Posts Populares

The Voice UK – S06E10 – The Knockouts, 1

Wassuuuuup! E estamos aqui na cobertura de mais uma rodada do The Voice UK, dessa vez em sua fase de Knockouts!

Hoje, o Team JHud inicia sua competição de mata-mata para ver quem continua na competição. E para abrilhantar nossa review, trazemos nossos comentaristas Lindomar, João Davi e Mateus para acompanhar conosco e opinar acerca das performances da noite!

Quer comentar nossos realities também? Entre em contato com o site através do nosso “Fale Conosco”! 😉

Vamos lá?

———

David Jackson – “A Little Respect” by Erasure

Henry: Confesso que fiquei bastante surpreso com essa performance do David. Nada linear, ele diferenciou e fez bonito. Tá que o final foi meio hmmmm duvidoso, hahaha, mas no geral foi uma das minhas preferidas da noite.

Lindomar: David tem algo mais teatral em suas performances e sempre canta músicas cheias de significado pra si mesmo, a canção de hoje estava envolta de sentimentos e ele se entregou, trouxe vocais consistentes, uma boa presença de palco e conexão, mas o grande problema dele é que ele é um cantor muito comum, ele não tem um grande diferencial, mas ao menos deu o melhor de si sobre o ringue.

João Davi: Sei lá porque isto me lembrou das performances da Jordan Gray. No meu entendimento David estaria no top3 do Team JHudson e acho que aqui ele mandou bem além de ter apresentado facetas diferentes daquelas que vinha apresentando até então. Sua melhor apresentação, merece passar.

Mateus: Eu não conheço essa música, mais é bem bonita, mas acho que ele se perdeu um pouco quando ficou agitada, não passaria ele não.

———

Jack Bruley – “To Love Somebody” by Bee Gees

Henry: Ew.

Lindomar: Que morte horrível foi essa performance de Jack, o coitado entrou extremamente nervoso, a altura das vozes dos backings vocals em diversos momentos superava a voz dele, ele parecia meio perdido no meio de tudo e ainda deu umas desafinadas em alguns trechos, sem emoção, sem vida, sem vocais decentes, ficou difícil te defender amiguinho.

João Davi: Com uma boa performance, Jack poderia assumir uma das vagas, mas não rolou isso hoje. Uma apresentação sem emoção e sem energia, a pior da noite. Até fui ver a Sally Barker cantando para desintoxicar.

Mateus: Eu não gostei da blind dele, a batalha foi melhor, ele ta evoluindo bem, mas eu não passaria ele, acho que não tem vida longa no programa.

———

Tim Gallagher – “Want To Want You” by Jason Derulo

Henry: Juro que eu pensei que gostaria dessa performance do Tim, mas achei tão sem sal, cara… tipo, nada muito atrativo, algo bem monótono e sem muitas surpresas. Expectativa fail.

Lindomar: Rei dos Falsetes! Amoo essa música do Derulo, principalmente por essa abertura para a sequencia de falsetes! No inicio ele tava meio travado quando ainda estava preso ao violão, mas depois ele se soltou e ai foi um show, acredito que o mais legal de tudo foi ver o Tim a vontade com a canção, trazendo uma vibe meio hot de leve e sendo sexy a sua maneira, ele conseguiu entregar uma ótima performance, mas talvez a música escolhida o limitou demais aos falsetes e uma outra canção talvez alterasse o fatídico resultado da escolha de Jennifer.

João Davi: Tim vem de um steal e possivelmente é o mais apagado dos seis até agora. Ele fez uma apresentação decente, mas que poderia ter contado com mais energia e menos violão, quando ele largou o violão melhorou muito, até a Jenifer reagiu a isto. Enfim, uma boa performance, mas ele ainda luta contra seu histórico.

Mateus: Gostei do jeito que ele levou a canção, ele tem bastante potencial pra ir longe. Teve uns probleminhas mas se for bem trabalhado poderia ser uma grande ameaça. Que pena que a JHud não apostou nele.

———

Georgie Braggins – “I Say A Little Prayer” by Aretha Franklin

Henry: Esse é o tipo de performance que eu amaria em uma outra ocasião. Achei insuficiente para os knockouts, o que é uma pena, pois gosto bastante da Gigi. 🙁

Lindomar: Ai meu deus de onde saiu essa rainha dos anos 70-80? Georgie me levou a uma outra época com essa versão suave e maravilhosa desse clássico da Aretha. Ela tem uma vibe meio Maria Gadu e soube conduzir a canção com maestria, trouxe uns nuances mais suaves e depois foi acelerando do meio pro fim, Georgie surpreendeu e entregou até uns falsetinhos pequenos próximos do fim, pensando em um artista singular nesse time, Georgie é o oposto de todos e o que mais de diferente Jennifer poderia levar a próxima fase.

João Davi: Imaginava o Team JHudson cheio de mulheres e a única sobrevivente é a Georgie, uma das minhas favoritas, mas pelo seu estilo e pela sua batalha bem ruizinha ela tinha poucas chances aqui. Instrumental maravilhoso e bons vocais, mas nada muito impactante para os knockouts, uma pena.

Mateus: Essa foi uma das melhores versões que eu já vi dessa música, Georgie é uma artista e merecia continuar esse estilo único dela.

———

Mo – “Freedom” by Beyoncé

Henry: Gostei da performance do Mo, ainda que eu não seja tão afeito ao act. Ele trouxe uma boa expressão e entregou o que o momento pedia!

Lindomar: Mo já tinha provado ser um excelente vocalista nas outras fases e em uma temporada até então com baixo nível ele se destacou muito, hoje ele pegou uma música da Queen B e por incrível que parece ele tava bem descontrolado e gritando nos ensaios, Jen Hud me surpreendeu quando pediu a ele pra permanecer mais próximo do original e maneirar. O resultado final foi um samba nas inimigas, vocalmente ele foi incrível, usou até uma certa rouquidão em alguns momentos e se entregou totalmente, cheio de atitude e presença de palco, se ele tinha 99% de chances de certeza na próxima fase ele mostrou porque merecia.

João Davi: Eu não gosto do Mo, não vi nada demais nele até agora. Ele chega nesta fase como o frontrunner da competição e com uma vaga praticamente garantida. Foi a única apresentação dele que gostei, achei ele forte na maioria dos momentos, com uma voz rasgada e certa atitude. Fez por merecer uma possível vaga, mas não sei se ainda é o suficiente para merecer tanto favoritismo.

Mateus: Uma música bem arriscada mas que valeu muito a pena o risco. Ele dominou o palco de um jeito único que ele pode trazer sempre. É uma grande aposta a vitória, tem que ser muito bem trabalhado e ai já era. Deem o prêmio pra ele pois ele vai merecer.

———

Jamie Miller – “Shape Of You” by Ed Sheeran

Henry: REI.

Lindomar: Gente que samba foi esse do Jamie? SOS, ele pegou um dos hits de 2017, a maravilhosa Shape Of You, melhor música do novo álbum do meu ruivo britânico! Jamie mostrou uma presença de palco incrível, arrasou nos vocais e segurou a marimba apesar da música ser super acelerada, ocorreram pequenos momentos em que pensei que ele fosse perder o folego mas ele mostrou ser promissor, além disso tudo ele mudou um pouco o arranjo em relação a versão original, se Jamie já era meu favorito nesse time antes de cantar ele acabou de garantir o lugar dele no meu coração! P.S. Luana pediu pra avisar que quer Jamie no The Voice USA! haha

João Davi: Jamie estava entre os favoritos do team, mas diferente de Mo precisava se garantir. Me matem mas não conhecia essa música, acho que Jamie fez um bom trabalho com ela. Acredito que é um concorrente que tem tudo para explodir nos lives e apresentar boas performances, merece passar.

Mateus: Pegou uma música nova, e que ainda ninguém tinha cantado em procura, ele conseguiu colocar seu estilo e mandou muito bem. Ele e o Mo são uma grande ameaça aos outros times. Merece e muito continuar.

 

——————

Após as apresentações, vamos aos resultados da rodada:

Saved by public vote: Mo & Jamie Miller

Saved by Jennifer: Jack Bruley

Eliminated: David Jackson, Tim Gallagher & Georgie Braggins

E assim termina a primeira noite de Knockouts, e eu ainda tô tipo: WTF?… Pois bem, vejamos o que vem a seguir, né? Não confio muito na escolha de JHud em nomear Jack como o vencedor do seu time, mas aprovo as escolhas de Mo e Jamie pelo público. No mais, a gente se vê na semana que vem! O que você achou das performances? E das escolhas? Comente conosco!

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Henry Kapranos

Se quiser falar de amor, fale com o Marcinho. Comigo você vai falar sobre reality shows, pop trending e cultura de gênero.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu