Posts Populares

The Gifted – S01E11 – 3 X 1

Ah, como eu estava com saudades….

Hey guys, tudo bom com vocês? Cá estou eu, trazendo mais uma review dessa série que todos nós aprendemos a amar. Antes deu comentar sobre o episódio, quero desejar um feliz 2018 para todos e que este ano novo seja recheado de sucessos e realizações. Sem mais delongas, vumbora pro interessa?

O episódio dessa semana foi de longe o que mais me deixou intrigado. Houveram várias coisas nele e eu precisei assistir ao mesmo, três vezes (e ainda tem coisa que não entendi, viu?), para entender de fato alguns pontos. Como de costume o episódio começou com um flashback e nele foi mostrado Blink e um amigo/namorado sendo rodeados por um grupo de pacificadores, os mesmos destruíram o carro da mutante e basicamente  obrigaram-na a fugir correndo. Voltando para o tempo real, fomos levados até os funerais do agente sentinela e o da mutante Dreammer, ambas as mortes (e como elas aconteceram) me deixaram chocado, mas confesso que já superei tudo.

Mais tarde, na resistência, Reed e Caitlin <3 decidem que será melhor para a sua família se eles fugirem da resistência indo para um outro local, os irmãos Lauren e Andy não gostaram nada da ideia, mas como eles não tem escolha…. Um instante depois, as irmãs Frost decidem fazer uma visitinha a base mutante, elas planejam acabar com o projeto dos farejadores antes que ele se expanda e seja tarde demais, para isso,  elas precisam da ajuda dos mutantes que ali habitam. Claro que os líderes de cara rejeitaram tal pedido, mas elas como são boazinhas, deram um tempinho para os mesmos pensarem.

Seguindo o baile, Turner visita o túmulo da sua filha, Campbell o encontra e tenta com um discurso bastante convicente, fazer com que o agente se una com ele para juntos eles fazerem acontecer. Infelizmente, Jace meio que aceita o pedido do doutor e parte para conhecer os ‘Hounds’. Minha gente, eu tô fascinado com o que o doutor conseguiu fazer, através dos estudos feitos a partir das irmãs Frost e dos irmãos Strucker, ele conseguiu combinar os poderes de dois mutantes tornando os poderes deles ilimitado.

Antes deu contar para o vocês o desfecho do ep, preciso comentar sobre Polaris, a mulher é destruidora mesmo, viu? Ela, graças ao bebê, está se tornando cada dia mais poderosa, eu sinceramente não vejo a hora dela entrar em ação e demonstrar na prática todo o seu “novo” poderil. Ah, eu tô doido pra ver a barriguinha dela crescer logo, viu? Hahaha.

O ápice do episódio foi até mais fraco do que eu imaginei, eu estava esperando algo realmente GRANDIOSO para o fim de mais um ep, porém ele não veio. A família Strucker vai até uma outra resistência mutante, na esperança de que em outro local eles possam viver em paz, só que tava claro que isso não iria acontecer. O serviço Sentinela juntos as Ind. Trask vão até a resistência onde a família está, pondo em ativa seu novo brinquedinho (os Hounds combinados). Jonh, Polaris, Eclipse e Blink ficam sabendo do ataque e partem na tentativa de salvar a família Strucker, e como previsto, eles conseguem salvar a família, mas para fugir do local sob ataque, além deles trabalharem juntos, eles contam com uma ajudinha das irmãs Cuckoos. Eu achei a cena final bem previsível e os efeitos nela foram fracos e bem aquém, mas como todos sabemos que as séries de TV possuem poucos recursos… temos que nos contentar, não é mesmo? No mais, o ataque final foi todo planejado pelas irmãs demonfrost e eu sinceramente quero ver muito delas na season finale, e é por aqui que encerro mais uma review, um xêro e não se esqueçam de conferir a promo da tão esperada season finale. Até a próxima!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lucas Salles

Um baiano que é capricórniano, aspirante a jornalista, que ama festas, viagens assistir a sériados, ver uma boa treta e realitys shows! Ah, eu sou tirado a figura pública também, viu? Vão no instagram, busquem por @eulucassalles e vem seguir o paneleiro mais sã que já existiu, sqn!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu