E tem mais blind auditions rolando nessa semana. O episódio de segunda-feira nos apresentou candidatos com muito potencial e outros nem tanto, além de muitos combados. Confere aqui o que rolou no episódio de terça.

Hoje quem vem me ajudar é o Ricardo (A.K.A. Rick), e tem uma foto nossa aqui nos bastidores do programa. Saca só:

640_The_Voice_Blake_Adam

Piadas à parte, o programa promete. Faltando poucos candidatos pro fim das blind auditions, cada aquisição é importante. Team Xtina tem 7 candidatos, assim como Team Blake. Enquanto isso, Team Adam e Team Pharrell tem 8 candidatos cada.

Ashley Morgan – “I Wanna Dance With Somebody (Who Loves Me)” by Whitney Houston

O programa começou diferente nesta terça. Fomos direto pra uma candidata, sem o mimimi de histórias. Ashley chegou sambando e virando 2 cadeiras. Ela merecia um #4chairs, pois mandou muito bem nos agudos e nas passagens das notas. A song choice foi uma delícia e ela com certeza dominou o palco. Com Pharrell e Blake virando pra ela, ela fez o obvio e tornou-se #TEAMPHARRELL. Gostei da candidata e torço por um futuro dela no competitivo Team Pharrell.

Outros Comentários:

Rick – Gostei bastante da song choice, pois ela começou morna e depois foi subindo de nível. No fim das contas, achei muito boa! 

Koryn Hawthorne  – “My Kind of Love” by Emeli Sandé

Com só 16 anos, Koryn entra pra lista dos novinhos que vem dominando a competição. A voz madura e bem afinada trouxe frutos: ela virou as cadeiras de Xtina e Pharrell. Gostei muito da apresentação e da song choice, apesar de os agudos me incomodarem um pouco. No mais, ela se portou bem e também conseguiu dominar o palco. A briga de Pharrell e Xtina para tê-la em seus times foi um show à parte, sendo finalizada com um carimbo de #TEAMXTINA. A combinação promete!

Outros Comentários:

Rick – Uma voz bem marcante, mas que não me chamou muita atenção. Creio que Xtina fará um bom trabalho com ela.

Lexi Dávila – “Dreaming of You” by Selena

Lexi trouxe uma song choice que eu não conhecia, e conseguiu fazer um bom trabalho com ela, principalmente por conta da conexão. Uma das melhores da semana, até então, na minha opinião. Só espero que não a transformem na diva da competição e joguem músicas datadas pra ela. Com sua performance, ela conseguiu as cadeiras de Adam e Blake, e garantiu um lugarzinho no #TEAMADAM, a melhor opção, acredito. Ela também é muito nova e deveria cantar músicas mais atuais, pra moldar sua personalidade. Faça certo, Adam.

Outros Comentários:

Rick – Sobre Lexi, seu tom eh ótimo. Eh uma jovem promissora e espero que Adam trabalhe bem com ela.

Josh Batstone – “Amnesia” by 5 Seconds of Summer (#TEAMADAM), Katelyn Read – “Breathe (2 AM)” by Anna Nalick (#TEAMXTINA), Ameera Delandro – “I’d Rather Go Blind” by Etta James (#TEAMXTINA), Bay Brooks – “All of the Stars” by Ed Sheeran (#TEAMBLAKE)

Dos combados dessa noite (que achei um absurdo 4 de uma vez só), temos destaque pra Katelyn e Ameera, que estão no Team Xtina. Josh me pareceu bem imaturo vocalmente, assim como Bay. No entanto, Adam e Blake podem fazer um bom trabalho e trazê-los facilmente para o jogo. Nos resta esperar e torcer para que eles não sejam combados de novo.

Quincy Mumford – “Dancing Machine” by Jackson 5

Apesar da energia, Quincy já começou mal, não alcançando notas que deveria. Além disso, achei que ele estava um bom fora do ritmo e fazendo firulas desnecessárias. No fim das contas, pecou pelo excesso e está #ELIMINADO. Nada que não possa ser trabalhado para voltar no futuro.

Outros Comentários:

Rick – Jurava que Adam ou Pharrell virariam pra ele, mas não foi dessa vez. Uma pena, pois achei ele melhor que alguns aprovados.

Brenna Yaeger – “The House that Built Me” by Miranda Lambert

Quando vi que ela ia cantar Miranda, já sabia o que podíamos esperar. Ela mostrou fragilidade e conexão com a música, que é muito importante principalmente para cantores countries. Foco em Adam virando e dizendo: “She said my name!” HAHAHAHAHAHHAA Ela acertou a maioria das notas, mas pecou em alguns momentos mais altos da música. Com Adam e Blake, ela fez o óbvio e tornou-se a nova candidata do #TEAMBLAKE.

Outros Comentários:

Rick – Um doce de menina! Canta bem e mesmo com todo o chamego de Adam, ela foi com o tio Blake. Previsível. 

Jeremy Gaynor – “Superstar” by The Carpenters

Se tem uma coisa que os americanos gostam é de patriotismo. E nada mais patriota que um cantor que vem das forças armadas. Além disso, Jeremy é negro, tem um ótimo timbre e com certeza irá longe. A song choice o ajudou muito, sendo perfeita pra ele mostrar do que é capaz e sua conexão. Como #4chair, ele surpreendeu o povão e escolheu ser #TEAMXTINA, podendo trazer bons frutos e enriquecendo o time feminino.

Outros Comentários:

Rick – Jeremy vai longe hein! Anotem aí. Canta muito e além disso é um patriota. Jeremy + Xtina = fórmula perfeita. 

Jack Gregori – “Ring of Fire” by Johnny Cash

Jack tem um timbre diferente, bem característico do country clássico de Nashville (sim, eu já estive lá e vi cantores assim). Achei bem linear e sonolento, apesar da boa qualidade. Me pergunto onde os produtores estão com a cabeça em combar alguns pra mostrar gente assim. Bem difícil entender. Jack virou só uma cadeira e tornou-se #TEAMADAM. Não vejo muito futuro pra ele no Team Adam, mas com grandes chances de Blake roubá-lo nas próximas fases.

Outros Comentários:

Rick – Gente, muito ruinzinho. Blind super boring, tirando o fato de Adam ter virado e Blake não. Isso me rendeu algumas risadas. HAHAHA

Briar Jonnee – “Take a Bow” by Rihanna

Quando vi a song choice já amei. Acho que Briar tem um futuro legal como cantora R&B da competição. Eu esperava uma performance diferente no palco, mas não achei ruim e nem perfeita. Ela tem muito pra crescer e a opção pelo #TEAMPHARRELL foi uma escolha acertada. Espero que ele trabalhe ela com cautela, pois os outros coaches estão de olho nesse talento.

Outros Comentários:

Rick – Gostei dela e vejo ela crescendo na competição. Agora resta torcer para Pharrell fazer o certo com ela. 

Jess Gallo – “Stolen Dance” by Milky Chance

Me chamem de preconceituoso, mas já não gostei do perfil de Jess. Além disso, achei a song choice bem ruimzinha, apesar de adorar a música. A voz dela é horrível, e pude perceber isso no refrão. Parecia uma cantora de karaokê, bem razoável. Ela tem muito que trabalhar, se quiser voltar e virar uma cadeira. #ELIMINADA

Outros Comentários:

Rick – Outra reprovada e mais uma vez digo que é uma pena, mesmo que sua performance tenha sido meio boring. Ela tinha mais potencial que alguns aprovados.

Brian Johnson – “Reason to Believe” by Rod Stewart

Brian tem uma história de vida incrível, que colaborou muito para a conexão com a música. Achei um dos melhores da noite, com uma song choice inteligentíssima, mostrando seu poder de voz e suavidade. Ele garantiu as cadeiras de Adam e Blake, decidindo sua vida no #TEAMBLAKE. Aposto que vai vir uma parceria divertidíssima e já vejo Brian como cantor country.

Outros Comentários:

Rick – Uau! Que voz! Diria que já estou torcendo muito! HAHAHA Mas, foi com Blake. Logo: Oremos!

Corey Kent White – “Chicken Fried” by Zac Brown Band

Corey já começou arrasando nos vocais. Ele é um cantor originalmente country, mas acredito que possa flutuar por outros estilos, se assim for necessário. Achei a performance bem linear e a song choice bem gostosa de se ouvir. Gostei muito do que vi, apesar de ele não ter dado o melhor de si. Por fim, virou as cadeiras de Blake e Pharrell, foi inteligente e tornou-se #TEAMBLAKE. Além de ser musicalmente bom, ele tem uma boa aparência e pode ter apelo grande com o Team Blake.

Outros Comentários:

Rick – Ok, ele tem uma voz boa, mas chega de country né? Apesar de que houve um momento em que a batida mudou e isso me chamou a atenção. No fim, o que era previsto aconteceu.

Sendo assim, após a terceira noite de Blind Auditions, os teams ficaram:

#TeamXtina – Rob Taylor, Treeva Gibson, Gabriel Wolfchild, Joe Tolo, Sonic, Clinton Washington, India Carney, Ameera Delandro, Jeremy Gaynor, Katelyn Read e Koryn Hawthorne.

O Team Xtina tem grandes vozes e vai ser alvo de muitos steals nas próximas fases, com toda a certeza. Tem também alguns cantores medianos, que não devem ir tão longe. Além disso, Xtina só tem uma vaga restante, que deve ser preenchida por alguém muito bom.

#TeamBlake – Sarah Potenza, Cody Wickline, Joshua David, Brooke Adee, Kelsie May, Jacob Rummel, Matt Snook, Bay Brooks, Brenna Yaeger, Brian Johnson e Corey Kent White.

Blake montou um time com muitas vozes countries, e outras um tanto quanto peculiares. Não acredito que ele vá sair muito do country, e deva preferir por esses cantores. Também tem uma vaga restante, que deve ser resultado de outra blind country.

#TeamPharrell – Lowell Oakley, Meghan Linsey, Sawyer Frederiks, Anthony Riley, Mia Z, Travis Ewing, Kimberly Nichole, Noelle Bybee, Ashley Morgan e Briar Jonnee.

As adições de Pharrell nesse episódio foram de qualidade, ainda dominando o topo dos teams, seguido bem de perto pelo Team Xtina. Acredito que ele buscará vozes diferentes para suas duas últimas vagas e seu time terá muitos steals nas próximas fases.

#TeamAdam – Barry Minniefield, Blaze Johnson, Bren’nae DeBarge, Deanna Johnson, James McNeiece, Michael Leier, Nicolette Mare, Tonya Boyd-Cannon, Jack Gregori, Josh Batstone e Lexi Dávilla.

Adam tem criado um time bom, apesar de muitas vozes peculiares que não devem ir pra frente na competição. Já prevejo alguns pareamentos, apesar de ainda ter uma vaga restante. No fim, é um bom time, mas que vai ter que ralar pra alcançar os outros.

Nesse episódio tivemos fôlego renovado e garantia que a temporada não está pra brincadeira. Com poucas vagas restando, o último episódio de Blinds deve ir ao ar esta noite nos EUA. Fiquem ligados para a review amanhã!

Não esqueçam-se: legendas e novidades de TVUS vocês encontram aqui e principalmente no Grupo SubVoice, nosso grande parceiro.

Aguardo vocês nos comentários!

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: