Posts Populares

The Four: Battle For Stardom – S01E03 – Week Three

É pisão que chama né?

Semana passada o episódio esquentou, com desafios incríveis, pessoas novas entrando e apresentações de tirar o folego. O terceiro episódio não desapontou em nada nesses três quesitos, mas para mim, o elemento ‘injustiça’ foi inserido também, então afirmo em dizer que uma das eliminações para mim foi bem injusta. Enfim, hoje estarei substituindo o embustinho Estevão, então que fique anotado que você me deve um favor fofa -q.

Agora que todos já estão familiarizados com o programa, vamos então começar com a apresentação dos quatro sobreviventes do programa passado, Candice, Cheyenne, Jason e Zhavia.

The Four Perform – “Bang Bang” By: Jessie J

Aqui tivemos um belo espetáculo The Four e Zhavia… A pobi, ela estava toda desafinada, mas é entendível já que ela estava bastante doente nessa semana. Os demais arrasaram, Candice como sempre maravilhosa e certeira nas notas, Cheyenne toda poderosa, só faltou mudar a música e cantar “CHEGUEEEEII TO PREPARADA PRA ATACAR” e Jason com essa energia e vocais absurdos. Mandaram bem!

Rell Jerv – “Pools” By: Rell Jerv (The Four Version)

Com a saída da Lex Lu (que eu achei um pouco injusta) a vaga para o rap ficou disponível, e com isso surge Rell Jerv para batalhar por esse estilo. Eu achei que foi uma performance boa, mas nada de tão espetacular ou único. Há rappers que possuem um estilo muito bem definido e diferente do comum, mas creio que Rell não conseguiu ser singular e para mim acabou sendo mais do mesmo. Ele conseguiu conquistar os jurados (creio eu que mais pela falta de um representante do estilo) e com isso chamou Cheyenne no probleminha.

Cheyenne Elliot – “Wrecking Ball” By: Miley Cyrus

VS

Rell Jerv – I Own It”  By: Rell Jerv (The Four Version)

Achei a escolha da Chey bem arriscada. O lado bom é que ela saiu do óbvio e não escolheu uma música datada, o lado ruim foi ela ter esquecido a interpretação no churrasco ao se arriscar com essa canção. Vocalmente ela arrasou e não tenho críticas, aliás, foi seu trabalho vocal mais competente, mas como eu disse, sua interpretação deixou muito a desejar, ela poderia ter feito a louca ali naquele palco, ter ido de um lado pro outro, derrubado o pedestal no chão e talvez assim ela me convenceria.

Diferente de sua apresentação anterior, eu achei que Rell foi bem melhor aqui, colocando poder e uma ótima interpretação em sua versão da música. É difícil analisar vocal, já que rap é algo falado, mas seu rap foi sonoramente agradável, assim posso dizer, e ele foi super carismático no palco, somando a sua presença de palco que é muito boa. Mas fica a questão, vocal vs interpretação, o que você escolhe? Bom, eu realmente, mesmo achando que Rell foi bem, fico com a primeira opção.

Terminando as apresentações, o público agora decide quem ficará com a cadeira essa semana, ganhando isenção de ser desafiado durante esse programa. E dando adeus a sua cadeira, Cheyenne deixa a competição e Rell se garante para o próximo episódio.

Jefferson Clay – “Better Man” By: James Morrison

Gente, eu sou muito maria guitarra, não posso ver um WGWG que já grito ‘QUE HINOOOO’. Amei a escolha da música e adorei sua versão, Jeff cantou muito bem, e ele tem todo um jeito no palco que me chamou bastante a atenção. Digo com facilidade que dos homens que passaram no programa, ele foi o que mais gostei (mesmo achando Jason um mostro vocalmente e que supera Jefferson facilmente). E por toda sua diferença e estilo, Jeff consegue acender os quatro círculos e acaba desafiando Jason.

Jason Warrior – “Love On The Brain” By: Rihanna

VS

Jefferson Clay – “Ignition (remix)” By: R. Kelly

Antes de tudo, preciso dizer que acho bleh essas atitudes escrotas dos jurados e artistas, forçando um a ficar contra o outro, tentando rebaixar o próximo a todo momento como se para ser bem sucedido, famoso ou coisa do tipo você precisa ser automaticamente um cuzão (desculpa o palavriado). Enfim, vamos agora falar sobre esse pisão que Jason deu… Quando Jefferson escolheu ele, na mesma hora eu soube que ele perderia porque Jason esta se mostrando um senhor artista nesse programa. Love On The Brain foi uma escolha perfeita para ele, com vocais absurdos e principalmente uma entrega de fazer inveja, Jason pisou no coleguinha sem parecer estar preocupado com o estado pós traumático do mesmo após assistir essa performance. Parabéns, e depois da atitude escrota do Jefferson quando ele chamou Jason para o desafio, eu achei muito que bem feito esse pisão.

Eu fiquei muito ??? com essa escolha de música do Jefferson. Ele tinha ido tão bem na primeira performance, e aqui no desafio simplesmente cagou, perdendo toda a sua originalidade que mostrou na primeira apresentação. Fora que vocalmente não foi muito interessante, e ele nem chegou perto do que Jason fez. Coitado, o pobi foi realmente pisado pelo Jason.

E o resultado não foi surpresa alguma né? Jason esmurra Jefferson e choca um total de zero pessoas. Parabéns moço, você se garante mais uma semana no programa e esperamos você no próximo pisão.

Sean Cavaliere – “Stitches” By: Shawn Mendes

Gente, cadê a originalidade desse garoto? Ele cantou exatamente igual o sapão Mendes, e para mim pareceu mais uma copiazinha barata do mesmo. Não foi nada interessante, e não vejo razão alguma em deixar o moço desafiar alguém, até porque eu acho muito ‘baixo’ a pessoa ir em um programa de canto e fazer exatamente a mesma coisa que o interprete original. Acho melhor ele voltar para a boyband que ele disse que veio mesmo e continuar lá, pois solo não rolou não. (Peguei pesado com o pobi gente? Sorry :v )

Nicole Boggs – “Like I’m Gonna Lose You” By: Meghan Trainor

É sempre arriscado cantar músicas de jurados nesses programas, e sabendo do risco que corria, Nicole teria eu dar o seu melhor para conquistar a dona da música ali. Entretanto, assistindo a performance, achei que Nicole foi bem pretensiosa no sentido ‘ruim’ da palavra, na verdade, acho que ela foi relaxada, pois ela tinha potencial para muito mais, e para mim fez essa jogada apenas para chamar atenção dos jurados e ganhar a atenção dos mesmos. Vocalmente foi bem, mas senti falta de um toque de sutileza, foi tudo muito agressivo, e sinto que não precisava de tudo isso. Por tudo isso, Nicole consegue os quatro círculos e acaba desafiando Zhavia.

Zhavia – “Killing Me Softly” By: Roberta Flack

VS

Nicole Boggs – “Praying” By: Kesha

Sabendo do estado que Zhavia se encontra, esperava-se que ela iria mal, mas ela acabou surpreendendo e brilhou muito na sua performance. Claro que não foi nada como sua primeira performance lá no ep 1, mas ela ainda assim foi ótima, conseguindo manter muito bem os vocais, e atingindo graves incríveis. Essa menina é muito única, eu não consigo enquadra-la em um estilo, acho ela extremamente versátil e muito ambiciosa para sua pouca idade. Mandou muito bem moça, fiquei na torcida por Zhavia.

Novamente fui surpreendido, dessa vez pela escolha de música da Nicole. Não esperava Praying para ela, mas ela foi tão bem que dessa vez preciso rasgar uns elogios para ela. Começou bem suave, depois cresceu lindamente na canção e assim como começou, terminou de forma bem suave. Foi uma ótima apresentação, mas a questão que fica é, Nicole é capaz de se mostrar tão única e especial quanto Zhavia?

A espera para o resultado foi bem intensa, mas Zhavia consegue continuar na competição eliminando sua concorrente Nicole. Acho que o que culminou nisso é o fato de Nicole não possuir um diferencial assim como Zhavia. Ela é boa vocalista e tals, mas tem tantos iguais por aí, e o que procura-se é alguém que tenha aquele starquality, coisa que Zhavia tem de sobra.

Tim Johnson Jr – “Let’s Stay Together” By: Al Green

Sabe quando você não vai com a cara da pessoa e ela ainda faz mil e uma provocações para te irritar? Pois é, esse sou eu com Tim. Não gostei nem um pouco da sua performance, primeiro achei sua voz muito feia e irritante e que não combinou em nada com esse hino de música. Ele parece que está cantando sussurrando, e a vontade que tive foi de dar um tapão nas costas dele para ver se a voz saia. Achei tudo muito forçado, até mesmo forçando o carisma. A única coisa que preciso admitir, é que ele tem uma ótima presença de palco, mas tirando isso, achei tudo péssimo. E para o meu desgosto, ele conseguiu conquistar os quatro jurados e acaba desafiando a única disponível, Candice.

Candice Boyd – “Here” By: Alessia Cara

VS

Tim Johnson Jr – “All I Want” By: Kodaline

EU TO MUITO AAAAAAAAAAA COM ESSA BATALHA! Primeiro Candice me escolhe Here da minha rainha Alessia para cantar. E como se esperava, Candice pisou muito, que vocais são esses minha gente? Ela tem absoluto controle da sua voz, e conseguiu conduzir a música muito bem, que surpreendentemente combinou bem com sua voz e seu estilo. Sem perder o folego nessa canção bem difícil de se cantar, ela manteve o controle e terminou com um baita notal cheio de melismas para nossa felicidade. Você quer vocais @?

E DEPOIS DE HERE, A PESSOA ME VEM COM ALL I WANT DA MINHA BANDINHA KODALINE AAAAAAAAAAAAAAA. Eu fiquei muito puto quando vi isso, gente esse menino está de marcação comigo. Eu até gostei, achei que essa voz sussurrada dele combinou com a música, já que mozão Stevie também tem uma voz bem arrastada assim. Entretanto, senti zero coisas com Tim cantando, e essa música pede tanto uma interpretação convincente. Para mim Tim não fez o dever de casa, e apesar de eu estar gritando QUE HINO DE SONGCHOICE, eu não gostei da performance.

E para acabar de vez com minha felicidade, a plateia tinha que acabar o episódio cagando e escolhendo Tim ao invés de Candice #JusticeForCandice. Enfim, achei uma decisão errônea, mas fazer o que né? Esperamos que ele rode no próximo episódio.

No geral, eu gostei bastante desse episódio, foi bem emocionante e tivemos ótimas performances. A única coisa que eu realmente não gostei foi a saída da Candice, a saída de Cheyenne foi até aceitável, mas não consigo engolir Candice saindo para Tim. Enfim, meu trabalho por aqui está terminado. Obrigado a todos que acompanharam e nos vemos na próxima. 🙂

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu