Posts Populares

The Voice Brasil – S06E09 – Tira-Teima (Parte 3)

Demorou, mas acabou. Bye tira-teimas, vai-te embora, ninguém te adora!

Finalmente chega ao fim essa fase horrenda que o The Voice Brasil inventou de empurrar em nossas caras. Não tem peguei, não tem conexão, não tem emoção alguma. Fase chuchu! Mas, deixando as críticas de lado, vamos tentar focar no que os candidatos nos apresentaram e olha que foi bem morno, viu? Pra me ajudar a gongar comentar isso tudo, trouxemos os leitores Pedro e Thaigo. Então, sem muitas delongas, vamos ao que interessa.

Time Brown: Antonio Pack, Dhi Ribeiro, Juliano Barreto e Rose Barcellos

 

Antonio Pack – “I Don’t Want To Miss A Thing” by Aerosmith

Clique aqui para assistir a apresentação

Olha vou ser bem sincero, não rolou! A música engoliu o rapaz. Ele estava conectado e tentando dar o seu máximo, mas a sua voz não deu conta do recado, pois a música pede mais rispidez, agressividade e atitude.

Pedro: Brown escolheu pra ele uma música que eu adoro, acho que ele estava numa conexão legal com a música, apesar de estranhar os trejeitos dele no palco meio travados, mas os vocais dele estavam melhores do que na audição, sem contar aquele falsetão no meio da semana que não sei vocês, mas eu adorei hihihi. Obviamente poderia ter ido melhor mas para mim foi um trabalho ótimo, o suficiente.

Thairo: Antonio: Amo essa música e a versão do Daniel Passino com o agudo (Do Team Christina na S10), achei que a apresentação foi fraca, parecia que ele tava em casa e começou a tocar no rádio e cantar. Faltou emoção, força e vontade. Teve até a high nota, mas nada de impressionante. Passaria ele por falta de uma opção melhor.

Dhi Ribeiro – “Muito obrigado axé” by Ivete Sangalo e Maria Bethânia

Clique aqui para assistir a apresentação

Eis aqui um exemplo de como saber escolher a música certa é extremamente relevantes né, mores? Primeiramente queria parabenizar as composições do Brown que são um show a parte. Depois, claro, enaltecer o trabalho de Dhi que tem um domínio impressionante e enCANTA sem fazer qualquer esforço. Excelente apresentação!

Pedro: Das cantoras de samba da temporada, Dhi é minha favorita, a voz dela preenche o lugar todo, mesmo precisando melhorar a presença de palco ali, passou mais conexão do que alegria, por assim dizer, foi mais pelo lado técnico, assim que eu enxerguei. Apesar do samba estar bem evidente nessa season, acho ela a melhor pra representar o estilo.

Thairo: Cantar a música do técnico é apelação SIM ou CLARO? Sendo que quase sempre funciona para fazer avançar, mas ela mereceria assim mesmo. Gostei da apresentação, do colar em forma de coração também, não sei como ela sobreviveria na competição, mas foi uma apresentação boa e axezenta. Como um bom baiano que eu sou, tá aprovada conterrânea, seria uma das minhas escolhidas e consequentemente foi a melhor do time dele nesta noite.

Juliano Barreto – “Assim que se faz” by Luciana Mello

Clique aqui para assistir a apresentação

Mais uma vez um exemplo claro de como saber escolher uma música. O timbre do Luciano e a forma de cantar me lembra um pouco o Tim Maia, então obviamente o melhor a se fazer é fugir de canções dele. A princípio achei sem personalidade, pois realmente me lembrou MUITO o Tim, mas depois a empolgação chegou e Ivete parece que deu um gás no rapaz. O que me conquistou de fato foram as notas longas que imprimiram um pouco de sua personalidade e tirou minha dúvida sobre gostar ou não. Como dica diria que ele precisa melhorar a sua presença de palco e continuar tentando se distanciar de artistas similares.

Pedro: Cara, Juliano é um dos meus favoritos da season, seu timbre lembra o do Tim Maia por demais, apesar dos técnicos parecerem mais animados do que ele. A songchoice foi formidável, e sua voz tem uma extensão bem interessante. Mesmo que o começo tinha sido linear, foi se encontrando no restante da musica e me ganhou naquele notão do meio.

Thairo:  Um who para mim, não lembro dele apesar do comentário do Titi. Ficou bem legal essa música que eu não conhecia na voz dele, soltou uma nota ali que combinou certinho. Mas o problema é, ele chega nas finais? Não. (Ps: Ivete tá linda com a barriga!).

Rose Barcellos – “Flor de Lis” by Djavan

Clique aqui para assistir a apresentação

Aqui vemos um claro exemplo de como não escolher uma música. Eu gosto bastante do trabalho da Rose e sua alegria de cantar é nítida, mas essa música a limitou demais e sua apresentação foi extremamente linear e sem graça.

Pedro: Senti a voz dela meio abafada no começo, talvez por conta do tom, mas depois foi subindo e indo pra uma região bem mais confortável para ela, pelo que eu senti. Não vou me estender nesse caso, pois achei a apresentação meio linear demais, só um básico do estilo.

Thairo: Samba é um dos ritmos que curto pouquíssimo para não dizer quase nada, assim como Gospel. Não sei o que foi, mas algo faltou, talvez mais força na voz, presença de palco, ritmo… Típico candidato de Carlinhos, mas acredito de comparado a outras está em um nível mais baixo.

Brown fez a média thevoiciana e elogiou seus candidatos, mas acabou optando por Juliano e Rose. Eu realmente não entendo por qual critério a apresentação apática de Rose sobressaiu a de Dhi, mas vida que segue. Acredito que de qualquer forma ambas não tenham forte apelo popular, mas fico chateado por ver uma apresentação melhor saindo do programa.

Time Lulu: Alexandre Massau, Kako de Oliveira, Mariana Coelho e Marília Lopes

Alexandre Massau – “A Festa de Santo Reis” by Tim Maia

Clique aqui para assistir a apresentação

Que música horrenda, credo! Me perdoe quem curte, mas não, não e não! A música não tem qualquer musicalidade e não inspira em nada. O Alexandre até canta bem e tem muita atitude, mas a música é realmente péssima. CREDO. Quero ir pra próxima pra esquecer.

Pedro: É inegável a força que ele tem quando canta, embora não seja meu favorito, não posso dizer que não seja talentoso, mas simplesmente não vejo muito nele para que possa se destacar. Sua voz tem um tom bem marcante, além do rasgado na mesma que vez ou outra soa exagerado, somente o mesmo da audição.

Thairo: Aí tá tudo tão mais ou menos e fraco, espero que melhore com os dois times que ainda estão por vim (e que são realmente os melhores). Ele foi bem linear, até demais, apesar de não fazer nada diferente exceto a explosão do final, não achei ruim, nem bom. Não vou lembrar dessa perfomance.

Kako de Oliveira – “Trem das Onze” by Adoniran Barbosa

Clique aqui para assistir a apresentação

Que sorriso lindo, né gente? Acho a voz do Kako igualmente linda, mas não senti um pingo de empolgação no samba que ele cantou. Eu acredito que se uma pessoa canta sorrindo dessa forma, eu deveria me animar e sentir pelo menos vontade de sambar, mas não ocorreu. Uma pena!

Pedro: Aqui já vemos uma melhora significativa desde sua audição, mas novamente, tem outros do programa com o mesmo estilo dele que o fazem bem mais gloriosamente. A voz de Kako tem um grave bem forte, que chega preenche o local. Outro problema é que ele nem cantou a parte do “carigudu” que é o ponto alto da canção mas a gente releva.

Thairo: Falado em performances que eu não vou lembrar… Essa música é muito pagodin e cerveja. Gostei do fato dele está expressando no rosto o sorriso, a alegria. Não achei de todo mal, só abre mais o olho moço! (Mesmo problema da Chloe no TVoice), deixa que as pessoas se conectem com você, estaria entre os meus dois escolhidos do time.

Mariana Coelho – “Me & Mr. Jones” by Amy Winehouse

Clique aqui para assistir a apresentação

Gata, você canta tão bem e eu gostei tanto de sua audição, mas pra que diabos ficar descaradamente imitando a Amy? Sem dúvidas foi uma das melhores do Lulu, mas realmente me incomodou MUITO a falta de personalidade hoje.

Pedro: Mari é aquele tipo de act que a maioria acha qualquer coisa, mas eu a vejo como uma candidata forte após essa apresentação. Primeiramente ela é linda, eu tô até apaixonado s2 e segundamente, a songchoice foi formidável, permitiu que ela brincasse bastante com as notas, tendo uma presença de palco parecida com a da Amy, toda expressiva, fora obviamente a rouquidão da voz dela que pelo visto conquistou os jurados.

Thairo: Não foi a música que Davon cantou na blind dele? Amy é foda, ela tinha um jeito especial e até meio que posso dizer teatral né? Não sei como ela seguiria na sua linha do show, acho que ela ficou no tom baixo, e sem explorar as low notes, e no final quando aumentou, não explorou também.

Marília Lopes – “E.C.T.” by Cássia Eller

Clique aqui para assistir a apresentação

Pra mim a melhor apresentação do Lulu hoje. Colocou personalidade e apesar de começar com uma postura meio travada, se desenrolou com o tempo e mandou MUITO BEM. Me fez esquecer completamente a canção original e apesar de uma falhinha na nota mais longa, seria a primeira que eu passaria.

Pedro: (Insira os comentários sobre Mariana aqui). Seriamente, a maioria a achou linear demais na audição mas eu AMEI que ela tenha usado um arranjo mais rocker da música de Ana Carolina e AMEI que tenha explorado isso aqui também. Gosto de como o timbre dela soa controlado e centrado num grave que chega me derreto.  Sei que é praticamente impossível Lulu levar as girls desse grupo pras battles, mas sonhar não custa.

Thairo: Quem faz as songchoices? Não tá dando liberdade para os candidatos explorarem (ou vai ver é esse o objetivo), passou tão rápido a música e me deixou no mesmo sentimento que a Mariana e o Alexandre, o único que realmente merece é o Kako que se destacou.

Lulu acabou optando pela Massau e Mariana e eu não poderia discordar mais. WTF? Acredito que a Mariana tenha muito potencial e realmente merece uma chance, mas Massau? Qual motivo, gente? Lulu teve a cara de pau de falar que ficou marejado com Massau. Como a pessoa se emociona com essa música? Enfim, né, choices… Mais uma vez fico BEM triste, pois a melhor performance (PRA MIM) foi eliminada.

Time Ivete Sangalo: Alinne Alves, Brenda Luce, Danielle Dias e Grazzi Brasil

Alinne Alves – “Don’t Worry ‘Bout Thing” by Stevie Wonder

Clique aqui para assistir a apresentação

Quem escolhe as músicas pra esse pessoal? Sério, hoje tá tipo pegadinha do malandro com essa sequência de músicas horrendas. Alinne cantou mal, fez algo errado? Não. Mas esse tipo de música não cativa, não acrescenta, não colabora em nada.  Parem de me arrasar tanto!

Pedro: Sempre imaginei que Alinne fosse do tipo que teria seu “momento”, talvez seja agora com uma música ótima num arranjo bem questionável. Apesar disso, ela seguiu como podia, usando e abusando dos melismas (cada país tem a Shi’Ann que merece) e apesar de ter a expressão de uma porta, acho que ela tem um Q que merece ser explorado.

Thairo: Aquela música de salão, elevador, casamento sabe? Não se canta isso em reality, ela até tentou fazer umas sequências no grave e depois segurando (ou tentando) algumas notas. Tá na média.

Brenda Luce – “Pra Você Dar o Nome” by 5 a Seco

Clique aqui para assistir a apresentação

Brenda é o tipo de artista que EU AMO, mas sei que erra MUITO. Quando penso em The Voice o que mais me chama atenção são timbres marcantes e que me chamem atenção se esforço algum. Brenda deu uma engasgada em um momento e apresentou inúmeras falhas vocais na apresentação, mas eu vou dizer que não gostei? Jamais! Amo esse tipo de música, amo esse tipo de artista e vou defender SIM!

Pedro: Bren trouxe outra música que eu adoro (pirando nas músicas hoje), mesmo derrapando no começo do song, conseguiu se reerguer arriscando bem mais aqui, mesmo escorregando nas notas aqui e ali, segurou tudo até o final e acabou mais do mesmo.

Thairo: E esse início? Foi impressão ou ela deu uma travada? Abre o olho mulher, voz bonita, gostei de como  passeou pelas notas, exagerou um pouco da mão esquerda mas não me incomodou. Gostei, pois soube conduzir bem a música, senti uma conexão dela com a letra e passaria para a próxima fase.

Danielle Dias – “I Remember You” by Skid Row

Clique aqui para assistir a apresentação

Eu passaria a Dani só por ter escolhido essa música maravilhosa da banda Calcinha Preta (Não vou te esquecer, não vou te perder, agora pense salve o nosso amor), pra quem não conhece já joga no Google e escuta esse hino. Brincadeiras a parte, Dani ARREBENTOU e finalmente trouxe uma apresentação pra me empolgar hoje. Nem sempre ficar fazendo firulas é o suficiente, dominar o palco e ter uma atitude maravilhosa vende bem mais o artista. DONA DA PORRA TODA SIM.

Pedro: Uma das minhas favoritas da competição sim! Pra mim Dani veio com mais uma apresentação gloriosa. Seu único problema foi um pouco da falta de conexão, mas ela compensa com a atitude, com a presença, com as high notes que não soaram exageradas. Esse TeamIvete vai ser dureza esse ano.

Thairo:  Estilo (aparentemente) ela tem, apesar de não ter demonstrado muita potência. Sinto falta de visibilidade pro rock em realities. Gostei da apresentação, da escolha musical, melhor da noite até agora e como o Teló fez 🤘, passaria com certeza.

Grazzi Brasil – “Amuleto de Sorte” by Mariene de Castro

Clique aqui para assistir a apresentação

Falando em timbres lindos… É incrível como Ivete absorveu os melhores artistas dessas temporada. Que voz linda e que domínio. Passaria facilmente ela e a Dani. Segunda melhor artista do dia até o momento.

Pedro: É preocupante quando um candidato se vê num time muito forte, mas pra Grazzi isso não pareceu problema, ela focou em fazer seu show e que apresentação, gente! Ela é linda demais, traz um carão que arrasa pra canção e acima de tudo tem certa verdade no que canta, embora eu não a consiga ver indo longe.

Thairo: Solta a gafieira brasil (trocadilho com o nome), apesar de não ter gostado muito, nela senti vontade de tá ali cantando e de querer continuar, se fosse nos dois primeiros times eu acho que ela teria chances, mas hoje no Time Ivete não.

Ivete já começou cagando e jogando na minha cara ao salvar a Alinne. Não que eu a ache uma artista ruim ou algo do tipo, mas pra mim a Grazzi estava anos luz na frente e ainda colocaria a Bren na frente pelo meu gostinho pessoal. Logo depois a Veveta salvou a Dani e pelo menos me aliviou um pouco.

Time Michel Teló: Luiza Winck, Sarah Meirelles, Sérgio Dalcin e Sinara Costa.

Luiza Winck – “You and I” by Lady Gaga

Clique aqui para assistir a apresentação

Olha, vou parabenizar a Luiza pela coragem de cantar essa música, pois realmente não é pra qualquer um. Gostei de sua presença de palco, mas no geral o saldo não foi bom, pois senti que a música engoliu a moça e ela não segurou a marimba. Ponto pela ousadia!

Pedro: Cantar GaGa é uma responsa grande, e Luiza pegou uma das songs que eu mais gosto dela e fez um trabalho decente pra lutar por uma vaga. Não sei se fui só eu quem notei umas derrapadas nas notas altas, mas achei minimamente decente seu trabalho, acho que merecia uma vaga pra uma battle de rock com Mari.

Thairo: Mais uma música na vibe rock, gosto. Ela entendeu a mensagem da música com as sensualizações ali, faltou um pouco mais de controle da voz, mas gostei da saída da mesmice e pelo menos ela tentou.

Sara Meireles – “Nessas Horas” by Matheus & Kauan

Clique aqui para assistir a apresentação

Velho eu sou muito azarado por amar as meninas com timbres assim, né? Elas sempre acabam dando uma derrapada, mas eu JURO que amo. Se eu não tivesse pesquisado eu jamais saberia que essa música é de Matheus& Kauan, pois ela deu uma personalidade única e já poderia estar vendendo a música com seu nome que eu iria ouvir TODO SANTO DIA. É uma pena que ela tenha derrapado, pois eu fiquei TODO ARREPIADO quando ela começou a cantar. Que voz, meus amigos! ps.: Que fofa a Ivete incentivando, muito dona do Brasil!

Pedro: Não acredito que a Tete Prezoto se inscreveu no The voice brasil qqq. Após aquela grande derrapada, Sara voltou parecendo mais controlada e disposta, embora eu sempre tenha a impressão de que ela canta pra dentro, sem que a voz saia completamente. É um belo timbre, mas acaba ficando só nisso.

Thairo: Tava nervosa claramente e dava para perceber desde o início, errou a letra mas acho que não foi isso que comprometeu a música, a voz dela até combinou, mas faltou o sal, o diferencial, tô achando tudo tão mais ou menos no geral, dessa temporada.

Sérgio Dalcin – “Nova York” by  Christian e Ralf

Clique aqui para assistir a apresentação

Primeiro a gente grita “que homão da porra”, depois a gente escuta. Coloquei a foto do Tiago alisando ele, pois representa demais, né amores? A gente sabe que vai ser arrastado pelo público por ser lindo? Sabe sim. Mas já que sabemos disso, pelos menos é um cantor que tem talento, né? Canta bem, faz o papel direitinho e se conecta com a música, mas de maneira geral, bem genérico! Mas um beijo, Dalcin, me liga, me contacta!

Pedro: “Uau que sapao”, Leifert, TIAGO. Sérgio pegou uma song caipira e fez um karaokê bem aquém, tem uma voz legal mas escorrega nas notas mais agudas, além da banda parecer mais alta que sua voz. Mas pro final consegui pegar um pouco mais de sua voz, mas não sei se foi suficiente pra pegar uma vaga.

Thaigo: Pelo menos agora meus olhos agradecem, SAPÃO sim Tiago! Haha, mas novamente não achei nada de bom, acho que consigo entender o porquê, lembrei que vi os playoffs nesses últimos três dias. Não consigo igualar nada, apesar disso Sérgio tem como crescer na competição e no time, levaria ele para a próxima fase.

Sinara Costa – “Sorte Que Cê Beija bem’ by Maiara & Maraísa

Clique aqui para assistir a apresentação

DONA DEMAIS. Se é pra cantar e ser popular que seja assim, manas. Olha a voz dessa mulher, olha a atitude e confiança no palco. Ela já uma estrela, só falta reconhecimento, pois não deixa devendo pra nenhuma cantora do esmo estilo que faz sucesso atualmente no cenário brasileiro.

Pedro: Sinceramente, Sinara começou muito bem, vocais controlados, segura e com uma ligação com a letra, mas do refrão pro final a senti forçando legal o grave, quase como se quisesse imitar o original. Se for bem trabalhada, pode ganhar um pouco mais de popularidade que Sérgio.

Thairo: Sertanejo Universitário eu amo, e foge do country que geralmente ganha espaço no the voice que é o raíz, gostei da perfomance. Passaria ela, me animou. Pode fazer sucesso no cenário atual, tem uma voz boa, aconchegante, visual, arrasa sinara! Fechou bem o Tira-Teimas.

Chegando ao fim, eu acabaria escolhendo a Sinara e Sara, mas eu claramente estaria dando um tiro no pé. Teló fez o previsível, ainda mais vindo de um técnico extremamente jogador e estratégico, e escolheu o Sérgio e Sinara que tem um apelo popular tremendo. Isso me deixa com medo de uma possível batalha dos dois e Teló ou o público arrastando o rapaz by popular demand, mas não vamos sofrer por antecipação.

Para finalizar o programa fomos presenteador com o anúncio do retorno das batalhas e do peguei. A pergunta que não quer calar é: por qual motivo inverter as ordens assim das fases? Caga menos The Voice Brasil, eu imploro! Críticas à parte, já estou ansioso pelo retorno da melhor fase da versão brasileira. Enquanto ela não chega, votem em nossa enquete para eleger o melhor artista aprovado da noite.

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Nyegirton

Sarcástico e bêbado sempre que possível. Ama um bom meme e uma problematização. Apaixonado por humor, suspense, terror e trêta. Professor nas horas vagas.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu