Posts Populares

The Defenders – S01E05 – Take Shelter

É ação que você quer? Então toma ação, bebê!

Vamos começar essa review falando o óbvio: a construção das narrativas das séries da Marvel na Netflix é impecável. E, assim como suas antecessoras, The Defenders tem feito isso muito bem. Primeiro, dando um background pra cada herói, seguindo pelo fator em comum (e não tô falando de Claire) que os une em uma batalha comum. E isso fica bem claro com a volta de Jessica, no meio de um novo embate contra Elektra Black Sky, no episódio anterior.

Algo que me chamou muita atenção nesse episódio foi as cenas iniciais, dos capangas do Tentáculo se preparando pra atacar o restaurante onde o grupo de heróis estava. As cenas em si, foram okays, mas o diferencial foi mesmo a trilha sonora, estritamente clássica, que me lembrou muito alguns filmes antigos que também se passam em New York.

Precisamos falar de Elektra (ou melhor, Black Sky). Está certo que já entendemos que o Tentáculo tem esse poder bizarro de ressuscitar pessoas, mas parece que com Elektra algo deu errado. A heroína-vilã era pra ser uma arma, pra lutar e defender os interesses do Tentáculo, mas cada vez que ela se vê frente-a-frente com Matt, ela treme na base. Não por menos, ele também. E a narrativa desse episódio mostra bem isso. Desde Matt interrogando um dos capangas do Tentáculo, perguntando sobre Elektra, até a própria invadindo a casa do Demolidor e dormindo na cama dele, como se fosse um aconchego, são provas que os dois devem ser os elos fracos de seus respectivos grupos. Por outro lado, temos Alexandra, forçando Elektra a se tornar Black Sky, de uma vez por todas, enquanto Stick tenta enfiar na cabeça de Matt que Elektra se foi, e eles precisam acabar com a ameaça chamada Black Sky. Parece que não está funcionando muito.

Por falar em Alexandra, parece que as coisas não vão muito bem pra ela. Aliás, pra todo o Tentáculo. Tivemos algumas informações importantes sobre o grupo reveladas nesse episódio. Descobrimos que na verdade tínhamos 5 Braços do Tentáculo, que tornariam a entidade mais forte quando reunidos. No entanto, com a morte de Sowande, que era o prisioneiro de nossos Defensores, sobraram apenas Alexandra, Madame Gao, Murakami e Bakuto, sendo que estes três últimos não estão muito contentes com as últimas decisões de Alexandra. Também, quem vai os culpar? Alexandra tinha a tarefa de capturar o Punho de Ferro, mas falhou algumas vezes. Pra completar, o drama de Elektra não saber se é o Black Sky ou não acaba mostrando que Alexandra pode ter pisado na bola mais uma vez ao usar toda a substância que ressuscita pessoas. Uma coisa é clara: o Tentáculo quer Danny Rand pra entrar em K’un-Lun.

Pra encerrar, neste episódio tivemos a reunião de diferentes núcleos, todos com o mesmo propósito. Orientados pro Stick, os heróis decidiram proteger os que amam, levando todos para a delegacia de Misty. Então temos Claire, Trish, Collen, Malcolm, Karen e Foggy, todos num mesmo local, com possibilidade de interação entre os personagens. Isso é de uma grandeza sem fim, que pode gerar consequências cruciais para os futuros dos heróis. Imagina se descobrem a identidade do Demônio de Hell’s Kitchen? Por falar nisso, Matt finalmente adotou o uniforme de volta, o que rendeu piadinhas de Jessica. Já falei que ela é a melhor personagem dessa série?

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu