Posts Populares

The Gifted – S01E08 – “threat of eXtinction”

Olha, estou realmente impactado…….

É assim que se faz um episódio, Brasil!  Após um sétimo episódio bem fraquinho e com tramas pouco desenvolvidas, ‘The Gifted’ nos entrega um EXCELENTE oitavo ep, onde todas as tramas funcionaram perfeitamente bem, conversaram entre si de alguma maneira, nos dando a deixa para próximos episódios épicos!

Como de rotina, o episódio começou com um flashback, que nos levou até uma antiga Londres e mostrou dois irmãos mutantes Andreas e Andrea Strucker sendo pegos por agentes que atacavam sua casa, os irmãos não parecem gostar da ideia de terem sua casa invadida e decidem entrelaçar suas mãos, demostrando assim um poder altamente destrutivo!

Voltando para o presente, vemos Reed enfrentando mais um drama familiar (talvez o mais dramático que ele já tenha enfrentado), ele conta para a família que o pai, Otto Strucker está vivo e juntos eles concordam que Reed precisa visita-lo, quebrando assim anos de silêncio, mas que valerá a pena pelas respostas obtidas. E não é que a visita valeu a pena mesmo, Reed se junta a Jonh e juntos eles vão até a casa do ‘seu Otto’, embora a troca dos atores na cena de reencontro tenha sido bem rápida e sem a devida emoção que deveria ter, eu acabei curtindo o resultado final, principalmente o fato dele ter contado a Reed toda a verdade: Otto é na verdade um mutante com um poder grandioso e que ele sumiu todo esse tempo a fim de proteger sua família e não larga-los de mão como Reed achava. O plot que me deixou literalmente no chão foi o fato da grande revelação que ele fez dizendo ao filho que trabalhava nas Industria Trask num projeto para desenvolver um soro a fim de evitar o desenvolvimento dos poderes de Reed. Isso mesmo, Reed Strucker é um mutante só que seu poder está retraído. Será que veremos ele desenvolvendo seus poderes no futuro? Acho que não, mas que seria bem bacana de ver, não tenham dúvidas. Ah, nessa cena acabamos descobrindo também que Andrea e Andreas são tia e avô de Reed, e eles dois tem os mesmos poderes de Lauren e Andy e que se os mesmos aprenderem a combinar seus poderes que nem seus bisavôs…. A destruição será em massa. Ou seja, se já achávamos que juntos eles causavam, imaginem juntos (hahahahahahaha)?! Os poderes das crianças vão além do que possamos imaginar e eu estou bastante curioso para vê-los utilizando muito dessa fusion power!

Infelizmente a passagem de Otto pela série foi curtíssima, Dr. Campbell decide fazer uma visitinha ao cientista  e o engraçado que ele escolheu logo o dia em que Reed foi rever o pai… rum… Para proteger Reed, Otto decide atender o doutor e embora Pulso esteja ali inibindo os poderes de todos os mutantes ao seu redor, o patriarca da família Strucker demonstra como é que um mutante de alto nível faz. Ele é quase que uma bomba humana e acaba destruindo tudo ao seu redor, Pulso é atingido fatalmente pela explosão causada pelo mutante e acaba morrendo juntamente com o causador da tragédia. Essa cena me deixou com um misto massa de sensações, fiquei emocionado com a dupla despedida, até porque eu AMO quando personagens se sacrificam para salvar outros, e por mais que eu tenha gostado bastante do pai do Reed na séria, ele cumpriu seu papel com maestria e sua morte foi precisa, eu só queria ver Pulso sendo um pouco mais mais explorado, seu poder é bastante peculiar e seria bom termos um pouco mais do Zach Roerig na série hahahahaha.

Tivemos um plot interessante antes de Jonh sair em missão com o Reed, nosso Pássaro saiu em missão com Eclipse e Blink para salvar alguns mutantes foragidos que estavam escondidos numa igreja e lá somos apresentados a uma mutante que mal conheço, mas já considero muito, Esme, uma telepata maravilhosa (espero que ela se junte a equipe principal logo) que já chega para somar. Ela informa a Jonh que tem uma mutante ali com uma energia ruim, e ela estava corretíssima. A mutante era uma ‘hound’ e Blink, Pássaro Trovejante e Eclipse partem em ação contra a infiltrada. A cena de ação é deliciosa, embora tenha sido rápida, ela nos apetece de tal forma que me deixa particularmente em êxtase. Os três trabalharam como verdadeiros X-Men, capturando a mutante e levando ela e todos os foragidos para a resistência.

Chegando lá Caitlin resolve ajudar a mutante a fim de tentar fisgar mais algumas informações sobre o projeto das Industrias Trask e a sequência de cenas foram maravilhosas, Caitlin da um show a cada episódio e vê-la trabalhando em conjunto com Andy é Lauren é bonito de se assistir.  Eles funcionam super bem juntos e devo dizer que a mutante controlada pelo Sentinel Services, Chloe, foi desenvolvida na medida certa e sua história partiu meu coração, fiquei arrepiado só de sentir seu desespero, méritos para a atriz também, ela deu um show!  Esme mais uma vez foi fundamental para fazer com que o roteiro girasse bem, confesso que eu já amo a personagem mais estou com um pezinho atrás com ela. Por mais que ela seja interessantíssima para o desenvolvimento da trama, a telepata pode ser uma espiã, viu? A mesma se enturmou muito rápido e se prontificou para fazer os solicitados muito fácil… Ai, ai….

Antes de eu dar meu veredito, preciso mencionar a cena onde Blink e Dreamer meio que fizeram as pazes. Blink ainda não deixou claro que perdoava 100% a mutante controladora de sonhos, mas uma coisa ela mostrou, o quão incrível é seu personagem. Outra cena que me deixou fascinado foi quando Reed e John enterram seus respectivos pai e amigo, eles puderam a intensidade necessária para passar a veracidade que a cena exigia.

Por fim, preciso-lhes contar que esse episódio me deixou extremamente impactado, sabe quando embarcamos em uma série e sentimos absolutamente tudo o que ela quis passar? Pois foi exatamente assim que eu me senti!

‘threat of eXtinction’ foi de longe o melhor episódio da série e eu quero muito que chegue logo semana que vem para assistirmos a season finale, que será de duas horas, diga-se de passagem! Bom, é isso pessoal, não esqueçam de comentar o que acharam do episódio nem de assistir a promo maravilhosa do ‘next episode’! Xêro em todos e até a próxima! 

 

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lucas Salles

Um baiano que é capricórniano, aspirante a jornalista, que ama festas, viagens assistir a sériados, ver uma boa treta e realitys shows! Ah, eu sou tirado a figura pública também, viu? Vão no instagram, busquem por @eulucassalles e vem seguir o paneleiro mais sã que já existiu, sqn!


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu