Não sei nem o que escrever!

Primeiro de tudo, estou muito feliz por ver como a série ainda tem coisas para nos oferecer e que ainda pode nos levar a grandes emoções. Bom, dito isso eu acho que finalmente TVD começou a tomar rumos de séries finale e com tudo para construir um final épico, começando por Cade que é o verdadeiro vilão da história e já chegou colocando ordem na casa. Tudo o que Sybil não cumpriu na primeira fase da trama, Cade supriu e foi muito além, ele tem postura de vilão, é bem articulado e visa o seu interesse acima de toda e qualquer coisa. Isso fica bem claro logo no inicio do episódio quando ele “casualmente” esbarra com Bonnie em uma cafeteria e consegue tirar as informações que lhe interessam sem muito esforço.

Esse looping eterno de ver Damon/Stefan desligar a humanidade e depois liga-la novamente devido a algum apelo emocional já era algo cansativo e sinceramente não é uma coisa que eu gostaria de ver nesta última temporada, porém, devo dizer que nesse episódio esse apelo emocional (digamos assim) foi muito essencial para trazer todo aquele climax que tivemos nos minutos finais. Para mim Stefan sempre foi mais interessante como vilão do que como o mocinho da história e vê-lo querendo quebrar esse laço emocional que ele tem com o Damon foi bem interessante, pois ele não pensou duas vezes em decidir matar Elena e fazer com que o irmão o odeie para o resto da vida.

Matt no meu ponto de vista sempre foi o desnecessário da série, o bicho nunca serviu para nada, além de ser um péssimo ator. Esse ranço que ele pegou de vampiros e tudo o que é sobrenatural tem me tirado do sério, porque o tanto de coisa que essa criatura viu e viveu, ele já tinha que estar habituado com todo esse derramamento de sangue e sacrifício que envolve Mystic Falls. Amei quando Caroline deu na cara dele e disse que na verdade Mystic Falls sempre foi assim e que era para ele sair daquele mundo encantando que vivia quando criança, pois, antes os adultos escondiam a verdade deles, mas agora eles são os adultos da história.

Damon é sempre uma caixa de surpresas, um dia mau e outro dia o mocinho da história, eu realmente sinto que ele quer consertar as coisas e em alguns momentos eu consigo sentir a sua culpa por tudo o que fez. Quando Cade apareceu e disse que ele teria que matar 100 pessoas até o pôr do sol ou caso contrário ele teria que matar Caroline, ver Damon optando por salvar as 100 pessoas e ainda não matar Caroline chega a ser fofo, pois, Damon nunca foi de fazer o convencional e pensar no bem de todos, ele sempre foi da linha que dos males o menor.

Bonnie foi outra peça da história que sempre sofreu drásticas mudanças e eu sempre me peguntei: “Bonnie nunca vai parar de sofrer?” E a resposta é não, mesmo quando ela tira um tempo para ela, para ser feliz algo sempre acontece para que isso acabe. Eu nunca fui fã de Bonnie e Enzo como casal por não sentir tanta verdade nos dois, mas só pelo fato de saber que ela estava feliz com, ele, só isso já me deixava bem.

PS:Achei super fofo ela ajudando Enzo a criar e realizar sua lista dos desejos antes que ele vire humano

Durante o episódio tudo vai se encaixando perfeitamente para o que estava por vir, Stefan quer desesperadamente desligar a sua conexão com Damon e não vê jeito melhor de fazer isso do que matando Elena, só que para isso, ele teve que obrigar uma mulher a comprar a casa em que Bonnie estava escondendo Elena e nesse meio tempo Enzo por ser um vampiro foi automaticamente expulso da casa e Stefan tinha total liberdade para entrar e sair da residência. Como o foco era pegar a cura de vampirismo para derrotar Cade, Bonnie foi tirar o sangue da sua amiga para dar continuidade ao plano, e ai temos a primeira virada da história, porque algo que pelo menos para mim foi um choque aconteceu, Stefan matou enzo sem dó nem piedade e lá se vai mais uma vez a felicidade da nossa Bruxinha.

Bonnie nem teve chance de sentir a dor da perda, pois, em questão de segundos Stefan estava em cima dela para mata-la e ai vem a virada da história parte ll, Bonnie aplica em Stefan a cura para o vampirismo tornando Stefan humano novamente.

O episódio se encerra com Bonnie lamentando a morte de Enzo e dando a entender que talvez os poderes de nossa bruxinha tenha volta, será? Vamos aguardar.

Para mim esse foi o melhor episódio da série e nos entregou tudo o que queríamos desde o início que é emoção, surpresa e um vilão que vale a pena odiar. Eu senti muito a morte do Enzo, porém, concordo que foi um mal necessário para que a série possa chegar em seu ápice, se estivermos certos e o poder da Bonnie realmente voltar, não teremos mais uma bruxa boa e sim uma bruxa má sedenta por vingança.

É isso amores, o final promete muito e eu tenho grandes expectativas para a volta da nossa querida Elena <3 estou louco para saber como ela se encaixará na história e qual o efeito que isso terá. Não deixem de comentar o que vocês acharam viu?

Dam Souza
Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: