Posts Populares

The Flash – S04E16 – Run, Iris, Run!

Corra, Iris, Corra! 

Corra pra fora dessa série, pelo amor de Deus, pois eu já não te aguento mais! HAHAHA. Gente, após um episódio maravilhoso (04×15) de Flash, em que pudemos ver Grant em uma de suas melhores atuações, os produtores voltaram a matar aos poucos minha série, colocando Iris como protagonista. Não sei se é uma tentativa de fazer com que a personagem caia no gosto do público, mas a essa altura é um pouco tarde demais, né?

Pois bem, o episódio começa com Harry e Cisco conversando sobre o grande desafio em proteger os próximos meta-humanos que, certamente, serão as próximas vitimas de Devoe e Harry parece muito nervoso e agoniado por não encontrar uma solução cabível. Depois somos levados a uma cena em que todo Team Flash está reunido e Harry propõe uma espécie de acelerador de inteligência que o faria pensar além de Devoe, mas pra isso, o pai de Jesse precisaria receber uma carga altíssima de energia em seu cérebro. É claro que todo mundo não curtiu a ideia, mas, sinceramente, eu a essa altura do campeonato, pra mim tudo é válido haha.]

Paaaaaaaausa para essa cena maravilhosa em que Iris teve a ousadia de falar pra Ralph que era a líder do time, enquanto tentava demovê-lo de desistir de ajudar o time Flash e ele simplesmente disse o que ela merecia ouvir: “você está sempre sã e salva, enquanto nós arriscamos nossas vidas”. AAAAAAAAAAAAA que delícia ouvir isso, Brasil.

Acelerando um pouquinho, um dos conflitos do episódio começa em um assalto em um banco em que um meta-humano, chamado Eric Fry, cujo poder é soltar fogo pelas mãos, tem um embate com (possivelmente) outro meta-humano e, após um início de confusão, ele estranhamente perde seus poderes. O mais estranho é que quando Joe e Cisco conversam Eric, descobrem que o meta não estava no ônibus no dia da explosão, o que leva todos a supor que mais pessoas poderiam ter sido atingidas pela matéria negra nesse dia. Preciso abrir um parenteses aqui e falar do quanto os roteiristas se preocuparam em mostrar o medo que Ralph está sentindo por ser um dos próximos alvos de Devoe. Sinceramente? Que dó! haha

Enquanto Harry tenta a todo custo fazer sua engenhoca funcionar, Iris e Joe vão atrás do meta-humano (Matthew), que lutou contra Eric no banco, para tentar descobrir se foi ele que conseguiu retirar o poder de Fry. Ao chegar lá, após uma conversa um pouco tensa, Matthew abraça Iris com um canivete em seu pescoço e Joe chama o Flash que tenta retira a pequena faca das mãos do meta-humano. Porém, algo estranho acontece, amigos: após ser tocado por Barry e soltar Iris, a velocidade de Flash é transferida pra Iris e temos uma nova “heroína”.

Após essa grande transformação, vemos todo time Flash, inclusive o próprio Barry, tentando lidar com essa nova mudança. O grande desafio de Iris, no entanto, é quando ela precisa salvar pessoas que estão em um prédio em chamas, mas encontra dificuldade para deter o fogo e fica em apuros ao ficar em baixo de uma parede desabada, até que Cisco cria uma fenda para resgatá-la. Sem possibilidade nenhuma de descobrir como reverter isso, Caity diz que não vê saída, então resta a Cisco ajudar Harry em sua tentativa de criar uma inteligência maior do que a de Devoe.

E numa conversa bem chata entre Iris e Barry, regada de “eu preciso provar pra mim mesma de que eu posso”, Iris diz que quer continuar salvando o mundo lá fora e seu próximo desafio é enfrentar quem recebeu os poderes de fogo do Eric. O grande desafio fica por conta do calor emitido pelo novo vilão e parece que Iris não vai conseguir, até Harry usar sua engenhoca e encontrar a resposta para solucionar o problema: criar uma onda gigante pra apagar todo o fogo. Olha, preciso dizer que a cena foi interessante, viu? Tirando a parte que Barry fez a Iris e fez um discurso motivacional chinfrim pra motivar sua mada, eu gostei dos efeitos e de toda a dinâmica.

Com o problema resolvido e dia devidamente salvo, a equipe Flash leva Matthew ao Star Labs e retira a velocidade de Iris para devolver a Barry (GRAÇAS A DEUS), depois disso convida Matthew para se juntar à equipe e ajudar a pegar Devoe. O episódio termina com o experimento de Harry dando certo, quando ele consegue prever os nomes dos próximos meta-humanos que serão procurados por Devoe:

Alguns pensamentos: 

O que fizeram com Ralph? Nada de humor, nada de piadinha, uma pessoa totalmente triste e apagada. Sei que isso foi pelo medo, mas quero meu Ralph de volta.

Iris não agregou nada como heroína. Chata e questionadora, pelo menos em mim não causou nenhum tipo de simpatia. Sério, gente, tirem essa mulher da minha série e coloquem uma Iris nova. Ou melhor, mudem os roteiristas.

Sei não, viu! Mas Matthew aceitou rápido demais ajudar a equipe Flash! Tô achando que aí tem coisa!

Estou bem aflita em relação às consequências que Harry irá sofrer por usar a máquina da inteligencia.

É isso aí, pessoal! Espero que tenham gostado da review e minha nota para o episódio é 5/10! The Flash vai dar uma pausa de um mês (espero que seja o tempo suficiente para os roteiristas melhorarem essa season), mas vou deixar o trailer do próximo episódio com vocês. Grande abraço.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Tatiane Silva

Sou uma Social Media e Community Manager que ama tanto o que faz, que acaba fazendo isso quase que o tempo todo. Eu moro na internet, por isso acrescento doses diárias de cultura inútil e memes que é pra eu não me entendiar. Amo realities musicais, gasto horas em grupos de discussão e sou viciada em coisas que me fazem dar boas risadas e esquecer da minha conta bancária negativada.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu