Posts Populares

The Mist – S01E03 – Show and Tell

Está começando a ficar bom. 

Com doses homeopáticas de terror e carregado de suspense, The Mist vem construindo uma história muito interessante e tem cumprido muito bem o seu papel de prender o telespectador. O terceiro episódio continuou a missão de nos dar pouca informação e nos deixar muito curiosos.

Ainda sob o choque da morte de seu marido, Nathalie vem se mostrando cada vez mais interessante e com segredos a serem revelados. Isso fica bem claro quando ela é estranhamente atraída pela tatuagem de uma mariposa que um dos refugiados na igreja possuía e eles logo constituem uma relação amigável e enquanto ela vai construindo o ápice de seu personagem para o episódio, Connor também fez um papel importante em ser o empata que vai impedir Gus de ir atrás de sua família. E se tem um personagem que deveria morrer logo, esse personagem é o Connor, se eu já não gostava dele antes, depois que ele disse que a culpa do estupro de Alex era dela ai que o detestei real oficial. Que pai ouviria tal absurdo e ficaria indiferente? Gus então parte para cima de Connor e logo se vê no porão com Mia e Bryan.

Não posso mentir que até agora o meu núcleo predileto é o do Shopping, pelo menos na minha opinião é onde mais se tem interação entre os personagens e que mais prende a nossa atenção. Só pelo fato de termos Eve, Alex e Jay trancados no mesmo ambiente já torna esse núcleo aqui o mais interessante. Eve tem se mostrado uma peça fundamental para série, a forma como ela lida com a situação e como ela tem se colocado forte para poder proteger a sua filha é sem duvidas muito legal de ver. Eu já estava esperando realmente pelo encontro entre Jay e Alex, e eu sempre tive duvidas se ele realmente a estuprou. Em alguns momentos ele da indicios que sim, mas em outros ele demonstra que nunca seria capaz de tal ato. A conversa entre os dois só alimentou mais minha duvida e fez outra brotar; será que o Adrian seria capaz de mentir ou de ser o culpado pelo estupro da Alex? Ele nunca afirmou que viu de fato o estupro e esse foi um ponto muito bem levantado por Jay.

Por falar em Adran, esse aqui tem se mostrado cada vez menos confiável. Para ajudar Gus a conseguir sair da igreja com Mia e Bryan para salvarem  Alex e Eve, Adrian achou uma forma de distrair o padre Romanov alegando que queria se batizar assumindo que era um pecador e que se arrependia deles. A cena foi muito forte e quis nos deixar implícito o questionamento:  Adrian está pedindo perdão por ser apenas um pecador ou por ter feito algo imperdoável?

E voltamos para Nathalie que vem mostrando algumas camadas de sua pele e nos revelando que talvez o deus que ela serve não seja o que as pessoas pensam. Decidida a morrer, Nathalie sai da igreja e diz que vai morar com o seu marido, o carinha da tatuagem que já tinha se apegado muito a ela vai atrás com a intenção de impedi-la e acaba sofrendo algo inexplicável, pois, misteriosamente uma mariposa entra por seu ouvido tomando conta de seu corpo e o dando “asas” matando o rapaz logo em seguida. E o acontecimento que deixa a todos horrorizados, deixa Nathalie maravilhada com tudo o que viu e alegando ao padre que viu deus, mas não o deus dele.  E ai vem outro questionamento que a série levanta. O que as mariposas tem em comum com tais acontecimentos? E até onde Nathalie pode ser considerada inocente?

Chegamos ao fim do episódio com Gus, Mia, Bryan e Adrian fugindo da igreja para irem atrás de Eve e Alex, e claro, Eve se firmando como a personagem mais solida da série e causando uma divisão entre todos no shopping se recusando a seguir as regras impostas por alguns deles. Isso com certeza trará alguns grandes problemas para ela e o grupo de pessoas que resolveram segui-la.

Assim como o segundo episódio, esse foi sem duvidas muito melhor do que o primeiro e tem feito com que fiquemos cada vez mais ansiosos por mais da série. Assim como já é de costume nas histórias do Stephen, tudo aqui ainda é muito incerto e bons questionamentos sempre são feitos. Estou curioso para ver como algumas tramas irá se desenvolver com o decorrer do tempo.

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Bruno D Rangel

    Quem é Gus? De onde saiu esse nome. O nome dele não é Kevin?

  • Tácio Barbosa

    A série é legal, mas ela precisa revelar de vez os monstros, tá demorando. Ela já tem um perfil mt parecido com Under The Dome, né?

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu