Posts Populares

The Voice UK – S07E01 – Blinds Auditions 01 [SEASON PREMIERE]

A versão britânica desse reality tão amado está de volta! 

Eu tento fugir dos realities musicais, mas eles me perseguem hahaha. Essa premiere era pra ser do meu amigo paneleiro Lucas Salles, porém, devido a alguns imprevistos vulgo ressaca hahaha, cá estou eu pra falar desse primeiro dia de audições, que me animou muito, por sinal! Eu estava com as expectativas bem baixas para essa estréia, afinal, há algumas temporadas eu vinha me decepcionando com o nível do programa, mas o primeiro episódio de hoje acendeu um pouco minhas esperanças. O nível foi legal e eu gostei bastante da interação dos coaches, apesar de ter uma preguiça infinita do Will e achar um Tom um pouco chato. Porém, eles estavam mega entrosados, principalmente Jhud e Olly. Pra comentar tudo que aconteceu, hoje tenho comigo os paneleiros João e Lindomar. Vamos comentar então com a apresentação dos técnicos.

Jennifer Hudson ft Tom Jones, Olly Murs e Will.I.Am – “Feeling Good” by Nina Simone

Jennifer, por que pisa tanto, mulher? Meu Jesus amado, que mulher maravilhosa. Eu tentei até olhar pros outros, mas não deu, ela ofusca demais. Eu amei essa apresentação, assim como eu geralmente gosto das apresentações dos técnicos da bancada britânica. Depois disso, as pessoinhas da season começaram a se apresentar.

[TEAM JHUD] Jake Benson – Issues by Julia Michaels 

Tati: QUE SAPÃO! HAHAHA E quando eu o vi, jurava que ele viria apenas para preencher a cota de bonitinhos, que geralmente os programas possuem, mas confesso que fui surpreendida, pois eu realmente gostei do Jake. A voz rouca dele é bem gostosinha, não tem nada extraordinário, mas foi legal de assistir na audição e eu vi algumas coisas boas nele. O legal é que Jhud também viu e quando ele cantou com ela, ele soltou um falsete maravilhoso e mostrou outros lados de sua voz. Acredito que ele possa ser bem trabalhado.

João: O cara chegou na marra, sarado, tatuado, e… cantou Issues <3 Não imaginava ele cantando essa musica hahahah mas fez uma boa Blind. Mudou o arranjo, adaptou a voz dele, que aliás me atraiu muito com a rouquidão natural. Percebi alguns deslizes, coisa de nervosismo, mas nada muito grave. Minha estreia no The Voice UK foi maravilhosa hahhahshh espero muito dele no decorrer da competição.

Lindo: AAAAAAAAAI ESSA VOZ ROUQUINHAAAAAAAA BATEU NA MINHA ALMA! Já amei Jake pela song choice, pelo estilo e ele foi melhorando a cada verso. Rolou até um falsete em certo momento, claramente ele se da melhor com músicas mais lentas e tem tudo para ir longe no programa já que o moço é um sapãoooo e consegue o apelo do público! Amei que foi com a Jennifer! <3

  

[TEAM TOM] Chloe Jones – “Just Like A Star”  by Colline Bailey

Tati: Primeiro quero falar que Chloe é muito inteligente, pois escolheu uma música que combina perfeitamente com a doçura de sua voz e isso ajuda muito. O timbre dela é comum, ao meu ver, mas tem algo doce que gosto muito e que me faria escutá-la cantando mais músicas desse estilo. Achei que a música teve alguns cortes que deixaram a melodia um pouco deslocada, mas de qualquer forma foi uma blind agradável.

João: Que coisa mais fofa. Adorei a musica na voz dela, e senti que ela tava confortável, apesar de um pouco nervosa. Ela não se exigiu tanto, ficando mais na zona de conforto mesmo, e acredito que ela seja um diamante a ser lapidado. Com certeza a voz dela alcança registros bem altos, se treinada pelo coach certo, o que não sei se é o caso rs. Enfim, adorei.

Lindo: Um tiro de song choice desses <3! Chloe me conquistou nos primeiros versos pela sua delicadeza, seu charme e sua forma de abordar a canção. Não foi uma audição perfeita, em alguns momentos soou um pouco linear, mas foi lindo e deu a ela a chance de mostrar seu belo timbre e até crescer em certo momento da música, acredito que ela pode surpreender.

[TEAM OLLY] Lauren Bannon – “Lean On” by Major Lazer

Tati: Quando vi que ela iria cantar essa música eu já virei os olhos, eu adoro essa música, mas já deu, né? Também acho que o estilo dessa música não tem muito a ver com a artista que Lauren é, mas, gente, não é que ela conseguiu deixar um pouco da sua identidade na música? Eu gostei da voz, do estilo e, principalmente, do controle que ela demonstrou possuir. Quero muito vê-la cantando músicas do estilo das originais que assisti no canal dela, pois acho que esse timbre tem muito o que render. Vamos ver se dá certo.

João: Gente, eu nao entendo como demorei tanto para ver essa versão do programa. SÓ TEM GENTE BOA! Essa menina pegou uma música eletrônica e transformou em uma versão pop balada, que funcionou muito bem. Nos primeiros momentos a voz dela me lembrou um pouco a da Mø, que originalmente canta essa música, mas quando ela subiu, consegui perceber que é bem diferente. Uma blind otima, e Four Chairs merecida. Espero que arrase no programa.

Lindo: Lauren é uma cantora bem genérica, mas gostei que ela fugiu do usual e foi em algo que poderia destacar uns grunhidos presentes em sua voz. No geral, ela ficou no safe, não se arriscou muito e falhou em alguns momentos. Mas gostei de ver que ela se esforçou mais do meio pro fim, mostrou força e vontade mas não creio nela indo muito longe.

[ELIMINADO] Niall Donnelly – Good Riddance (Time Of Your Life) by Greenday

Tati: Primeiramente, que arranjo bosta! Segundo, a voz dele é fraca mesmo, gente. Eu tentei me conectar, mas achei tão comum, tão preguiçoso e mais do mesmo que consegui achar longa uma blind com menos de um minuto. Mas devo confessar que me parte o coração um candidato sair sem feedback, pois, às vezes, um bom toque pode mudar a trajetória de um artista ou, ao menos, permitir que ele saiba onde “errou”. 

João: Ai gente, partiu meu coração a família dele lá, e tudo, mas achei a voz dele tão genérica. Ele arriscou umas high notes e tudo, mas não me convenceu. Não foi uma blind ruim, mas o nível dos integrantes está muito bom.

Lindo: AAAAAAAAAAAAAAH MAIS UM HINO DE SONG CHOICE! Fazia um tempinho que ninguém cantava Green Day em um Reality Show! Mas pena que o cantor é bem básico, o bichinho até tentou mas ele não tem voz, não tinha alcance, não tinha nada de especial no timbre, em resumo não vejo motivos para virar para Niall e os coaches também não virão!

   

[ELIMINADO] Jimmy Balito – Concrete by Tom Odell 

Tati: Eu achei a voz dele tão bonita, um timbre forte e que pode ser muito bem trabalhado, que ainda estou com dó pelo fato dele não ter conseguido fazer uma blind acertada. Eu digo acertada, pois eu acho que por pouco ele poderia ter virado ao menos uma cadeira. Não sei se foi a songchoice ou a forma como ele construiu a música, mas eu entendo os motivos que fizeram os técnicos não virarem suas cadeiras: ele estava nervoso, em algumas momentos fora de ritmo e exagerou um pouco no final. Uma pena, pois eu realmente gostei da voz dele.

João: Achei a blind dele bem exagerada. Muitos falsetes, tentou dar uma forçada na barra mas não rolou. Umas duas vezes senti que ele não alcançou a nota certa no falsete, principalmente no último quando a JHud ia apertar e desistiu, mas pode ser só impressão.

Lindo: Os indies tão com TUDOOOO AAAAAAAAAAAAAAH! Concrete é uma música do mozãoo Tom Odell! Jimmy deu uma alterada na música e na forma de conduzir a mesma e em certos momentos seu timbre chegou a me incomodar, não entendi porque aqueles gritos fanhos, serio se ele continuasse sem exagerar poderia ter virado uma cadeirinha! Uma pena que não virou nada e foi eliminado.

 

[TEAM JHUD] Jason Nicholson Porter – Amazing Grace 

Tati: Não gosto de ser injusta e dizer que um artista é ruim apenas pelo fato de eu não gostar do estilo que ele representa e devo confessar que Jason possui uma boa voz. O começo foi bom e deu pra perceber que ele possui uma voz de cabeça boa. Mas, gente, pra mim se juntar todos os realities musicais e dar uma sacudida caem uns trocentos Jason e, por isso, fiquei com certa preguiça dessa audição. Eu entendo o fato de terem virado, mas eu não viraria, não.

João: Não consegui me conectar com ele. Tantos vibratos, tantas firulas, rasgando a voz (e foi forçado, não foi algo natural). Não sei, com a JHud ele pode evoluir muito na competição, mas no momento eu não vejo ele como um candidato forte. Btw, alguém proíbe Amazing Grace de ser cantada em realities, obrigado.

Lindo: Sorry, minha gente mas já comecei com preguiça de abrir o vídeo quando vi a song choice e ai quando vi Jason começar a cantar foi TENSO, tão batidão, tão moço da igreja na frente de um coral. Jason não tem uma voz espetacular, mas soube entreter e conquistar todo o público com uma versão pífia de Amazing Grace e esse é um medo amigos! É bem desses aqui que se arrasta para a final.

   

[TEAM OLLY] RYT – “JCB” by Nizlope

Tati: Duplas: como tenho PREGUIÇA! Mas, vez ou outra, elas aparecem em realities e eu acabo gostando de algumas. Dessa vez não foi diferente e tem algo nessa dupla que me fez gostar bastante dessa blind. Acredito que sejam os timbres agradáveis e diferentes que combinam muito bem. A voz da moça é maravilhosaaaaaaaaaa e a do moço, nem tanto, mas estava bem agradável na apresentação. Eu achei a apresentação tão fofinha e assim que acabar a review vou tentar achar mais vídeos deles por aí hahaha.

João: ALEX & SIERRA É VOCÊ? Que coisinha mais fofa. A harmonia deles foi tão linda, e mesmo quando eles cantaram separadamente foi muito lindo. As vozes deles super combinam e se completam, e eles fazem tudo de uma maneira tão sutil. Me deu até vontade de me apaixonar hahahaha. Espero que o Olly consiga trabalhar bem com eles, pois ele tem um ás na manga, é só dar as músicas certas, e eles vão longe.

Lindo: PORRA QUE DUPLA É ESSA <3 <3 <3 Uma dupla FOLK, Tania com aquele chapelão e uma voz delicada e fofa, capaz de te levar a sonhar enquanto Ryan tem um timbre mais forte e grosseiro, mas bonito ao mesmo tempo, quando tudo se combina fica PERFEITO! Que coisa mágica foi essa, eu TO APAIXONADOOOO!

[TEAM WILL] Donel Mangena – Cold Water by Justin Bieber

Tati: Eu tenho muita paciência com teens, sou claramente a tia do panelas, que olha para algum artista novinho e pensa duas vezes antes de criticar hahaha e vou contar pra vocês que eu realmente adorei Donel, apesar das falhas perceptíveis em sua audição. Achei a escolha acertada e vi nele uma personalidade interessante, apesar da idade. A blind teve problemas vocais, mas a energia foi boa e acredito que Donel tenha algo que possa ser trabalhado durante a competição. Um PS para a vovô fofa dançando hahaha!

Donel and his nan Nita

João: Já senti o hype. Foi um blind dinâmica, deixou a marca nele na música, e fez uma blind respeitável. Porém Four Chairs foi muita coisa. Fez uma dancinha ali que achei legal, e a voz dele tem muito a ser explorada, assim como a da Chloe. Mas sem assistir, apenas as cegas, nao tenho certeza se viraria. Talvez pela songchoice.

Lindo: Uma song choice super atual e que deu espaço para Donel mostrou sua desenvoltura no palco e carismã, o garoto estava solto e se divertiu! Foi muito legal ver as reações da família dele, tão simples e humilde, amei a vozinha dele! Sobre Donel vejo potencial no guri, mas ele falhou vocalmente em certos trechos, mas no geral compensou na energia e mereceu seguir ao próximo round.

E com Donel, a gente encerra o programa de hoje, gente. Como já disse, fui surpreendida, pois eu gostei bastante do que foi apresentado. Espero, de verdade, que o nível dos artistas esteja igual ou melhor do que foi nos apresentado hoje. O programa também foi bem legal de assistir por causa da bancada, Jhud é maravilhosa e dispensa comentários, Olly super à vontade e interagiu bem com a bancada. Will sempre acho um chato, mas hoje não me irritou como sempre e o vovô não me sobe, nem me desce, então não me importo com ele ali, não hahaha!

Geralmente a gente faz um panorama dos times durante as blinds, mas acho que está tão cedinho, afinal, são apenas seis vozes. Porém, pra mim, #TeamOlly e #TeamJhud pegaram os nomes mais interessantes da noite: a duplinha do amor <3 e Jake.

Ao que tudo indica, a ITV não permitirá que os vídeos do programa sejam vistos por outros países. Então, para acompanhar tudo, vocês precisarão usar o VPN ou acompanhar nosso canal no Vímeo, pois subiremos todos os vídeos para vocês. 🙂

Na semana que vem, voltamos com mais um episódio de audições, gente. Lembrando que serão sete, quase dois meses assim. Eu sei que é cansativo, mas fazer, o que, né?  Beijos!

Link para quem quiser assistir/fazer download do episódio na integra… CLIQUE AQUI

gostou da matéria? deixe um comentário!

Tatiane Silva

Sou uma Social Media e Community Manager que ama tanto o que faz, que acaba fazendo isso quase que o tempo todo. Eu moro na internet, por isso acrescento doses diárias de cultura inútil e memes que é pra eu não me entendiar. Amo realities musicais, gasto horas em grupos de discussão e sou viciada em coisas que me fazem dar boas risadas e esquecer da minha conta bancária negativada.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu