Os Shows ao Vivo continuam…

Ola pessoal, hoje eu (Lindomar) estarei acompanhando vocês em um episódio atípico desta temporada do The Voice Austrália, onde tivemos diversas performances que realmente foram boas e poucas que deixaram a desejar, contrariando esta temporada que estava entre um clima frio e morno, porém a produção do The Voice AU sempre tão elogiada nas três primeiras edições do programa resolveu sacanear mais uma vez e os quatro candidatos que seriam eliminados hoje, que ensaiaram a semana inteira, tiveram seus ensaios com os coaches acabaram sendo eliminados sem a chance de performar, acho este tipo de atitude de uma falta de respeito tão grande com eles, e para completar a cagada os coaches mais uma vez vão interferir no resultado final, salvando um dos três restantes e o público irá escolher entre os outros dois quem avançara para as semi-finais.

Sendo assim, vamos em um primeiro momento falar sobre os eliminados desta noite, sendo que discordei apenas de 1 eliminação feita pelo público australiano.

TEAM JESSIE – CATH ADAMS

TEAM DELTA – NICOLAS DUQUEMIN

TEAM RICKY – SCOTT NEWMAN

TEAM MADDENS – TAMEAKA POWELL

Sim, minhas preces foram ouvidas e me despedi de Tameaka finalmente! o/ Em contrapartida vimos a incrível Cath Adams sendo eliminada injustamente, porque se formos avaliar as performances da última semana Cath foi muito superior aos seus colegas de time Simi e Amber, mas olhando para a características dos três como cantores, acho Amber e Simi muito mais singulares e acho que isso acabou pesando para ela. Outra eliminação justa e que me surpreendeu foi Scott, acreditava que ele teria o apego do público jovem e continuaria no programa e jurava que Gail séria eliminada, mas eu estava enganado.

Sobre o episódio de hoje, além das 12 performances tivemos duas convidadas, primeiro Demi Lovato apresentando seu novo e delicioso single “Cool For The Summer”, ela teve um pequeno início trêmulo do seus vocais, mas acabou de forma grandiosa.

Demi Lovato

Para ver a performance clique aqui. 

No final do episódio nossa coach australiana favorita Delta Goodrem apresentou seu novo e badalado single “Wings” . Para ver a performance clique aqui. Seu novo single é simplesmente delicioso e dançante e ao vivo ficou ainda melhor, amei as partes mais altas, a parte do piano e as batidas de tambor no final, diferente do que usualmente Delta apresenta, gostei muito.

Delta Goodrem

Para ver a performance clique aqui. 

Agora sem mais delongas, vamos aos comentários dos nossos artistas, hoje com a presença de dois lindos comentaristas: Zingler e Jean <3!

TEAM JESSIE

Simi Vuata – “Land of 1000 Dances” by Wilson Picket

Simi Vuata

Para ver a performance clique aqui.

Lindomar: Depois de uma semana passada com exagero, ele veio com uma música mais dançante, que permitiu a ele trabalhar mais o palco, e evitar o uso de seu falsete horroroso, e o resultado foi uma performance leve e gostosa, adorei como seus vocais foram utilizados desta forma mais suave, e foi uma performance fora do comum, nunca vi ninguém cantar com o coach no meio dela. HAHAHAHA e sei lá, isso só nos mostrou a excelente relação que existe entre Simi e Jessie.

Zingler: Bicha, a senhora eh destruidora mesmo hein? HAHAHA. Adorei ele essa noite, foi super carismático, cantou bem, brincou, dançou, curtiu a vida adoidado e soltou a franga. Pelo conjunto da obra diria que foi o melhor da noite.

Jean: Simi tem uma presença de palco indiscutível e também apresenta vários recursos. Dos 3 candidatos da Jessie para mim ele ocupa a última posição, mas para Jessie acho que o contrário, isso pois ela teve uma participação durante a apresentação dele! O que vocês acharam? Justo? Para mim talvez, essa participação poderia ajudar ele na votação, caso ele fosse, mas não, ele foi escolhido pela Jessie para ir direto ao TOP8 da temporada. Meu medo é ele superar Ellie, cuja é indiscutivelmente superior a ele.

Ellie Dreenan – “Lean On” by Major Lazer & DJ Snake feat Mo

Ellie Dreenan

Para ver a performance clique aqui.

Lindomar: Uma escolha inusitada, e que acredito que não funcionou, essa música não permitiu a Ellie mostrar seu alcance, e ela ficou ali sempre cantando no mesmo ritmo, sempre ali em uma pequena zona de conforto e que não me agradou, mas dentro desta zona foi mais uma boa performance, onde seus vocais estavam perfeitos e ela sempre mostrando sua simpatia, mas sei que Ellie poderia fazer mais e Jessie melhore nas escolhas para Ellie, sua finalista moral desta temporada.

Zingler: a escolha da musica talvez não foi a mais certa, ficou linear e sem dinâmica. Mas ela mandou bem nos vocais, mas suas apresentações sempre tem um fator WOW que essa noite faltou.

Jean: É impressionante que podemos dar qualquer música para Ellie cantar que ela vai ser sensacional. Me diz outra candidata dessa temporada iria cantar bem essa música? Talvez Peta, no máximo. Ellie é a melhor cantora da competição, milhares de recursos, versatilidade a milhão. Mas concordo que a song choice não foi legal para ela mostrar o seu melhor. Espero que Jessie tome cuidado nas próximas fases.

Amber Nichols – “Big Girls Cry” by Sia

Amber Nichols

Para ver a performance clique aqui. 

Lindomar; Depois da escolha musical inusitada semana passada que quase derrubou Amber, pois ela estava fora do seu normal, ela veio com “Big Girls Cry”, onde pode mostrar vulnerabilidade, uma conexão com a música e apesar de seus vocais não estarem impecáveis foi uma boa performance e que apagou o que ela fez semana passada.

Zingler: Voltei a gostar da Amber, mas não tem como ignorar que ela fez um trabalho somente ok com essa música. Ficou dinâmico e sua voz foi bem, mas faltou brilho.

Jean: Outra performance incrível da Amber. Claro, para compensar o desastre da semana passada. Amber é linda com esse cabelo, essa roupa, esse estilo, essa gravidez. Muitos acham que pode atrapalhar sua respiração, até concordo, para despreparados, grávidas quando bem preparadas podem cantar sem problemas, sem dificuldades, vemos pela rainha Xtina. Percebemos que nessa ela não desafinou nada durante toda a apresentação (Se bem que não teve nenhuma nota muito alta, até mesmo porque ela não precisa dessas notas para brilhar) , capaz da Jessie ter trabalhado bem isso com ela.

SAVE: SIMI VUATA

Lindomar: Jessie fez uma escolha fazendo justiça ao que foi apresentando pelos três hoje, temos que reconhecer que Simi fez uma performance brilhante e foi o melhor do time dela, mas acredito que isso ocorreu por conta das songs choices, principalmente para Ellie, acredito que se Ellie canta-se “Big Girls Cry”, por exemplo séria muito mais impactante, enfim, agora resta ao público escolher entre Ellie e Amber, eu ficaria com Ellie!

Zingler: Jessie J tinha um dos melhores times, mas por algum motivo não tem mais. Simi salvo com louvor, e quem deve seguir eh Ellie. A essa altura, Amber pra mim foi uma candidata que prometeu muito mas nunca cumpriu o que poderia ser, então a mandaria pra casa sem remorso.

Jean: Ela tem um time forte e diversificado. Ellie a grande estrela, Amber é a artista Indie e Simi o aspirante a Divo. Pois bem, Simi foi salvo pela coach e agora Ellie e Amber disputam a 2ª vaga para as semifinalistas de seu time, infelizmente. Espero que Ellie ganhe, claro, e ganhe também essa competição. Sou #TeamJessie e #TeamEllie.

TEAM DELTA

Rik-E-Ragga – “I Shot The Sheriff” by Bob Marley

Rik-E-Ragga

Para ver esta performance clique aqui.

Lindomar: Rik é um cantor extremamente limitado de recursos vocais, mas utiliza sua voz como pode para entregar algo de bom entretenimento, o meio da performance da música foi o grande lanca desta performance, aquela sequencia de Rap sem respiração foi ótima e acabou diferenciando bastante do original e dando um toque especial a sua performance, eu começo a gostar um pouco de RIk, mas espero que ele saia essa semana, porque amo muito mais os outros dois integrantes do Team Delta.

Zingler: Rik foi bem de novo, cantou um hino do Bob Marley, algo seguro demais. Cade cantar algo mais atual ou pop como semana passada? A essa altura do campeonato, estou dividido em gostar por ter a presença de estilos variados e não gostar por não ser mais do mesmo.

Jean: Ele já mostrou sua personalidade e a linha que quer seguir na competição, Reggae, pegada de Rap também. É legal ter uma linha a seguir, mas é mais legal ainda mostrar versatilidade e isso eu vejo que ele não tem. Rick, está na hora de você sair.

Caleb Jago-Ward – “Shut Up and Dance” by Walk The Moon

Caleb Jago Ward

Para ver esta performance clique aqui.

Lindomar: Depois de mostrar um lado mais darkness semana passada, vemos Caleb voltar a algo divertido e dançante, foi tão bom ver ele feliz e dançando e cantando, faltou só alguns momentos explosivos que poderiam ter sido acrescentados, mas de forma geral foi uma ótima performance de Caleb, e que permitiu a ele se movimentar pelo palco e explorar seus vocais.

Zingler: outro que cresceu no meu conceito hoje. Delta mostrou que trabalha bem como coach, de um time meio apagado e sem muita novidade, trouxe duas apresentações muito boas essa noite. Gostei da energia dele, combinou muito com a música e com o próprio Caleb.

Jean: Caleb até o momento ainda não me decepcionou na competição, contudo não surpreendeu mais que sua blind, que foi histórica. Caleb é carismático, tem empatia com o público e sabe cantar, isso o faz um grande candidato da coach Delta. Uma coisa é fato, ele estará junto com Lyndall na semi final.

Lyndall Wineekes – “I’m Gonna Lose You” by Meghan Trainor

Lyndall

Para ver esta performance clique aqui. 

Lindomar: Ai quanto amor, e eu não sabia que Lyndall tinha um timbre tão gostoso, e que sacada de Delta de escolher essa música para ela, aliás a parceria entre ambas tem funcionado muito bem, semana passada uma escolha inusitada e que permitiu a Lyndall mostrar seu lado performer e hoje algo que mostrou um lado mais vulnerável, com uma balada mais calma e descobrimos um timbre diferenciado, enfim, adorei tudo na performance de Lyndall.

Zingler: fez muito bonito mesmo. Cantou bem uma musica, mostrou bem sua voz e seu timbre, arrasou. Mostrou emoção e já disparou como favorita no Team Delta.

Jean: Saudades de apresentações assim da Lyndall, ricas em vocais maravilhosos. Pera, essa foi a primeira apresentação sensacional dela, isso porque eu já procurei seus vídeos no youtube e lá percebi quão boa, maravilhosa ela é como cantora. De longe a melhor candidata da coach Delta.

SAVE: LYNDALL WINEEKES

Lindomar: Nada mais justo, Delta salvou Lyndall após um incrível desempenho pela segunda semana seguida dos lives, alias Lyndall é a candidata que mais evoluiu no show, Delta também poderia optar por Caleb que não iria ser injusto, enfim, entre os dois candidatos que disputam a preferência do público australiano, evidentemente Caleb é o favorito e o que merece continuar, vamos ver se a Austrália não irá nos decepcionar. #ChegaDeRikERagga

Zingler: time mais consistente da noite, e o mais difícil de analisar quem sairia. Voto em Rik, apesar de ser único representante do estilo na competição, ja deu o que tinha que dar. Além do mais, os outros dois foram muito melhores essa noite, então não tem muito o que inventar aqui.

Jean: Hoje Lyndall fez sua melhor apresentação e mereceu ter sua vaga garantida no TOP8, para mim a finalista de seu time. Caleb deve ficar com a 2ª vaga, isso pois, como já disse, está na hora do Rick-E-Ragga sair.

TEAM RICKY

Naomi Price – “Too Darn Hot” by Ella Fitzgerald

Naomi Price

Para ver esta performance clique aqui. 

Lindomar: O melhor cenário deste episódio foi dedicado a Naomi, que apresentou algo totalmente diferente da linha que vinha seguido, Ricky quis explorar um outro lado, um lado mais musical e performer de certa forma, que adorei. Só diria que ela poderia ter ido pelo chão mesmo, alternando com aquelas dançarinas que estavam presas embaixo dela, pois apesar de gostar do que ela fez, faltou algo mais dinâmico.

Zingler: LINDA, oposto do que faltou no Liam: todo conjunto dela cantando naquele container funcionou muito bem. Super sexy sem ser vulgar, ótimos vocais, musica que transpira seu estilo, mas que não ficou aquela coisa chata de zona de conforto. Amei, apenas.

Jean: Mostrando também versatilidade em suas apresentações Naomi se mostra uma artista também modificável. Embora ela tenha cantado bem e mostrado seu lado sensual eu prefiro ela cantando como Don’t cry for me Argentina e Defying Gravity, ela arrasa muito mais. Como vou dizer no coment sobre Peta, a música All By Myself ficaria bem melhor na voz de Naomi.

Liam Malhi – “Love Me Again” by John Newman

Liam

Para ver esta performance clique aqui. 

Lindomar: Mais uma vez Liam mostrando seu timbre gostoso e dando uns nuances diferentes em uma música que de certa forma já foi cantada diversas vezes em reality’s shows, mas foi algo diferente, porém no meio da música Liam teve problemas vocais para segurar a sequencia da música, mas se recuperou na nota mais alta, mostrando novamente seu timbre, se ele não tivesse tido aquele pequeno problema no meio, sério mais uma grande performance dele.

Zingler: gosto do Liam, e achei que ele foi super bem hoje. A música cresceu na medida certa, mas por ele estar tão próximo da banda ficou meio estranho: ele não nasceu pra fazer parte de banda, então por que colocar ele apresentando num cubículo com eles se não vai interagir? Por falta de utilização do cenário, volte duas casas.

Jean: Foi sensacional, o melhor do time do Ricky nessa noite. Cantando Love me Again ele me surpreendeu, afinal essa música não é fácil de ser cantada.

Gail Page – “Strange Fruit” by Billie Holliday

Gail Page

Para ver esta performance clique aqui. 

Lindomar: Uma músico UOOO, para um vocalista experiente e que fez uma linda performance, os vocais carregados de Gail sempre chamam a atenção e hoje especialmente ela foi muito bem, fazendo partes mais altas e alguns momentos alternando para partes mais suaves, foi um dos melhores desempenhos vocais desta noite.

Zingler: cantou muito bem, vocais excelentes. Mas a musica ficou muito chata, estou em um dia animado, vendo essa performance e não me desceu bem esse arranjo sombrio. Próximo!

Jean: está é a 2ª apresentação que eu consigo entender o que ela canta, acho que ela está fazendo sessões com fonoaudiólogo, o que me contraria em alguns dos meus comentários para ela nos episódios anteriores, ela está melhorando sim no programa. Ela já era boa e preparada, agora está ainda melhor. Mesmo embora todos seus atributos ela não faz um perfil TV.

SAVE: LIAM MALHI

Aqui fui surpreendido avaliando o desempenho dos três hoje, Liam para mim não foi o melhor, vimos Naomi saindo de sua zona de conforto, sendo sexy, arrasando, enfim, por esses motivos salvaria Naomi novamente, mas acredito que os coaches não queriam salvar o mesmo candidato por duas semanas seguidas, e pensando no artista singular que Liam pode ser, Ricky acabou optando por ele. Entre as duas restantes torço pela saída de Gail e a permanência de Naomi.

Zingler: apesar de sempre amar Ricky, seu time está fraco, e eliminaria Gael fácil apesar dela ser uma ótima cantora e ter vocais muito bons.

Jean: Outro com um time diversificado, aliás, todos tem. Ricky possui 1 arma fortíssima, Naomi, a candidata mais forte a meu ver. Liam é muito bom, mas não vai surpreender tanto quando Naomi.  Feliz que pelo menos Naomi não irá competir com Liam dado que ele foi salvo pelo coach.

TEAM MADDENS

Nathan Hawes – “Only Love” by Bem Howard

Nathan

Para ver esta performance clique aqui. 

Lindomar: Gostei do novo arranjo proposto por Nathan, mais uma vez ele muda tudo na música original permitindo a ele mostrar seu timbre diferenciado e tocar seu violão, ele sempre altera as músicas para algo mais calmo e que fez que está assistindo sentir a profundidade da letra, por isso achei essa escolha musical desta semana bem mais adequada que a da semana passada.

Zingler: pra mim fez mais do mesmo. Não foi ruim, mas não me marcou. Pra um artista que transpira originalidade como o Nathan, ele tá muito na zona de conforto, toda semana fazendo apresentações iguais com o violão.

Jean: Por incrível que pareça eu gostei dessa apresentação. Ele, fisicamente, me lembra o campeão da última season do TV US, por isso não vou com a cara dele. Mas comparando Nathan é muito melhor que Salwyer, exceto o cabelo, que o do Salwyer é melhor rs. Nathan estava conectado em corpo, alma e voz com a música Only Love.

Joe Moore – “Believe” by Mumford and Sons

Joe Moore

Para ver esta performance clique aqui. 

Lindomar: Gente, eu posso dizer que amo ainda mais Joe? Eu amo essa música do Mumford, a única crítica que faria foi o fato de ele estar no início da música meio desconectado, quase sorrindo, quando a música tem uma letra que diz totalmente o contrário. Enfim, do meio pra frente, Joe se conectou e encaixou sem timbre de forma arrepiante novamente e entregou mais uma linda performance.

Zingler: sou suspeito pra falar porque amo essa musica e amo Joe. Mas ai percebi que tenho propriedade pra julgar porque amo essa musica e amo Joe. Falou uma conexão com a musica no inicio, algo como ele cantar mais a capela ou com os olhos fechados, como já vimos ele fazer. Também senti falta no final de uma nota mais alta, principalmente no ultimo “Open up my eyes, Tell me I’m aliiiiiivee”. Queria que ele tivesse largado o violão do meio pro final também e se jogasse mais na musica.

Jean: Foi linda essa apresentação, claro que não chegou a 10% da carga emocional da apresentação passada dele, contudo ele é incrível, Joe sabe emocionar e interagir, entrar na música, parece que ele sai do palco enquanto canta. Ele é um fortíssimo candidato.

Peta Evans-Taylor – “All By Myself” by Celine Dion

Peta Evans

Para ver esta performance clique aqui. 

Lindomar: Peta pegou aquela música mais clichê de todos os tempos, que exige uma carga emocional e cara de choro e colocou o estilo Peta, é incrível como podemos observar características suas nesta interpretação visceral que ela fez no palco, ela começou já no clímax da música cantando todas as notas com maestria, do meio pra frente teve um momento em que ela da um sorriso (destacado na foto da performance) e ai partir daí ela apenas lacrou, com uma sequencia arrepiante de notas altas bem executadas, terminando com um “anymoreeee…” arrepiante.

Zingler: Obama’s Elf, o hino das fossas. Tem como não amar? Apesar de ser super clichê, Peta mandou bem. Mas o fato da musica ser super conhecida a ponto de ser chata, acho que faltou uma mudança, algo diferente na apresentação. Vocalmente foi incontestável, especialmente no final com as ótimas notas.

Jean: Cantando um dos maiores hits da Celine, diva, Peta arrasou. Primeiro pelo seu vestido, sensacional, a mais linda dessa noite dentre as candidatas. Eu sinceramente não imagina que seria ela que cantaria essa música, eu acreditava que seria Naomi, porém fiquei surpreso. Ela deu o toque dela na música, ficou diferente, diferente do que ela já apresentou até o momento, mostrando ser uma cantora moldável.

SAVE: NATHAN HAWES

Lindomar: Acredito que os Maddens no fundo gostariam de salvar Joe novamente, pois adoram o garoto, porém fizeram isso semana passada, e olhando suas duas outras opções não gostariam de perder seus meninos e acabaram salvando Nathan, que entre os três é o mais singular, mas em termos de performance hoje, acredito que ficou um pouquinho atrás de Peta e Joe. Resta assim, este embate doloroso entre Joe e Peta, onde torço pela permanência de Joe, mas se Peta for a escolhida não séria injusto, pois ela apresentou a melhor performance deste top 12.

Zingler: Em geral Team Madden ficou levemente abaixo do que poderia nos proporcionar, mas mesmo assim foi bem. Eh o melhor time e tem os melhores candidatos, mas que não mostraram muita evolução nessa etapa do programa. Com Nathan salvo, escolheria Peta pra ir adiante por ser um estilo mais diferente do ja escolhido (com dor no coração de ver Joe injustamente sair apos a semana passada). Mas acho que Joe leva e Peta baila. Decisão difícil e que vai doer independente do que acontecer.

Jean: Também com um time diversificado Madden’s traz fortes candidatos. Minha torcida na ordem é para Joe > Peta > Nathan, mas Nathan foi salvo pelo coach e meus 2 preferidos vão disputar. Triste, mas escolho Joel para passar de fase.

//———//————//——–//——–//———–//———–//———-//

Resumindo na semana que vem temos quatro duelos por quatro vagas:

TEAM MADDENS

Joe Moore vs Peta Evans-Taylor

TEAM RICKY

Naomi Price vs Gail Page

TEAM DELTA

Caleb Jago-Ward vs Rik-E-Ragga

TEAM JESSIE

Amber Nichols vs Ellie Dreenan

Apostaria na vitória de Joe, Naomi, Caleb e Ellie. E ai finalmente teremos as semi finais, onde espero não ver a influência dos coaches, outro detalhe e que ainda não sabemos se teremos Wild Card nesta temporada. O Wild Card definiu a campeã da Season 3, quando a bela Anja Nissen que havia sido eliminada nas semi finais, ganhou mais uma chance voltou e venceu. Enfim, por hoje é isso, espero vocês queridos leitores nos comentários opinando sobre quem avança para a próxima fase, deixei uma enquete para saber como esta a popularidade entre vocês dos nossos artistas.

 

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
  • Jean César Marinozi

    Ah Peta não pode, pois não vai para a Semi, nem a Amber, logo o Wildcard penso para Liam

    • Onde aperta para virar Top 12 tipo US? hahahaha

      Enfim, acho que avançam para as semis Joe, Caleb, Naomi e Ellie…. e para a final Lyndall, Ellie, Nathan e Liam, com um Wildcard indo para Joe….

  • Jean César Marinozi

    Pra mim a final seria Ellie, Joe, Naomi e Lyndall, e com wildcard para Peta, já que só podem semifinalistas participar do wildcard não é?

  • Dan

    Pra mim realmente o #TeamMaddens é o mais forte, acredito q Nathan seja o finalista, do #TeamJessie pra mim o finalista será a Ellie apesar de amar Amber, ainda revejo varias vezes a audição dessa, perfeita, do #TeamRick tá com cara da finalista ser a Naomi, se bem bem q isso era previsto desde a montagem dos times, do #TeamDelta deve dar Caleb.
    Se rolar WildCard pra mim tinha q voltar a Grace Pitt q é divina, foi a maior burrada q Delta fez nesse programa eliminar a melhor do seu time.

    • Oi Dan,então o Wildcard volta um dos candidatos eliminados na semi finais, sendo assim não teremos Grace! =(

      Team Maddens está bem superior aos outros, Nathan deve ser o finalista, mas não me surpreenderia de ver Joe ou Peta roubando esse lugar… Ellie e Lyndall acho que estão garantidas em seus times… Naomi e Liam deve ser uma boa disputa tmb.

%d blogueiros gostam disto: