Posts Populares

The Voice Brasil – S06E08 – Tira-teima (Parte 2)

Mais uma rodada da Globo tentando fazer o tira-teima acontecer…

Oi, gente, aqui é o Nye (sentiram minha falta?) e hoje sou eu que vou acompanhar essa tour do tira-teima com vocês. A gente queria as batalhas pra poder se emocionar mais, porém a Globo quis empurrar goela abaixo essa nova fase e a gente só pode aceitar e comentar, né? Quem vai comentar tudo comigo são os leitores Mateus de Sá e João Davi, então sem muitas delongas, vamos ao que interessa.

Time Ivete: Douglas Alessi, George Sants, Samantha Ayara e Samuell Sabino.

Douglas Alessi – “Pétala” by Djavan

Clique aqui para assistir a apresentação

É incrível como esse homem só abre a boca e eu já fico todo arrepiado. As pausas entre as partes foram geniais, pois deixavam a gente atento ao que ele fazia. A emoção estava ali presente no jeitinho meigo, mas um pouco teatral dele. Enfim, gente, posso ser suspeito pra falar, mas AMEI!

Mateus: Ele já abriu a noite com tudo, colocando o nível, devido a audições ter sido muito boa já esperava algo no mesmo estilo. Deixou um pouco a desejar, mas nada que tirasse o brilho da performance, segurou bem o nervosismo de ser o primeiro e foi com tudo. Continua sendo um dos meus favoritos desse time que não tá pra brincadeira.

João Davi: Esse cara é muito bom. A voz e a presença dele são gigantes, leves e incríveis. A songchoice poderia ter sido mais marcante, mas fez bem com o que tinha.

George Sants – “Me Abraça” by Banda Eva

Clique aqui para assistir a apresentação

George veio com uma versão mais contida de um hino cantado por sua técnica Ivete. Senti a voz dele bem frágil e parecia que ia falhar a qualquer momento. No final senti que as notas não estavam certas e o jeito desengonçado dele no palco me incomodou um pouco, pois eu prestava mais atenção nisso do que no restante. Não rolou!

Mateus: Eu amo essa musica da Ivete/Banda Eva, estranhei um pouco esse arranjo com a música, mas fui me acostumando, ele tem uns trejeitos meio estranho que funcionou com a música em certos momentos, mas as vezes não precisava de tanto, tem vezes que menos é mais.

João Davi: 2 segundos de apresentação e eu já o mandaria começar de novo. Eu não entendi a proposta dele nessa apresentação. O timbre é gostoso, mas tudo foi muito confuso, estranho e bizarro.

Samantha Ayara – “What About Us” by P!nk

Clique aqui para assistir a apresentação

Primeiro a gente lê o nome da música e grita “que hino!”, depois a gente assiste a performance. Essa música não é pra qualquer um, amores, e Samantha deu o nome. Além de tudo colocou a emoção necessária e deu uns “high notes” incríveis. A gente consegue perceber quando um artista está cumprindo seu papel quando a plateia responde a isso.

Mateus: QUE HINO É ESSA MUSICA QUE AMO. Sou mega fã da P!nk e a Samantha fez justiça a essa música. Ela tá conseguindo melhorar a cada fase e se com Pretty Hurts já tava muito bom, de hoje só faz aumentar a vontade de ver mais dessa linda, que apesar de não acreditar muito nela, tem muito talento e pode melhorar e vir grandes coisas dessa pequena força que é Samantha Ayara.

João Davi: Melhor apresentação da noite. Uma boa songchoice faz tudo nesse tipo de fase. A produção deveria investir mais nela e pensar em uns cenários, figurinos, tomadas mais legais.

Samuell Sabino – “Lábios de Mel” by Tim Maia

Clique aqui para assistir a apresentação

Olha, a voz do Samuell já me faz naturalmente lembrar do Ed Motta e o cara ainda vem com uma música do Tim Maia. É pra se acabar, né? Ele não fez nada de errado ou ruim, mas realmente queria ver mais personalidade e algo novo.

Mateus: Ele cantou bem, mostrou o jeito dele, mas eu não vi muito personalidade, eu vi mais do mesmo. Como muitos cantores ele não mostrou um diferencial para se destacar e passar a diante. Talento ele tem, mas faltou algo.

João Davi: Aquele cantor bom que tem em todas temporadas e ninguém lembra nunca… Talvez se ele estivesse em outro time teria mais chances de avançar.

A decisão da Ivete foi a mais óbvia e coerente possível. Inicialmente salvando a Samantha, pois claramente foi a mais aclamada pelo público e logo após o Douglas, amado pelos técnicos e por ter personalidade e timbre marcantes. Ivete segue sendo rainha desse Brasil, né amore?

Time Lulu: Arthur Sena, Nãnan Matos, Nathalia Bellar e Rhaysa.

Arthur Sena – “Heaven” by Bryan Adams

Clique aqui para assistir a apresentação

Música bem clichê pra quem tem voz rouca, né? Mas não deixa de ser maravilhosa. Acredito que Arhtur ficou devendo na entrega para essa canção e faltou um momento de explosão. Além disso, percebi algumas falhinhas leves. Uma pena pois o timbre dele é uma delícia.

Mateus: A música foi muito bem escolhida e combinou com ele, mas ele tem algo que me incomoda desde a audições que é isso de ficar se encolhendo e não olhar pro público. Isso pra mim acaba passando insegurança e mesmo talentoso acaba sendo prejudicado com isso. Poderia ter sido muito melhor.

João Davi: Achei a apresentação bem mediana e não vejo ele fazendo nada de brilhante nas outras fases, presença de palco meio irritante. Precisa crescer muito e sabemos que isso nunca acontecerá no TVBR.

Nãnan Matos – “O Canto da Cidade” by Daniela Mercury

Clique aqui para assistir a apresentação

Daniela eternizou essa música e só por isso ela já pede bastante energia. Senti que Nãnan fez o basicão e faltou MUITO, mas MUITO MESMO no quesito empolgação. Não senti vontade de dançar e não me cativou, o que é bastante problemático para essa música.

Mateus: talento demais essa menina, apesar de estar bem nervosa como deu pra perceber ela pegou essa canção, bem grande no Brasil, e deu conta do recado. Ela pode surpreender bastante ainda, mas depende da música certa pra isso. Merece continuar para brilhar mais ainda.

João Davi: Só consegui ver 1/3 da apresentação dela no site da Globo. Nada de mais, nada de novo… mas ok.

Nathalia Bellar – “Hoje eu Quero Sair Só” by Lenine

Clique aqui para assistir a apresentação

Olhem a diferença da atitude da Nathalia para dos outros dois candidatos. Atitude, presença de palco e uma voz que preencheu o lugar. É isso que a gente quer ver, Brasil! Muito personalidade e voz. Umas das melhores da noite, sem dúvidas.

Mateus: ela me surpreendeu hoje mostrando um lado diferente da Audições, o que foi muito bom, pois faltou atitude na Audições. O que ela trouxe bastante hoje foi personalidade na performance. Tem muito talento, e queria ver mais dela.

João Davi: Uma apresentação bem diferente, uma escolha musical diferente também. Eu acho que a voz dela não era para essa canção, mas levaria ela adiante pensando no que ela poderia apresentar.

Rhaysa – “Axé Acappella” by Maria Gadú

Clique aqui para assistir a apresentação

Clamei por atitude e os deuses thevoicianos me presentearam com duas rainhas seguidas. Já consigo imaginar uma batalha de Rhaysa e Nathalia com muita atitude, presença de palco e VOZEIRÃO, porém, cadê as batalhas TVBr? Cagadas da produção à parte, Rhaysa foi incrível e me fez lembrar novamente o motivo desse programa ser legal. Terminou a apresentação comigo aplaudindo de pé aqui.

Mateus: Essa transborda personalidade da cabeça aos pés, soltou a voz do jeito que devia e nos momentos certos. Soube lidar com o nervosismo e botou pra quebrar, mostrando ser uma grande força no Time Lulu. Ficarei de olho nela, pois acredito que tenha muito potencial.

João Davi: O team Lulu parece estar fraco e a Rhaysa pode acabar se dando muito bem por causa disso. Apresentação bacaninha e ela tem uma estrela bem forte.

Lulu depois do seu discurso acabou salvando Rhaysa e Nãnan. E como a gente tá? Decepcionado! Não houve uma justificativa sequer pra eu pelo menos tentar entender o que se passa na cabeça do Lulu por não ter salvado a Nathalia, mas vida que segue, né amores? Como não podia deixar de alfinetar a produção por essa fase, agora seria um ótimo momento para o famoso “peguei”, mas cadê?

Time Teló: Chai, Diego Karter, Felipe Maurante e Mariana Volker

Chai – “Proibida pra mim” by Charlie Brown Jr.

Clique aqui para assistir a apresentação

Apesar da apresentação, presença e vocais estarem ok, eu realmente senti falta de algo. Acredito que a música não colou muito para ela. Não me convenceu, infelizmente.

Mateus: pegou uma música que precisa de bastante atitude, ela até mostrou alguma, mas em certos momentos a música pedia mais do que ela mostrava. Ela tentou muito mostrar vocais, mesmo a música não sendo própria pra isso, mas deu seu melhor e merece muito respeito.

João Davi: Que bonita e cheia de estilo ela. Acredito que faltou força em várias partes da música e não me animou muito não.

Diego Karter – “Vamos Fugir” by Skank

Clique aqui para assistir a apresentação

com muita técnica e uma voz incrível Diego colocou personalidade e deu uma nova cara à música. Curti bastante e inclusive preciso elogiar o falsete que ele colocou no final. A música tinha tudo pra ser bastante linear, mas Diego surpreendeu e deu um show á parte.

Mateus: Trouxe uma vibe muito gostosa de ouvir, que curti bastante. Ele tem uma voz muito boa e sabe usar ela muito bem, mas pra mim faltou algo que me faça lembrar dessa apresentação depois, mas não nego que possa ir longe ainda.

João Davi: A pessoa tem trilhões de músicas para escolher e escolhe “Vamos Fugir”? A apresentação ficou gostosinha e as firulas que ele fez são legais, mas seriam necessárias?

Felipe Maurente – “Essa Mina é Louca” by Anitta

Clique aqui para assistir a apresentação

A-R-R-A-S-O-U. Quando vi o nome da música já pensei que ia flopar, pois ela não tem muita dinâmica e o que mostrar. Porém, Felipe deu uma cara completamente nova á canção e mandou MUITO BEM. Ele colocou uns falsetes, dominou o palco e ainda fez um rapzinho no final. O pacote completo para ser um cantor aproveitado comercialmente. ps.: Queria o download da versão estúdio!

Mateus: Fez da música o seu estilo, trazendo personalidade que eu acho importante. Não esperava uma versão tão boa dessa música, pra mim podia ter continuado pois tinha muito a fazer. Ele tem a habilidade de deixar a música do seu jeito o que melhora muito a performance.

João Davi: Ele parece bem pronto e seguro. Meio marrento e em um estilo que não curto muito, mas passaria ele certo para a próxima fase, acho que o público compraria a ideia.

Mariana Volker – “Roxanne” by The Police

Clique aqui para assistir a apresentação

Falando em mudar arranjo, Mariana também deu uma cara nova para Roxanne e também curti bastante. O time Teló está de parabéns por apresentarem sua personalidade e darem uma cara novas as músicas. Mas falando de Mariana, ela trouxe algo novo e mostrou bastante controle vocal. Curti!

Mateus: Muito melhor que nas Audições, colocou o seu estilo na sua canção e veio com tudo. Ela quis fazer até demais algo que não precisava na canção. É muito talentosa isso não nego, mas tem muitos melhores no Time Teló.

João Davi: Meu estilo favorito de cantora, ela poderia cantar um Portishead ou Sade e seria amazing. Ela precisa melhorar a presença de palco e figurino urgentemente. Pode crescer bastante, mas sei que o público não levará ela longe.

E Teló acabou salvando a Mariana e Diego, o que não foi nada de errado por si só, mas realmente achei que o melhor dos 4 foi o Felipe e me deu mais uma vez um ranço da produção por deixar um outro artistas ótimo ir embora assim. Eu salvaria Diego e Felipe por serem mais consistentes e terem mais apelo com o público.

Time Brown: Aline Peixoto, Deborah Vasconcelos, Gab Ferreira e Vinicius D’Black.

Aline Peixoto – “Higher Ground” by Stevie Wonder

Clique aqui para assistir a apresentação

Você quer atitude @? Nesse quesito Aline não deixou em nada a desejar, porém ainda assim a apresentação foi um pouco esquecível e não me cativou. Talvez falte um pouco de personalidade pra dominar tudo.

Mateus: Essa trouxe rock’n’roll para o palco e mostrou que mereceu a chance que Brown deu a ela nas Audições e que tinha muito a mostrar. Essa performance foi ótima, melhorando muito. Fico muito feliz por ela ter tido essa chance.

João Davi: Achei uma apresentação bem ruim e a voz dela não mostrou nenhum lado interessante para tentar explorar. A apresentação mais esquecível de hoje.

Deborah Vasconcellos – “Aquele Um” by Sururu na Roda

Clique aqui para assistir a apresentação

Dá pra ver o quanto ela ama cantar samba e isso reflete bastante em sua apresentação e domínio de palco. Por outro lado, Deborah me soa um pouco comum, apesar de eu ter ficado bem entusiasmado com sua performance em especial no final. Falta algo que tenha a cara dela.

Mateus: Mostrando o poder do samba que Deborah tem, ela se divertiu demais no palco e essa alegria de estar fazendo o que gosta te contagia muito e faz você se sentir muito bem. Adorei essa apresentação dela, foi muito melhor que a Audições em que ela estava nervosa. Aqui ela ficou solta e mandou muito bem.

João Davi: O timbre dela tem uma levíssima coisa que me irrita, não curto o estilo também. Mas ela fez uma apresentação bem alegre e com cara de team Brown.

Gab Ferreira – “Você Não Entende Nada” by Caetano Veloso

Clique aqui para assistir a apresentação

Primeiramente eu preciso enaltecer a beleza dessa mulher. mas, saindo dessa superficialidade, a Gab tem muita presença de palco, fruto de sua carreira conduzindo uma banda. O olhar dela no palco mostra uma atitude a parte.  Sobre a voz a gente não precisa se prolongar, pois Gab tem domínio e sabe muito bem o que faz. Um verdadeiro SHOW! Sem dúvidas alguma uma das melhores da noite junto com Samantha e Rhaysa. ps.: Meu namorado estava aqui discutindo comigo que esse olho dela é lente de contato, então se alguém a conhece por favor esfrega na cara dele que são verdadeiros nos comentários.

Mateus: Ela tem uma presença de palco que consegue dominar o ambiente todo e te faz curtir bastante a apresentação. Pra mim foi uma das melhores do dia de longe, e estou na torcida por mais apresentações boas demais como essa. Pode surpreender bastante ainda, fiquem de olho!

João Davi: No confronto direto entre ela e a Deborah eu claramente escolho Gab, mas sem muita empolgação também. A voz dela é mais agradável e o visual mais rememorável. Pelo histórico do Brown é muito óbvio que ela avança.

Vinicius D’Black – “Vou Desafiar Você” by MC Sapão 

Clique aqui para assistir a apresentação

Olha, uma completa bagunça, viu? Mostrou muita coisa: presença de palco, voz, gingado, domínio, star quality e estilo, mas que diabos de arranjo é esse? Não curti MESMO. Por outro lado, o cara sabe muito bem o que faz e dá pra ver de longe a experiência que ele tem, né?

Mateus: Ele já tem muita experiência, e mostra isso no palco. Personalidade e presença de palco foda! Mas não sei a música foi a melhor pra competição, ele pode muito mais do que ele está mostrando, mas ele se divertiu muito e estou confiando que ele vai trazer muitas apresentações que vai deixar muita gente de boca aberto. Possível Finalista eu acredito!

João Davi: Bem óbvio esse pareamento e quem iria avançar. Não curto o estilo e já estou com receio que ele leve o Brown a vitória, o que seria uma pena. O Felipe do team Teló veio numa mesma pegada e o achei melhor que o D’Black.

Brown começou salvando o Vinicius e apesar da enorme cagada que eu vi hoje eu não tenho como discordar. O cara tem presença, apelo popular, voz e tudo para ganhar o programa, basta não deixar fazer mais esse tipo de loucura. A segunda salva foi Gab Ferreira e eu também não podia concordar mais, personalidade, domínio e controle! Brown super sensato e com escolhas óbvias.

Semana que vem teremos mais uma semana dessa fase “extremamente empolgantezzzzzz”. Enquanto ela não chega, fala pra gente o que vocês estão achando e vota na enquete no candidato aprovado que você achou melhor. Até mais!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • joab silva

    Concordo com algumas opiniões e discordo de outras hahaha, o time da Ivete não precisa né forçar MT pra dizer que é o melhor me preocupei um pouco quando vi o pareamento dos 4 mas após as apresentações ficou fácil a escolha Douglas uma escolha óbvia e Samantha q é a concorrente direta de Carol e com certeza disputará com ela a vaga na Final.
    Lulu como sempre com escolhas questionáveis Thaisa uma escolha tb óbvia ele seria xingado até pelo Tiago se não a escolhece e Nathalia ou Arthur seriam a outra escolha sensata, mas se tratando de Lulu Santos já era esperado. Team Teló continua fraquinho com excessão de Mariana, q escolheu um clássico mas com um arranjo bem bizarro, Chai era uma das minhas maiores apostas do time do Michel mas descepicionou, tb não curti muito a versão do Felipe com essa música é o Diego apesar de ser um bom cantor não irá mt longe.
    E por fim team Brown, antes das apresentações apostaria em Aline mas após as apresentações Gab me conquistou e com o bom trabalho do Brown ela pode ir longe, e o outro que já esperado se o Vinícius não tivesse feito nada o Brown tinha passado ele do msm jeito, pra mim ele é um cantor bom e somente isso, mas provavelmente ele seja o finalista do Carlinhos, é o que mais me incomoda, tem grandes chances de ganhar.
    No mais a review ótima como sempre

  • Leo

    Não vejo nenhum time a frente do time da Ivete. Vai ser difícil tirar esse título dela com Samantha, Carol, Douglas e Danielle.
    Demorou pra Lulu fazer a primeira escolha questionável e não avançar a Nathalia.
    Bem triste que o Brown pareou Dhi e Rose.

    • Nyegirton

      É uma pena que no formato brasileiro os times concorrem entre si até a semifinal, isso vai prejudicar muito as vozes maravilhosas que a Ivete tem

Nyegirton

Sarcástico e bêbado sempre que possível. Ama um bom meme e uma problematização. Apaixonado por humor, suspense, terror e trêta. Professor nas horas vagas.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu