Posts Populares

The Voice US – S08E23/24 – Top 6 Performances and Results

LUTO PELA OITAVA TEMPORADA DO THE VOICE US! 

Sobre o TOP 6, que morte horrível do público americano votando, sério, foi TRISTE, foi MELANCÓLICO, foi PÉSSIMO! Eu realmente não estou gostando da temporada, tirando Kimberly acho os outros bem crús. Os coaches não estão sabendo trabalhar com os candidatos, por exemplo, Sawyer tem um talento puro, porém apresenta problemas gravíssimos de conexão com as letras e uma falta de presença de palco continua da mesma forma desde as blinds. Koryn tem um tom de voz diferente e que enjoa a muitos, mas com músicas corretas e treinamento poderia ir melhor, Meghan é completa, mas tá virando um maria gritadeira nas últimas semanas e falta simpatia pra moça, Joshua manda bem em músicas lentas, mas somente nisso e India é muito boa, mas ela insiste em não ter uma identidade, ela insiste em cantar músicas com uma pegada mais antiga, mais triste e não se joga no Pop, que ficaria perfeito para ela. E isso é culpa de quem? Dos nossos coaches! A única que vem se salvando é Christina Aguilera que vem fazendo uma boa dupla com Kimberly e India, os outros três falham até o momento: Adam não entrou no jogo, esta meio fora, Blake esta insuportavelmente chato, e também não acertou a mão com seus candidatos, e Pharrell… Pharrell é figurante, só sabe bater palmas.

tumblr_nnpmjhwJY41r5lqijo1_500

No Top 6 cada candidato cantou 2 músicas: a primeira em homenagem a mãe (com exceção de Joshua que cantou para sua esposa) e uma outra que ficaria a escolha do coach ou candidato. Essa review tera um formato um pouquinho diferente, colocarei as duas performances por candidato com comentários de Nye e Dam! Sim, eles vão me ajudar a avaliar (destruir ou elogiar) os candidatos. May volta para a review da final! o/

Já que será a diferente o formato da review, só para conhecimento por motivos de death spot e pimp spot, a ordem das apresentações foi:

India – Joshua – Koryn – Kimberly – Meghan – Sawyer
Kimberly – Joshua – India – Koryn – Sawyer – Meghan

Começando pelo #TeamFloppell, com o Sem Sawyer e a Koryaine de Jesus (porque tenho duas montagens maravilhosas feitas pelo Nye, que expressam a opinião da maioria das pessoas do Panelas sobre esses dois participantes).

11124850_908679225858885_1808432466_n
HAHAHHA, the little killer of iTunes! Sawyer pode cantar atirei o pau no gato que pegara o Top 10 do Itunes, e apesar de seu belo timbre, já cansei de não ver evolução em suas performances (grande parte disso, culpa de seu coach que não meche uma palha para criticar e melhorar Sawyer em algo). Vamos as performances.

[TEAM PHARRELL] Sawyer Fredericks – “Shine On” by Daisy May Erlewhine

Com mais uma performance brega, Sawyer veio com seu violão e me surpreendeu desta vez, ele melhorou da semana passada para cá, e fez uma boa performance, pois conseguiu passar um pouco de emoção que parece ser sua principal dificuldade. Para mim não existem dúvidas que Sawyer já venceu essa temporada, então resta torcer para ele melhorar e conseguir entregar boas performances até a final. E sim, essa melhora na conexão veio somente porque a música foi dedicada a sua mãe, foi lindo ver a expressão de orgulho dela, em relação ao seu filho que conquistou os USA!

Nye: Juro que quando li o nome da música pensei que ele iria cantar Wanessa Camargo. Brincadeira a parte, pela primeira vez consegui gostar de uma apresentação do Sawyer. Até que enfim, eu pude sentir o mínimo de emoção saindo desse pequeno boneco assassino. Ele sempre me assusta com sua  falta de expressão facial, mas dessa vez isso não aconteceu. Parabéns Sawyer, mas ainda acho que você não merece esse prêmio.

Dam: Depois de uma performance estranha e um pouco perturbadora, nossa cachinhos dourados voltou a fazer o que ele faz melhor. NADA!!!!! só ficar parado atrás daquele violão com aquele sorriso e aquela cara de peido sem emoção. Bixaaaa melhore por favor

[TEAM PHARRELL] Sawyer Fredericks – “Take To Me the River” by All Green

Pharrell sempre me surpreende com suas escolhas (se é que foi ele que escolheu) SQN! Deu a Sawyer a mesma música que Sugar Joans perfomou no Top 12 na última temporada (e foi bem ruim)! Sawyer se conectou na música anterior e nessa teve presença do palcoo! SOS! Sim, ele tá melhorando, finalmente! Foi uma boa performance se formos avaliar o nível deste top 6. Ele entregou bons vocais, uma mínima presença de palco, e só o que continua me incomodando em Sawyer é sua inexpressividade, como diriam ACORDA VIADO!

Nye: Já disse inúmeras vezes o quanto acho o Sawyer completamente sem sal, sem presença de palco (ou a mesma que a de uma porta) e sem graça (Daniele Bradbery 2.0). Ele tem muita sorte de ter uma voz única e uma cambada de fãs adolescentes que não tem o que fazer e torram suas mesadas colocando TODAS as músicas dele no top10 do iTunes. Uma música agitada serve bem pra mostrar o que eu tanto critico nesse menino. MAIS UMA VEZ, uma voz maravilhosa e uma música bastante agitada pra ser cantada por um boneco de posto com cara de psicopata te olhando e sorrindo enquanto imagina como vai te matar depois. Fico envergonhado de ver um artista assim tão cru como o grande favorito a vitória do programa, mas não é nada surpreendente depois de termos uma final como a da season 4 que elegeu Picolé de Chuchu a grande voz tombando pessoas como Sarah Simmons e Judith Hill T_T

Dam: Genteeeeeeee que performance tosca, não sei o que foi pior, se foi ele parado com essa cara de maniaco ou essas dançarinas estranhas se contorcendo igual umas minhocas, ou quando ele toma vida e vai para a plateia com uma animação que contagia.Por favor Jesus me leva, mais não me deixa ver essa criatura ganhar.

E se você não estava satisfeito com os #Shade, tem mais, é a segunda vítima é nossa irmã KORIRIN!

11216196_908679272525547_1242601907_n
HAUHAUAHUAAHUAUHHAAU! Sim, Nye arrasou na montagem, me digam se não é idêntica? a cara dela quando tenta alcançar uma nota mais alta, é tipo o povo do Dragon Ball tentando elevar o ‘ki’! hahaha

E gente, sabem porque Korini vende horrores, não sabem? Porque ela já era FAMOSA!

20110124124342
Enfim, depois dessa brincadeira de leve, vamos as opiniões sobre as performances de Koryn no Top 6!

[TEAM PHARRELL] Koryn Hawthorne – “Everybody Hurts” by REM

Eu já tinha preparado minhas pedras e ovos para tacar nela, mas assumo que nessa primeira performance a irmã Koryn foi bem, e fez uma performance razoável, sua voz horrível não estava assim tão péssima, e ela entregou vocais seguros em uma performance que ocorre no mesmo cenário das suas últimas performances, sério não mudou nada. Enfim, não posso negar que Koryn se esforça (até demais), meu ódio por ela será destilado na sua próxima performance, aguardem. #TeamJESUS

Nye: Apesar de DETESTAR a voz da Koryrin, essa apresentação foi muito boa e devo admitir isso. Por um isntante consegui esquecer que ela tem uma batata presa na garganta. Mas ainda quero ela flopando! Não admirem eu comentar pouco quando é pra elogiar a Koryn, pois em outras ocasiões eu simplesmente deixo a apresentação dela passar no mudo. ACEITEM!

Dam: Meus ouvidos sofrem uma verdadeira agressão quando irmã Koryn canta, mais não porque ela não saiba cantar e sim porque ela tem uma voz violenta que faz eu me sentir agredido e com vontade de chamar minha mãe. A performance não me trouxe nada que já não tenha visto dela, só Irmã Koryn lutando para virar a Pastora do The Voice

[TEAM PHARRELL] Koryn Hawthorne – “Dream On” by Amanda Brown  Aerosmith

Koryn por escolha de Pharrell pegou uma das músicas que ficou eternizadas no meu top de MELHORES PERFORMANCES DA HISTÓRIA do The Voice, “Dream On”, para que não sabe do que estou falando, na season 3 durante os playoffs, Amanda Brown fez uma versão mais forte e poderosa do hit do Aerosmith, você pode ver clicando aqui. A escolha de Koryn teve um arranjo diferente (mais próximo do original), e ela optou por não fazer os falsetes no final (GRAÇAS A DEUS), e mesmo assim foi bem RUIM! Sua voz é diferente (sim, aquela batata na garganta dela, faz o timbre ficar diferente) e não se encaixou bem com “Dream On”, houveram falhas, principalmente quando ela tentava uma nota mais alta, mas me surpreendi, pensei que a música iria engolir ela, mas ela segurou a barra minimamente bem, e adorei a alfinetada de leve da Xtina nela. Enfim, espero ansiosamente pelo dia do #DreamOver de Korynin de JESUS.

Nye: Apenas não tenho como te defender, querida. Você pode cantar muito, mas não tem voz pra cantar ESSA MÚSICA. Simplesmente não consigo entender como a Koryn continua fazendo hora extra na competição. Tá mais chato que o Damien season passada. A voz falhou VARIAS vezes e eu me senti extremamente desrespeitado e envergonhado da tentativa completamente fail e tombada de fazer essa apresentação acontecer. Amanda Brown deve estar completamente envergonhada! Cadê os agudos no final, flor? STOP KORYRIN PLEASE! Essa menina realmente parece muito o Kuririn não apenas no nome, mas na insistência de ser a mais fraca e nunca ser eliminada. Eu fico pasmo!

Dam: LUTOOOOO!!!! Luto por todos que choraram, se suicidaram, ou quiseram morrer com Koryn ofendendo a Deusa Amanda. O que deu na cabeça dela gente? Porque ela foi mexer nessa música? Mexer em “Dream On” no the voice é como mexer em oferenda para Iemanjá, vai dar merda e você vai ser gongado para o resto da vida. Depois de uma performance extremamente fraca e sem presença nenhuma presença de palco. só me resta entregar o prêmio de cagaço histórico para a nossa irmã koryn.

Obs: Quando o Aerosmith vai processar a Koryn por destruir um patrimônio da humanidade?

[TEAM BLAKE] Meghan Linsey – “Steamroller Blues” by James Taylor

GRITOS, GRITOS e GRITOS! Enfim, mais uma candidata cantando uma música que Bria Kelly matou a pau na season 6. Meghan fez uma versão mais country de “Steamroller Blues”, enquanto a versão de Bria, era mais “Blues” e menos gritada. Eu não consegui curtir, sei que Meghan é muito melhor que essa sequencia de gritos e berros dela e ela poderia ter optado por algo mais suave e poucos gritos, como fez a Bria, você pode ver clicando aqui.

Nye: Apesar de gostar dela eu simplesmente ODIEI DO FUNDO DA MINHA ALMA essa apresentação. Esses gritos dela me deram vontade de tirar meus fones de ouvido milhões de vezes. Eu sei que a música pede isso, mas eu fiquei assustado e com medo de perder minha audição.

Dam: Amei essa song da Meghan, me deu vontade de dançar em uma boate de striper só de calcinha e sutiã em cima de uma mesa. Embora ela tenha apelado para os gritos, senti Meghan tão a vontade nessa música que nem percebi os braços de boneco de posto de gasolina dela. Beijos fofa a titia te ama

[TEAM BLAKE] Meghan Linsey – “Amazing Grace” by Christina Hymm

O #GospelCard rola solto nessa temporada! Meghan se definiu como blues no começo da temporada, depois disso se aventurou pelo rock e encontrou no country suas melhores performances, mas hoje pensando em permanecer no show, utilizou o gospel card! Foi uma performance bonita, onde ela felizmente apresentou um controle vocal superior a performance anterior e não gritou tanto, as notas foram bem executadas e sem dúvidas essa música deve pegar top 10 no Itunes.

Nye:  é muito difícil eu admirar alguém do team Blake pq simplesmente quase nunca eles agradam meu estilo musical, mas Meghan é uma exceção. E essa apresentação foi muito fácil de elogiar. Adorei que ela mostrou esse lado mais emocional e com menos grunhidos e agressividade. A emoção foi nítida e sem dúvidas mostrou que merece prosseguir na competição. Espero que ela continue cantando músicas mais nesse estilo do que tentar me agredir com gritos e grunhidos como em sua outra performance.

Dam: Agora é oficial, o The Voice mudou de nome e agora se chamará “The Church”. Nunca na história do The Voice usaram tanto a Igreja como nessa season. Meghan simplesmente teve a performance mais clichê da temporada. Começar uma música gospel a capella é a coisa mais redundante do mundo. Saudades da Meghan de “Girl Crush”.

[TEAM ADAM] Joshua Davis – “Desire” by U2

Joshua tentou algo diferente para sair do usual, quando vi a música e o original, sabia que a chances de flopar eram grandes, e foi menos pior do que pensei, Joshua saiu de sua zona de conforto, e apresentou vocais condizentes com a performance, não foi UAUU, na verdade foi bem ZzzZ… um dos poucos destaques foi que sua voz mais ríspida se sobressaiu em diversos momentos.

Nye: apenas “seje” menos, Joshua. Não deu. Sempre que ele sai da zona de conforto vem essas cagadas. Next!

Dam: Finalmente meu Josh conseguiu nos dar uma performance descontraída e arrojada sem parecer um peixe fora d’água, amei como a música foi conduzida e fiquei mais feliz por que Joshua fez uma performance digna sem se esconder atrás de um violão como muitos fazem.

[TEAM ADAM] Joshua Davis – “In My Life” by The Beatles

Eu amei, versão amorzinho e calma no meio de um dia de gritos e #DreamOver! haha, Joshua apresentou conexão com a música e fez uma de suas melhores performances no show, sua versão é bem semelhante a de Ed Sheeran no tributo para os Beatles, você pode ver clicando aqui. Joshua é o underdog de Adam, apesar de não ser um candidato brilhante e ser julgado por muitos fãs que assistem o show, ele vem fazendo boas performances e se mantendo no show e acredito que o veremos no top 5.

Nye: Eu não gosto do Joshua e acho que ele tá fazendo hora extra no programa (PONTO). A questão dessa pequena implicância é por ele ser muito linear e quando foge da zona de conforto, se fode. Como não há o que criticar nessa apresentação dele, digo apenas que é muito fácil cantar uma baladinha que combina com sua voz e não mostrar nenhuma nova faceta ou desafio. Blake sempre faz isso e leva seus candidatos a vitória assim. Parabéns, Josh, mas não quero você na final.

Dam: É impressionante como Joshua consegue me transportar com sua voz para um churrasco no quintal em pleno domingo. Sei que isso soa meio clichê mais é verdade, a voz do joshua só me traz coisa boa e uma vontade imensa de ter ele pelado na minha cama cantando no meu ouvido. <3

E agora é hora das Rainhas Desprezadas do iTunes e do Público Americano que são AMADAS pelo resto do Mundo, as divas India e Kim, do Team Xtina!

tumblr_nnpmf6usZU1r5lqijo1_500

[TEAM XTINA] India Carney – “Glory” by John Legend and Common

Eu achei o começo bem fraco e senti falta do cabelo afro de India nesse hino negro, vencedor do Oscar, mas do meio pra frente, India tomou mais atitude e dominou a música, o final foi impressionante e de arrepiar. Uma pena é que India pode fazer chover no palco e os americanos vão continuar votando em Koryn e Sawyer, ao invés de premiar as melhores performances da noite… uma pena. Uma das poucas coisas que me incomodam em India é cantar músicas tristes ou com mensagens profundas sorrindo, a única coisa que me incomoda é isso.

Nye: #StopEUA2015 O que diabos esse povo tem contra a India? Que performance maravilhosa meldels. Eu estou no chão só de imaginar que os americanos preferem insistir em Koryrin do que nessa mulher destruidora de mundos. Que talento nato, que voz, que presença *-*. A única coisa que senti falta foi do cabelo armado e super black da India, imagina que perfeição ela cantar esse hino negro assim?

Dam: Achei uma performance muito digna, a altura do potencial de India, sem contar que a rainha das drags arrasa no carão né meu povo? Para mim foi uma das melhores performances dela

[TEAM XTINA] India Carney – “Lay Me Down” by Sam Smith

A melhor música de Sam Smith para mim interpretada por a segunda melhor participante desta temporada, reassistindo a performance algumas vezes, percebi algumas pequenas falha na transição entre notas mais suaves para fortes, mas foi pouca coisa perto do talento puro que a Princesa de Xtina deixou no palco. O grande problema de India, como já disse, é se conectar com o público, que infelizmente é seu maior adversário.

Nye: Quando soube que India iria cantar essa música fiquei extremamente empolgado. Amo essa música e acho que ela combina muito com a voz dela. Adorei que ela evitou firulas na música, pois fiquei com medo que ela invetasse de fazer isso. Ela é uma vocalista maravilhosa e incrível e não entendo como os americanos não enxergam isso. Vocalmente no começo da música senti que ela semitonou algumas vezes e talvez isso a prejudique, pois hoje não era dia pra errar. Mas ainda torço muito pra que ela consiga chegar na final pra fazer um dueto maravilhoso com Xtina. Sim, amo essa rapariga!

Dam: Fiquei muito feliz por finalmente ver India cantando algo atual e vendável, achei que a música caiu como uma luva para ela, conseguiu me emocionar e para mim foi a segunda melhor da noite em meio a tantos desastres e desgraças.

[TEAM XTINA] Kimberly Nichole – “Free Fallin” by Tom Pretty

Se India é a princesa da Xtina, Kimberly é a RAINHA! Pena que foi a performance mais apagada de Kimberly até aqui no show, logo nessa fase conhecida por derrubar power divas como Amanda Brown e Sasha Allen (semifinais). O que vimos hoje, foi uma Kimberly mais ousada e mais conectada com a música, mas menos marcante que em semana anteriores, pois a song choice a limitava um pouco.

Nye: Eu amo a Kim do fundo do coração, mas simplesmente não entendi essa song choice. Creio que foi uma tentativa de fazer algo popular, mas não achei que combine com essa rainha negra maravilhosa dona do universo. Qualquer coisa que ela cante será perfeito, mas pra cair no gosto popular ela tem que prosseguir naquilo que combine com ela. Espero que essa escolha ruim não seja o suficiente pra tirá-la do programa, pois eu quero essa mulher na final destruindo o mundo com a Xtina em um dueto de “It’s a Man’s Man’s Man’ World”

Dam: WTF??? Rainha Kimb ta fazendo o que no death spot? Mesmo assim ela nunca decepciona, achei a música suuuuper a cara dela, tecnicamente Kimb é sempre perfeita e a performance eu dispenso comentários né amor? Kimb é minha irmã só que menos viada, se essa mulher não vencer essa season eu me jogo da avenida paulista.

[TEAM XTINA] Kimberly Nichole – “Dirty Diana” by Michael Jackson

Se na música anterior Kim foi limitada de alguns de seus recursos vocais, em “Dirty Diana” ela incendiou o palco e fez a melhor performance de todo esse top 6 (alguma novidade com Kimberly fazendo a melhor performance?).  Um estilo meio rockstar  com vocais poderosos e uma presença de palco incrível, Kimberly é uma das artistas mais completas que já passou por esse show e sem dúvida alguma merece estar na final. E to indignado com os resultados do Itunes!

Nye: VOU ESCREVER EM CAPS LOCK PRA COMBINAR COM MINHA REAÇÃO GRITANDO AQUI JUNTO COM ELA. GENTE DO CEU CANONIZEM ESSA MULHER LOGO PQ ELA É MUITO RAINHA E FODA. QUE APRESENTAÇÃO FANTASTICA!!!!!!!!!!!! ps.: O que se passa na cabeça desses americanos em deixar uma apresentação dessas flopar no itunes? Certamente foram atingidos por algum problema cognitivo. Estou envergonhado EUA!

Dam: MULHEEEEER, EU ESTOU MORTA, PASSADA NA MANTEIGA DEPOIS DESSA PERFORMANCE. O que foi isso jeová? Bixaaa tu é destruidora mesmo viu? sem dúvidas essa foi uma das maiores performances da história do the voice, tudo caiu como uma luva, desde os vocais perfeitos até a presença de palco digna de uma rainha.

Sobre as performances de Kimberly e India:

tumblr_nmiurwIBFD1ql5yr7o1_r2_500
Enfim, essas foram as performances do Top 6, com exceção de India e Kimberly que foram as melhores disparadas os outros apresentaram 1 boa performance (Meghan, Koryn e Joshua) e 1 mediocre! Sawyer sem comentários, mas me surpreendi com a evolução.

Antes dos resultados, vamos falar do polêmico: O ranking do Itunes, que mostrou uma incoerência do público americano ao votar, SIM, INCOERÊNCIA, como “Dirty Diana” foi a música menos comprada? COMO? Ainda estou sem entender, o ranking que fechou as 13 hs no horário de Brasília, ficou assim:

#3 – Sawyer Fredericks – Shine On
#5 – Meghan Linsey – Amazing Grace
#10 – Sawyer Fredericks – Take Me To The River
#14 – Joshua Davis – In My Life
#24 – Meghan Linsey – Steamroller Blues
#32 – Koryn Hawthrone – Everybody Hurts
#45 – Koryn Hawthorne – Dream On
#46 – India Carney – Glory
#52 – Joshua Davis – Desire
#65 – India Carney – Lay Me Down
#100 – Kimberly Nichole – Free Fallin’
#107 – Kimberly Nichole – Dirty Diana

Sim, estou no chão, já esperava India não vendendo tanto, pois ela nunca vendeu e mesmo arrasando não caiu na graça dos americanos, mas o flop de Kimberly em pleno Top 6, me da uma tristeza no coração, sério, não consigo entender como os americanos pensam.

O Gospel Card de Meghan funcionou e a bixa pegou o top 10! Sawyer no top 10 novamente (qual a novidade?), Joshua com uma música lenta chegou perto do top 10 e está obvio o caminho que ele deve seguir, e a irmã Koryn fez o meio de campo e fiquei na torcida para ela ir para o #Bottom 2.

RESULTS

No episódio de terça tivemos o retorno de quatro ex-participantes do show. Adorei essa atitude, e já espero o retorno de Kat Perkins, Tessanne Chin e principalmente de Melanie Martinez que tem novas faixas originais rolando por ai. O primeiro artista a voltar e se apresentar foi a Mini Xtina: JACQUIE LEE

E a volta mais esperada por todos ocorreu, depois de voltar na season 6 para apresentar a ótima “Broken Ones” . Seu novo single é incrível, encaixou muito bem com sua voz, e aliás Jacquie só melhora, seu controle vocal está bem melhor do que estava na quinta temporada. “Tears Fall” inclusive já tem clipe e você pode ver clicando aqui. Jacquie vem trabalhando muito, atualmente, ela esta abrindo a turnê de Shawn Mendes, fará uma participação na terceira temporada do seriado “Faking It” da MTV e segue lançando coisas novas e aparentemente ela pode participar do novo álbum de Christina Aguilera.

Xtina
Nós e Christina Aguilera durante Tears Fall

Avery Wilson participou da terceira temporada do show, e foi eliminado na etapa dos nocautes, foi participante do Team Cee Lo, fez uma blind audition mediana, e ganhou a batalha de Chevonne (que foi roubada por Xtina), nos nocautes enfrentou o icônico Cody Belew e foi derrotado. Mesmo com a eliminação precoce no show, Avery conseguiu se manter na mídia, com mais de 5 milhões de visualizações em seus vídeos e 200 mil seguidores no Instagram ele continuou fazendo seus covers e alguns materiais autorais, e recentemente assinou com a RCA Records e esta trabalhando com o produtor Sean Garrett. Avery Wilson cantou seu single “If I Have Too”.

Avery tem uma boa voz e melhorou muito da terceira temporada em 2012 para cá, seus vocais estavam bons, a música é boa e exigia bastante, gostei do começo no piano e da segunda parte mais solta e seus falsetes estavam ótimos também. Enfim, achei Avery melhor que quase TODO esse top 6! kkkk

Quem também volta depois de 7 temporadas, é Vicci Martinez, front runner do Team Cee Lo na primeira temporada (minha favorita na primeira temporada). Vicci apresentara seu hit “Bad News” que faz parte do seu primeiro album “I’m Vicci Martinez”. Vicci acabou em terceiro lugar na primeira temporada e fez boas performances de hits como “Jolene” e “Dog Days Are Over”. Logo após o show conseguiu o contrato com Cee Lo e posteriormente com a Universal Republic, e lançou seu primeiro Ep chamado Come Along, você pode ver o primeiro single de Vicci clicando aqui, foi uma parceria com Cee Lo Green. Ela retorna ao palco para cantar “Bad News” que faz parte do seu novo álbum que será disponibilizado para vendas essa semana.

Achei uma Vicci bem diferente, senti falta de seus vocais poderosos e a música tem uma pegada bem estranha, Vicci mudou muito e enfim, vamos para o próximo.

Vencedor da sétima temporada, o artista country Craig Wayne Boyd volta para apresentar seu single de estréia pós-The Voice “I’m Still Here”, inclusive existem babados sobre Craig ter rompido o contrato com a Universal Republic, ou da gravadora ter rompido com ele, baseado no fato de a gravadora ter tirado no meio de Março o nome de Craig do site. Hoje, ele perfomou “I’m Still Here”, música que ele escreveu durante o The Voice.

Achei uma música bem parada, senti falta do Craig que se deslocava pela platéia, mas ela tem um apelo bem emocional, que é a base da música country, enfim, não acho que Craig vá deslanchar sua carreira com facilidade, vai precisar trabalhar muito.

E sem mais delongas, vamos as eliminações, Carson anunciou os artistas salvos:

SAWYER

MEGHAN

KORYN

JOSHUA

SIM, SOCIEDADE, os americanos aprontaram e colocaram as duas melhores artistas desse TOP 6 no Bottom! As duas garotas de Christina Aguilera no Bottom, sinceramente, essa temporada só me deixa mais triste a cada rodada. Vamos as duas performances, primeiro India com “Perfect” by P!nk.

Gostei bastante da escolha de India e da forma como ela conduziu a música, como algo mais suave e emocional no começo e algo mais forte e explosivo no final. Houveram algumas falhas, mas India costuma ser perfeita, então com certeza foi o nervosismo.

Depois Kimberly Nichole, fazendo mais uma grande performance e ensinando o povo a cantar. Ela escolheu “Seven Nation Army” by The White Stripes e destruiu tudo novamente.

Gente, o que foi Kimberly com “Seven Nation Army”? Foi impecável, adoro o lado Rockstar de Kim e o poder que ela traz para suas performances.

Era um bottom equilibrado, mas para mim não havia dúvidas #VoiceSaveKimberly e fui para o twitter e não parei nos 5 minutos que a janela de votação ficou aberta, olhando o stream e estava 50% / 50% e JESUS, nunca me senti tão pressionado. Após encerrar, Christina Aguilera conversou rapidamente com suas garotas,  e Carson anunciou a MORTE DA SEASON 8 DO THE VOICE, quando falou:

America Instant Save India Carney

A mesma maldição que atingiu suas duas amigas Amanda e Sasha, atingiram Kimberly, e acredito que a diferença foi pequena e Kimberly estava em um dia de azar, twittou a tag errada #VoiceSaveKimberlyNichole… enfim, a temporada acabou e continuarei a ver em respeito a vocês leitores para trazer reviews quentíssimas após os episódios. E sou #TeamJoshua e #TeamIndia agora.

Sério, estou bem triste, não por India, ela nem nesse bottom merecia estar (ouviu Koryn), mas Kimberly não merecia de forma alguma. Essa temporada se encaminha para ser pior que a season 6 e assim acabo a review com uma foto de Kimberly, da mesma forma que comecei.  #TheVoiceFail #KimberlyVencedoraMoral

Deixem as opiniões abaixo e venham destilar o veneno comigoo! #SaudadesCoerência #SaudadesKimberly

11188470_907339762659623_1868728385909085636_n

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Amado por 30 milhões de Brasileiros! Paulista, Canceriano, 25 anos, Químico e atualmente faço Doutorado em Biotecnologia e Polímeros. Me achou nerd neh? Sou mesmo! Amo uma boa banda alternativa/indie, fã número 1 de Imagine Dragons e adoro perder um bom final de semana maratonando séries! P.S. Sou bêbado também gente, me chama para uma cerveja e para falar de série!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu