Posts Populares

The Originals – S02E18/19 – Night Has a Thousand Eyes / When the Levee Breaks

E Dahlia chegou. Finalmente o plot principal da temporada chegou em New Orleans. Estão vocês preparados para o que a bruxa tinha reservado?

O combo desses episódios é basicamente baseado nos acontecimentos da chegada de Dahlia e as ações realizadas para proteger Hope. E tudo começa com Klaus surtando porque Hailey e Jackson haviam saído de casa e haviam sido perseguidos por Dahlia e suas magias. Freya diz saber o que titia está fazendo e se propõe a ajudar: primeiro com um chazinho para bloquear suas mentes contra Dahlia e segundo ajudando Jackson a farejar o esconderijo da bruxa má.

Klaus resolve fazer as coisas do seu jeito, e vai atrás de Davina, para que a bruxa da colheita encontre seu pai. Como estava ocupado, Klaus coloca Aiden para ficar de olho em Jackson, Hailey e Hope, como um espiãozinho. Vou pular o gay-fan-service de Aiden e Josh deitados na cama, porque não tem necessidade né gente?

Enquanto Jackson planeja fugir com Hailey e Hope, Klaus se encontra com Mikael para se aliar e proteger Freya e Hope. Alguém achava que sairia coisa boa dessa história? Elijah e Marcel estavam com Josephine tentando criar uma fortaleza contra a magia de Dahlia. Mal sabiam que a titia era mais forte do que parecia.

Freya resolveu preparar Jackson para encontrar Dahlia. Para isso, ela precisava canalizar Rebekah. O que Freya não esperava era que Rebekah visse Dahlia canalizando a irmã. O resultado? Hailey e Rebekah expulsando Freya. Isolada, Freya é observada e encontrada por Dahlia, que manda um recado: “você vai me pedir perdão, e vou dar uma liçãozinha no seu irmão e seu pai”. Segura!

Klaus, Davina e Mikael se unem e criam um tipo de arma que pode destruir Dahlia. Mais uma vez, a vilã está um passo à frente dos mocinhos, e a titia bruxa havia criado uma armadilha para roubar a arma criada. Mesmo com Freya alertando todos sobre a armadilha e os irmãos originais chegando para batalhar com Dahlia, o plano foi inútil e eles perderam a chance de acabar com ela.

Jackson não se conforma de ter que acatar Klaus e Elijah e decide fugir com Hailey por conta própria. Para isso, ele pede ajuda de Aiden, que está secretamente trabalhando para Klaus, lembram? Dessa forma, Aiden finge que não conseguiu ajudar e Jackson, Hailey e Hope vão para a fortaleza criada por Josephine. Para acabar o episódio, Klaus é mais uma vez rejeitado por Mikael, e mais uma vez o mata. Se fosse eu já tinha desistido da série, de tanto morrer HAHAHAHHA. Além disso, Dahlia encontra Josephine e corta sua garganta, como uma mensagem para Klaus e cia.

Foi um episódio cheio de ação, apenas para apresentar Dahlia e mostrar do que ela capaz. Você achou que não podia ficar mais quente? Pois ficou. Confere.

O episódio seguinte começa com dois acontecimentos importantes: Elijah e Rebekah recriminando Klaus por ter matado Mikael, e assim afastando Freya; e Josephine morta e enfeitiçada por Dahlia vindo trazer um recado para a família.

Jackson ainda está inconformado por não ter conseguido fugir, e continua com o plano na cabeça. Ele tenta convencer Hailey da ideia, que num primeiro momento rejeita. Em seguida, a rainha da matilha tem uma ideia e põe Aiden para ajudar.

Rebekah vai atrás de Freya, para dar apoio a irmã. O problema é que o temperamento de Freya corresponde ao da família Mikaelson, e a bruxa dá um ultimato: “Ou Klaus ou eu” HAHAHAHAHA Faz-me rir Freya.

Klaus ainda está pensando nos próximos passos, quando Elijah chega e o começa a cobrar sobre as cinzas de Mikael, essenciais para derrotar Dahlia. Os dois tem um diálogo sobre confiança, que resulta basicamente em Klaus o colocando contra a parede. Klaus ainda quase pega Aiden no flagra, roubando as algemas que impedem qualquer bruxo de fazer magia (para o plano de Hailey).

Davina cria o artefato para Hope, enquanto Hailey e a bebê recebem a visita de Dahlia na fortaleza. Achei ótima a chegada de Dahlia, com as flores HAHAHAH Quem nasceu pra Esther, jamais será Dahlia. Valeu, Falou.

Elijah tenta trazer Freya de volta para o seu lado, enquanto Camille tenta descobrir o que Klaus tem na cabeça, já que ele não fala nada. O resultado foi Freya desprezando o irmão e Klaus saindo para conversar com Camille. É incrível como essa humana mexe com o hibrido, não é?

Dahlia fica frente-a-frente com Hailey, que diz que a hora dela pegar Hope está chegando. Enquanto isso, Aiden decide contar a verdade para Jackson e fugir com Josh. No cemitério, Marcel vai atrás de Davina para conseguir a adaga capaz de apagar Klaus. A bruxinha nega para o amigo, que veio atrás dela com as motivações erradas.

Hailey conta para Elijah que fugirá para o Bayou com Jackson e Hope, mas logo é surpreendida por Klaus, que diz que isso não vai acontecer. O embate é agravado quando Dahlia encontra Aiden e o mata, após ele confessar para Jackson sobre a traição. Isso resulta em Josh encontrando o namorado morto, e Jackson levando o corpo do lobisomem para a fortaleza, culpando Klaus. Ao invés de negar, o chefe da família Mikaelson confessou que havia sido ele, e o pau comeu entre Hailey, Jackson, Elijah e o próprio Klaus. Ameaças e mais ameaças.

Quando Rebekah e Marcel estão processando o acontecido com Aiden, Davina aparece entregando a adaga capaz de apagar Klaus. Além disso, Camille vai atrás de Klaus, indignada com o acontecido. Por incrível que pareça, o híbrido-mor se abriu e praticamente se declarou para Camille. Foi possível observarmos um lado novo de Klaus nascendo. Depois de 1000 anos.

No fim do episódio, após Hailey convencer Elijah a ajudá-la a fugir para o Bayou com Jackson e Hope, Elijah vai atrás de Klaus e descobre que ele havia usado as cinzas de Mikael nos seus quadros. Que mórbido né? Após os dois começarem a brigar, Elijah fez o que não deveria: apunhalou Klaus com a adaga. E no último momento, Klaus pode ver Freya e Rebekah juntas de Elijah nesse plano. Que morte horrível.

O episódio aqui foi decorrente das ações de Dahlia, que soube jogar o jogo da família muito bem. Ainda estou de queixo caído com Rebekah e Elijah agindo dessa forma com o irmão. Eles abriram brecha para um ótimo fim de temporada, com mortes certas. Estou querendo ver Hailey e Jackson mortos pra ontem, ainda mais com Hailey sendo egoísta e querendo deixar Hope longe de Klaus. Além disso, acho que Elijah vai ser posto pra dormir, e é capaz de Rebekah ter que sumir por um tempo. Ai papai!

gerson

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Bom, não acho que ela vá morrer. Tá certo que todos os pais sempre morrem nessas séries (ou são mortos pelos filhos), mas não acho que vão matar a pobrezinha da Hayley Também não quero que matem Jackson (sério, ele é o único mais ou menos normal nessa bagunça toda), deixa o cara ser pai adotivo mesmo. Ele já tá conformado. Rs.
    Vamos esperar mesmo. Só faltam dois episódios agora, é isso?

  • Não acho que Hailey esteja sendo egoísta. Ela está sendo mãe. Klaus é ótimo, mas é um desequilibrado. Nunca vai ser um bom pai. E pense numa família complicada… Hailey está mais que certa em querer se afastar, mesmo porque, a única coisa que ela tem em comum com Klaus é a menina, mais nada. Pra Klaus, ela é só uma babá. Bote moral, Hailey, mande esse camarada arrumar fazer um filho na Cami e deixar vocês em paz.

    • AHHAHAHAHAHAH Adorei o comentario Paulo. Obrigado. Eu acho que a complicacao eh gigante, mas Hailey me incomoda (ou seria a atriz?) Enfim… acredito que se ela nao morrer, vai ficar muito perto disso. Vamos esperar. Abracos!

Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu