Posts Populares

The Voice AU – S04E02 – The Blind Auditions, Part 2

Amber Nichols divou nesse episódio.
Melhores candidatos, até o momento, estão aqui.
Confiram!

Boa noite galera, aqui é o Jean vou realizar a review do 2º episódio das Blind Auditions do The Voice Australia, contarei com os comentários do amigo paneleiro Lindomar. Confiram a review, assistam aos vídeos e compartilhem suas opiniões, o episódio está lindo.

Cath Adams, 30 anos

“Work It Out, Beyoncè”

JEAN: Cath pisou com gosto no palco do The Voice, na primeira nota, nos primeiros segundos já fez a plateia gritar. Não demorou muito para os coachs levantarem e começarem a curtir a música na vibe que a mesma exigia. Um talento muito promissor, com Jessie J. como técnica, então, não tenho dúvidas quanto a isso.

LINDOMAR: Adorei a Cath!! Não esperava essa voz e performance vindo dela! Hahaha, Mostrou que tem presença de palco, e sabe dar um bom grito, tem alcance, precisa trabalhar no controle vocal. E gente que desnecessário e deselegante Jessie interrompendo Delta, depois quando nossa AMADA AUSTRALIANA CHAMA ela para ir lá em cima com ela, tira o microfone da garota e arrasa nos vocais, ok! Mas era necessário?

Antes da Cath escolher sua técnica Jessie J. e Delta se ofereceram para cantar Beyoncè junto com ela. Confiram, foi incrível. Vocais fantásticos de JJ ahah. Amo essa mulher! Lindomar não curtiu muito, achou ela esnobe, enquanto eu e a Cath adoramos. Ótima escolha da Cath.

Ollie Kirk, 19

“Thinking Out Loud – Ed. Sheeran”

JEAN: Essa múscia de Ed. Sheeran dentre outras que se enquadram na mesma melodia, como stay with me, see you again, take me to church, all of me, I’m not the only one, dentre outras, não são músicas fáceis de cantar e transmitir a mensagem. Ollie possui uma voz não muito maleável, apresenta um falsete que pode ser melhor trabalhado e se sair melhor em músicas como este. Uma nota longa, se Jessie J. conseguir fazer com que ele a faça, o fará muito forte na competição.

LINDOMAR: Quando se trata de músicas de Ed Sheeran, eu costume ser exigente, afinal não é pra qualquer um canta música do ruivinho favorito do mundo. Ollie tem uma voz analasada, e que sai de forma estranha em certos momentos,  eu não teria virado para ele, achei a performance fraca, mas ele pode projetar melhor sua voz e com um pouco de controle vocal pode surpreender! E gente o menino ficou envergonhado com o comentário da Deltinha! HAHAHAHA, ficou mais vermelho que um pimentão!

Almaryse Burton, 40,

“Groove Is In The Heart, Deee-Lite”

JEAN: Almaryse parece ser uma mulher fácil de trabalhar. Apesar dela ter vindo com o look mega cafona ela mostrou o que ela tinha de melhor e escondeu ao máximo o nervosismo, senti ela bem a vontade durante a apresentação. Eu acredito que eu viraria sim para ela, mesmo com o risco de me arrepender depois caso surjam candidatos melhores, e tomara que surjam, por favor. rs

LINDOMAR: Audições Bizarras, mais uma para esse catalogo. A roupa dela é fora do comum, mas bato palmas para a energia que ela conseguiu colocar em sua performance, conseguiu projetar sua voz e fazer uma boa audição, mas eu não teria virado também.

Aviida (Paula & Clay), 38 & 28

“One and Only, Adele”

JEAN: Belíssima apresentação. Um dueto com a música de Adele aparenta uma conversa entre os dois, e a carga emocional pode ser dobrada. Contudo, ninguém canta Adele como a própria. Paula é maravilhosa, possui recursos de extensão e roquidão, e com certeza deve ter outros também. Delta como a técnica vai trabalhar bastante com os 2, principalmente com Paula, que mesmo se estivesse sozinha iria ter cadeiras viradas com essa blind audition.

LINDOMAR: É óbvio que não iria faltar Adele nas Blinds do The Voice AU! Gostei muito da execução do Aviida, principalmente da voz de Paula. É incrível o poder que ela consegue colocar nas notas, mas Clay não fica atrás, consegue projetar sua voz e alcançar grandes notas, foi uma boa audição, mas não sei que outros tipos de músicas eles poderiam nos proporcionar. Os Maddens Brothers precisam melhorar seus argumentos, porque Delta tá arrasadora nos argumentos e leva uma boa dupla!

Scott Newnham, 26

“Red, Daniel Merriwheater”

JEAN: Uma performance muito boa, começando num tom baixo e aumentando no momento certo conforme a música pedia. Uma música apelativa, Red, uma música que eu ainda não conhecia, mas já adicionei em minha playlist. Scott, um rapaz esperto e com grande potencial, tenho certeza que a escolha de Ricky Martin como técnico foi a melhor que ele fez.

LINDOMAR: Adorei! Esse visual de moço bombado com o cabelão em coque! Ele tem uma linda voz, mas precisa melhorar em alguns pontos, mas pode ir longe no show, ele me lembra de certa forma o Jackson da temporada passada que foi o finalista do #TeamRicky, coincidentemente ele foi com Ricky também!

Glenn Philiph, 38

“Save Tonight, Eagle Eye Cherry”.

JEAN: A song choice foi muita boa, contudo na maior parte da música sua voz ficou uns tons abaixo do necessário. No momento que ele subiu o tom e sua voz apareceu mais houve um conflito com a melodia. Eu também não viraria a cadeira com essa apresentação.

LINDORMAR: Foi bem mais ou menos, mas gostei do tom rouco dele! Valeu por Jessie e Deltinha cantando junto com ele, foi o melhor momento desta audição.

Lyndall Wennekes, 19

“Beautiful Disaster, Kelly Clarkson”

JEAN: Foi uma performance bem uniforme, linear, ela pode mostrar que sabe sentir a música. Não vi, de primeira, muitos recursos vocais que a possam tornar uma grande artista, contudo, penso que ela tem muita facilidade em aprender com sua técnica Delta.

LINDOMAR: Lyndall tem um timbre único, mas é evidente que precisa de treinamento vocal, em alguns momentos fica desagradável ouvir o seu tom da forma como ela o coloca. Enfim, acho hilário Benji e Joel tentando se ajudar e acabam se comprometendo! Kkk, Ficou fácil para Deltinha, mas acho que Lyndall tem muito a treinar.

Amber Nichols, 32

“Strong, London Grammar”

JEAN: Amber adentrou o palco do The Voice cantando Strong, até então uma música que eu também não conhecia, e linda letra e melodia. Uma voz linda, calma e sinestésica, ao mesmo tempo que ouvimos, sentimos a emoção até o momento do arrepio e das lágrimas.  A única 4 chairs do episódio, a 2ª da temporada até agora, Amber escolheu como técnico, ou melhor, como os técnicos os Madden’s Brothers. Já ouvi infinitas vezes, e acredito que vocês também vão amar ela rs.

LINDOMAR: Arrepiei! Vocais únicos e bem executados, eu não conhecia a música, mas já passei a amar, inclusive fui escutar a original e tem uma pegada mais emocional, enquanto a versão de Amber tem mais poder. Enfim, já considero ela um das minhas favoritas e finalmente temos um candidato nível The Voice Austrália! Gostei de ela ter ido com os Maddens, apesar de achar que Delta teria sido a coach ideal.

Terminando a review do 2º episódio das #BlindAuditions do #TheVoiceAU, vocês podem acessar as performances em melhor resolução diretamente na página do The Voice Australia clicando AQUI.

ATÉ ENTÃO OS TIMES ESTÃO ASSIM:

 maddensjessierickydelta

Antes de terminar minha review quero fazer as considerações finais. O episódio de hoje, a minha vista, foi muito superior ao 1º episódio, exibido ontem (também em review feita pelo Valber). Gostei bastante das apresentações de Amber e Scott. Cath foi também muito boa e vai crescer bastante na competição. Lyndall não se destacou muito na blind, contudo, achei a página dela no youtube e fiquei impressionado, ela vai arrasar nas próximas fases assim que Delta perceber todo esse talento.

É isso ai amigos, esse é o fim da review, compartilhem suas ideias comigo, o que acharam das apresentações e da dica que mandei sobre a Lyndall. Em breve teremos nova review do 3º episódio das blinds auditions. Forte abraço e beijos à todos.

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Muito boa a rewiew Jean, concordo com muita coisa que você e Lindomar falaram. Pra mim, o destaque tb foi a amber, ela me lembrou um pouco a Bo Bruce. Agora sim tô vendo o TVAUS que eu costuma ver nas demais temporadas, tá começando a ficar bom.

    • jcmarinozi

      Obrigado Michel 😉 também estou gostando kkk

  • Lucas Prata

    Rapaz, toda temporada o Team Joel é o meu preferifo, esperem que daqui a pouco ele pega os artistas mais singulares, como sempre. Amber foi muito foda! Jean e Lindo, não conheciam String? Temporada passada Jackson e Robbie (meus dois favoritos) fizeram uma battle linda com ela, dêem uma olhada. E quanto ao episódio, foi bem melhor que o primeiro, mas ainda tô esperando o melhor TV me surpreender, como nas outras temporadas. Ótima review, até a próxima meninos.

    • jcmarinozi

      Não conhecia mesmo haha, nunca acompanhei severamente o The Voice AU, primeira vez. 🙂
      Obrigado

  • Chocado com esse vídeo de Lyndall, achava ela um zero a esquerda! hahaha!
    Ela pode vir a surpreender no Team Delta!

    Joel tem apenas 1 artista, mas tem o MELHOR ARTISTA DA TEMPORADA! hahaha

    Boa Review Jean!! E to achando o Team Ricky meio fraquinho, mas ele costuma fazer seus acts surpreenderem na competição.. e aguardar.

    • jcmarinozi

      Não é?! Foi buscando o vídeo da blind dela que achei a página hahah
      Dê uma olhada nos demais vídeos, ela é incrível.
      Obrigado Lindomar 😉

Jean Marinozi

Maringaense, 25 anos, pisciano. Amo refletir, observar, abraçar e rebolar. Acompanho e adoro com muita força competições de música e dança. Tenho paixão por Drag queens e meu sonho é abrir um espacate.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu