Posts Populares

The Voice Of Holland – S08E03 – The Blind Auditions 03

Team Waylon, pisa menos!

Viciados do The Voice de plantão, estamos lançando mais uma review do The Voice Of Holland, a franquia original que deu inícios as outras demais espalhadas pelo mundo. Já estamos no terceiro episódio de Blind Auditions e os times já começam a ganhar força e seus respectivos front runners. Gostei de todos os episódios até aqui, tivemos sempre performances dignas de entrarem no top das melhores audições do programa, além da maioria dos aprovados terem mostrado ter um potencial incrível para os lives. Julgando os times pelos dois últimos episódios exibidos, por enquanto Waylon e Anouk tem os times mais forte por conta do número de candidatos 4 chairs, sendo que Waylon já tem seu time formado por 6 competidores e a Anouk apenas três. Não muito atrás temos o team Sanne e team Ali B, ambos tem alguns bons candidatos e como ainda tem mais da metade de vagas sobrando, ainda podem acrescentar uns ótimos nome em seus times.

O terceiro episódio foi bastante empolgante, teve um variado estilo de competidores e possíveis favoritos na competição. Dessa vez, conto com os comentários do já veterano aqui, o Cleber que gentilmente topou novamente comentar e o Thiago que faz sua primeira aparição em minhas reviews do TVOH, muito obrigado pelos comentários e sejam sempre bem vindos aqui! Agora, apresentações feitas, vamos partir para mais uma review meu povo! PS: Só eu e Waylon que se acabou de ri com a Sanne aqui? hahaha

[Team Sanne] Chris Alain – “Remedy” by Adele

Michel: Eu amei a escolha da música, apostou em Adele mais fugiu das músicas mais clichês. Ele tem uma voz linda, limpa e um controle vocal invejável, conseguiu muito bem imprimir uma performance original e bastante agradável de se ouvir. Ele tem um estilo mais puxado pro Soul/R&B, só sentir falta dele soltar mais a voz, porque a performance toda em si ficou um pouco linear, faltou um momento de destaque. Porém, diante de tudo que ele propôs apresentar em sua audição, ele fez perfeitamente. #4Chairs

Cleber: Sabe aquele cantor que tem uma voz legal, mas não passa nada mais que isso, não me cativou, não me passou emoção só… Mostrou tecnica. Vamos ver o que ele mostrará mas adiante, porém talvez eu iria virar.

Thiago: Achei ele muito bom, ele foi muito bom vocalmente e curti muito o timbre e a conexão dele com a música.

[Team Ali B] Aïcha Gill – “Versace On The Floor” by Bruno Mars

Michel: A Aïsha tem um belo timbre, tem toda uma suavidade e controle que admiro muito, porém sua performance aqui não me empolgou tanto. O problema maior da sua audição foi que ela ficou numa zona muito confortável, a performance foi boa porque ela foi toda afinadinha em toda a canção, mas a performance morreu aí, porque não houve nenhum momento que ela realmente tenha mostrado que era capaz de fazer mais na competição. Talvez tenha sido a escolha da música, mas eu realmente não conseguir gostar tanto da performance, como os coaches, mas talvez com uma canção que explore melhores seus vocais e valorizem melhor seu timbre, possa gostar dela. #4Chairs

Cleber: Tem uma voz legal, vejo potencial mas precisa ter maus controle na voz e melhorar a respiração a meu ver. Mas ela é bem a cara das Baladas romanticas dos anos 70 e 80 eu viraria sim para trabalhar com musica Vintage… Ia dar só bregão kkkk…

Thiago: MEU DEUS QUE LINDA! Super amei essa versão da música, tem um timbre belíssimo ❤ achei muito icone essa blind, acho que pode ser a minha favorita dessa temporada. Muito apaixonado por ela!

Dachel Dominique – “Man Down” by Rihanna

Michel: Quando eu vi a escolha da música, eu já amei de cara, porque a música tem um estilo bem sensual e permitia que ela pudesse ousar bastante na sua audição. O início da sua performance eu gostei bastante, ela tem um timbre bastante agradável, porém quando a música foi crescendo, eu achei que ela ficou devendo um pouco, faltou mais entrega e ousar mais nos vocais, saindo dessa linearidade da canção que me incomoda. Outra coisa que não gostei foi os falsetes que saíram um pouco falhados, faltando mais força, o que é compreensível por conta do seu nervosismo. Uma audição que me deixou bastante dividido, mas entendo o motivo dos coaches não virarem. #Eliminada

[Team Anouk] Cindy Bell – “First Time” by Robin Beck

Michel: Eu achei a Cindy uma act diferente, achei ela uma vibe rockstar dos anos 80. A música eu não conhecia, mas achei uma escolha super acertada porque valorizou bastante seus vocais, uma vez que a música oscilava entre o grave e o agudo. Estou bastante curioso para ver mais dela na competição, me empolgou bastante já que ela tem um estilo tão original e pouco visto em realities musicais. Por muito pouco ela não era eliminada ainda na competição, ainda bem que Anouk resolveu virar no último momento, o que me surpreendeu porque ela vira pra quase ninguém, mas acredito que juntas vão render uma boa parceria. #1Chair

Cleber: Quer uma potencia Vintage, tem um vozeirão que eu não dava para esta mulher adorei a atitude… Eu ja tava chorando que ninguém iria virar e bah meu ta salva… Vejo ela tendo um forte papel na competição com as musicas certas, tem uma voz muito gostosa. Eu teria virado sem duvida.

Thiago: Gostei muito da voz dela, é bem bonita e me agradou bastante, ela bem trabalhada pode entregar ótimas performances futuramente na competição.

[Team Waylon] Zoë Smit – “Lost On You” by LP

Michel: Nossa, eu amei essa candidata demais, a escolha da música foi sensacional e gostei muito do seu visual, tendo um estilo bem original e único na competição. Gostei dessa sua pegada folk, conseguiu mostrar potencial vocal, singularidade e bastante originalidade. Esse é o tipo de performance que viraria já de cara, eu acho que eu repetir umas 10 vezes essa performance, porque achei tão diferente de tudo que a gente costuma ver em reality musical, me empolgue muito com ela e já estou bastante ansioso para ver mais dela na competição. #3Chairs

Cleber: Uma voz bela, atitude sem igual no palco, sabe aquela pessoa que mesmo cantando cinco patinhos faz você olhar pela sua atitude e sua presença de palco foi ela, esses coaches estão de mais só virando no final… Eu to ficando super aflito com isso… Mas eu viraria logo no começo mesmo.

Thiago: Nossa achei a voz dela maravilhosa, achei o inicio da performance maravilhoso mas perto do fim eu perdi um pouco do hype do inicio, mas, mesmo assim achei a blind bem bacana.

[Team Sanne] Milan Velberg – “Can’t Stop The Feeling” by Justin Timberlake

Michel: Vocalmente eu achei ele bem genérico, a performance foi bem karaokê, mas ele estava tão animado e entregue na sua performance, que podemos dizer que foi bem contagiante. Não sei se ele tem no futuro no The Voice, porque claramente o Milan é o candidato mais visual que voz, um estilo muito melhor trabalhado no concorrente X Factor, porém no The Voice acredito que ele vai precisar focar mais na sua voz, caso queira chegar longe na competição. #1Chair

Cleber: Next para o próximo, plis… Não gostei nada dele serio, a voz enjoativa para mim, seu animo nem contagia… ECA espero que não tenha futuro… Mas quem sabe também era a musica… Mas eu não viraria não.

Thiago: Eu fiquei na duvida se tinha gostado ou não aqui, mas assistindo de novo ate que gostei da energia dele no palco e o vocal também estava bom.

Sandor Stürbl – “Too Much Love Will Kill You” by Brian May

Michel: Já visualmente falando, o Sandor já aparenta ser o tipo de cantor mais datado que ficou preso nos bregões dos anos 90. Eu achei sua performance, apesar de correta, bastante chatinha e sonolenta, a única coisa que conseguia imaginar era a hora que ia terminar. Ele tem uma boa voz, mas com essas escolhas batidas e sem muito apelo, fica muito difícil de defender. #Eliminando

[Team Ali B] Lilly-Jane Young – “Don’t Look Back In Anger” by Oasis

Michel: No início estava bastante empolgado com sua performance, mas depois eu fui me decepcionando, porque faltou mais força em sua performance. A música pedia uma voz mais forte, até porque ela tem um instrumental forte que acabou engolindo sua voz. Ela tem um timbre muito bonito e no fim da música mostrou que tem um belo falsete também, mas a escolha da música não foi a melhor pra ela e acabou evidenciando muito as falhas dos seus vocais. #1Chair

Cleber: Já pensava la se vai mais uma voz boa embora… Mas me enganei coleguinhas, gostei da Voz, ela tem postura bem de estrela… Eu viraria e acho que ela pode mostrar bem mais do que ela mostrou na blind.

Thiago: Olha confesso que achei meio pombo, n curti muito a performance, achei muito morna.

[Team Waylon] Silayio – “The Voice Within” by Christina Aguilera

Michel: Esse episódio foi realmente para dá mais diversidade ao programa, porque olha que linda e que visual mais diferente da Silayio! Ela tem uma voz linda, potente e a música permitiu que ela mostrassem bem todo esse potencial, tanto nos agudos, como no controle vocal, achei tudo muito bem executado e estavam claramente conectada com a mensagem da música. Eu amei muito sua performance e senti que ela ainda consegue muito mais do que mostrou na performance, tem um timbre bonito, uma puta voz e ainda tem uma rispidez na voz que dá um charme maior nas suas performances. #2Chairs

Cleber: Quer cantar esta musica, que tenho um apreço muito grande. Acho que temos nossa Diva da competição, que voz linda não achei nada gritante mas soube perfeitamente dosar o que tinha, passar emoção e da uma bela audição. Eu viraria muito bem Alicia batendo varias vezes o botão porque gostei muito…💚💚💚

Thiago: QUE TIRO ❤ eu amo muito essa música e a Silayio arrasou muito com ela! Um vozeirão desses bicho.

[Team Ali B] Toon Mentink – “Catch And Release” by Matt Simons

Michel: Caramba, como eu não conhecia essa música? Eu simplesmente amei a escolha da música, o timbre tem uma suavidade e leveza que me fez flutuar em pensamentos enquanto ele cantava. Sua performance me cativou tanto, de uma forma tão contagiante e intimista, gostei demais da performance, apesar dele não ter mostrado tanto potencial vocal, ele me ganhou pelo timbre lindo que tem e a forma que ele conduziu a música. Amei demais <3.

Cleber: MDS temos algo curioso sabe aquela voz que você fica indeciso se gosta ou não, porque teve momentos bons na musica e ruins também, vamos ver como ele será nas Batalhas, mas eu ficaria com o Talvez… Realmente o senhor Talvez.

Thiago: Adorei a vibe dessa blind, achei ele super amorzinho e achei ele mega fofinho.

Teus van der Linden – “Stitches” by Shawn Mendes

Michel: Não tem muito o que dizer aqui, ele escolheu uma música que temos vários covers dela e a versão dele acabou sendo um karaokê que não me agradou tanto. Foi uma performance bastante ok e o tipo de performance que será esquecida logo após fecharmos a janela. #Eliminado

[Team Waylon] Marchiano – “Shake Your Body” by Michael Jackson

Michel: Não entendi tanto a empolgação dos coaches com o Marchiano, achei a performance bem comum que não me empolgou tanto. Apesar de ter achado sua performance apenas mediana, o pouco que ele mostrou do seu potencial vocal, ele tem uma voz bonita puxada mais pro agudo, foi bastante afinado em toda a música e soube respeitar bem o tempo e a dinâmica que a música pedia. Sendo assim, acredito que ele seja bastante promissor e com uma música mais desafiante, ele talvez consiga se destacar mais. #4Chairs

Cleber: Gostei da voz, parece que tem algo escondido… Um talento escondido que foi limitado devido a musica… Mesmo escolhendo esta musica eu viraria sim.

Thiago: Gostei da presença dele, tem uma voz muito boa, não curti muito a performance mas ele tem muito potencial.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Já temos um pouco mais da metade das vagas completadas, 25 vagas já distribuídas em todos os times. Waylon já está que seu time quase completo, enquanto a Anouk só tem ainda 4 acts em seu seletivo time. A única coisa que estou achando estranho é que praticamente metade das vagas já se foram em 3 episódios e temos ainda mais 4 episódios de Blind Auditions a frente,  o que significa que nos próximos episódios teremos bastante enrolação, o que acaba sendo a fase mais chata por conta disso. Mas até aqui, foram bons episódios e temos um bom cast de acts.

#teamAliB (6): O Ali B deu uma melhorada no seu time nesse episódio, apesar que todos os três acrescentados não teve nenhum que realmente foi destaque, todos eles tem um belo timbre, fizeram uma boa performance e tem bastante potencial para crescerem na competição. Com um time não tão chamativo, acredito que Tjindjara ainda reina absolutamente e os demais estão num nível equilibrado, que dependerá muito da evolução deles na batalha. Meus favoritos aqui, estão a Tjindjara que fez uma excelente audição e o Toon que fez uma intimista e cativante performance.

#teamAnouk (4): Sem sombras de dúvidas esse é o time mais garimpado da competição, mas não necessariamente o melhor. Anouk tem virado poucas vezes sua cadeira nessa temporada e pra completar ela só vira na maioria das vezes para os que viraram todas cadeiras, o que dificulta para que ela consiga facilmente algum componente pro seu time. Nesse episódio ela surpreendeu e foi a única a virar a cadeira pra Cindy, que mostrou bastante potencial. Minha favorita aqui é a Renée, porém tanto o Jim quanto a Samantha tiveram audições bastante elogiadas pelos coaches.

#teamSanne (6): Acredito que o time da Sanne seja o mais fraco por enquanto, não vejo nenhum grande favorito no seu time e acredito que seja o time mais equilibrado em relação ao nível dos participantes. Minha favorita disparada é a Silke, por conta do seu estilo mais intimista e índie, porém o Chris também pode vingar bastante na competição, já os demais eu ainda tenho dúvidas se tem potencial para chegar longe no reality.

#teamWaylon (9): Que timão da porra é esse meu povo? O Waylon depois da sua última vitória, realmente se tornou o queridinho da temporada. Ganhando quase todos os candidatos que tem virado sua cadeira, tem um time bastante expressivo e diversificado, com sua maioria poderosas vocalistas. Eu simplesmente amo a Kimberly, Zoé e Silayio, mas também tenho um certo apego e simpatia pela Kelly, Lara, Julia e Simon, o que significa que vou sofrer muito nas batalhas desse time. Não sei se ainda tem muita gente boa nos próximos episódios, mas até aqui realmente o time dele é o que se destaca muito na frente dos outros.

Bem pessoal, termino aqui a review e obrigado por nos acompanhar aqui. Até a próxima semana e fiquem ligados nas nossas publicações!

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Felipe Fagundes

    Eu achei o episódio mais fraco até aqui, gostei muito da Silayio mas achei ela contida demais, espero que o Waylon trabalhe bem ela pra soltar todo esse potencial.
    E Team Waylon cada vez mais forte. Quero ver ele se virar om um time desses.

    • Michel Araújo

      Eu gostei mais desse que o segundo, realmente acho que Silayio tem mais para oferecer e Waylon é ótimo nisso. Aliás, tb não sei como lidar com as batalhas desse time.

Michel Araujo

Baiano perdido em Aracaju, fã de realities show musicais e séries. Uma personalidade misturada a humor, sarcasmo e uma leve ousadia.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu