Posts Populares

The Voice Brasil – S06E11 – Batalha dos Técnicos

Oi gente, TUTU POM? Começa hoje mais uma fase lixo que não tem sentido algum do The Voice Brasil.

Hoje os produtores testam nossa capacidade cognitiva e nos colocam para votar enquanto as pessoas se apresentam. Sim, você não vota em quem se apresentou melhor, mas sim naquele que você acha mais bonito ou que foi melhor até agora, pois claramente a apresentação de hoje serve apenas para passar o tempo enquanto a gente engole isso. Não satisfeitos com esse tipo de votação escrota, os candidatos batalham com candidatos de times adversários, deixando técnicos lotados de candidatos para a próxima fase e outros podendo ficar inclusive sem ninguém. Até aí tudo bem, né? Mas não se preocupem que na quinta-feira eles fazem um “remix” e igualam os times tudo de novo, pois aparentemente essa fase só serve pra gente passar raiva mesmo.

Não bastasse de criatividade ímpar, foi anunciado que cada técnico teria o direito de salvar um candidato do seu time para nem sequer cantar hoje. É mole? Com isso, os candidatos salvos foram: Alysson & Adysson (Time Teló), Vinícius D’Black (Time Brown), Mariana Coelho (Time Teló) e Carol Biazin (Time Ivete).

Tirando meu lenga-lenga de críticas disfarçadas de explicação, vamos começar a comentar as batalhas. Quem me acompanha nos comentários são o Thairo (nosso leitor) e Thaís (nossa paneleira).

[Team Teló] Mariana Volker vs [Team Brown] Gab Ferreira

Mariana Volker – ‘Cry Me a River’ by Arthur Hamilton

Nada a criticar, mas também nada a elogiar. Não fez nada de errado, mas não é uma artista que tenha muito apelo popular. Inclusive nem sabia que existia um “Cry me a river” que não fosse o de Justin Timberlake.

Thairo: Ela tem classe, com essa música então, até quem não tem consegue. Combinou certíssimo com o estilo dela, que não venderia/faria sucesso, mas que é bem interessante. Não acho muita coisa dela, meio tipo pombo. Marina Ruy Barbosa mais “velha e pobre”, foi bem, mandou uma sequência legal, gostei do brinco de estrelas, fez tudo na medida.

Thaís: Até no The Voice Brasil o jazz não é bem aceito, viu. Acho que a Mariana tem um belo porte, gosto da postura dela no palco, mas não é algo que eu, particularmente, ouviria no meu tempo livre. E isso acaba prejudicando, porque muitos votam no artista que se identificam e esse distanciamento do ritmo e da música escolhida podem prejudicar bastante. Não sei se foi o caso aqui, mas acho que pode ter influenciado.

Gab Ferreira – ‘Toda Menina Baiana’ by Gilberto Gil

É nítida a diferença em relação ao apelo popular, né amores? Óbvio que não podemos limitar Gab a um produto comercial, pois a voz dessa mulher é incrível e tudo que ela fez até agora no programa foi incrível. Minha crítica vai para a escolha musical e inclusive queria saber quem é responsável por elas, pois essa música realmente deixa a desejar MUITO para o estilo dela.

Thairo: Gostei que veio com música falando da Bahia, pisa menos Nordeste do meu agrado. Foi uma perfomance alegre, ela demonstrou boas interações no seu vocal, dançou, balançou o braço, veio colorida, mandou quase meio que um falsete ali, aprovada, e acabou se tornando a front runner do Brown. Meio difícil essa batalha, mais difícil ainda é aceitar pela terceira vez esses negócios que usam nas batalhas no cenário aaaaaaah, monta um palco diferente gente.

Thaís: No caminho inverso da Mariana, a Gab exala brasilidade. Desde a música escolhida, até a postura no palco é um convite para que todo mundo viesse com ela. Mesmo o programa sendo sobre “a voz”, a performance ajuda a conquistar o público e a música animada conta muito mesmo.

Vencedora: Gab Ferreira (54%)

[Time Brown] Diego Karter vs [Time Lulu] Alinne Alves

Diego Karter – ‘Mais Bonito Não Há’ by Milton Nascimento & Tiago Iorc

Agora sim uma boa escolha de música. Quem não conhece essa parceria do Iorc com o Milton Nascimento, favor ir atrás. Sobre a apresentação do Diego eu curti bastante. Por vezes senti a voz dele muito baixa, mas nada que atrapalhasse.

Thairo: Fiquei meio entediado, não que ele tenha ido ruim, também não esperava nada mais por que nem lembrava quem era, achei qualquer coisa e qualquer coisa ficou, foi até legalzinho nos vocais.

Thaís: Olha, achei uma apresentação bem fraca, muito linear, sem um momento onde ele realmente brilhasse. Não sei se foi a música ou se foi ele mesmo, mas senti que já entrou meio derrotado. Diego tem uma voz linda, mas hoje ela não apareceu.

Alinne Alves – ‘Tudo Bem’ by Lulu Santos

Uau, hein? Se na outra apresentação da Alinne eu achei ela extremamente apagada, hoje ela veio me mostrar que não tá pra brincadeira. Primeiro que em nenhum momento eu lembrei da música original e segundo que ela segurou a marimba DEMAIS e pisou na minha cara e na do Diego. Parabéns, gata! Gosto assim!

Thairo: Não gostei quando ela passou nas batalhas e comentei isso há duas semanas atras, ela eliminou alguém bom (que agora não lembro o nome). Também não achei nada demais, porém me alegrou mais que a do Diego e pelo menos jogou uma nota no final.

Thaís: Que mulher maravilhosa! Que música maravilhosa! A songchoice ajuda demais, né? Fiquei tentada a votar nela só por causa da escolha. Você começa a cantar junto, quando vê já está envolvido e apaixonado pela performance. Eu amei a Alinne, amei a batalha dela contra a Carol, foi uma disputa muito digna e ela só perdeu porque foi contra a futura winner, né. (espero eu.)

Vencedora: Alinne Alves

[Time Lulu] Jota.Pê vs [Time Ivete] Tiago Velame

Jota.Pê – ‘Asa’ by Djavan

Lulu é meio maluco, né? Colocar um dos melhores dele contra a Ivete? WTF? Sobre a apresentação dele hoje, uma das piores que ele fez. Achei extremamente sem graça e senti falta da personalidade marcante dele. Triste fim!

Thairo: Alguém que não deveria ter passado nem das audições blinds, me recuso a comentar mais sobre.

Thaís: Deus, eu amo o Jota, adoro a presença de palco, a postura, a voz… TUDO! Se a Carol não tivesse no programa, com certeza ele seria meu favorito. E achei burrice do Lulu jogá-lo contra a Ivete, poderia ter guardado para um momento mais apropriado, onde ele soubesse que poderia passar, porque, gente, ele é diferenciado demais. Fiquei triste com essa eliminação, triste de verdade.

Tiago Velame – ‘Ideologia’ by Cazuza

Nossa, até que enfim uma apresentação EXTREMAMENTE UAU nesse programa. O que foi isso? Tiago dominou DEMAIS! Eu realmente não esperava que ele fosse se destacar tanto nessa reta final, mas ele está representando MUITO. Apesar da vibe rock ser mantida na música, em nenhum momento eu lembrei do Cazuza ou do Frejat e isso é um ponto extremamente positivo. Sem falar no domínio de palco desse cara. Tem tudo para estar na final!

Thairo: Meu conterrâneo, além de lindo também, homão da porra. Veio com rock nacional bem representativo para ele, acredito que ele talvez tenha chance de vencer vulgo aquele cara que venceu a Jennie Mosselo no finado X Factor Brasil. Gostei da música, pois apesar de antiga combina até hoje com o cenário brasileiro, arrasou nos vocais, no visual, na presença de palco, reizinho do TVBR, tem minha torcida.

Thaís: Quando o Tiago venceu o Douglas nas batalhas, eu fiquei bem chocada, mas depois eu entendi, ele foi melhor, bem melhor. Fora que ele é um artista muito versátil, se dá bem em todos os ritmo, mas foi muito bem hoje cantando aquilo que gosta: rock. Bacana ver um act que seria a cara do Lulu ir longe do Time da Ivete.

Vencedor: Tiago Velame (66%)

[Time Ivete] Samantha Ayara vs [Time Brown] Sinara Costa

Samantha Ayara – ‘Sorry Not Sorry’ by Demi Lovato

Olha eu até gosto da Samantha, mas hoje não deu MESMO. Os vocais do backing vocal estavam bem mais precisos e altos que os dela e em nenhum momento ela me surpreendeu com essa música. Cadê os notões? Cadê a atitude? Tudo tão linear e sem graça. Não curti nenhum pouco!

Thairo: Olha a Demi aí, baby I’m sorry por terem pareado essas duas enquanto gente ruim tá competindo (vulgo Alinne x Diego) ela parecia estar, não diria sem fôlego, mas talvez não aguentando sustentar a música. Apesar de ser meio que uma balada pop, ela exige vocais, e faltou isso hoje, mas foi bem até.

Thaís: Ai, que preguiça da Samantha. Ela é teatral demais pra mim, sempre fazendo gestos, caras e bocas durante as apresentações. Eu não gostei dela nas audições e costumo não mudar de opinião ao longo do programa, mas preciso assumir que ele tem melhorado. What About Us foi uma performance muito boa, mas achei a de hoje um passo atrás, ao invés de um avanço. Acho que foi a música que não ajudou. Escolha melhor da próxima vez, Demi tem baladas ótimas nesse cd novo, não precisava escolher essa.

Sinara Costa – ‘Regime Fechado’ by Simone & Simaria

Rainha subestimada, né mores? Achei que Sinara iria vingar muito, pois tem um estilo BEEEM popular, mas infelizmente encarou o time Ivete e aí complica né? Além de tudo, hoje realmente não foi uma das suas melhores apresentações, ela estava meio travada e claramente nervosa. Uma pena! Sentirei saudades.

Thairo: AÔÔÔÔ coleguinha! Sinara merecia estar na final sinceramente, amo o estilo que ela representa o sertanejo meio brega, hoje ela não foi tão bem, queria ela dançando e arrochando, mas foi bem sim, e vou defender, não merecia sair.

Thaís: Sinara pode se dar muito bem no mercado sertanejo agora, né? A sua voz não deixa nada a desejar se formos pensar nas mulheres que estão fazendo sucesso hoje. Ela foi bem, fez o que pode com a música escolhida, mas só teve um problema: enfrentar o Time da Ivete.

Vencedora: Samantha Ayara (66%)

[Time Brown] Isabel Antonio vs [Time Teló] Douglas Alessi

Isabel Antonio – ‘Emoções’ by Roberto Carlos

Ah, finalmente uma apresentação legal da Isabel. Não foi nada demais, mas achei muito fofa e singela. Já etá na hora de descongelar o Roberto Carlos para o final do ano, né mores?

Thairo: Meu deus, mais datado que Roberto Carlos? Difícil, acho que a Isabel tá fazendo hora extra e já eliminou muita gente boa. Enfim, ela veio anunciar o especial dele e fazer um merchan para arrancar os votos por que só pode. Foi bem, nada de mais, talvez a melhor do time Brown pela apelação que pode ter com o público (vamos descobrir agora) afinal. Gostei da menção honrosa que Titi fez para Pharrell com o “DEZESSEIS”

Thaís: Isabel, te acho uma coisa fofa, admiro sua história, mas você não deveria ter ganhado nem a batalha. A performance hoje foi, novamente, muito morna e acho que tá devendo desde a blind, onde foi tudo muito bonitinho, mas depois foi tudo muito simples, muito raso, sendo escolhida pelo Brown Deus sabe o porquê.

Douglas Alessi – ‘Sing’ by Ed Sheeran

Meu deus do céu que diabos é isso? Douglas, me ajuda a té ajudar! Eu te venerava tanto, por que tá fazendo isso comigo? Você não tem fôlego pra cantar isso, amor, aliás, tô pra saber quem tem. A voz dele sumiu completamente! Foi todo engolido pela música. Muito ruim mesmo!!! Passou hoje por favoritismo, mas melhore na quinta, gato!

Thairo: Ivete perdeu um bom candidato, dependendo das songchoices Teló pode ter um novo Milena, gostei da pegada samba que ele botou, arriscou no falsete, jogou um pouco de Eminem no meio ali correndo nas frases, faltou um pouco mais de movimento corporal no sentido de ocupar o palco, mas foi bom.

Thaís: Meu amigo, o que foi isso? Pode me explicar? Começando pela songchoice CAGADÍSSIMA, passando pelo vocal de apoio cantando mais alto que ele a música quase toda. Não dava pra ouvir a voz do Douglas durante o refrão, só das backing vocals. Fora que Sing? Sério? Não é música para se cantar em reality show musical, é música pro Ed Sheeran cantar no show pra animar o público e olhe lá. Porque olha o refrão dessa música, gente. Sem condições. Extremamente desapontada com você hoje.

Vencedor: Douglas Alessi (54%)

[Time Teló] Sérgio Dalcin vs [Time Lulu] Alexandre Massau

Sérgio Dalcin – ‘Deus e Eu no Sertão’ by Victor & Leo

Ah, eu amo tanto essa música, gente *-*. Porém Sérgio, me ajuda a te ajudar TAMBÉM. Tão bonito o rosto, mas tão cotado, né mores? Hoje passou a apresentação inteira ‘falando’ e a melodia maravilhosa indo pelo ralo enquanto a gente olhava pros olhos lindos dele. Não teve emoção, não tem canção, não teve nada, amigo. Pior apresentação dele de longe!

Thairo: Eita caipirão colírio, e mais datado que essa música difícil. Ele pecou muito nos vocais, não sei se diria desafinado, mas ficou tentando levar pro agudo sendo que seria melhor o grave, tava voando, faltou atenção, conexão, carisma, faltou no geral.

Thaís: Olha lá, o cotado. Me dá uma gastura porque o Teló sempre tem esses candidatos: os sertanejos bonitinhos, que vão longe só por isso, porque cantar mesmo que é bom, nada. Fora que ele já tinha cantado com o Teló fora do programa, então quem garante que não foi isso que o colocou ali? Enfim, tô bem bolada, porque acho esse moço fraquíssimo, o clássico caso de “não devia nem tá aqui, linda”.

Alexandre Massau – ‘Minha Menina’ by Maurício Manieri

Socorro que eu nem lembrava mais que o Maurício Manieri um dia existiu, gente! Confesso que o estilo do Alexandre não tinha me chamado muita atenção anteriormente, mas hoje com essa nostalgia gostosinha e com a concorrência fraquíssima ele me empolgou bastante. Ensaiei uns passos de dança inclusive.

Thairo: Já começou bem, não é o tipo de candidato que eu voto, porém, comparado a apresentação de hoje do Sérgio, ele foi superior em grau. Gostei da música que eu não conhecia, da performance dele, das jogadas, merecia continuar, realmente agitou o palco.

Thaís: Ai, que festival de songs erradas, socorro. De tantas músicas ótimas e maravilhosas para você cantar, Alê, tu me escolhe essa? Te imaginei lindo cantando Frejat, “Puro Êxtase”, seria um arraso. Agora só vai ficar na minha imaginação, né? Choices. A mistura de uma escolha errada, com enfrentar o cotado do Teló dá nisso. Ponho na conta do Lulu, porque sabendo quem era, te escolheu já sabendo o risco.

Vencedor: Sério Cotado Dalcin (55%)

[Time Lulu] Irmãos Mayer vs [Time Ivete] Day

Irmãos Mayer – ‘Story of My Life’ by One Direction 

Olha no começo eu tava achando meio merda e meio bosta, mas logo depois comecei a curtir. Porém, não é difícil não gostar dessa música, né? É inegável que eles tem um estilo único e agregavam algo ao programa, mas sinceramente não é um estilo que me prende e não sentirei muita falta.

Thairo: Que apelação essa música haha, combina certinho para a dupla cantar. Acho eles fofos, o arranjo começou ruim… e continuou assim, os falsos Harry Style’s não conseguiram sustentar meio direito, forçou muito e saiu pouco. Eles não são ruins, talvez o tom que tenha fica baixo, ficou desconfortante, incluindo aquelas notas altas que o de couro tentava fazer.

Thaís: Olha a cópia do Harry Styles cantando uma música do antigo grupo do… Harry Styles. Sério gente, eu não sei quem é quem, mas o cabeludo sem barba é muito HS wanna be, desde o cabelo, passando pela roupa e chegando ao cúmulo do gestual. Até os gestos e a forma de mexer as mãos enquanto canta ele copiou do Harry. E o que acontece com quem não é original? Tem que ir pra casa mesmo, lindo

Day – ‘Crying in The Club’ by Camila Cabello

Amo essa música e amo a Day, porém todavia entretanto, essa música não deveria ser cantada em uma competição musical, pois ela não agrega amores, não agrega MESMO. É difícil defender a Day aqui, mas como ela é cotada e eu amo, vou pelo menos fingir: QUE HINO!

Thairo:  Por pouco achei que ela ia cantar tecnobrega já tava tipo QUÊ? Amei que veio bem afrontosa com Camilla que fez tributo a Genie In A Bottle da Christina Aguilera. Tudo ligado, Day é maravilhosa, e pisou nos meninos (não muito) mas tem bem maaaaais a oferecer e espero que ela continue, esbanja estilo e propriedade, arrasaaaaa mulher.

Thaís: Miga, tu arrasou cantando Chorando na Balada. Adoro o estilo da Day, porque, ao contrário da dupla, acho ela muito original, tanto que ela tem cantado coisas totalmente diferentes no programa, indo de uma música hip-hop/rap brasileira, um indie nas batalhas e agora uma música totalmente pop, e isso sem perder a sua identidade. É isso que eu gosto e admiro num artista. (só queria dizer que tava aqui cantano junto “uuuuh my body’s sayin’ let’s go”).

Vencedora: Day (60%)

[Time Ivete] Juliano Barreto vs [Time Teló] RhaysaJuliano Barreto – ‘Assim Caminha a Humanidade’ by Lulu Santos

Ai gato, cadê a personalidade? Tão Ed Motta zzzzzzzzzzzzzzzzz. Eu não tenho muito o que falar sobre, pois cantar ele canta muito, mas quero diferencial e hoje ele não mostrou. Sorte dele estar no time de Ivete dona do programa, né? Next!

Thairo: Nem lembrava quem é pelo nome, nem de rosto. Fez uma escolha certa para a voz dele, ainda arranca os votos dos fãs do Lulu, seguiu linear, e linear até de mais, parecia que estava em uma reta numa estrada de Praia, não subiu nem desceu, até tentou, mas igual você cantou “não vou dizer que foi ruim, mas não foi tão bom assim”.

Thaís: Chuva de Lulu Santos nessa noite, hitmaker mesmo. O gestual é problema do Team Ivete, né? AAAAAA que raiva, tem que mexer o dedinho cada vez que canta “não”? Não tem necessidade nenhuma, obrigada. Agora sobre a performance: eu não lembrava do Juliano, mas curti a performance, nada memorável, mas bem agradável. O final foi MEGA exagerado, mas são choices, né. Controle é para poucos.

Rhaysa – ‘Karma’ by Joss Stone

Um lacre é um lacre, né amores? Sente o cheiro de personalidade aqui, dá vontade né @Juliano? Uma pena ter ido contra o time cotado, pois ela arrasa muito e hoje não foi diferente. Umas das melhores apresentações da noite, mas infelizmente injustiçada!

Thairo: Teló reina nessas fases né? Público gosta mesmo do time dele, muitas vezes pelo próprio time ajudar. Não conhecia essa música que ela cantou, faltou um pouco mais de força, a roupa não combinou muito também eu acho, mas foi bem, arriscou nos vocais, a música não parece ser muito fácil. Só esperava uma nota maior no final e mais sustentada.

Thaís: Eita, que pisão da Rhaysa! Se ela tivesse contra qualquer outro time, a vitória seria certa (espero eu), mas contra a Ivete, né… Adorei a postura, a presença, como usou a voz e deixou a música subir os momentos certos e sem exagero. Achei o resultado bem injusto, queria que a vitória tivesse sido dela, só dela.

Vencedor: Juliano Escorado Barreto (58%)

Com isso, Lulu e Brown ficaram com 2 artistas cada, Michel Teló com 3 e Ivete dona absoluta da Rede Globo com 5 artistas, perdendo um total de zero candidatos. Na quinta-feira (07/12) a fase Remix aparece para equilibrar os times, pois aparentemente é pecado no The Voice Brasil um coach ir com muitos candidatos adiante. Deixe suas impressões aqui e fiquem de olho na próxima etapa!

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Pedro Oliveira Alves

    Longe de mim querer defender, mas ao meu entender, a Batalha dos Técnicos serve principalmente pra pegar um time de cantores que o publico curte, pra assim distrubuir eles no Remix ou algo assim. Como são 12 candidatos e irão 2 pra cada time, minhas apostas são:

    TIME BROWN
    Conhecendo ele, vai manter o time intacto e levar Gab e Vinicius pra semi, vai saber quem ele quer na final

    TIME TELÓ
    Com certeza arrasta um sertanejo (chuto Alysson e Adysson) e pode ser que leve Douglas também, já que ele tá obviamente com sede de vitória

    TIME IVETE
    Meu sonho de principe é que ela leve Carol e Samantha e LULU leve Mariana, roubando Day pra ele de novo. Veremos nas apresentações do dia

    • Nyegirton

      Se era pra pegar apenas candidatos que o público curte, não tem pra que distribuir depois nos outros times. Qual o problema dos técnicos terem números de candidatos diferentes? Nós outros the voices ao redor do mundo, existem técnicos que chegam sem ninguém na final e vida que segue

  • Thomas Jefhey

    Pior fase do The Voice de TODAS AS VERSÕES. Essa fase é tão merda que a Globo até faz a próxima fase para arrumar as cagadas dessa fase. Essa é a fase que passe o candidato do time com o coache que tem mais fãs votando no programa, oq é um absurdo para uma competição que preza pela voz. Bem que a Globo poderia se empolgar com essa exibição na Terça para deixar fixo terça e quinta e finalmente começar a ter 2 programas por semana, e fazer as fases igual no US

Nyegirton

Sarcástico e bêbado sempre que possível. Ama um bom meme e uma problematização. Apaixonado por humor, suspense, terror e trêta. Professor nas horas vagas.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu