Panela de Séries » Arquivos The Voice Of Holland - S08E10 - The Battle Rounds 03 - Panela de Séries

Posts Populares

The Voice Of Holland – S08E10 – The Battle Rounds 03

Um episódio com battles excelentes!

E com um atrasinho por conta do feriado de Natal, está no ar mais uma review do The Voice Of Holland. Depois do polêmico segundo episódio de Battle Rounds, o reality exibiu mais um episódio dessa etapa, o penúltimo dessa fase na temporada. Já foram apresentam 14 batalhas, no caso metade dos acts já se apresentaram e menos da metade garantiram sua vaga nos disputados Knouckouts. Tirando a polêmica eliminação dupla na batalha das meninas Nikita e Nina, os demais resultados têm sido bastante coerentes e os coaches estão conseguindo deixar seus times ainda mais fortes, prometendo um top 12 de respeito. O steal como já tinha dito, podem ser mudado pelo coach a cada apresentação de battle, sendo assim o steal definitivo só será descoberto com o fim dessa etapa. Até então os steal são Nikita (team Waylon), Joy (team Sanne), Vington (team Ali B) e Valerie (team Anouk).

Os dois primeiros episódios de battles foram bem legais e atenderam bem minhas expectativas, porém esse último ficou bem acima do que eu esperava, foi um episódio recheados de excelentes apresentações e com batalhas super disputadas. Com exceção de uma batalha em particular, eu amei muito as demais, as escolhas de músicas foram ótimas e os pareamentos soaram muito bem juntos. Novamente usaremos as nossas luvinhas para mostrar o nosso favorito em cada battle, sendo que as luvinhas azuis representam o vencedor da batttle e as vermelhas o perdedor, assim as luvinhas serão dada a quem na nossa opinião foi vitorioso, podendo dá empate tanto na vitória quando na derrota, nos casos dos trios, a luva vermelha representará aos dois eliminados, representando a discordância com o vencedor escolhido pelo coach. Nessa semana, contaremos com a presença dos nossos queridos Ives e Doug, ambos já são figurinhas carimbadas por aqui, não esquecendo de agradecer mais uma vez a disponibilidade e o carinho com o site. Sem mais delongas, vamos conferir mais um episódio do TVOH.

[Team Ali B] Demi van Wijngaarden vs. Lilly-Jane Young – “All I Ask” by Adele

Michel: Já começamos o episódio com esse tiro de apresentação! Adele é uma lenda da música e essa em especial é a melhor do seu álbum mais recente, na minha humilde opinião, a Demi é sensacional e aguardava ansiosamente para revê-la, sendo assim tudo conspirava a favor dessa performance. Eu acreditava que a Lilly seria esmagada pela Demi, mas confesso que ela me surpreendeu muito e teve uma evolução enorme da audição até aqui, mostrou vocais mais consistentes e poderosos, além desse timbre forte que não ainda não tinha notado, por vezes soou parecido com a Shakira e achei até que alguns momentos ela conseguiu até ter seu momento de destaque e brigar de igual com a Demi. Amei ambas, achei que as duas ofereceram vocais excepcionais para a canção, mostraram muita técnica e controle vocal, além de conseguirem trazer muita emoção e conexão com a letra da música. Olha, amei forte essa batalha, cantaram Adele com uma maestria que me impressionou muito.

Ives: Gostaria de começar dizendo que a Demi é muito superestimada, ela é boa e tal, mas não merece toda essa babação de ovo que ela vem recebendo da maioria e grande parte desse hype todo é devido a sua participação no The Voice Kids e o correto seria analisá-la na competição atual. Que battle incrível, ambas foram ótimas, achava que a Lilly era peso morto, mas amei sua postura, suas expressões e achei que sua roupa super combinou com a música, características que eu já descordo na Demi, ela foi superior nos vocais, mas achei ela solta demais para essa música e cantar All I Ask de jeans e jaqueta de couro???? Como cada uma se sobressaiu em um quesito, considero empate.

Doug: Uma das músicas mais lindas e emocionantes que eu conheço. As duas fizeram um bom trabalho, cantando com emoção. Elas estavam conectadas e seus vocais lindíssimos. Demi demostrou uma técnica ótima, fazendo alguns floreios e brincando um pouco com a melodia, já a Lilly com aquele seu timbre mais agudo fez tudo de uma forma linda. Eu sinceramente não sei quem ganhou essa batalha, as duas foram ótimas em suas áreas vocais e emocionais. Queria muito que fossem mais adiante no programa!!

VENCEDORA: DEMI VAN WIJNGAARDEN

STEAL: LILLY-JANE YOUNG (TEAM ANOUK/ VALERIE ELIMINADA)

[Team Sanne] Florens vs. Robin vs. Sebastiën – “In The Name Of Love” by U2

Michel: Eu achei esse trio um bom pareamento no time da Sanne, até porque vejo os três como competidores não tão fortes, sendo assim se livrar de dois deles não mudaria muita coisa no seu time. O Robin e Sebastien fizeram audições bem medianas e o Florens fez uma audição bem ruim, sendo assim esse trio não me animava muito. A escolha da música eu achei que seria vantagem para o roqueiro Robin, porém no final das contas a música combinou muito bem aos três. Achei uma batalha super equilibradas entre eles, a divisão da música foi bem justa e o resultado final foi uma performance bem agradável com vocais bem corretos. Por uma questão de timbre e ter mostrado uma rouquidão em sua voz, achei muito justo o Sebastien ganhar, apesar do equilíbrio entre os três, acho que ele tem um timbre mais diferenciado que os outros dois.

Ives: Que battle chata, pra mim os três podiam sair. O Robin pegou as melhores partes e se julgarmos por quem teria capacidade de criar torcida, ele continuaria saindo na frente.

Doug: Quero começar dizendo que eu pegaria os três se em dessem mole hahahha. Eu acho que essas batalhas triplas, claro que dependendo da batalha, são meio ruins. O act não consegue mostrar muito do seu potencial, pois divide o palco com mais dois e assim fica com poucos momentos na performance. Acho que os 3 estariam em total pé de igualdade de boa fosse pelo fator Sebastiën, aquele timbre rasgado dele me fez ficar mais nele que nos outros dois.

VENCEDOR: SEBASTIËN VAN DORP

[Team Anouk] Cindy Bell vs. Gideon Luciana – “Thinking Out Loud” by Ed Sheeran

Michel: Achei esse pareamento erradíssimo, a escolha da música foi horrível, porém a apresentação não foi tão ruim assim, foi até uma boa performance. Acho o Gideon um cantor bem genérico e com zero diferencial, apesar de ter tido uma boa melhora em relação à sua performance anterior, continuando achando que ele não acrescenta nada ao programa. A Cindy eu até curtir um pouco a sua audição, mas achei que a música a limitou muito e tirou aquela vibe roqueira que tinha curtido em sua audição, aliás a música não favoreceu em nada nenhum dos dois. Foi uma apresentação mediana e eles foram equivalentes na performance, sem destaque para nenhum dos lados, mas por gosto pessoal a Cindy me agradaria mais, até porque acho que Gideon não devia nem ter passado da Blind Audition.

Ives:  Que evolução do Gildeon, eu havia pegado um ranço devido a pronúncia na audição, mas ele concertou isso é deu um banho na adversária. O tempo a Cindy foi ofuscada, talvez por ser genérica demais ou porque a música combinava mais com o outro.

Doug: Quem me conhece sabe que odeio essa música. Achei a batalha meio chata, ficou naquela mesma coisa. O Gideon apresentou vocais bem consistentes e uma boa técnica, fazendo uso das melismas nos pontos chaves da música. A Cindy tem um belo timbre, mas acho que ela não se destacou tanto quanto o Gideon. Achei que ele mostrou mais a sua cara na performance que ela que achei que ficou bem linear. Eu daria a vitória pro Gideon.

VENCEDOR: GIDEON LUCIANA

[Team Waylon] Milou Hesselink vs. Tessa Looijen – “Shake It Off” by Taylor Swift

Michel: Antes de tudo, eu amo demais a Tessa, então meus comentários podem ser um pouco imparcial aqui, hahaha. Eu tinha muito medo que o Waylon colocasse a Tessa contra a Zöe, porque ambas tem um estilo mais alternativo que amo, mas parear contra a Milou foi bem acertada também. Foi uma performance bem animada e contagiante, achei que aqui a Tessa teve mais destaque por ter brincando mais com a melodia da música e ter mostrado mais atitude no palco, porém a Milou também fez um bom trabalho com a música. Confesso que preferia uma música mais lenta e emocional para as duas, mas entendi a escolha mais animada para se contrapor com as demais batalhas. Curtir o resultado final, mas espero ver a Tessa na próxima fase trazendo aquela vibe mais alternativa e meio folk/índie que demonstrou na sua audição.

Ives: Eu adorei, achei que fosse odiar já que raramente as músicas da Tay Tay caem bem em um cover, mas achei esse animado e divertido e as meninas ainda deixaram sua marca, não transformando em um cover genérico. Milo arrasou no início trazendo uma certa escuridão a música no início com seu tom gravíssimo e a Tessa o tempo todo estava curtindo o momento, ficaria com a Milo pois sua voz se destacou demais hoje.

Doug: Diante das outras batalhas que se passaram eu achei essa fraca. As meninas foram animadas e tal, porém não senti aquela vibração que a música pede. Eu adoro essa música e acho que faltou um pouco de atitude nelas. Eu daria a vitória pra Milou porque acho que ela teve momentos bem melhores que a Tessa.

VENCEDORA: TESSA LOOIJEN

[Team Sanne] Bram Houg vs. Silke van de Klundert – “Wings” by Birdy

Michel: QUE PERFEIÇÃO DE BATTLE! Eu de cara já amei a escolha da música, amo a menina Birdy e gostei que escolheram um hit seu que pouco vemos em reality e tenho que dizer que a música ficou ainda mais linda em dueto do que eu imaginaria que podia ficar. Bram e Silke são de longe os meus favoritos do time da Sanne, então esse pareamento é de fuder com meu emocional, porque acho ambos incríveis e bastante talentosos. Inicialmente achei que a Silke foi privilegiada com a escolha da música, já que é dona de um timbre tão suave e singular, mas o Bram soou tão original e tornou a música tão sua que por várias vezes eu fiquei na dúvida de quem realmente venceu aqui. Achei tudo lindo, a timidez deles no palco, soaram lindamente juntos e fizeram para mim a melhor batalha da temporada até o momento. Acho que ambos venceram a batalha, que para mim soou mais como um dueto do que uma disputa, sendo assim o steal aqui foi muito merecido, porque Bram é o favorito do time Sanne e Silke será uma ótima adição no time do Waylon, principalmente ele que ama esses timbres mais suaves. AMEEEEEEEEEEEEEEI MUITO, REPLAY VÁRIAS VEZES! <3

Ives: Que pisão foi esse amorxs? Ambos arrasaram demais e se complementaram, só gostaria que eles cantassem se olhando mais vezes. Para mim a Silke foi melhor, pois sua voz e até sua timidez ao cantar combinaram com mais com a música, porém entendi a atitude da Sanne já que o Bram é seu frontrunner. Obs: Bem triste pela Nikita.

Doug: Eu to emocionadooo!! Eu amo demais essa música da passarinha e eles foram tão lindinhos cantando. No início eu achei que a Silke ia pisar bonito no Bram, mas ao meu ver não foi bem assim. Gostei da forma que ele se adaptou a música e assim conseguiu jogar no mesmo patamar que a Silke. Ambos foram incríveis, mostraram emoção, controle e conexão. Seus timbres casaram e transformaram numa bela harmonia. Eu já vi essa batalha várias vezes e não me canso. Mas apesar do Bram ter saído super bem eu acho que fico com a Silke.

VENCEDOR: BRAM HOUG

STEAL: SILKE VAN DE KLUNDERT (TEAM WAYLON/ NIKITA ELIMINADA)

[Team Ali B] Ronald vs. Toon – “As Long As You Love Me”/ “There’s Nothing Holding Me Back” (Mashup) by Justin Bieber ft. Big Sean/ Shawn Mendes

Michel: Estão arrasando demais nos mashups dessa temporada, cada um melhor que outro e esse ficou sensacional, amei misturar o instrumental de um com o outro, ficou fantástica a mistura. Amo as duas músicas, amei a energia que os dois mostraram no palco e a interação entre si. Ambos tem timbres muito bonitos, os dois são bem carismáticos e fizeram uma boa performance nessa battle, porém apesar de gostar mais do Toon, vejo o Ronald mais pronto vocalmente, sua voz mostra mais técnica e mostra está mais preparado na competição que o Toon. Gostei de ambos na battle e achei a escolha do Ali B mais estratégica do que propriamente por conta do duelo.

Ives: Eu amo “Nothing Hold Me Back”, por isso fiquei bem triste com esse hino sendo cortado, mas achei o mashup criativo. Não gosto do Ronald, achei sua audição horrível, sua voz é irritante, por isso estava aqui na torcida pelo Draco Malfoy, pena que fui tombado.

Doug: Que batalha gostosinha hahaha. Amei os meninos, o Ronald veio com aquele timbre mais suave, mais limpo, usando os falsetes nas horas certas, enquanto o Toon com aquele timbre mais sujo, mais rasgado, e mostrando uma atitude e presença de palco ótima. Ambos foram bem nas suas áreas e o mashup ajudou nisso, pois explorou o melhor dos dois. Daria a vitória ao Ronald pois acho que ele teve mais momentos atrativos que o Toon.

VENCEDOR: RONALD KLUNGEL

[Team Waylon] Kimberly vs. Soraya – “I’m Every Woman” by Whitney Houston

Michel: Que bregão gostoso de se ouvir, principalmente quando é muito bem cantado por duas cantoras com vocais poderosos. Olha achei que a Kimberly foi melhor na performance que a Soraya, mostrou vocais mais poderosos e versáteis, porém tenho que dizer o quanto a Soraya evoluiu e que ela foi uma oponente da favorita Kimberly, as duas soltaram o gogó sem medo e fizeram bonito nos agudos e na harmonia da performance. A música foi bem escolhida para ambas, valorizou bem a extensão vocal delas e mostrou um lado mais divertido e mais solto de ambas que fizeram audições mais contidas, mostrando uma versatilidade no caso das duas. Ótima batalha, uma dupla de peso, vocais arrasadores e muita atitude no palco. Gostei bastante, bem girl power! PS: Apesar de ter curtido a performance em si, achei meio desnecessário o steal na Soraya, porém como foi contra o Vignton, foi até aceitável da parte do Ali B.

Ives: Como amo essa música, mas preciso confessar que achei bem sem graça, ambas fizeram o feijão com arroz, quando acabar as batalhas nem lembrarei.

Doug: Cara que batalha maravilhosa 😍, sério eu amei as duas. Kimberly veio com seus vocais mais agudos, soltando suas melismas nas horas certas e com uma técnica que me deixou apaixonado, mas a Soraya não ficou atrás, enquanto Kimberly evoluía ela ia junto, não deixando a sua duelista ganhar essa fácil não. Ambas mostraram controle vocal incrível e ainda foram bem harmônicas. Gostei que nenhuma quis pisar na outra, mas também não deixavam de lutar pela sua vitória. Eu daria a vitória a Kimberly, porém acho que a Soraya merecia muito um steal.

VENCEDORA: KIMBERLY 

STEAL: SORAYA (TEAM ALI B/ VIGNTON ELIMINADO)

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Foi um excelente episódio de Battles, achei as batalhas da Demi, Silke e Kimberly sensacionais, em especial porque a dupla fez um ótimo trabalho e merecidamente todos foram aprovados, mostrando o quanto surpreendeu aos coaches também essa evidente evolução dos competidores. Achei que seria bem chato e cansativo quatro episódios de Battle Rounds, mas temos tido tantas performances boas nessa fase que até acho que está passando rápido, dificilmente das Blind Auditions que durou uma eternidade. Por enquanto, só lamento mesmo a saída de Nikita e Nina, a Nikita até compreensível pois perdeu a vaga para a Silke que fez a melhor batalha da temporada até aqui, mas bem que a saída delas ou de ao menos uma delas podia ser evitada pela Anouk, mas fazer o que né? Bem, como já fiz nas reviews anteriores, farei um apanhado sobre os times e as possíveis battles do próximo episódio.

#teamAliB (6): Tjindjara, Gin Dutch, Pieter van der Zweep, Demi van Wijngaarden, Ronald Klungel e Soraya (steal temporário).

Ali B tem um bom time, porém bem escorregadio também, já que metade dele é muito boa, já a outra nem tanto. Espero que na próxima fase ele esqueça seus favoritismos e leve o melhor time possível pros lives. Demi e Tjindjara são os grandes nomes do time e acredito que dificilmente elas não avancem para os shows ao vivo, outro bom nome é o Ronald que tem um belo timbre e é de longe o melhor nome masculino no time, os demais podia já ter vazado nessa fase mesmo. Sobre os pareamente, eu acertei apenas o da Lilly-Jane vs Demi, o Toon vs Ronald até me passou na cabeça, mas não via a Karlyn batalhando com outra pessoa que não fosse Toon.

Possíveis battles: Bryan vs Imara e Karlyn vs Aïcha.

#teamAnouk (5): Jim van der Zee, Heavenly, Reneé de Grujil, Gideon Luciana e Lilly-Jane Young (steal temporário).

Com exceção do Gideon que acho péssimo, os demais nome do time são excelentes, ela está conseguindo formar um time bem consistente que vai dá trabalho para escolher nos Knouckouts. O único problema desse time é que não vejo ninguém como grande favorito ou com grandes chances de chegar na final, sendo assim vai precisar ganhar mais empatia do público, coisa bem difícil no caso dela haha, mas quem sabe seus acts não consigam. O duelo entre a Cindy vs Gideon achei bem aleatório e nada a ver, tanto que foi a pior batalha do episódio pra mim.

Possíveis Battles: Kevin vs Samantha e Noor vs Nienke.

#teamSanne (7): Chris Alain, Richelle van Ling, Kira Dekker, Aïrto, Sebastiën van Dorp, Bram Houg e Joy van Keep (steal temporário).

Vejo a Sanne com o mesmo problema da Anouk, porém acho que o Bram é o favorito do seu time e tem tudo para ser o novo Thjis dessa temporada. Tirando o Bram, o único nome que realmente gosto é a Kira, os demais não vejo nenhum diferencial e o time da Anouk leva vantagem no time dela por conta de ter um time mais consistente. Os pareamentos, acertei em cheio na Silke vs Bram e no Robin vs Florens, só não esperava que seria em trio acrescentando o Sebastien.

 Battle Confirmada: David vs Milan.

#teamWaylon (6): Julia van Bergen, Marchiano, Silayio, Tessa Looijen, Kimberly e Silke van de Klundert (steal temporário).

Que timão da porra, tirando o embuste do Marchiano, amo todas desse time. A Julia e Kimberly provavelmente são as favoritas do time, por conta de suas audições populares, porém a Silayio, Tessa e Silve são maravilhosas e podem muito bem garantir sua vaga nos lives, aqui será o time que vou sofrer muito por ter que me despedir de boa parte do time. Aqui eu acertei o pareamento da Kimberly vs Soraya, mas o da Tessa eu esperava que fosse contra o Rowan e Simon.

Possíveis Battles: Kelly vs Zoë e Jennifer vs Rowan vs Simon.

Então, por hoje é só pessoal. Em breve estarei trazendo a review com o último episódio de Battle Rounds. Desejo um feliz natal atrasado para todos vocês leitores e agradeço todos vocês que nos acompanham aqui e faz meu trabalho tão prazeroso. Até breve!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Michel Araujo

Meio baiano, meio sergipano, já passou dos 20 anos e um sofrido estudante de engenharia, com uma personalidade cheia de atitude e uma leve ousadia. Viciado em séries, realites e músicas, vai me encontrar sempre por aí escrevendo reviews, numa diversidade de gêneros de série e programas de TV.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu