Posts Populares

The Voice UK – S07E02 – Blind Auditions 02

Já tem coach formando timão e saindo na frente!

Depois de uma temporada longe das reviews do TVUK, estou de volta para cobrir essa versão que tem um espaço garantido no meu coração. Confesso para vocês que ultimamente não tenho amado tanto a franquia quanto antes, em especial quando mudou de canal e para mim perder um pouco daquela essência mais clássica que a BBB trazia, além dos coaches que fizeram questão de continuar com os chatos Will e Tom, ao invés de terem levados os grandes Ricky Wilson, Boy George, Danny O’Donoghue, nomes que fariam toda diferença no programa. Essa temporada fiquei mais animado que a passada por conta do retorno de Jennifer Hudson que se mostrou uma excelente coach e a estréia de Olly, que apesar de um pouco inexperiente, consegue dá um frescor e um ar mais cool e jovial na bancada.

O segundo dia de audições no TVUK, teve um nível mediano e sem grandes destaques, porém teve duas acts que me despertaram interesse por conta de suas performances cativantes. O que mais gostei no episódio foi todo a descontração que rolou entre os coaches, acts e até mesmo com a platéia, mostrando o quanto eles estão entrosados. Nessa semana, contaremos com os comentários de dois leitores voluntários que gentilmente se ofereceram para comentar esse episódio, Àlefe e Mateus, desde já agradeço a presença aqui. Considerações iniciais feitas, vamos conferir tudo o que rolou por lá!

[TEAM WILL] Kade Smith – “(Sittin’ On) The Dock of the Bay” by Otis Redding

Michel: Já começamos com mais um teen, pelo visual eu julgava que ela cantaria algo bem boring e old, porém apesar da música ser bem antiga, passou muito longe de ser uma performance linear ou sem graça. Espertamente o garoto começou sua audição de forma mais suave, mas esperou o momento certo e jogou um rap muito bem feito, que deu um ar mais jovial e contemporâneo em sua performance, surpreendendo a todos que não esperavam por isso. Vocalmente ele tem uma voz legal, porém parece um pouco limitado demais e acredito que se não tivesse o rap em sua performance, seria uma apresentação esquecível. Gostei dele, porém não espero muito dele na competição.

Àlefe: Olha essa apresentação me surpreendeu, pra começar achei a música super gostosinha não conhecia , a princípio pensei que seria apenas mais uma audição morna mas do nada veio até um rap e a minha reação foi igual a dos jurados tipo quero ver mais. hehehe , fora que ele é super animado e parecia estar se divertindo .

Mateus: Por causa da pouca idade mostrou nervosismo no começo, quando veio o rap ele melhorou, mas não acho que o rap combinou com a música, tem muito que trabalhar mas tem talento, mas não sei se merecia 4 cadeiras.

[TEAM JHUD] Belle Voci – “Flower Duet” by All Angels

Michel: O lírico é um estilo muito frequente no TVUK, aliás acredito que seja uma das únicas que dá espaço para cantores desse estilo, tanto que já tivemos até finalista lírica no UK. Eu tinha certeza que elas seriam uma dupla bem pop com direito a rap no meio da música, mas me surpreenderam ao soltar esse vozeirão e até confesso que me frustaram também. Olha, não sou nada entendido em música clássica, porém acho que as meninas são super afinadas e as harmonias dela foram impecáveis, uma performance que não tem o que criticar. Achei legal o espaço que deram para elas, porém não vejo muito mercado para cantores desse estilo, principalmente saído de um reality, posso estar errado em dizer que elas não chegarão longe nessa temporada, mas não vejo como a Hudson pode levá-las longe.

Àlefe: Esse é um estilo que eu não ouço no meu dia a a dia porém as meninas são super competentes no que fazem demonstraram ótima técnica vocal e foi uma boa audição só não viraria por não saber o que fazer mesmo com elas.

Mateus: Ópera não é um segmento que vai longe, elas cantam lindamente e mostraram seu talento, e acredito ser merecido terem passado, não sei como irão fazer com o passar das fases, mas podem surpreender.

[TEAM OLLY] Ivy Paige – “Why Don’t You Do Right?” by Peggy Lee

Michel:  Jessica Rabit em carne e osso, hahaaha. A Ivy fez uma performance apostando em toda sua sensualidade, com direito a gemidos e sussurros no meio da música, deixando o Olly bem empolgadinho. A sua audição foi bastante divertida, em especial depois que Olly virou sua cadeira e começou o flerte entre eles, com direito a sentarem juntinho na cadeira dele e ela jogando todo seu charme pra cima dele. Vocalmente, achei uma participante fraca e que não vejo muito potencial, mas confesso que me divertiu muito e nem me importei que o Olly virou sua cadeira.

Àlefe: Ivy possui uma bela voz e fez muito bem o que se propôs a fazer pois me senti naqueles filmes que tem a cantora de cabaré de época né? E pelo visto Olly também se sentiu assim , porém não vejo ela indo muito longe e não faz o meu estilo também então não viraria a cadeira mas reconheço que tem uma boa voz.

Mateus: Como é cantora de cabaré, a Jessica Rabbit trouxe todos os trejeitos que esse estilo de música tem e fez muito bem, apesar que acho que forçou em alguns momentos, mas pode surpreender ainda com as músicas certas.

 

[TEAM TOM] Jade Williams – “Secret Smile” by Semisonic

Michel: Esse é o motivo de eu amar tanto o TVUK, por conta desses artistas tão singulares e com timbres belíssimos. Amei forte o timbre da Jade, ela tem um estilo tão indie e alternativo, além dela ter toda uma presença de palco forte, bastante conectada com a canção, sentir bem cada palavra cantada e todo o clima dramático e sombrio que ela criou em sua performance. Achei ela uma act interessantíssima, mostrou ter muita personalidade e amei todo o começo mais suave que depois foi ganhando uma certa agressividade nos seus vocais, criando aquele momento de destaque na canção. Espero que o Tom saiba trabalhar bem essa singularidade da Jade.

Àlefe: Ela escolheu uma bela canção , gostei da forma que conduziu a música , cantou com emoção , o palco estava bonito , foi uma boa audição , vamos ver nas próximas fases como ela irá se sair.

Mateus: A voz dela é linda, mas os trejeitos dela me incomodou um pouco, em certos momentos ela quase exagerou mas se controlou, mas se for bem trabalhada pode melhorar bastante.

[ELIMINADO] Jacob Simpson – “Over” by Kings Of Leon

Michel: Eu gostei muito da música escolhida pelo Jacob e no geral até curti sua performance, porém ele apresentou muita instabilidade nos seus vocais, em alguns momentos da música sua voz não soou tão bem e até mesmo achei que ficou um pouco forçado sua voz nos inícios de cada verso. Tenho que dizer que apesar de vocalmente ele não ter me agradado tanto, ele tem bastante carisma e até preferia que ele pudesse seguir para a próxima fase, porque acredito que foi tudo por conta de seu nervosismo e falta de experiência, algo que um coach poderia trabalhar muito bem nele.

Àlefe: Olha gostei dessa audição , gostei da voz dele , da forma q conduziu a música apesar de ás vezes parecer esquisito cantou com vontade , com força , querendo buscar sua vaga.

Mateus: Ele forçou a voz, porque não acho que essa rouquidão seja tão natural assim, mas a songchoice não ajudou ele, quem sabe com uma melhor poderia ter passado.

[TEAM OLLY] Jamie Grey – “Rise Up” by Andra Day

Michel: Alerta de retornantes na temporada, sendo assim já tinha 99% de certeza que seria aprovado, até porque seria muito cruel o reality mostrar o cara levando um segundo não. Torci muito para que ao menos ele voltasse com tudo e fizesse uma audição fodástica, porém quando vi qual seria sua música já previa que não seria muito legal. Achei que a música não combinou em nada com ele, além dela está bem saturada em realities, achei a versão dele muito exagerada que não me permitiu que me conectasse com a letra da canção, acredito que ele deveria apostar em canções que explorem mais a agressividade de seus vocais.

Àlefe: Gostei do timbre de voz dele é bem agradável , porém essa música é bem forte e senti falta disso na audição um clímax ficou somente ok para mim . Mas se bem trabalhado pode render mais para frente , então ficaria no talvez se estivesse lá.

Mateus: Tentou fazer uma versão mais acústica dessa música que já é muito difícil, estava nervoso e deu pra perceber e eles quase engoliram ele, mas ele conseguiu controlar e dar a volta por cima e terminou bem.

[ELIMINADO] Benn Helm – “Always on the Run” by Lenny Kravitz

Michel: Poxa, por que eles não viraram a cadeira pro Benn? Achei a performance dele tão boa, os vocais forte e cheio de atitude, além de ter toda a postura e atitude de roqueiro. Gostei muito que deu seu melhor ali no palco, era nítido o quanto ele estava no limite dos seus vocais e estava todo confortável e confiante no palco. Não entendi o motivo dos coaches não ter virado, até porque tiveram tantos piores que ele que foram aprovados, achei um total desperdício deixaram ele passar nessa temporada, porque vi muito potencial nele e até agora não vi nenhum cantor de rock do nível dele nessa temporada.

Àlefe: Ele veio representar o rock na noite até gostei da atitude dele em alguns momentos , possui uma boa voz, porém faltou algo digamos faltou o SAL né? Ficaria na dúvida se viraria a cadeira.

Mateus: Trouxe atitude que a música pedia e que combina com a voz, mas parecia que ele continuou numa linear e ficava nela.

[TEAM TOM] Lucy Milburn – “Colorblind” by Amber Riley

Michel: Quanta fofura numa só performance. A Lucy aparente ser uma pessoa adorável, para completar ela ainda tem esse timbre tão lindo. Amei a escolha da música, soube muito bem mostrar todo seu potencial nessa música, permitindo também que ela mostrasse um lado mais emotivo e vulnerável. Fiquei completamente apaixonado e encantado com essa audição, porque me passou tanta emoção e me deixou muito animado para saber o que esperar da Lucy mais adiante. Foi para mim a melhor audição dessa temporada até o momento e para mim a participante mais cativante, ao menos é a minha maior torcida por enquanto. <3

Àlefe: Que isso hein ! Uma voz é uma voz né galera? Lucy chegou com seu vozeirão e foi mostrando seu potencial no decorrer da canção que caiu como uma luva para ela , soube explorar sua voz e entregou uma excelente audição.

Mateus: EU AMO ESSA MÚSICA. Ela trouxe a emoção que essa música pede e conseguiu mostrar a linda voz dela e fez tudo nos momentos certos e na medida certa sem exagerar. Uma das melhores audições até agora dessa temporada.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Por enquanto a temporada segue mediana, sem muitos favoritos ou alguma performance que podemos dizer com uma das melhores da franquia, porém talvez isso seja legal para que possamos ter uma temporada mais surpreendente e sem favoritismo. Até o fim do segundo episódio de Blind Auditions, já temos 12 candidatos aprovados e por enquanto os times se encontram da seguinte forma:

#TeamWill (2): Donel Mangena e Kade Smith;

#TeamJHud (3): Jake Benson, Jason Nicholson-Porter e Belle Voci;

#TeamTom (3): Chloe Jones, Jade Williams e Lucy Milburn;

#TeamOlly (4): Lauren Bannon, RYT, Ivy Paige e Jamie Grey.

Os meus favoritos até o momento são a Lucy, Jade e a dupla RYT, acho que talvez seja por conta que acho eles os mais autênticos e que representam bem o estilo musical britânico, com esses timbres diferentes. Por enquanto, acho que Tom tem o melhor time da temporada, amei forte as três meninas que estão no time dele, por coincidência todas elas com um estilo musical mais indie/alternativo, o que me deixa mais apreensivo porque não lembro dele ter tido um bom trabalho com um act assim. Will está por enquanto com um time bem teen, ambos não são grande vocalistas, mas são bem carismáticos e podem render muito na competição. Jennifer Hudson e Olly, achei que não fizeram boas adições em seus times no segundo dia de Blind Auditions, mas Olly tem dois bons nomes conquistados na semana passada, já Jennifer apesar de ter gostado do Jake, acho que seu time está o menos atrativo para mim. Aliás, Tom além de ter conquistado duas ótimas participantes nesse episódio, ainda deu uma canja catando um dos seus sucessos.

 “Whole Lotta Shakin’ Goin On”

Infelizmente essa temporada do TVUK, a ITV não disponibilizou a visualização do vídeo para o nosso país, sendo assim estamos tendo um certo trabalho para baixar os vídeos e postar aqui nas nossas reviews. Todas as performances ficarão disponíveis no canal do Panela de Série lá no Vimeo, clique AQUI para conferir todos os vídeos dessa temporada, caso queiram ver online ou baixar o episódio completo, clique AQUI.

Até a próxima pessoal, essa temporada estamos com uma equipe maior, sendo assim estarei aqui novamente nos episódios mais pra frente. Até mais e fiquem ligados nas próximas reviews!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Michel Araujo

Meio baiano, meio sergipano, já passou dos 20 anos e um sofrido estudante de engenharia, com uma personalidade cheia de atitude e uma leve ousadia. Viciado em séries, realites e músicas, vai me encontrar sempre por aí escrevendo reviews, numa diversidade de gêneros de série e programas de TV.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu