Posts Populares

The Voice UK – S04E15 – The Final

E finalmente chegamos a final do The Voice UK! Depois de 12 semanas de espera saberemos quem os britânicos irão eleger como vencedor e dono da voz do Reino Unido!Temos alguns convidados para essa noite como The Script e Paloma Faith que vem se apresentar e Rita Ora (brincadeira) que se apresentara sozinha, já que todos os seus pupilos foram eliminados.

Finalistas

Inicialmente nossos quatro finalistas se apresentaram e foi aberta a votação com apresentações de convidados e dos candidatos e coaches na sequencia.

Sasha Simone – “What I Did For Love” by Emeli Sandé

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/nTrdHan-nUk” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Abrindo a noite de performances sentada na cadeira a lá diva, Sasha voltou com um terceiro cabelo, misto dos dois últimos apresentados haha, e mais uma vez abusou de seu controle vocal e fez mais uma boa performance, porém para mim não foi tão marcante quanto suas anteriores, considero ainda seu melhor momento como ‘Sail’ e ela não superou isso ainda. A música apesar de permitir ela mostrar seu controle vocal, não deixava ela mostrar seu alcance, segurar uma nota mais longa e não me agradou.

Emmanuel Nwamadi – “Somebody That I Used To Know” by Gotye

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/R4G6DTkR-1A” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Ai uma escolha que eu não esperava, o The Voice UK sempre me surpreende! Hahaha. Com uma apresentação não tão old, mas sem nada marcante, Emmanuel tentou fazer diferente, e não me agradou. Achei que todo o timbre bonito dele, que ele utilizava alongando as notas sumiu com a song choice de Gotye. Foi uma escolha fraca e decepcionante em certo ponto, com isso já daria o quarto lugar a Emmanuel.

Lucy O’Byrne – “No Surprise” by Radiohead

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/j2cqPNpHNWo” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Quando saíram as lista de músicas, fiquei em dúvida se essa música seria de Emmanuel ou Stevie, mas jamais pensei que Lucy cantaria ela. Sobre a técnica, mais uma vez perfeita, vocais cristalinos, surreais, tudo combinando com Lucy, nos momentos quando se aproximava do refrão ela fazia algo mais pausado e ia subindo de devagar, para depois estourar. Mas artistas como Lucy me cansam, seu timbre todo voltado ao lírico em 100% da performance já me cansou, e apesar de aplaudir ela pelo desempenho técnico, Radiohead tem uma melaconlia, uma vibe depre em suas músicas e isso faltou no desempenho técnico perfeito de Lucy, faltou transmitir a emoção da música, na MINHA OPINIÃO, porque vi que a maioria do mundo achou que ela pisou. hahaha

Stevie McCrorie – “I’ll Stand By You” by The Pretenders

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/U-368wUOXlw” frameborder=”0″ allowfullscreen>

E depois de Stevie e Sasha me decepcionarem, Stevie veio e me surpreendeu, voltando as suas origens com uma música que explorou seu timbre singular e a conexão com a música, ele voltou com TUDO e para ser o campeão e fazer jús ao título de front runner que muitos dão a ele. Ele estava esplêndido no palco, controle vocal perfeito e soltando aquele sotaque escocês delicioso em cada verso de I’ll Stand By You! Haha

SALDO PRIMEIRA RODADA: Stevie perfeito, Lucy perfeita (apesar de eu não gostar), Sasha apresentando uma performance correta e Emmanuel abaixo do esperado.

Sasha Simone & Sir. Tom Jones – “Chain of Fools” by Aretha Franklin

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/j2WWvKsRlWg” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Como os dois se entendem? MEU DEUS mais uma performance deliciosa do dueto Sasha e Tom! Os vocais delas mais agressivos e os dele mais fortes combinou perfeitamente, os vocais se somavam em cada ‘chain, chain, chain of fools’, foi bonito de se ver, os dois são incríveis juntos e arrasam muito!

Emmanuel Nwamadi & Ricky Wilson – “Crazy” by Seal

<iframe width=”570″ height=”390″ src=”https://www.youtube.com/embed/f6YqYpK3yIg” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Hoje aparentemente não era o dia de Emmanuel, queria tanto ele cantando Seal, mas quando ele fez ficou bem apagado, sua voz começou estranha, parecia que tinha uma falha, e quando Ricky começou a cantar, ficou evidente o quando Ricky estava superior a ele. Alias Ricky ficou com TUDO DE BOM da música, Emmanuel não estava encaixado, apesar da música ser perfeita para ele! Enfim, apesar desses momentos que Emmanuel não estava tão dentro da vibe, a performance dos dois foi LINDA!!

Lucy O’Byrne & Will – “Habanera” by Carmen

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/CA4SCxcmblE” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Quando você olha esses dois são artistas extremamentes diferentes, o contraste fica claro e só com muita criatividade criando a ópera-rap que os dois fariam algo interessante de se ver. Lucy mais uma vez com seus vocais cristalinos e puros, mas como uma maior interpretação, as apresentações teatrais de Will exigem isso do seu artista e gostei de ver, uma Lucy mais sexy, saindo da imagem da princesa angelical que ela passou em suas performances líricas anteriores.

Stevie McCrorie & Ricky Wilson – “Get Back” by The Beatles

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/hksTj0B6AW0″ frameborder=”0″ allowfullscreen>

Gente que performance deliciosa, mais uma vez Ricky mostrando porque é um super cantor, coach e que sabe entreter e arrsar na presença de palco. E isso fica claro no palco, a forma como ele aborda a música trazendo Stevie para ‘dança’ e vimos um Stevie McCrorie mais soltoo, com presença de palco que é o que esperamos de cantores de bandas, que é o que Stevie provavelmente será no futuro.

Paloma Faith – “Beauty Remains”

Paloma Faith

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/EPeMvc7PB8o” frameborder=”0″ allowfullscreen>


Rita Ora & Charles Hamilton – “New York Raining”

Rita Ora Charles Hamilton

 

Após os finalistas se apresentarem sozinhos e com seus coaches as votações foram ENCERRADAS, tivemos as performances de Paloma Faith e Rita Ora (os vídeos não foram disponibilizados a tempo para a review, mas prometo coloca-los na segunda feira nesse post) e tivemos o anúncio surpreendente que a final só teria DOIS CANDIDATOS, contrariando as últimas três temporadas quando tivemos três finalistas cantando sua canção favorita. Sendo assim, os britânicos votaram muitoo, e Emma anuncio:

LUCY O’BYRNE by TeamWill

STEVIE MCCRORIE by TeamRicky

E a final estava confirmada com os dois artistas que se destacaram nesta última noite! Esperava um embate difícil entre os dois, e já jurava que Lucy ia vencer, pois sempre o artista que eu não torcia venceu no Reino Unido.

E ai nossa cantora lírica Lucy e nosso cantor alternativo Stevie reeditaram seu momento favorito no show.

Lucy O’Byrne – “Ebben Ne Andro Lontana” by Katherine Jenkins

Foi uma performance muito superior a sua blind, é obvio que os itens de cenário e vestuário deram um brilho maior a performance, mas para mim ficou claro a evolução dos vocais de Lucy, pareciam ainda mais puros e com as notas ainda sendo mais perfeitas. Foi uma grande performance de Lucy. Achei engraçado porque fui rever meu comentário da blind, e eu já destacava as qualidades técnicas e apostei que ela fez o certo ao ir com Will, pois ele poderia explorar facetas diferentes e trazer Lucy para um outro nível, que foi o que ocorreu em sua trajetória.

Stevie McCrorie – “All I Want” by Kodaline

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/OLfnPVRRzIk” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Voltando a música melódica e de certa forma perfeita para sua voz, Stevie voltou definitivamente a suas origens e fez a melhor escolha que poderia fazer. Com mais presença de palco, melhorias vocais ele apresentou uma performance superior a sua blind e se colocou na disputa para valer com Lucy! E o duelo entre os dois prometia.

Após estas apresentações, o The Voice UK introduziu mais uma mudança o “Winner Single”, a produção do programa escolheu uma música já lançada e pediu que os quatro finalistas gravassem em estúdio uma versão para lançamento, bem isso foi feito! A música escolhida foi “Lost Stars” by Adam Levine, música que fez o cantor americano (mais sensacional do mundo) concorrer ao Oscar. Os dois finalistas apresentaram suas versões no show. Sobre a escolha de música, eu AMO ADAM LEVINE, AMO MAROON 5, mas Lost Stars é uma música cantada com falsetes e vocais mais finos, e colocar isso na voz dos quatro finalistas é algo vamos dizer sem juízo! Cada finalista tem suas peculiaridades e uma música que se encaixa melhor em sua voz!

Lucy O’Byrne – “Lost Stars” by Adam Levine

Uma bela versão de Lost Stars, Lucy consegue utilizer seus vocais puros e finos para encaixar as notas de “Lost Stars” e fez uma linda versão! Porém sem momentos mais altos e suaves que a música original tem, e eu senti falta disso, você transformar uma música que não é clássica em clássica, tira a emoção dela, os vocais que Adam imprime na canção trazem exatamente as emoções da música, já os de Lucy por mais perfeitos e surreais, não deixam a música passar sua mensagem. Enfim, sei que muitos vão discordar, mas é minha opinião sobre mudar uma música inteira para outro estilo.

Stevie McCrorie – “Lost Stars” by Adam Levine

Era óbvio que a música cheia de falsetes e cantada lindamente por Adam Levine não se encaixaria na voz mais forte de Stevie, e sem mudanças de arranjo fica difícil gostar da performance. Enfim é melhor esquecer essa burrada da produção do UK de escolher um winner single tão singular para os nossos finalistas. Stevie tentava fazer algo parecido com um falsete e não ficou legal, mas em certos momentos ele até conseguiu entrar na vibe da música, mas foi sua pior performance no show até aqui.

Enfim, chegamos a final, queria ver Stevie e Sasha aqui, na verdade Stevie e Sheena! haaha, mas Sasha mostrou uma evolução no programa que foi surreal e merecia ser uma dos dois finalistas, mas tinhamos Lucy e Stevie, Lucy com seus vocais controlados, puros e incrivéis, performances tecnicamente perfeitas mas presas ao estilo lírico (não é crime algum ficar preso ao seu estilo vocal), mas eu e boa parte do mundo não entendemos nada de música clássica e dificilmente vamos entender algum dia. Stevie veio passando por momentos dificeis nos lives, uma boa trajetória antes e duas performances que podemos dizer questionáveis nas quartas e semis, mas na final veio com TUDO em busca do título. Pelo conjunto da obra eu torci por Stevie e daria o título a ele, um cantor mais comercial que Lucy, com mais presença de palco e que pode SIM fazer sucesso após o show, o mercado para Lucy se restringe a ópera e concertos e espero que ela consiga entrar nesse mundo, porque ela é incrível.

Script


The Script – “Man On A Wire”

Após o encerramento das votações, tivemos a apresentação de Danny O’Donoghue e sua banda The Script, Danny foi coach nas duas primeiras temporadas do The Voice UK e aparentemente mantém boas relações com a produção do show! (Assim que o vídeo for liberado, disponibilizo na review)!

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/hhjYWAxnjro” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Vídeo como o anúncio do vencedor + Stevie performando “Lost Stars”

E finalmente o VENCEDOR ou VENCEDORA foi anunciado e para a glória da MINHA PESSOA, que nunca viu um artista que torceu vencer qualquer The Voice de qualquer local deste planeta vencer, vimos STEVIE MCCRORIE se tornar vencedor dessa bagaça!! #TeamStevie #TeamRicky #Finally

Will e Ricky

Ricky & Will na torcida por Stevie e Lucy, respectivamente.

Winner
Ricky Wilson e Stevie McCrorie – vencedores do The Voice UK 2015!!

Bom pessoal, finalmente me despeço de vocês nessa temporada do The Voice UK, que para minha surpresa teve um VENCEDOR DIGNO FINALMENTE! E eu ainda não estou acreditando nisso! Espero vocês nos comentários falando sobre a felicidade ou tristeza de ver Stevie Campeão, sobre o que acharam da final e quem vocês esperam que sejam os coaches em 2015! hahaha

Pois é, aparentemente Black Eyes Peas is back, Ricky Wilson vai gravar novo cd com Kaiser Chiefs e Rita Ora quer expandir sua carreira para o US, sendo assim, não sei se teremos essa mesma bancada em 2016!! Torço pela permanência de Ricky Wilson, ele conseguiu ser o meu coach preferido em todas as edições do The Voice e quero ver mais do seu trabalho em 2015! Se forem trocar TUDO e TODOS (acho dificil, Sir Tom Jones deve ficar ali), queria ver Seal, Ellie Goulding ou Emilé Sandé e Danny O’Donoghue ou alguém como Ed Sheeran assumindo essa bancada!

Enfim, boa páscoaa para todos!! E término de colocar os vídeos na segunda feira, pois estou sem internet em casa e vim na universidade em pleno sábado só para escrever a review (mentira, vim fazer uns experimentos mesmo)! hahaha

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu