Um sopro de esperança ou mais uma pá de cal pra fechar a cova?

Então gente, deixo essa pergunta pra vocês nessa fase final da série. Os episódios têm vindo bem irregulares, intercalando bons e maus momentos. E dessa vez não foi diferente. Ao invés de comentar os acontecimentos do episódio de forma cronológica, vou falar o que me agradou e o que me desagradou.

Uma das coisas que gostei bastante foi o episódio se basear no Miss Mystic Falls. Achei tão nostálgico e legal! Toda aquela situação ali, aquele ambiente, lembrou da série nos tempos de ouro. Sdds, inclusive. O drama envolvendo Sybill, Stefan, Damon e Caroline é que foi o chato mesmo. A sereia querendo um artefato que estava com Damon, Stefan só implicando com Damon e Caroline por diversão, e Caroline tentando trazer o Damon bom de volta. Foi muito mimimi, mas que resultou em Caroline mostrando pro Stefan que ela é foda também! Aliás, eu esperava que depois que ela matasse ele, que levasse pro calabouço dos Salvatore, pra tentar resgatar a humanidade. Pena que não rolou.

Sybill foi uma que se deu mal nesse episódio. Achou que estava arrasando e acabou nas mãos de Damon. Amei o tombo! A personagem se tornou uma pedra no sapato! Muito chata, sem propósito. Só que agora ela devolveu a humanidade e as lembranças pra Damon, e ele vai ter que lidar com a culpa de matar Tyler, por exemplo.

Um dos plots chatos e aleatórios do episódio foi o estudante lá que nem sei o nome e Matt buscando o sino pra matar as sereia. Pior é Seline ajudando, sendo que ela vai se ferrar também. E pra completar, os roteiristas colocaram uma função pra Matt: só ele pode bater o sino! Ou melhor, membros da família dele. Me poupa!

Pra encerrar, Bonnie e Enzo estão tão apaixonados que chega a dar vontade de vomitar KKKKKK Agora Enzo quer que Bonnie vire vampira, mas ela tem um plano, e nem sabemos qual é. Oh meu Deus, o que esperar?

Considerando os pontos positivos e negativos do episódio, dá pra dizer que a falta de um plot central, de algo que desenvolva a temporada de forma gratificante, é o grande problema. Os personagens não têm um propósito, não têm um objetivo. Uma hora correm pra um lado por um motivo, daqui a pouco tão em outra vibe… Isso acaba mostrando que nem os roteiristas sabem mais o que fazer com a série. E que vilãozinho de meia tigela esse Cade né? Nem as caras ele dá! Um saco!

Agora que faltam poucos episódios pra terminar, vamos torcer por um final justo e gostoso pra nossa série. Ninguém mereça ver tudo sendo jogado fora com um final lixoso. Até breve!

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: