the-voice-aguilera

Olá pessoal, sou o Lindomar, sou um dos reviewers de The Voice do Panela de Séries, e antes do inicio da 8ª temporada teremos 7 especiais falando sobre as temporadas passadas do reality.

Direto do túnel do tempo, para ser mais exato no dia 26 de abril de 2011, a NBC apresentava a versão americana da franquia de sucesso The Voice, um reality musical que apresentava uma proposta totalmente diferente dos seus concorrentes e com a proposta de Audições às Cegas. Em sua 1ª temporada a bancada contava com Adam Levine (vocalista do Maroon 5), Christina Aguilera, Cee Lo Green e Blake Shelton, foi apresentado por Carson Daly.

Logo de início tivemos a tradicional performance dos coaches, eles cantaram Crazy do Gnarls Barkley (dupla da qual Cee Lo Green participou). Foi uma das melhores performances de coaches do The Voice, é engraçado ver como nossos coaches estavam diferentes e pensar que era o início do Shevine hahahaha.

O programa era composto de 3 fases: Blinds Auditions, Battles Rounds e Live Shows, algo bem diferente do que vimos recentemente nessas últimas temporadas. Uma curiosidade: na fase de Blinds, esgotou-se o número de artistas e 3 times ainda não estavam completos. Uma repescagem precisou ser feita para completar os times.

Um das melhores Blinds da temporada e que praticamente o colocou a frente dos seus adversários na 1ª temporada foi a de Javier Colón com “Time After Time” da Cindy Lauper.

Outra curiosidade é que na 1ª temporada existiram apenas dois candidatos que foram #4chairs, o outro foi Jeff Jenkins que foi #TeamAdam. Aliás, Adam levou os dois únicos #4chairs dessa temporada.

Nas Battles, os coaches convidaram alguns artistas para os ajuda-los, os advisors. Adam trouxe Adam Blackstone, que é um dos mais renomados produtores e escritores, tendo parcerias com Justin Timberlake e Nicky Minaj. Blake trouxe Reba McEntire, famosa no mundo country. Cee Lo trouxe a cantora e compositora de R&B Monica. Xtina trouxe a cantora e compositora Sia. Nessa temporada, eles não só ajudaram os artistas nos ensaios como também estiveram no palco durante o programa das Battles para ajudar e opinar nas escolhas dos coaches. Podemos ver a disposição dos advisors no vídeo abaixo,  que foi uma das melhores Battles da 1ª temporada: Nici Dawson VS Vicci Martinez cantando “Perfect” da P!nk.

Coisas engraçadas aconteceram também durante as Battles. Ao final da música “Need You Know”,  Curtis Grimmes e Emily Valentine terminaram de cantar e simplesmente se beijaram! Hahahaha

No minuto 2:50 podemos ver o beijo que ocorre. hahahaha! Qualidade do vídeo está ruim pois é praticamente impossível achar vídeos dessa temporada.

Após a fase de Battles, restavam 16 competidores, sendo 4 em cada time e que disputavam o voto do público e do coach para permanecer no programa. Lembro pouco, mas uma das performances que mais me chamou atenção nessa fase foi de Raquel Castro com “Blow” da Ke$ha.

Nessa performance sobrou presença de palco, sexualidade, faltaram algumas coisas, mas era uma garota de 16 anos. Outra garota que surpreendeu nessa fase e se colocou com uma das favoritas foi Dia Frampton pelo #TeamBlake com uma tocante performance de “Heartless”.

Nas Semifinais, a melhor performance em minha opinião ficou com Vicci Martinez, com “Dog Days Are Over” de Florence and The Machine.

Foi animada, incrível, criativa, adorei as baquetas e a presença de Vicci!

A votação nessa fase foi assim:  os coaches distribuíam 100 pontos e o público mais 100. O artista mais votado avançaria para as Finais. Os finalistas foram Vicci Martinez do #TeamCeeLo, Beverly McClellan do #TeamXtina, Dia Frampton do #TeamBlake e Javier Colón do #TeamAdam.

Entre os 4 finalistas, eu acreditava muito em Dia, uma artista pop indie que no programa teve uma reta de crescimento, mas minha torcida ia para Vicci Martinez por me identificar mais com ela. Mas o grande vencedor da primeira temporada foi JAVIER COLÓN do #TeamAdam.

Um conceito legal que tinha na 1ª temporada e que recentemente voltou na 7ª, são os singles originais. Lá nos primórdios do formato do programa, cada finalista tinha sua música original e um dueto com o coach, algo que é mantido até hoje.

Abaixo o vídeo do dueto do último episódio entre o campeão Javier Colón e a incrível Stevie Nicks.

Assim acaba o primeiro dos sete especiais para o esquenta para a Season 8.

Venha comentar, criticar, acrescentar, são todos muito bem vindos! Nos vemos no próximo especial.

 

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
  • Ótimo resumão da season1 Lindomar, Parabéns! Quando é a próxima review?

  • “Mas o GRANDE vencedor” Grande! UASHUAHSAUHSUAHSUASHAUSHAUSHAUSHAUSHAUSHUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUHASUHASUA(engasguei)HSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHSUAHUSHAUSHAUSHAU

    • hahahaha, podem me colocar na fogueira, mas nunca achei Javier bom o suficiente para ser A VOZ! hahahahahah

%d blogueiros gostam disto: