Posts Populares

The Voice UK – S06E11 – The Knockouts, 2

Os Knockouts seguem com um show do público na hora da votação e mais uma decisão estranha/louca/errada do coach!

Nesse domingo sem carnaval tivemos o #TeamTom indo para o Ringue disputar três vagas nos lives, a rodada foi marcada por um pisão dos homens e por escolhas musicais no mínimo inusitadas das mulheres para um fase tão importante. Vamos conferir o que rolou? Os coments ficam por conta de Lukas, João e Mateus (quantos nomes bíblicos hahaha) que são parte do público do nosso site, estamos sempre abrindo espaço em nossas reviews de realities para vocês comentarem e darem sua opinião, se você também quiser ser um comentarista só clicar na aba FALE CONOSCO do nosso site e preencher o formulário com informações de contato e os realities que vocês gostariam de comentar.

Sem mais delongas vamos conferir o que rolou…

Nadine McGhee – “Secret Love Song” by Little Mix

Lindomar: Gente que apresentação bosta foi essa? Nadine tava quase sem voz e desafinou horrores, as notas saiam estridentes, ela começou a berrar e gritar, enfim foi um show de horrores. Achei que o primeiro erro dela foi na song choice, não favoreceu em nada ela e depois ela errou perfomaticamente e vocalmente.

Mateus: Gostei da escolha da musica. Não começou muito bem, a banda tava muito alta pra voz dela, mas foi crescendo durante a música o que eu gosto muito. Ela tem muito potencial para surpreender mais adiante.

João: Ela é a minha favorita no Team Tom e apesar deste time estar bem parelho acredito que ela tenha reais chances de avançar. O que me incomoda na Nadine é que ela não aparenta ter 18 anos! Precisam urgente produzir essa guria, ela tá sempre apagada e sem personalidade. A apresentação foi ok, talvez a pior dela até agora, mas ainda dá chances de passar.

Lukas: Eu não consigo gostar dela, mas aqui ela fez um bom trabalho e eu sei que ela pode fazer algo muito bom, então fiquei feliz por Tom ter a salvo, pois eu sinto que ela vai fazer algo grande.

Craig Ward – “Hold On Tight” by Greg Holden

Lindomar: Estou perplexo, de onde saiu esse homem? Que apresentação mais icônica e cheia de energia, não conhecia a música mas já vou procurar para baixar. Craig pegou uma música mais linear com espaços para entregar umas notas maravilhosas, usou sua rouquidão e de certa forma ele me lembrou em muito o Stevie McCrorie (vencedor da season 4), Craig pode ir longe com as songs choices certas, fiquei a todo tempo pensando nele cantando uma das músicas maravilhosas de Mumford and Sons (ficadica).

Mateus: Não conhecia a música, cantou muito bem, mas senti faltou alguma coisa, para ser algo que alguem lembre mais pra frente, para essa fase devia fazer algo muito melhor

João: Craig é a menor das minhas apostas para esta noite, mas ele entregou uma performance bem boa e segura. É bem verdade que ele teve bastante auxílio da banda e dos backing vocals para agigantar a música, mas se garantiu sozinho também. Ao contrário de muitos participantes ele entendeu o que é uma song choice para esta fase. Mesmo assim me surpreenderia se ele passasse.

Lukas: Meu segundo preferido do time, ele é muito competente e tem um timbre que me derrete todo, performance maravilhosa, adorei a música e a presença dele. Espero que ele vá longe, pq eu adoro a vibe dele.

Victoria Kerley – “Find Me” by Sigma

Lindomar: Why Victoria? Why? Porque uma song tão pop farofa conceitual a essa altura do campeonato? A primeira coisa quando se pensa em uma performance live com votos do público é algo no que o público irá se conectar, algo atual de preferência, sucesso e vejo tantos acts se perdendo logo nisso. Victoria até fez uma boa performance, mas a música limitou ela demais, não tinha espaço para ela crescer e foi isso, foi extremamente pombo! Uma pena porque a garota tinha potencial.

Mateus:  Ela cresceu bastante desde as Blinds, ela fez uma apresentação boa, mas seus alguns problemas, as vezes a banda ficou maior que a voz dela, mas se fosse bem trabalhada poderia crescer bastante

João: Sabemos como é difícil alguém vindo de um steal avançar e acredito que Victoria teria que brilhar muito para conseguir uma vaga. Acho que ela demorou para se encontrar na música e no meio de partes bem executadas ela teve alguns pequenos deslizes, mesmo assim uma boa apresentação (para o nível dessa temporada). As coisas hoje estão bastante disputadas, talvez ela tenha alguma chance.

Lukas: Ela sempre passou despercebida para mim e aqui ela não fez algo memorável, performance fraca e uma música que também não ajuda.

Capital B – “One Day I’ll Fly Away” by Randy Crawford

Lindomar: Falando de song choices mal feitas temos mais uma aqui, Capital B com uma song que tem quase 40 anos, foram no baú da mix buscar isso aqui, mas ao menos foram melhores que Nadine e Victoria, entregaram boas harmonias, apesar de ter tido uns momentos sofridos. No geral e olhando o #TeamTom como um todos ela foram bem e até aqui mereciam avançar, quem diria hein? Pra mim essa dupla seria carta fora do baralho já nas Battles porque elas são muito cruas e sem nada de diferencial, enfim, let’s see.

Mateus: A dupla é boa, mas fizeram mais do mesmo, nada que desse para as duas passaram pros Lives, cantaram direitinho mas nada que fosse marcante para essa fase.

João: Ao ver a música que elas cantariam achei que seria uma música do Husky Rescue (sonho) haha. As duas são boas cantando juntas e em separado, mas é uma dupla qualquer nesse mundão… Nenhum diferencial. Não consigo estabelecer nenhuma conexão com elas, são a cara do Team Tom desse ano. Assim como Georgie ontem, elas fizeram uma decente, mas esquecível performance.

Lukas: Essas duas nem deveriam estar aqui, é uma dupla que não combina, na minha opinião, elas seriam ótimas, mas separadas.

Dannii Barnes – “False Alarm” by Matoma & Becky Hill

Lindomar: Ai gente Dannii foi uma das poucas mulheres que eu tinha conseguido gostar até aqui e ela veio com uma song de uma antiga act do TVUK e tinha tudo pra arrasar, mas foi um balde de água fria, faltou TUDO nessa performance, faltou vocais, folego, conexão, presença de palco, um pouco de um lado mais bitch, acabou sendo uma verdadeira decepção com muitos erros, uma pena!

Mateus: Ela é uma das melhores do Team Tom, mas a songchoice a prejudicou um pouco, mas ela conseguiu tirar leite de pedra e fez um belo trabalho, mas se arriscou muito nessa fase, merecia muito ter continuado pois tinha muito potencial.

João: O meu comentário estava pronto: ESCOLHEU BECKY HILL PODE PASSAR PARA AS FINAIS. Mas que golpe a Dannii me deu! Ela é a candidata mais promissora do Team Tom e uma das que vejo crescendo fora do programa, em sua batalha ela foi fantástica! Mas aqui foi sem força, com firulas fracas e batidas… esperava ela performando como uma rainha do electropop, mas mais parecia uma diva sem folego no final de carreira. 0:44 foi a coisa mais broxante possível…

Lukas: Dannii melhorou muito desde sua blind, mas é porque sua blind foi horrível, logo, qualquer avanço já é ótimo. Performance fraca e nada empolgante.

Into The Ark – “Hold On We’re Going Home” by Drake

Lindomar: O que falar dos meus babies nessa competição? Into The Ark surpreendeu a todos ao entregar uma performance deliciosa desse hino do Drake, acredito muito que essa versão deles foi inspirada no cover do Arctic Monkeys para aquele programa do BBC One, vocês podem conferir clicando aqui. Os vocais estavam maravilhosos e eles conseguiram harmonizar muito bem e cantar solo muito bem, capricharam nos falsetes, tocaram violão e surpreenderam, não duvido nada deles chegarem a grande final viu, está claro que eles seguiram essa linha mais acústica e vão crescer dentro dela.

Mateus: Os melhores da noite, conseguiram colocar seu estilo como sempre na performance e são a maior ameaça que o Team Tom tem nos Lives, fiquem de olhos neles pois podem surpreender.

João: Esses dois são os frontrunners do Team Tom e tenho gostado cada vez mais deles. Acho o mais alto um dos melhores vocalistas desta temporada, apesar dele ter usado falsete demais nesta apresentação. A apresentação foi simples, mas eficaz. Eles se conhecem bem e aparentam estar bem preparados para seguir.

Lukas: AMÉM INTO THE ARK!! Tom nem nas suas mãos possíveis finalistas e com chances de ganhar, pois são únicos, cantam bem, tem presença e tem química, em suma, tem tudo que Capital B precisa pra funcionar. E aqui foi a melhor performance do domingo.

——————————————–

Encerrando a noite enquanto o público britânico votava em seus favoritos tivemos uma bela apresentação de Jennifer Hudson que vale a pena conferir!

Jennifer Hudson – “Remember Me”

Viram esse lacre meus amores? Enfim vamos ao que interessa: RESULTADOS….

Vamos falar da coerência, ontem tivemos o público salvando Mo e Jamie, duas das melhores performances da noite, talvez Tim também merecesse, mas esse seria o top 3 mais justo e ideal e que Jennifer destruiu ao levar o embuste do Jack a próxima fase…. Hoje, o público deu mais um close certo e optou por salvar as duas melhores apresentações dessa noite….

INTO THE ARK

CRAIG WARD

Restou a Tom Jones escolher entre todas duas meninas, entre elas acredito que mesmo tendo tido uma performance fraca Dannii era o melhor nome ali, além dela ele tinha Victoria e Nadine e todas entregaram performances fracas, entre as três se fosse por justiça ele deveria ir com Victoria, mas ele optou por salvar….

NADINE MCGHEE

Nem falei da Capital B porque apesar delas terem ido bem, elas nem deveriam tá aqui neh? Enfim, Tom Jones monta um bom TOP 3 com Into The Ark sendo o grande destaque e provável candidato a finalista aqui, Nadine deve voar logo na primeira noite de lives junto com o embuste do Jack… Vamos esperar agora as decisões de Will I Am no próximo sábado e por fim de Gavin Rossdale no domingo! Por hoje é isso pessoal, espero que tenham curtido nossa review! Até uma próxima!

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Amado por 30 milhões de Brasileiros! Paulista, Canceriano, 25 anos, Químico e atualmente faço Doutorado em Biotecnologia e Polímeros. Me achou nerd neh? Sou mesmo! Amo uma boa banda alternativa/indie, fã número 1 de Imagine Dragons e adoro perder um bom final de semana maratonando séries! P.S. Sou bebadô também gente, me chama para uma cerveja e para falar de série!


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu