Panela de Séries » Arquivos The Four: Battle For Stardom - S01E04 - Week Four - Panela de Séries

Posts Populares

The Four: Battle For Stardom – S01E04 – Week Four

Quando não são os jurados, é o público cagando!

Olha, antes de começar minha review da indignação, quero agradecer ao meu jovem padawan, meu pimpolho, Ricardo, que me substituiu na review de semana passada. Ele mandou ver nos comentários, e expressou todos os meus sentimentos! Arrasou demais, amigo! Se você não viu, clique AQUI e confere!

Chegamos à quarta semana desse reality louco chamado The Four! E agora já podemos destacar os pontos positivos e negativos do programa. Hoje vou me ater aos astros do programa, começando por Fergie, que tem dominado o público, feito um trabalho ótimo, e embelezado nossa telinha a cada semana. Mais uma vez, ela estava linda essa semana! Sobre nossa bancada, acredito que DJ Khaled e P Diddy tem que trabalhar um pouco suas reações e tal. Por vezes eles soaram muito arrogantes e prepotentes, inclusive atingindo e machucando os candidatos que ali estavam. Eles têm que aprender com Meghan, que tem dado um show de simpatia e qualidade. De longe, a melhor da bancada. Charlie Walk é meio instável, às vezes barrando alguns candidatos com argumentos fracos.

Bom, mas o programa não é sobre a apresentadora e nem sobre os jurados, mas sim sobre os artistas tentando um lugarzinho entre os quatro melhores. Na semana passada, o programa finalizou com Zhavia, Jason Warrior, Rell Jerv e Tim Johnson Jr. E eles vieram essa semana fazendo uma grande apresentação em grupo, ao som de “Finesse”, novo lançamento de Bruno Mars. Eu adorei, e você confere o episódio completo abaixo:

Bora começar!! Lembrando que após meus comentários, vou seguir meu sistema de avaliação com os “círculos” do programa. Se tiver apenas 1 círculo, quer dizer que não curti, enquanto se tiver 4 círculos, quer dizer que amei demais. Quem me acompanha hoje é Thairo.

NICOLINA – “DON’T LET ME DOWN” BY THE CHAINSMOKERS

Gerson: Olha, eu tava cheio de esperança com Nicolina. Linda, com atitude, doida pra tirar o embuste Tim Jr. daquelas cadeiras. Mas aí quando vi a songchoice e os primeiros versos cantados, vi que ia dar ruim. Ela tem uma voz bem limitada e não conseguiu encaixar na canção. Acabou parecendo que ela estava se esgoelando o tempo todo.

Thairo: Amo essa música, acho que não seria uma boa opção para realittys, mas depois do que a Vanessa Ferguson fez na blind do The Voice fui provado o contrário. Apesar dela não ter feito uma versão tão forte, eu gostei também, ela tem a cara de artista mas precisa melhorar em alguns aspectos técnicos da voz.

 

Sem chance pra Nicolina. Com 4 “nãos” ela acabou rodando fácil. ELIMINADA sem dó nem piedade, mas de forma justa. Gostei que os jurados deram uns toques nela, mesmo DJ Khaled escorregando e quase passando por arrogante, MAIS UMA VEZ.

RAVAUGHN – “SORRY NOT SORRY” BY DEMI LOVATO

Gerson: Essa moça linda (parecidíssima com JHud) chegou e com a babação de DJ Khaled pra cima dela, eu já sábia que ela conseguiria passar. Achei o trabalho dela com essa música bom, mas nada demais. Não foi um lacre, foi uma apresentação comum, regular, certinha. Gostei que ela não me fez pensar na Demi em nenhum momento, mas faltou trabalhar melhor os agudos. Como disse, ela teve a chance de desafiar um dos quatro…

Thairo: Assim como a anterior é meio perigoso pegar uma música tão atual em que a versão está na cabeça. A diferença é que essa por si só tem vocais poderosos, acho que o tom tava um pouco desregulado para ela, pois tinham horas que a voz dela tava muito mais alta e em outras ela forçava de mais. Não possui uma boa postura no palco.

 

JASON WARRIOR – “TITANIUM” BY DAVID GUETTA FT. SIA

VS

RAVAUGHN – “HAVE YOU EVER” BY BRANDY

Gerson: Eita que a cada semana Jason tá me conquistando mais. Ele tá deixando de lado os trejeitos exagerados e entregando performances potentes e marcantes. Dessa vez ela conseguiu isso de novo, e transformou essa música batida em um lacre. Eu adorei demais! Pra mim, a menina já nem tinha chance.

Thairo: Acompanhei o Jason no The Voice US Season 11, sinto que ele melhorou e muito de lá até agora, até mesmo com as escolhas musicais. Veio hoje com uma de vocal poderoso da Sia, já gostei do início. A versatilidade que ele tá demonstrando está muito boa, fugindo de musicas datadas. Ele se move no palco e o ocupa de uma forma bem positiva, para o programa pegar um artista que outro show dispensou e fazer dele um sucesso vai contar muitos pontos também. Amei a apresentação, Jason tem minha torcida, acertou as notas, subiu, ficou abaixado, fez firulas, arrasou!

 

 

Gerson: Agora sim, RaVaughn. Já me deixou mais empolgado, com uma música que combina sim com sua voz. Mas pra mim ela ainda ficou muito abaixo de Jason. Se fosse contra Tim, por exemplo, eu apostaria sem dúvidas na vitória dela.

Thairo: Desconheço essa música, pareceu algo old fashion no sentido ruim da palavra. Achei boring e sem sal, parecia 2002, talvez lá desse certo. Um programa que começou tão bem agora caiu o nível de alguns candidatos, por exemplo o fato de Tim estar sentado la nos anéis. Decepcionado com a Meghan gostando desse horror..

 

 

Com uma votação apertadíssima, RaVaughn não conseguiu bater Jason e acabou ELIMINADA. E lá está Jason, mais uma vez garantido pra mais uma semana, a penúltima, aliás. Jason não pode mais ser desafiado nessa noite.

EDI CALLIER – “JEALOUS” BY NICK JONAS

Gerson: AAAAAAAAAAA Que hino! Um musicão desses, bicho! Quando eu vi Edi já pensei na falta de star quality nele. Mas não dá pra negar que ele arrasou na apresentação. Vocalmente foi muito bem, teve presença de palco e ainda era simpático demais. E olha que a songchoice nem era das melhores, viu!

Thairo: O Rob Taylor veio tentar o The Four? Parecem irmãos. Tentou sensualizar, jogou o pedestal e voltou, possui uma boa voz, mas potencial eu não vejo. Melhor que o Tim, porém nada de diferente. Logo no meio pro final começou a exagerar nas firulas mas foi bem no geral.

 

Mas deu ruim pra Edi. Também com 4 “nãos”, ele acabou ELIMINADO sem a chance de desafiar um dos escolhidos. Tanta gente ruim tem a chance de desafiar, e aí quando aparece alguém bom, eles nem dão uma oportunidade. Fica difícil defender a bancada, daí.

NICK HARRISON – “BAD BOY FOR LIFE” BY P DIDDY

Gerson: Cantando uma música do próprio P Diddy, achei Nick um lixo. Olha, um dos piores que já vi ali no palco. Eu AMO o rap, AMO o hip hop, mas eu achei ele só mais um branquelo escroto que acha que sabe rimar. Odiei tudo, e odiei mais ainda quando vi que os jurados curtiram aquilo que ele fez (que não consigo chamar de apresentação). Enfim, depois de ele pular e pular no palco, parecendo um idiota, os jurados decidiram dar a chance de ele desafiar alguém. E com um empurrãozinho de DJ Khaled, rolou uma batalha de rap…

Thairo: Já chegou com atitude ao começar a música e acho que com isso o Diddy e DJ Khaled curtiram. O rap foi bom porém ainda acho que o do Rell foi melhor, até por que ele também cantou duas originais e só aí já mostra um diferencial. Não curti muito não, foi bem, melhor que o Tim, mas nada de diferencial. A Meghan mostrando anel de compromisso/noivado/casamento foi a melhor parte.

 

RELL JERV – “FEELING ALRIGHT” BY RELL JERV

VS

NICK HARRISON – “SURVIVAL OF THE FITTEST” BY MOBB DEEP

Gerson: Eu odiei semana passada quando Rell eliminou Cheyenne, mas comecei a prestar atenção no trabalho dele. E posso dizer que ele é um rapper de respeito. Adorei as músicas que ele trouxe pro programa, achei todas muito comerciais, assim como sua voz. Nessa de hoje, pra mim, foi o auge. Ele arrasou, se entregou no palco e fez uma apresentação memorável.

Thairo: Novamente uma original, certo produção? Gostei da batida, ele mostra bastante originalidade. Senti até uma vibe meio mexicana, latina. Ele tem um diferencial claro, em ser um compositor-cantor já ganha pontos extras. Com certeza merece continuar no painel.

 

Gerson: Mas aí do outro lado tinha o branquelo que todos tavam pagando pau. E que lixo. Ele fez A MESMA COISA, pulando no palco, achando que sabia rimar e que tava arrasando. O ranço é real e oficial, minha gente!

Thairo: Achei ele super sem graça em ambas as vezes. Ele tem uma vibe menos intensa e isso pelo menos a mim, não agrada muito. Acho que ele tem muito trabalho de campo ainda e não possui o real star quality. 

 

E, mais uma vez, a plateia estava lá presente, cagando nas decisões. Não bastasse semana passada com a eliminação ridícula de Candice pra Tim, agora o público decidiu que Nick foi melhor que Rell, e o rapper agora está ELIMINADO. Não dá pra defender essa plateia lixosa mesmo.

JOSH WYPER – “TENNESSEE WHISKEY” BY CHRIS STAPLETON

Gerson: Olha, tem gente que não dá pra defender. Pra que esse menino foi cantar country, se claramente não era a praia dele? Ficou tudo fora do lugar: o figurino, a presença de palco, o timbre, a emoção… Foi uma daquelas cagadas que a gente não esquece. E pior que ele era afinado e tinha uma voz gostosa, mas a escolha musical errada foi crucial.

Thairo: Gente, é o Ryan Tedder do One Republic? Queria ele ser. Mas pelo contrário, veio de country. Finalmente um no programa (no concorrente é lotado né haha). Tem um gênero aí totalmente diferente de todos os outros já escolhidos e seria bom um desafio dele com o Tim. Queria uma maior rispidez, essa música fica linda em uma voz rouca. Ele não foi ruim, não foi um dos melhores também. Mas merecia desafiar o Tim com esse final que foi bom também.

 

Mais uma vez, com 4 “nãos” o deslocado Josh se despede da competição e é ELIMINADO precocemente. Não vou dizer que sinto muito, pois não sinto kkkkkkkkkkkk

KENDYLE PAIGE – “ME, MYSELF AND I” BY G-EAZY FT. BEBE RHEXA

Gerson: Kendyle é linda, tem uma voz massa, vocalmente bem precisa. Com essa música difícil, ela conseguiu fazer um trabalho legal. Mas pareceu se esforçar demais pra alcançar algumas notas, se esgoelando real oficial. Mais um problema de songchoice aqui. Meghan concordou comigo, mas acabou cedendo à pressão dos companheiros e todos decidiu dar uma chance…

Thairo: Pelo VT ela disse que desafiaria a Zhavia, mas por favor não, alguém tira o Tim! Tocou Bebe Rhexa no VT e ela veio cantando também. Já vemos a influência. Apesar de parecer impor a voz em algumas partes no início, gostei dela e do estilo. Gostei da apresentação e por mim ela poderia sim desafiar alguém lá, curti.

 

ZHAVIA – “DIAMONDS” BY RIHANNA

VS

KENDYLE PAIGE – “PILLOWTALK” BY ZAYN

Gerson: A personalidade de Zhavia nunca me agradou, mas não dá pra negar que ela é uma cantora singular, que consegue cativar muita gente. E mais uma vez ela fez isso, com esse hino da Riri. Ela fez o possível pra encaixar sua voz na música, e apesar de não ser tão boa quanto sua primeira apresentação, foi algo bem digno e bacana.

Thairo: Tava na cara que esse duelo iria ocorrer. Hoje Zhavia veio apostando num pop gostosinho. Adoro a postura dela meio de rap, porém sem se limitar. Não foi uma de suas melhores apresentações, porém foi bem. Esperava mais dela nessa música, talvez por conta disso, outra escolha seria melhor.

 

Gerson: Kendyle fez a MESMA COISA que fez na primeira canção. Foi afinadinha, colocou bem sua voz, mas foi uma música pesada pra ela. Tanto que no refrão ela ficou total escorada nos backing vocals. Zero conexão, zero entrega. Eu não achei nada demais, só uma apresentação regular mesmo.

Thairo: Já aqui temos uma escolha de música acertada agora. Meio difícil esse duelo, quero um steal ou algo do tipo para uma das duas derrubar o Tim e ficarem ambas. Apesar de terem um estilo parecido, a voz delas (e elas em si) são diferentes. Gostei também. Fiquei realmente dividido, ela foi melhor que a Zhavia, porém a Zhavia tem uma trajetória boa.

 

E olha o público cagando MAIS UMA VEZ! Eu não entendo como eles conseguem preferir uma cantora banal, numa songchoice merda, ao invés de alguém tão singular como Zhavia. Fato é que, assim como Meghan, fiquei em lágrimas e não entendi nada. Zhavia ELIMINADA, Kendyle entre os quatro.

.

E assim termina o programa dessa semana. Os quatro já não estava muito bom com Tim Johnson Jr. lá, mas agora com Kendyle e Nick ficou uma verdadeira bosta. Se não é Jason, eu mandava deletar e recomeçar o programa HAHAHAHA.

Na semana que vem, teremos o penúltimo episódio da temporada, e vai rolar um comeback nervoso! Pelo twitter, o povo está votando na #TheFourComeback e escolhendo quem merece voltar e desafiar os quatro. Será que Candice e Zhavia terão justiça? Corre e vota lá!

No mais, me contem aqui o que estão achando o programa e dessa temporada de estreia. Tem fôlego pra bater de frente com outros formatos mais antigos, como o The Voice, o Idol e o X Factor?

Até semana que vem!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu