Posts Populares

The Voice AU – S07E11 – The Knockouts – Part 1

Por que melhorar se a gente pode atrapalhar um pouquinho? 

Eu não tenho dúvidas de que esse é o lema do The Voice em quase todas as franquias. Poi sempre que algo está caminhando bem, parece que a produção olha pro programa e pensa “hmmmm isso aqui está muito bom, vamos atrapalhar”. Não tem outra explicação para o programa optar por manter o formato controverso do ano passado, mesmo depois de blinds auditions tão boas. Sim, controverso, pois, ao passo que podemos ver mais uma performance individual de cada artista (o que é ótimo!), somos obrigados a vê-los cantando em um minuto, o que acaba se tornando material raso para uma correta análise dos coaches.

Para quem não se lembra do formato do ano passado, vou explicar para vocês:  os times foram divididos em trios e cada um teve que cantar uma música escolhida dentro do tema proposto para cada trio. Após as apresentações, o mentor escolheu um vencedor e os outros dois candidatos perdedores ficaram disponíveis para roubo. Lembrando que cada coach teve direito a dois roubos durante toda essa fase. Meio que um massacre, né?

Ao contrário do ano passado, hoje vamos comentar cada apresentação separadamente e, ao final do última, deixaremos nossa opinião de quem foi o vencedor. Contaremos com os comentários do nosso paneleiro gringo Lindomar e de um dos nossos paneleiros baianinhos Lucas Salles. Vamos lá?

[TEAM JOE]  Aydan Calafiore -“Side to Side” by Ariana Grande | Tema “Ariana Grande” 

Tati: Que tema ruim para esses meninos, gente. Adoro a Ariana, mas ela sempre canta em um tom bem maior do que eles podem alcançar. Enfim, abri esse pareamento sem esperar muita coisa e Aydan me surpreendeu novamente. Não esperava nada dele na blind e muito menos aqui, mas não é que a song choice deu super certo e ele entregou uma apresentação interessante, dentro do possível? Gostei da energia, mesmo que os vocais não estiveram lá grandes coisas, pois ele me pareceu ofegante em alguns momentos.

Lindomar: Aydan me surpreendeu com sua versão de Despacito nas audições e quando vi a combinação bombástica que poderia rolar dele cantando Ariana fiquei ATENTO. Acho que entre tudo que ele poderia fazer sem atingir grandes notas ou usar vibratos ele fez, ele consegue entreter a todos e mostrar muita energia, é um verdadeiro performer como destacaram os coaches.

Lucas S: Aydan arrasou, Brasil. Ele traz uma malemolência e uma voz com qualidade de estrela. Ele é um cantor comercial, e traz nuances de vários cantores teens da nossa atualidade. Amei sua performance e espero que continue incendiando os palcos nas fases anteriores.

[TEAM JOE]  Jackson Parfitt – “Into You” by Ariana Grande | Tema “Ariana Grande” 

Tati: Não havia curtido Jackson nas blinds, mas hoje ele me surpreendeu positivamente. Os vocais deles estavam bons e melhores comparados à fase anterior e ele foi bastante correto. Meu problema com ele é que ele, nas duas apresentações, não me pareceu conectado com o que estava cantando. Mas fica difícil julgar muito nesse caso, já que a apresentação dele foi bem curtinha, né?

Lindomar: Nesse trio posso dizer que Jackson mostrou os vocais mais competentes e mostrou mais conexão com o que estava cantando, fiquei realmente surpreso com ele e em como ele cresceu da audição até aqui. Entretanto a música permitia a ele se entregar mais, conseguir talvez explorar um pouquinho o palco, mas no geral foi muito bem para uma performance de 1 minuto.

Lucas S: Rapaz, vou passar a pedir que, meu senhor Jesus, me presenteie com um australiano. PQP, é muito sapão em um reality só, gente. O bom é que Jackson não é só um rostinho bonito. Ele criou, em apenas 1 minuto, uma atmosfera incrível. Amei demais sua performance e o jeito que sua voz preencheu todo o palco. Joe errou na decisão, entretanto, Kelly acertou em cheio salvando o menino.

[TEAM JOE]  Josh Richards – “One Last Time” by Ariana Grande | Tema “Ariana Grande” 

Tati: Eu não tinha dúvidas que, dos três candidatos, Josh poderia ser o artista que se daria melhor dentro desse tema, já que ele é uma mini diva, né? Ele se aproximou do tom da música e foi bem dentro daquilo que podia. Eu ainda acho que a voz dele é um pouco imatura pra competição, mas ele pode melhorar, com os conselhos dos técnicos.

Eu escolheria Josh para avançar, por me parecer mais promissor e possuir mais potencial.

Lindomar: Aii Josh que fofura esse garotooooo! Eu morro com ele todo sem medo de encarar nada, já nos ensaios deu um banho nos outros dois em questão de confiança, ele não tem medo e não tem preocupações. E justamente isso é o ponto fraco dele, ele tava tão excitado e tão agitado que talvez pudesse ter entregado mais se tivesse menos. Ele foi vocalmente competente, explorou o palco um pouco a mais que o Jackson e acho que no geral ele mostrou que tem muito potencial para seguir.

Eu escolheria Josh para avançar devido ao conjunto do que foi apresentado, mas não acharia errado Joe escolher algum dos outros dois. Jackson foi mais voz, Aydan mais performer e o Josh um conjunto dos dois.

Lucas S: Ô gente, não concordo de jeito maneira, que crianças de 15 anos participem do reality, é injusto. Mas já que é permitido, vamo comentar. Josh traz dentro de si um cantor que num futuro não tão distante, irá acabar– num bom sentido – com todos dentro de algum reality no qual ele queira participar. Mas agora, nesse momento, eu sinto que ele não está preparado para o The Voice. Espero que ele queime minha língua nas battles…

Eu escolheria Jackson nessa!

VENCEDOR:  Aydan Calafiore
STEAL: Jackson Parfitt (By Kelly)
STEAL: Josh Richards (By Delta)

 

[TEAM DELTA] Aimee Hannan – “Beautiful Trauma”  by Pink! | “Tema Pink!” 

Tati: Aimee me deixou com duvidas em sua blind, devido ao seu nervosismo e eu fiquei receosa disso acontecer com ela novamente. Bom, ela não me pareceu tão nervosa, porém, achei que ela ficou devendo muito ao passar a essência da música. Beautiful Trauma tem uma dualidade na letra que permitiria uma senhora interpretação, mas nesse caso só vimos uma preocupação com os vocais e isso me incomoda demais na maioria dos casos.

Lindomar: Aimee explodiu em emoção nas audições mas falhou gravemente na respiração, você sempre conseguia ouvir umas baforadas no microfone. Esse foi exatamente o ponto que Delta pediu para ela trabalhar, mas acho que ela se preocupou tanto com isso que esqueceu sua principal característica: emoção. Ela não conseguiu se conectar ou passar vulnerabilidade, além do mais seus vocais foram ok, mas senti falta dela alongar as notas ou subir em um tom mais alto.

Lucas S:  Aimee arrasou nos vocais, pegou assim com suas concorrentes uma música poderosíssima e fez muito bem no que se propôs. Entretanto, suas concorrentes brilharam tanto que fizeram com que ela ficasse meio que ofuscada. Mas num geral, ela foi muito bem em sua performance.

[TEAM DELTA] Jacinta Gulisano -“What About Us” by Pink! | Tema Pink! 

Tati: Quem era Jacinta, gente? Eu fiz a review sobre ela, mas não me lembrava dela de verdade e precisei relembrar sua blind para ver que a menina melhorou horrores de lá pra cá, mas tipo… melhorou MUITO! Gostei da interpretação, amei a voz e fiquei com a vontade de assistir uma performance mais completa de Jacinta com essa música, pois combinou demais com ela. Vejo aqui uma potencial artista para nos surpreender daqui pra frente.

Lindomar: Olhaaa uma nova Lyndall surgiu! Para quem não sabe Lyndall foi uma act do #TeamDelta que mostrou muito pouco e muitos criticaram sua presença nos lives, mas lá Deltinha e ela souberam trabalhar e fizeram um trabalho incrível. Jacinta me surpreendeu, dentro de 1 minuto e poucos segundos, ela cantou no tom mais alto, passou vulnerabilidade e fez carão, mostrou presença de palco. Olha to bem surpreso e acho que ela pode crescer muito na competição.

Lucas S: A mulher arrasou, hein? Jacinta pegou uma musicão e fez jus a ela. Ela abusou da sua voz, dominou o palco, acertou todas as notas… Ain, ela fez uma apresentação maravilhosa, de verdade. Ela transpassou uma veracidade e uma confiança incrível. Deltinha acertou em cheio na escolha do vencedor do Ko. Jacinta é quem está melhor preparada para a competição.

[TEAM DELTA] Mikayla Jade – “Nobody Knows” by Pink! | Tema Pink! 

Tati: Antes de tudo preciso dizer que fiquei preocupada com Mika chorando no ensaio, pois me fez acreditar que as inseguranças dela ainda podem ser um fantasma pra ela durante a competição. Porém, fiquei surpreendida que isso não a atrapalhou tanto na hora de cantar e a bichinha entregou uma performance bonita e bastante conectada. Eu vejo muito potencial nessa garotinha, mas ela vai precisar amadurecer muito ainda.

Estou na dúvida aqui, viu? Mika foi muito lindinha, mas Jacinta foi consistente e segura. Eu escolheria Mika, pois gosto muito mais da voz, mas fico com medo dela sentir o peso dos lives. Espero que ela continue crescendo.

Lindomar: Mika mulher como você não conhecia esse HINOOOO Nobody Knows? Mas acabou sendo a melhor coisa, parece que Mika construiu sua própria versão, crua e simplista, cheia de emoção e melismas. Amei forte cada verso dessa voz pura e acho que vocalmente e emocionalmente ela foi a melhor desse trio sim. Meu único ponto aqui é que novamente ela se mostrou muito abalada nos bastidores por tudo que ocorreu na vida dela e de certa forma ela é tão jovem e imatura e isso com toda pressão do show pode acabar sendo um problema no futuro.

Dado as apresentações é inevitável dizer que Mika foi a melhor das três artistas aqui. Mas eu escolheria Jacinta se tivesse no lugar de Delta e sabendo os trabalhos que Delta costuma fazer nos lives, é um match completo entre as duas e Mika ainda tem muito a crescer como artista para vingar nos lives. Espero que minha boca seja calada pelo George e que ele faça a Mika brilhar muito mais.

Lucas S: Mika é de longe, a garota que mais tem potencial dentro da competição. Ela traz uma inocência tão linda cantando, que emociona não só a mim, mas a todos que a escutam. Eu amo a voz dessa menina, amo sua ingenuidade, todos os seus floreios e nuances…. amo tudo o que ela faz rs. Hoje, ela trouxe o nervosismo a tona, mas mesmo assim, conseguiu entregar uma performance linda. Espero que Boy George aproveite-a muito bem, pois ele tem um diamante incrível em seu time.

Nesse k.o, minha winner é a Jacinta.

VENCEDORA: Jacinta Gulisano
STEAL:  Mikayla Jade (By George)

 

[TEAM GEORGE] Joel Wiggins “At Last” by Etta James |  Tema “Soul Greats”

Tati: Joel entregou uma audição bastante consistente em termos vocais e eu não esperava menos dele aqui. Foi tudo muito bem executado vocalmente e deu pra perceber que ele possui um bom controle. Eu acho “At Last”uma música grande demais para se cantar em um minutinho, mas felizmente ele soube bem o que fazer nesse tempo tão curto e não deixou a desejar, ao meu ver.

Lindomar: Aquele básico bem feito e que não pode ser criticado. Joel mostrou que tem Soul e que consegue flutuar entre diversos tipos de notas, o que acabou matando aqui foi o tempo, o 1 minutinho dado não dava chance de Joel ir adicionando camadas e mais camadas e assim ir crescendo na música, ele acabou ficando no básico esquecível bem feito.

Lucas S: Joel pegou uma música incansavelmente batida e fez o feijão com arroz. Foi algo demais? Não. Foi algo esquecível? Também. O bom é que ele entregou uma apresentação afinada…

[TEAM GEORGE] Jackie Ramsay “Piece of My Heart” by Janis Joplin |  Tema “Soul Greats”

Tati: Essa música é um hino e não tem como ficar parado, né? Mas eu não me engano, pra mim os jurados só ficaram empolgados muito mais pela canção em si do que pela performance de Jackie. Bom, ao menos ela estava animada, mas mesmo assim fiquei sentindo falta de algo a mais e seus vocais não me agradaram em nadinha. Sei que é difícil ficar esperando muito em uma performance de 60 segundos, mas ao menos em um critério você precisa ir muito bem e, pra mim, ela não foi muito bem em nenhum deles.

Lindomar: Jackie Donaaa! Mamma Rock! Jackie sabia que não tinha muito futuro no show e entrou no jogo para se divertir e brilhar. Achei ótima a song choice para ela e ela mostrou toda rouquidão que tinha ali, mas no geral achei bem apagado e acho que ela poderia brilhar ainda mais.

Lucas S: Jackie está vivendo o momento dela, e isso me deixa extremamente feliz por tal feito. Agora andamos e convenhamos, gente, estamos saturados de senhoras como ela no programa. Ela fez tudo certinho, usou e abusou de seus recursos vocais, mas não rolou, pelo menos para mim.

[TEAM GEORGE] Chang Po Ching “Try a Little Tenderness” by Otis Redding |  Tema “Soul Greats”

Tati: George geralmente arrasa nas escolhas de músicas, mas preciso criticar essa música! Como o Boy me escolhe uma música cuja essência está em sua crescente? O Arranjo de um minuto simplesmente matou a música e dificultou muito o trabalho de Change, que até foi bem vocalmente, mas fez uma performance sem muita emoção e que nos deixou a impressão de que algo estava faltando. Convenhamos de que ele também não ajudou muito, né? Achei que ficou devendo na entrega.

Meu vencedor nesse pareamento seria Joel, foi ótimo vocalmente e fez o que podia com um tempo tão curtinho.

Lindomar: Mesma coisa do Joel, mas aqui o Chang começou no 220V e mandou ver nas notas mais altas desde o começo o que deixou as coisas melhores que para seu amigo. Acho que facilmente ele foi o melhor desse trio, mas senti que ele precisa realmente se conectar com o que está cantando. No geral achei o trio bem esquecível e por mim os três iriam pra casa.

Change venceu aqui facilmente, mesmo tendo a emoção de uma porta. Entretanto eu levaria Joel pelo potencial e por ter feito um bom trabalho com uma musicão em pouco mais de 1 minuto.

Lucas S: Eu não resisto a cantores como o Chang. Eu adoro esses tiozões gritadeiros que fazem exatamente o que tem de fazer. Acredito que a canção corroborou para que eu tenha curtido tanto a performance. Chang pode ser ainda melhor aproveitado e espero que Boy George o faça, pois, voz, o cara tem de sobra. Amei!

Meu vencedor desse confronto é Chang!

VENCEDOR: Chang Po Ching

 

[TEAM JOE] Anyerin Drury -“Stone Cold” by Demi Lovato | Tema “Demi Lovato” 

Tati: Apesar de ser uma música bastante cantada em realities, eu acho “Stone Cold” uma escolha muito difícil. Além de variar muito nos tons, é preciso saber passar um pouco da carga emocional da música. Anyerin não me fez morrer de amores por ele em sua blind e, por isso, não estava com tantas expectativas, mas elas foram superadas, já que tivemos aqui uma apresentação muito sólida vocalmente e uma boa interpretação pra letra. Só achei que a última nota não saiu como ele queria, mas mesmo assim não me incomodou em nada.

Lindomar: Você que vocais @? Anyerin surpreendeu a todos mandando ver nas notas altas e mostrou conexão e entrou no jogo em um trio que parecia ter sido feito para uma vitória fácil de Sally. Anyerin mostrou que pode ser versátil e cantar Demi Lovato com classe e entrega. Ele me lembra muito o Caleb Jago Ward do #TeamDelta Season 4.

Lucas S: E não é que gostei? Anyerin pegou uma música que já estamos imensamente cansados de ouvir em outras franquias, mas o boy deu seu registro, trouxe seus toques, toda a sua emoção e fez uma bela apresentação.

[TEAM JOE] Pete McCredie – “Cool For The Summer” by Demi Lovato | Tema “Demi Lovato” 

Tati: Eu não sou muito exigente com essa música, pois se até a dona acaba com ela nos shows, por qual motivo eu serei em um reality, não é mesmo? Mas, minha gente, não é porque a música é quase sempre mal cantada, que você deva vir e se superar fazendo uma versão pior, não. O que foi isso, Brasil? Interpretação forçada, quase que caricata e uma voz tenebrosa. Me fez sentir falta da Ellie Lawrence do The Voice US, pois ao menos a gente sabia que a bichinha estava com dor de garganta. Se Pete estava em sua melhor forma, preciso dizer que ele precisa voltar umas duas casas e tentar de novo.

Lindomar: Ai eu AMEI DEMAIS! Que vibe maravilhosa que o Pete tem? A voz cheia de efeitos e colocando uns rosnados levinhos. A música é pra balançar a raba no chão e ele fez sua versão indie disso. É claro que contra duas vozes poderosas aqui não podíamos esperar que ele fosse competir indo apenas nos vocais, Pete criou sua atmosfera e fez a sua maneira. ADOREI.

Lucas S: Que sapão, hein? Sobre a performance, Pete até tentou, mas essa song é demais para ele. A voz dele é totalmente genérica e algo que não traz nada de novo, nada de diferente… Ap menos ele dominou o palco com toda a sua movimentação.

[TEAM JOE] Sally Skelton – “Skyscraper” by Demi Lovato | Tema “Demi Lovato” 

Tati: Sally por que sempre tão linda? Eu amo tanto o jeito que ela se conecta com a música e projeta sua voz, acredito que esse seja seu ponto mais forte. Ótima song choice pra ela, pois permitiu que ela mostrasse seu lado mais emocional e tudo mais. Só fiquei chateada que não colocaram a parte do “go run run run i’m gonna stay right here watch you disappear”, pois é a parte que mais nos permite perceber a emoção da música. Uma pena, viu? Pois eu gostei muito da personalidade de Sally nessa canção.

Eu daria a vitória para Sally, sem a menor dúvida! Vejo muito potencial nessa garota e espero que ela tenha mais sorte nessa season.

Lindomar: Sally minha linda que performance maravilhosa? Deveriam deixar esse anjo cantar por mais tempo porque precisamos dessa versão full de Skyscraper pra ontem. Sally venceu os dois adversários nas primeiras notas, é a queen retornante sim e espero que Joe leva ela até os lives sem problemas! Que pisão amigos!

Temos nem dúvidas aqui mores, a vencedora é Sally! 

Lucas S: Sally mais uma vez fez um Ko sólido, poderoso e totalmente intocável. Arrisco a dizer que essa menina está em uma notável evolução e pode vir a chegar muito mais longe que na edição anterior (espero que isso realmente aconteça). Skyscraper eige uma conexão absurda e ela teve do início ao fim. Fora a afinação dessa menina que algo de outro mundo, né não? PQP! #GoSally

Minha winner desse confronto também é Sally!

VENCEDORA: Sally Skelton 

[TEAM KELLY] Hannah Pearce – “The Cure” by Lady Gaga | Tema “Lady Gaga”

Tati: A julgar pelo que Hannah apresentou em sua bind, achei a escolha da música um pouco errada e entendo ela ter ficado um pouco desconfortável nos ensaios e em sua performance, pois realmente não tem muito a ver com o tipo de artista que ela pareceu ser. Foi uma performance bem abaixo do que ela pode entregar em termos vocais e eu credito isso ao nervosismo, que ficou visível enquanto ela cantava.

Lindomar: A música limitou a Hannah demais minha gente, ficou tão linear e tão meia boca isso aqui, a menina não tinha pra onde crescer ou brilhar. Escolheu muito errado Kelly Rowland e ainda tivemos Hannah não indo tão bem vocalmente.

Lucas S: Sabe quando não temos simpatia alguma com o candidato? Esse é o meu caso com a Hannah. Ela foi muito bem em sua apresentação, abusou de seus vocais, fez algo super correto, mas pra mim não rolou, ela me dá a impressão de ser apenas mais uma em milhões.

[TEAM KELLY] Lacey Madison “Joanne” by Lady Gaga | Tema “Lady Gaga”

Tati: Minha Lacey maravilhosa, tombadíssima com essa música! Não acho que Joanne tenha muito a ver com ela, mas ao menos ela fez o que podia e entregou uma apresentação muito boa vocalmente e conectada na medida do possível, já que ficou nítido que ela estava um pouco nervosa. De qualquer forma, apesar de ter sido uma performance abaixo de sua blind, achei que ela foi bem e não estou preparada para ver essa bebezinha sair do programa.

Lindomar: Claramente Kelly tentou flopar a Lacey dando essa song pra ela e deixando a melhor pro boy do time dela Mas Lacey foi lá e mostrou que é muito rainha bixo! Que versão maravilhosa foi essa? Em 1 minuto acho que Lacey fez a performance mais completa com emoção, vocais e colocando sua própria marca! QUE HINOOOO!

Lucas S: Essa menina foi de uma vulnerabilidade indescritível cantando. Eu fiquei vidrado e arrepiado em vários momentos. Amei demais. Ela esteve entregue a música o tempo todo e nos fez ver uma belíssima performance. Great job, honey!

[TEAM KELLY] Brock Ashby – “Million Reasons” by Lady Gaga | Tema “Lady Gaga”

Tati: Em primeiro lugar, quando vi esse boy na blind já sabia que ele poderia dar problemas e ainda acho, pois ele é bem bonito e o público australiano não sabe lidar muito bem com isso. Apesar dele ser bem afinadinho e tudo mais, acho ele tão básico e deu pra perceber isso nesse k.o. Ele decaiu em relação à blind e achei que a voz dele estava mais “sofrida”, não em questões de afinação, não sei explicar muito bem, mas sabe o “sofrimento” que quase todo sertanejo tenta colocar enquanto canta uma sofrência? hahahaha Então, foi assim que eu me senti enquanto ele cantava e isso me soou até um pouco forçado. Mas não foi uma apresentação ruim, não. Apenas básica.

Apesar da Lacey ter decaído um pouco em relação à sua audição, ela me convenceu mais e eu ficaria com ela. 

Lindomar: Eu até curti a blind do Brock, mas hoje o moço teve a emoção de um cacto! Que performance mais sem vida e sem momentos, com a melhor música do trio ele entregou o básico do básico com vocais corretos, mas sem ousar ou arriscar. Achei bem ok.

Kelly Gata a escolha tava claríssima aqui Lacey vencedora!

Lucas S: Brock fez o dever de casa, estudou direitinho, e tirou um 9 na prova. O boy canta muito bem. Não lembrava dele nas audições e gostei muito do que vi hoje. Se Kelly trabalhar direitinho com esse homem, podemos ver um futuro Alfie vindo por aí. Amei a apresentação demais! Uma pena ter sido tão rápida…

O meu vencedor seria Brock!

VENCEDOR: Brock Ashby

 

 • CONSIDERAÇÕES FINAIS 

TEAM JOE: Joe teve dois pareamentos hoje e eu concordei apenas com a escolha dele em relação à Sally. Apesar de ter gostado de Aydan, achei Josh melhor e concordo que Jackson foi mais consistente vocalmente, mas não acho que essa escolha tenha sido tão absurda.

TEAM DELTA: Delta será muito criticada por ter escolhido Jacinta e ter deixado sua possível front runner de fora, mas, apesar de eu amar Mika, eu entendo a escolha de Delta, viu? Talvez Mika não aguente a pressão dos lives e sofra um pouco. Só fico na dúvida se é correto deixar a menina pra lá, mesmo depois de ter feito uma boa apresentação, apesar de todo o nervosismo dos ensaios. Não seria o momento pra tentar ajudá-la a vencer essa insegurança? Enfim, mas seguir com Jacinta não me pareceu o fim do mundo, já que ela entregou uma ótima apresentação.

TEAM KELLY: Ah, não, Kelly! Por que me matou? Está certo que o boy magia não é ruim, mas Lacey traz algo tão especial dentro dela, que me parte o coração vê-la deixando a competição tão cedo, no lugar de um cantor básico como Brock. Espero, de verdade, que ela esteja vendo potencial nesse menino e não esteja avançando apenas por sua beleza.

TEAM GEORGE: Boy geralmente raramente me decepciona em suas escolhas, mas confesso que hoje ele me deixou um pouquinho decepcionada. Eu realmente gostei de Joel e achei que ele fez a apresentação mais consistente, talvez ele tenha escolhido Chang por ter mais conexão com ele, mas, enfim, não quero julgar muito, mas que Chang também não foi mal.

Sobre o episódio, fiquei um pouco decepcionada, viu? Achei as apresentações de medianas para boas, mas acredito que o principal motivo pra isso seja o tempo curto para cada performance. É complicado fazer mágica em apenas 60 segundos. Espero que os próximos programas sejam tecnicamente melhores e que não tenhamos surpresas negativas.

Então é isso, pessoal. Vou me despedir de vocês por aqui. Lembrando que amanhã teremos mais nocautes. Espero vocês!

PARA BAIXAR O EPISÓDIO COMPLETO, CLIQUE AQUI! 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Tatiane Silva

Sou uma Social Media e Community Manager que ama tanto o que faz, que acaba fazendo isso quase que o tempo todo. Eu moro na internet, por isso acrescento doses diárias de cultura inútil e memes que é pra eu não me entendiar. Amo realities musicais, gasto horas em grupos de discussão e sou viciada em coisas que me fazem dar boas risadas e esquecer da minha conta bancária negativada.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu