eu me questionei se algumas atitudes de Elizabeth era para o bem da coroa ou por seu próprio ego. A série surpreende e muito quando relaciona Jackie e Elizabet, pois, aparentemente as duas vivem extremos totalmente diferentes, enquanto Elizabeth é a atração principal do show, Jackie funciona como uma coadjuvante brilhante que serve para destacar o seu marido e ajuda-lo em suas missões. Elizabeth se vê como uma senhora de idade já e acho que devido ao seu status de rainha ela não se sente na obrigação de ser glamourosa ou algo do tipo, ela acha que ser rainha já é o suficiente e eu sei que isso é devido ao fato de muitos ministros colocarem a persona da rainha simplesmente como uma figura emblemática que distrai o público. Quando Jackie apareceu cheia de personalidade, beleza e dotada de muita inteligência, LIz sentiu que o mundo não era mais o mesmo que se contentava com uma boneca de cera que acenava e declarava discurssos prontos. Um belo sinal dessa mudança é o jantar que ocorre no palácio para promover o encontro entre as duas, Liz vê de perto tudo o que o Jackie é e ela passa longe de ser. Lógico que isso a incomoda e muito, pois, quem antes era a protagonista agora perdia seu espaço para alguém mais interessante.

O dialogo timido entre as duas enquanto Liz apresenta o palácio para ela foi realmente muito surpreendente, pois, eu estava esperando um Feud entre as duas mas vimos o quanto duas pessoas com tanto destaque podem ter em comum.

Eu preciso desse espaço aqui para reverenciar Clarie Foy nesse episódio, que cena magnifica a que ela descobre a verdadeira opinião de Jackie em relação a ela e o palácio, cada expressão feita por ela e cada palavra não dita é de fazer você se arrepiar pela meticulosidade dessa atuação, eu fico chocado como ela consegue traduzir esses detalhes tão perfeitamente. Melhor é quando ela decide que precisa rever Jackie novamente, ou seja, podemos ter ainda um grande embate vindo das duas.

Acho que a ameaça não estava só nas relações sociais, Elizabeth se sentiu forçada a ser mais “humana” até em suas relações politicas e a sua decisão de ir até gana convencer o seu representante ao não se associar aos russos foi muito interessante, pois, ninguém leva fé em Elizabeth e vamos combinar que ela não tem muita prática com esse tipo de intervenção. Quando ela viu que sua visita não passou de uma distração para os ganeses, Elizabeth se sentiu usada, mas não vencida e estava disposta a reverter a situação. O ato de uma rainha branca dançar com um presidente negro, não só seria noticia em todo mundo, como, também daria certo o seu plano de trazer gana de volta ao seu lado.

O grande encontro entre Jackie e Liz depois de todo aquele mal estar envolvendo os comentários da Primeira-Dama em relação a coroa era o mais esperado sem sombra de dúvidas. Elizabeth passou a tomar decisões mais arriscadas depois da ascensão de Jackie e isso a colocou em um outro patamar onde a rainha não era só mais um fantoche que servia de distração para o povo, ela agora podia tomar suas próprias decisões e decidir o que é bom ou ruim para o seu país. O mais surpreendente neste encontro é que não houve um embate de egos de duas mulheres que tem os holofotes para si, mas foi sim um momento de desabafo para Jackie que disse toda a farsa que envolve ela e seu marido. O abuso de drogas e medicamentos para que tudo saia conforme o esperado, para que não haja ansiedade ou nervosismo e claro, para que a realidade deles sejam completamente diferentes do que de fato é.

A série chega ao seu fim com a tragédia do assassinato de Kennedy e com Elizabeth tendo uma postura muito, muito, muito emocional. Tudo o que ela fez foi como uma forma de mostrar para Jackie que ali não era a rainha quem falava e sim uma mulher, uma esposa, uma mãe que sabia da verdade e como se solidarizava.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu