Posts Populares

The Voice US – Especial “5ª Temporada”

Dancinha dos coachesE vamos ao especial da MELHOR TEMPORADA que esse reality já teve; a MELHOR, e não me canso de dizer que foi a MELHOR!

A Season 5 foi marcada pelo retorno da diva Christina Aguilera e do excelentíssimo Cee Loo Green à bancada em substituição a Shakira e Usher, além dos dois, Blake Shelton e Adam Levine que seguem firme e fortes com o #Shevine.
Shevineeeee

Na Season 5 Adam e Xtina simplesmente SAMBARAM! Vamos ver o que aconteceu de melhor!

AdamTina
A 5ª temporada começou no dia 23 de setembro de 2013 e tivemos uma série de Blind Auditions que foram notáveis, porém por motivos desta ser a melhor temporada da história desse programa, selecionei as que eu acredito que foram as mais marcantes (na minha opinião).

BLIND AUDITIONS

Caroline Pennel – “Anything Could Happen” by Ellie Goulding

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/u9qEBPgCeOk” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Com uma voz angelical e extremamente doce, uma interpretação diferente e fofa, Caroline Pennel conquistou muitos já em sua Blind Audition, dá para perceber pela reação da plateia logos nos primeiros versos da canção de Ellie Goulding. Blake e Cee Lo viraram e Caroline escolheu ir junto a Cee Lo. Foi um dos momentos mais engraçados, na hora que Caroline falou de suas influências como Ellie Goulding, Norah Jones e Florence and The Machine ficou claro que ela seria do #TeamRed. E gente sei que não tem nada a ver, mas que bochechas mais lindas e que olhos mais lindos ela tem, dá vontade de apertar as bochechas e não soltar mais!

Matthew Schuler – “Cough Syrup” by Young and The Giant

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/8VTlDFGgUZ0″ frameborder=”0″ allowfullscreen>

Matthew tem em sua história o fato de ser o #4chair com a virada de cadeiras mais rápida da história, e não é por menos, ele fez uma grande apresentação com controle vocal perfeito, execução de notas da maneira correta e uma presença de palco muito boa. Matthew surpreendeu a todos e fez uma das mais badaladas audições da história do The Voice, eu particularmente achei boa, mas eu esperava um pouco mais de sua Blind. Depois de muita disputa, ele resolveu ir com a diva Xtina.

James Wolpert – “Love Interruption” by Jack White

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/svVQvsAoC5c” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Com uma voz raspada e um tom de voz meio rouco James fez uma Blind onde foi crescendo e subindo o nível, explodindo no final e merecendo as quatro cadeiras viradas para ele. Foi uma das Blinds marcantes da temporada. O mais engraçado de James é o contraste: você olha para ele e jamais imagina que ele estaria cantando um rock de Jack White. James escolheu o coach que mais o entenderia e optou por Adam Levine, após mais uma disputa acirrada entre os coaches.

 Holly Henry – “The Scientist” by Coldplay

A jovem Holly entrou no palco e fez uma das mais incríveis performances da Season 5 com “The Scientist”. Ela conseguiu passar emoção, ser frágil e acertar as notas como poucos cantores fazem, além de sua voz ser extremamente limpa e doce. Me surpreendi por ela optar por Blake, mas acredito que o sucesso que Blake tinha alcançado com Cassadee e Danielle nas temporadas anteriores pesaram na escolha de Holly.

Tessanne Chin – “Try” by P!nk

E ai vem uma jamaicana com um estilo visual semelhante ao da P!nk e fez uma apresentação divina. Tessanne se destacou principalmente no show por fazer performances perfeitas tudo por conta de sua grande voz, seu controle e alcance perfeitos, enfim não tenho um ‘x’ para falar sobre alguma performance ruim dela no show. “Try” foi uma das mais marcantes, sua Blind e a partir daí nossa doce jamaicana somente cresceu.

Enfim, esse especial será LONGO, então faça uma pipoca, pegue um refri e se prepare para continuar lendo e ir dando play nos vídeos. Hahahaha.

BATTLE ROUNDS

As batalhas da 5ª Temporada foram memoráveis, a maior safra de talentos do The Voice começou a colidir logo nas batalhas e vamos aos destaques desta fase:

Amber Nicole vs Tymira Joy – “Listen” by Beyoncé

Meu Deus, quanto PODER essa duas garotas tinham em suas vozes. Foi épicoooo, duelo de divas com gritos acertados, uma das batalhas mais equilibradas da temporada. Eu lembro que na época torci para Tymira, e revendo lembrei, achei que no quesito vozes ambas foram semelhantes, mas no geral, considerando presença de palco e outros achei Tymira superior, mas Xtina discordou de mim e foi com Amber.

Caroline Pennel vs Anthony Paul – “As Long As Your Love Me” by Justin Bieber

Cee Lo, provando que é ótimo com songs choices para batalhas, pareou dois de seus artistas mais jovens com o hit de Justin Bieber. Eles se entregaram e fizeram umas das melhores batalhas da temporada. Para mim estava claro a vitória de Pennel antes da batalha começar e ela confirmou com seu desempenho, mas Anthony foi bem e superou as expectativas de todos e por conta disso levou um STEAL de Xtina.

Jacquie Lee vs Briana Cuoco – “House of the Rising Sun” by The Animals

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/eRBRoCkiGXk” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Duas cantoras que ficaram devendo em suas Blinds, entraram na arena e surpreenderam. Não mencionei anteriormente, mas Briana é irmã de Kaley Cuoco (a Penny, atriz principal de The Big Bang Theory), que inclusive compareceu as gravações da Blind da irmã. Sobre a batalha, vimos um grande crescimento de ambas as cantoras, principalmente em relação a entrega, e podemos ver o início dos vocais gritados de Jacquie Lee que eu tanto amooo! Xtina escolheu Jacquie e Blake roubou Briana ao fim da batalha.

James Wolpert vs Will Champlin – “Radioactive” by Imagine Dragons

Duas vozes diferentes, que não condizem em nada como a aparência do corpo do qual essa voz sai, e juntos James e Will entregaram uma bela performance de “Radioactive”. Carson disse que foi épico, fora a presença de palco de ambos que foi DEMAIS! Eu AMOO essa batalhaa! Adam escolheu James e Xtina roubou Will!!

adam e xtina dance

Não poderia terminar de falar das batalhas sem comentar sobre OS MELHORES ADVISORS! Tivemos Ed Sheeran FOFISSIMOOOO ajudando Christina Aguilera.

Ed Sheeran e Xtina

Teve Cher sambando na cara da sociedade, ajudando Blake e falando muitaa besteira e falando sério também!

Cher e Blake

E teve a dupla imbatível formada por Ryan Tedder do OneRepublic e nosso querido Adam Levine, como diria Cla a DUPLA MAGIA!

Adam e Ryan Tedder

E claro que tinha que tem um menos conhecido, Miguel que foi conselheiro do Team Cee Lo.

Miguel

Enfim, sobre o time de advisors da Season 5:
Xtina Joinha

KNOCKOUT ROUNDS

The Voice - Season 5

Knockouts Rounds da Season 5… ♥

Essa etapa do show teve um formato semelhante ao atual, porém teve mais emoção. Os candidatos de cada team ficavam todos no ringue lado a lado e na hora o coach revelava quem enfretaria quem e então a dupla iria performar. Foi uma das etapas mais emocionantes do show e tivemos grandes performances. Vamos a algumas delas.

Cole Vosbury – “Let Her Go” by Passenger vs Jonny Gray – “We Can Work It Out” by The Beatles


*apresentação do Jonny Gray não está mais disponível.

Dois cantores folk-rock, um barbudo e o outro mega cabeludo, cada um utilizando um chapéu estranho, enfim era o knockout mais WEIRD da temporada e não poderia de deixar ser pelo Team Cee Lo. Foi incrível, Cole é mais suave e passa mais emoção, já Jonny traz elementos estranhos para sua performance e tem algo mais um rock da época dos Beatles mesmo. Cee Lo optou por Jonny e Blake acabou roubando Cole.

Stephanie Anne Johnson – “Don’t Know Why” by Norah Jones vs Tamara Chaunice – “No One” by Alicia Keys


*apresentação do Tamara não está mais disponível.

Duelo de divas do Team Cee Lo. Tamara inovou transformando o hit de Alicia Keys em reggae e fez algo mais leve, com mudanças de arranjo e ficou MASSA. Já Stephanie fez uma performance diferente, mudou o arranjo pra algo bem suave e explorou todos os nuances de sua voz e fez algo que eu chamaria de ‘articulações’ entre o alto e o baixo e que ficou lindo. Sobre os resultados, Cee Lo escolheu Tamara e Xtina Rainha roubou Stephanie de volta.

Cee lo Xtina

Matthew Schuler – “Cosmic Love” by Florence and The Machine vs Will Champlin – “When I Was Your Man” by Bruno Mars

Primeiro antes de TUDO temos que pausar e engolir tudo, foi o KNOCKOUT da temporada, eu diria que foi o KNOCKOUT de todas as temporadas, isso daqui explica o motivo da existência desta etapa. Primeiro Matthew, front-runner da temporada, blind exibida e escolhe uma música inusitada: “Cosmic Love” da icônica Florence. Ele simplesmente arrasa nos vocais, e quando todos pensavam que o resultado estava definido, a ZEBRA da temporada entra em campo. Will Champlin, que já havia perdido a batalha para James, faz uma performance tocante e vocalmente perfeita de “When I Was Your Man”, uma das músicas mais fáceis de ser cantada. #SQN. Enfim, Xtina foi no óbvio e optou pelo artista de seu team Matthew, seu front-runner.

E AI TODOS FICAMOS TRISTES POR PERDER Will! =) !!!! Mas, Porém, Entretanto, Glória a DEUS

Adam Apertando o Botãoo

Tivemos um STEAL e Adam recuperou o pupilo original de seu team.

PLAYOFFS AO VIVO

Uma etapa antes dos Lives Shows temos uma etapa de eliminação. Cada time tinha 5 artistas, cada um se apresentava e após votação do público, dois candidatos avançavam. Entre os três restantes ficava a critério do coach escolher um.

Entre as performances mais marcantes desta fase podemos destacar…

James Wolpert – “A Case of You” by Joni Mitchell’s

A apresentação de James foi incrível. Ele começa de forma suave e em um certo ponto da música, ele explode seus vocais dominando tudo e a todos. James é o contraste do geek rockeiro e a performance de James foi a única que atingiu o Top 10 do iTunes tendo seus votos multiplicados por 5.

Jacquie Lee – “I Put a Spell on You” by Screaming’ Jay Hawkins

Jacquie desabrochou em pleno Playoffs, depois de crescer nas Battles e nos Knockouts, ela encontrou a si mesma e fez uma de suas melhores performances no show com “I Put a Speel on You”. O que foi a última nota? Jacquie virou a partir deste momento a mini Xtina!

Ao fim dos Playoffs os times ficaram assim:

Team Christina: Matthew Schuler, Jacquie Lee e Josh Logan

Team Cee Lo: Kat Robichaud, Caroline Pennel e Jonny Gray

Team Blake: Cole Vosbury, Ray Boudreaux e Austin Jenckes

Team Adam: Tessanne Chin, James Wolpert e Will Champlin

LIVE SHOWS

Os Lives começaram com 12 artistas e a cada semana 2 artistas iam abandonando a competição… logo no Top 12 tivemos grandes performances como…

Matthew Schuler – “Hallelujah” by Leonard Colen

Matthew destruiu o palco, se entregou e mereceu ver sua música atingindo o #1 no iTunes, foi uma das performances dele que mais o técnico e o emocional se complementaram. O mais curioso é que essa música persistiu nos charts do iTunes por quase todo o programa, ficou no top 100 após o fim do programa!! Sobre essa performance:
xtina palmasss

Quem também arrasou foi a nossa rockstar Kat Robichaud.

Kat Robichaud – “Sail” by Awolnation

Kat colocou toda sua energia e fez uma performance vibrante e sombria, seus vocais estavam mais apurados do que nunca, ela derrubou forninhos com essa performance e ainda se jogou no público, literalmente!

kat jogada

Outro que surpreendeu no Top 12 foi Cole Vosbury

Cole Vosbury – “Adorn” by Miguel

Cole é um cara meio indie/rock/folk, decidiu mudar partindo para o R&B e simplesmente arrasou. Foi ovacionado pelos coaches e teve ao meu ver seu melhor momento no show no Top 12.

Tivemos outras boas performances, mas vamos falar sobre mudanças. O Instant Save que foi inserido nessa 5ª temporada já no Top 12. Os 3 artistas menos votados cantavam mais uma canção para então o Carson anunciar que a votação estava aberta por um período de 5 minutos. A votação ocorria no Twitter, com o uso da hashtag #VoiceSave NomeDoCandidato. Ao final desse tempo, o artista com mais tweets era salvo e avançava no programa. Na primeira oportunidade Kat Robichaud e Jonny Gray pelo Team Cee Lo e Josh Logan pelo Team Xtina foram para a berlinda, com a roqueira sendo salva e seguindo pro Top 10.

As apresentações do Top 10 foram mornas e acabaram com a eliminação de Austin Jenckes pelo Team Blake e a roqueira Kat Robichaud pelo Team Cee Lo, enquanto a doce Caroline Pennel foi salva via Twitter. Entre as apresentações do Top 10, Will Champlin fez a mais marcante.

Will Champlin – “Love Me Again” by John Newman

Nessa apresentação Will mostrou controle vocal, dominou o palco e o público. O uso do piano e o cenário ajudaram a deixar a apresentação de Will com cara de convidado para uma grande premiação.

Como em toda temporada, sempre temos performances em grupos e na maioria dos casos saem ótimas performances. A melhor apresentação da temporada nesse aspecto foi o dueto de Caroline e Tessanne com o hit da da Lorde.

Caroline Pennel e Tessanne Chin – “Royals” by Lorde

Fala sério, me diz se essa não foi a melhor temporada? Tinha duetos no meio dos lives…

Após tantas eliminações, chegamos ao Top 8 onde aconteceram algumas reviravoltas, Tessanne Chin e Will Champlin que vinham crescendo na competição fizeram apresentações espetaculares e o jogo que parecia ter sido vencido por Matthew (que vinha decaindo) ganhou novos candidatos com chances de título.

Will Champlin – “At Last” by Etta James

Will deixou de ser o underdog para virar um candidato ao título depois de simplesmente destruir no palco com “At Last”. Foi magnífico, não vejo outras palavras para descrever, a recepção do público foi tão boa que essa performance chegou ao Top 10 do iTunes.

Tessanne Chin – “Underneath It All” by No Doubt

A virada de Tessanne Chin começou com “Underneath It All”, trazendo suas raízes para o palco e mantendo os vocais e controle perfeitos, além da simpatia, Tessanne começava a conquistar o público.

No Top 8, Caroline Pennel do Team Cee Lo e Ray Boudreaux do Team Blake deixavam a competição, enquanto surpreendentemente o favorito da temporada Matthew Schuler acabou indo para o bottom e sendo salvo via Twitter.

Depois de muito texto sei que já devem estar cansados, mas estamos chegando na melhor parte! Vamos ao Top 6, onde cada candidato se apresentava com duas canções. Os dois menos votados iriam para o bottom e um deles seria salvo voltando assim para formar o Top 5.

As apresentações marcantes do Top 6 na minha opinião ficaram por conta da jamaicana Tessanne que lacrou nas duas performances, primeiro com o hino do reggae “Redemption Song” e depois com o hit de Katy Perry “Uncoditionally”.

Tessanne Chin – “Unconditionally” by Katy Perry

Tessanne mitou com “Unconditionally”. Cantar Katy Perry em realitys é quase sempre sinônimo de fracasso, mas Tess cantou melhor que o original. E o que dizer do cenário, outro ponto que essa temporada sempre supera em relação as outras.

Outra candidata que mostrou suas forças no Top 6 foi a jovem Jacquie Lee. Sua parceria com Xtina ficava cada vez melhor e a apresentação da jovem com “Cry Baby” foi uma das mais marcantes na época.

Jacquie Lee – “Cry Baby” by Janis Joplin

Jacquie melhorava cada vez mais, seus vocais apresentavam um crescimento intenso e o alcance da jovem cantora só aumentava. “Cry Baby” foi marcada pela entrega, gritos e uma energia intensa.

No Top 6, Matthew Schuler do Team Xtina acabou sendo eliminado e Xtina ficou chateada!
Xtina Shut Up

Chegamos assim as SEMI FINAIS, 5 candidatos e 3 vagas e uma disputa intensa. Lembro até hoje, desse top 5, ficou marcado na minha memória! A melhor performance ficou por conta de Jacquie.

Jacquie Lee – “Angel” by Sarah McLachlan

Jacquie continuava crescendo e sua performance de “Angel” atingiu o Top 10. Tessanne Chin arrasou como sempre e também chegou ao Top 10 e Will Champlin nos últimos minutos de votação conseguiu entrar no Top 10, tendo todos os seus votos multiplicados por 5, ajudando a seguir pra final. Sendo assim James Wolpert do Team Adam e Cole Vosbury do Team Blake deixavam a competição.

Enfim chegamos a final com Jacquie Lee do Team Xtina e Tessanne e Will do Team Adam.

finalistas

Na final cada candidato reeditava sua Blind Audition, fazia um dueto com o seu coach e cantava outra música escolhida pelo seu coach. Decidi destacar uma performance de cada um dos nossos finalistas.

Will Champlin – “(Everything I Do) I Do It for You” by Bryan Adams

Em uma performance dedicada a sua esposa e a sua filha, Will emocionou a todos presentes e fez uma das melhores performances da final. Foi um grande tapa na cara da sociedade na época, ocorreram alguns problemas com Will na final, que não entrarei em detalhes.

Jacquie Lee e Christina Aguilera – “We Remain” by Christina Aguilera

Diva mãe e Diva filha de vermelho e cantando a música tema de Jogos Vorazes. Meu Deus, foi demais, elas arrasaram e incendiaram o palco.
Xtina e Jacquie

Tessanne Chin – “I Have Nothing” by Whitney Houston

Ela simplesmente derrubou o forninho master com essa performance, foi SENSACIONAL. Como Tess é demais e o dueto com Adam foi incrível, decidi acrescentar mais uma performance deliciosa para vocês assistirem.

Tessanne Chin e Adam Levine – “Let It Be” by The Beatles

<iframe width=”570″ height=”320″ src=”https://www.youtube.com/embed/FRfbERAVUEM” frameborder=”0″ allowfullscreen>

Os dois simplesmente arrasaram, é incrível o carinho que Adam tem por Tessanne, podemos vir a química e parceria entre os dois na final.

Na última noite da 5ª temporada (pausa para a lágrima de tristeza por estar acabando) Tessanne Chin cantou com Celine Dion, Jacquie com Paramore e Will com Aloe Blacc. Após uma votação intensa, Tess (Tessanne Chin) foi a grande campeã da 5ª Temporada, Jacquie Lee ficou em 2º lugar coroando o trabalho genial de Christina Aguilera e Will Champlin acabou em terceiro lugar.
tess winner

Vocês pensaram que eu ia esquecer?

Gaga Xtina

Não esqueci não! A Season 5 teve uma convidada ilustre na final. Lady Gaga foi convidada para cantar, porém disse que só aceitaria se Xtina cantasse com ela. Eis que as duas se juntaram e HUMILHARAM.

Lady Gaga feat. Christina Aguilera – “Do What U Want”

Chegamos ao fim de mais um especial. Espero que gostem e comentem! Até o próximo!!! E só para não perder o costume: SEASON 5 É A MELHOR TEMPORADA DA HISTÓRIA DESSE REALITY!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu