Posts Populares

The Voice US – S09E09 – Battle Rounds Part 3

Quando se tem um único #4chair e se joga-o fora!

E a temporada segue para a reta final das batalhas, aliás essa noite pode ser classificada como a noite mais morna até então. Não tivemos batalhas ruins, mas também passou longe de batalhas extraordinárias. Tivemos performances sólidas, performances que permitiram aos artistas mostrarem seus vocais, seu recursos, sua presença de palco e que tiveram decisões coerentes na maioria dos casos (ouviu SENHORA GWEN).

Hoje estou acompanhando de Luana, mais uma vez! haha e também de Nye com seus tradicionais Emojis que estão de volta!

[TEAM BLAKE] Blind Joe vs Blaine Mitchell – “Old Time To Rock and Roll” by Bob Seger

WINNER: BLIND JOE / STEAL: BLAINE MITCHELL (ADAM)

Lindomar: Sem dúvidas a performance mais contagiante dessa noite. Me surpreendi demais com ambos, adorei os vocais fortes e potentes, a voz forte e as entonações que Blind Joe colocou na música e o lado Rock & Roll de Blaine. Enfim, foi uma das melhores battles do Team Blake até aqui. Achei que Blind Joe foi ligeiramente melhor, mas usaria meu steal em Blaine já que vejo mais potencial nele para seguir na competição, pois sua blind me chamou a atenção e agora sua batalha também. Nota: 8,5

Luana: Uma combinação extremamente inusitada que estranhamente deu super certo! Hahaha. Achei o clima da batalha incrível, eu me diverti pacas assistindo e acredito que a energia no estúdio deve ter sido tão sensacional quanto! O Blaine tem essa star quality nata que faz esse brilhar e o Blind Joe foi igualmente ótimo! Hard call pro Blake, mas ele fez o que era certo pro time dele, na minha opinião. E achei bem válido o steal do Blaine tb, agora… Será que ele vai ter chances no difícil Team Adam?! Nota: 8.0

Nye: #dancinha que misturinha gostosa de country com rock. Achei que a voz country do Joe se complementou muito bem com o rock do Blaine. Amei também a presença de palco do Blaine, foi genial o que ele tentou fazer para compensar que o Joe não podia se mover. 7,5

BlindJoexBlaine

[TEAM ADAM] Cassandra Robertson vs Viktor Kiraly – “Nobody Knows” by Babyface

WINNER: VIKTOR KIRALY

Lindomar: Gente ainda não sei de quem gostei mais nesse embate. Achei que a música não encaixou bem para ambos, mas olhando o desempenho deles, fica evidente que tentaram dar o seu melhor. Cassandra foi a única artista combada no Team Adam, por isso não fazia a mínima ideia do que esperar dela, e gostei muito do que vi, porém achei ela limitada de recursos vocais, era claro o esforço que ela fazia para soltar algumas notas, e perto de Viktor, que para mim soava muito mais natural, ela sobrava um pouco. Em contrapartida, achei que ela tinha mais poder vocal nas notas altas, e isso acabou dando um empate na minha concepção. Iria com Viktor pensando no restante da competição. Nota: 7,5

Luana: Primeiramente, nenhum dos dois me chamou atenção nas blinds. Verdade seja dita, nem se quer vimos muita coisa da Cassandra, mas vimos bastante do Vitkor. Preciso ser honesta e dizer que ele é um cantor muito refinado, e talvez isso seja o que me incomoda. É uma faca de dois gumes, mas enfim. Realmente achei Viktor superior do começo ao fim, sendo uma decisão fácil para o Adam. Nota: 7,0

Nye: posso dizer o quanto essas outras cantoras divas negras são superiores à Regina Love? Tanto Cassandra quanto Celeste mereciam muito mais o steal. Mas continuando… Achei uma batalha bem equilibrada e com bastante sintonia. A Cassandra, pra mim, perde para o Viktor por ter um estilo musical muito datado e saturado para os americanos. 7,5

CassandraxViktor

[TEAM GWEN] Chase Kerby vs Korin Bukowski – “Samson” by Regina Spektor

WINNER: KORIN BUKOWSKI

Lindomar: Meu único comentário é que Chase acabou com o show de Korin. Ele estava fora do seu tom, fora do ritmo, forçando demais, enquanto ela estava soando natural, alongando as notas com perfeição, executando todos os falsetes e conseguindo passar a emoção. Enfim, gostei muito mais das partes em que ela cantou ‘solo’. Korin me surpreendeu demais e por isso iria com ela, conforme Gwen optou. Nota: 8,0

P.S. Não acredito que estou elogiando uma pessoa chamada Korin! kkkk

Luana: Eu nem sequer sei como comentar essa batalha. Antes de mais nada, Samson é a música da minha vida, uma das minhas músicas preferidas de todos os tempos, então sempre que vou assistir um cover ou algo fico bem receosa, avalie então quanto decidem cantar num reality! Enfim, o Chase foi horrível, tipo… TENEBROSAMENTE RUIM, mas preciso ser justa, a culpa não foi totalmente dele, asongchoice foi obviamente pensada para o tipo de voz da Korin, e o pobre do Chase teve que seguir a deixa, e foi trágico. Korin brilhou bem mais que em sua blind e mereceu a vitória sem sombra de dúvidas. Nota: 7,0

Nye: Korin já começou brilhando *_*. Que voz, que timbre, que suavidade maravilhosa. Chase foi completamente humilhado! Não sei se foi culpa da songchoice ou da divisão dos versos, mas ela se destacou BEM mais que ele. Ele fez umas tentativas de firulas que para mim foram completamente aleatórias e desnecessárias. Quero ver Korin cantando mais músicas emocionais, pois a voz dela se encaixa muito melhor nesse estilo e somente agora nessa fase fui perceber que ela é uma artista muito boa. 7,0

KorinxChance

[TEAM PHARRELL] Riley Bierderer vs Evan McKell – “Higher Ground” by Stevie Wonder

WINNER: EVAN MCKELL / STEAL: RILEY BIERDERER (GWEN)

Lindomar: Alguém tinha dúvidas que Evan venceria? Em sua blind cantou um trecho de “Overjoyed” e ainda comentou que adoraria cantar Stevie Wonder, e qual foi a música de sua battlle? Pharrell arrasando na coerência mais uma vez… Enfim, vamos a batalha. Riley teve sua blind combada, então chegou como uma incógnita e olhando a battle como um todo, acredito que ela perdeu. Evan me soou muito mais natural, muito mais confortável, com vocais mais poderosos e com uma performance que encaixou muito mais com a proposta, enquanto isso Riley tentou a todo momento mostrar seus bons vocais, porém ficou apenas nisso, bons vocais sem nada demais. Aliás, achei a performance como um todo, bem ok, mas percebi que tenho dificuldade para gostar de performances de Soul/R&B, então pode ser por isso. kkkk Nota: 7,5

Luana: O carisma do Evan é algo incontestável e o timbre da Riley é bastante interessante. O que me incomoda aqui é a songchoice. Além de ser uma música altamente datada, eu tenho a versão de Midas Whale na cabeça e não pude deixar de fazer comparações, o que deixou a situação de Evan e Riley ainda pior para mim. Obviamente, minha opinião não é a suprema, mas eu achei uma batalha bem qualquer coisa, fiquei esperando o “peak” que nunca veio. Contudo, o Evan se destaca por sua personalidade, e por esse motivo, mais do que justa a vitória. E achei até bom o steal da Gwen na Riley, o timbre dela me intriga, quero ver ela mostrar do que é capaz, com uma música que favoreça sua voz e dentro de sua zona de conforto. Nota: 7,5

Nye: Amei? Adorei? Achei tudo? Uma excelente combinação! Ambos animados e com muito soul na voz. Senti a Riley mais confortável no palco do que o Evan, mas nada em exagero. Estava assistindo e dançando na minha cadeirinha. 8,5

RileyxEvan

[TEAM GWEN] Lyndsey Elm vs Braiden Sunshine – “No One Is To Blame” by Howard Jones

WINNER: BRAIDEN SUNSHINE

Lindomar: QUERO DEIXAR TODA MINHA RAIVA/ÓDIO DE GWEN STEFANI ANTES DE COMEÇAR ESSE COMENT! SAUDADES LYNDSEY COM 2 Y’s! Gwen Stefani começa a criar seu segundo Ryan Sill na competição. Com uma música direto do baú colocou uma de suas melhores competidoras contra uma de suas zebras. A batalha foi bem equilibrada, porém com Lyndsey sendo superior na maioria do tempo, o único momento em que Braiden fez algo que chamou atenção foi no final quando fez uma nota diferente e bem executada, que chamou a atenção de todos os coaches, mas fico me perguntando como uma nota supera todas as entonações, toda a presença de palco, todo o carisma, todo o controle vocal de Lyndsey? Para Gwen Stefani foi o suficiente e lá se foi sua única #4chair na competição. Nota: 6,5

Luana: Antes de começar eu já “sabia” quem iria ganhar. A Lindsey era a única 4-chairs da Gwen e o Braiden é ainda bem despreparado. Achei a batalha bem igual pra igual, o que já foi pontos a menos para a Lyndsey. No entanto, eu não acho que em hipótese nenhuma a Gwen deveria ter se desfeito da moça. Braiden é ainda muito imaturo (e esquisito, ele fala cada coisa, parece um mini sociopata). Enfim, achei o vencedor desta batalha a primeira grande cagada da temporada. Nota: 6,5

Nye: Quero dizer que antes mesmo de começar essa batalha eu já tinha um vencedor e se chamava Lyndsey!! Outra coisa que PRECISO comentar é: O que diabos a Selena está fazendo ali? Existe algum conselho decente saindo dela? Ou é apenas uma boneca de cera que foi implantada ali? Voltando… O Sunshine não tem atitude, não tem presença de palco, não tem NADA além de uma musicalidade ok e notas limpas, porém, o menininho de cabelinhos bonitos vai ser um prato cheio para as adolescentes de plantão atrás de fofura, e um prato cheio de enjoo para mim zzzzzzzz. Já Lyndsey é uma artista mais completa, mais agressiva, mais dinâmica. Existe alguma dúvida de quem deveria vencer essa batalha antes mesmo dela começar? 7,0

BraidenxLyndsey

[TEAM ADAM] Alex e Andi vs Chance Pena – “Wherever You Will Go” by The Calling

WINNER: ALEX & ANDI / STEAL: CHANCE PENA (BLAKE)

Lindomar: Voltando ao passado quando ouvia The Calling sem parar, foi um momento de nostalgia ver essa música sendo escolhida para essa batalha. Particularmente gostei que o arranjo adotado para a batalha foi mais calmo, mais suave e focado na emoção. Simplesmente amei. O único ponto ruim que vi foi a voz das gêmeas soar um pouco anasalada em alguns momentos, mas, amo demais a forma como o timbre de ambas se encaixam, como a harmonia delas é perfeita e a forma como soa original tudo que elas fazem. Do outro lado Chance, o garoto que eu esperava que fosse ser esmagado, mas que me surpreendeu com vocais polidos e limpos. Sinceramente olhando como um todo, daria a vitória a ele se fosse avaliar os solos, porém quando as três vozes se somavam ele acabava ficando abaixo delas e soava um pouco fora do ritmo, sendo assim qualquer opção de Adam seria válida, mas as gêmeas são uma de suas pedras preciosas nesta temporada e ele foi com elas. Sorte de Chance que ganhou um steal. Para vocês terem uma ideia do equilíbrio foi a primeira batalha que deu empate no app oficial do programa onde o público americano vota em tempo real e, ainda ,85% dos americanos roubariam Chance, foi o maior índice até aqui. Nota: 9,0

Luana: Olhe, vou fazer uma denúncia aqui… Tentativa de homicídio! O Adam tentou me matar com essasongchoice, que isso, Jesus! Essa música me destrói completamente, inaceitável. As harmonias das gêmeas parecem coisa de outro mundo, né?! O uníssono delas é a perfeita definição da palavra, haha. Mas o que mais me surpreendeu aqui foi a combinação das três vozes! Elas encaixaram muito bem juntas e eu me senti no paraíso durante toda a batalha! Assim como Adam, daria vitória às gêmeas, porém, mais do que merecido o steal do Chance. Ele foi absolutamente sensacional! Nota: 9,0

Nye: Quando descobri que iam cantar essa música eu fiquei todo ouriçado e amando. Nos ensaios percebi que mudaram o arranjo para algo mais acústico, facilitando assim a vida de ambos os candidatos, mas ainda nos ensaios, achei que teríamos momentos agressivos que tanto amo nessa música. Ao vivo, levei um banho de água fria! Vocalmente falando a apresentação de ambos foi impecável, as gêmeas tem uma harmonia incrível, mas sinceramente isso não é o suficiente. Senti que elas se mantiveram muito lineares, enquanto Chance mostrou mais versatilidade. Por pouco não dormi nessa batalha, o que é uma pena, pois amo essa música. 7,0

GemeasxChace

* Emoji de Nye, mas na verdade eu e luana queriamos esses:
RileyxEvanIndia

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A disputa está acirrada, restam apenas 7 vagas entre os 32 que avançam para os nocautes. Os times estão equilibrados, mas o Team Adam até o momento é o melhor e ainda acrescentou dois bons competidores. Em seguida para mim vem o Team Blake com bons steals também, e por último colocaria empatados os teams de Gwen e Pharrell que não vem caprichando em seus steals até aqui.

As equipes ficaram assim:

TEAM ADAM: Jordan Smith (57,0), Andi e Alex (53,5), James Dupre (50,5), Dustin Christensen (49,5), Keith Semple (48,5), Blaine Mitchell (48,5), Viktor Kiraly (45,5).

Marcado pelo equilíbrio, o Team Adam tem apenas mais 1 vaga que será disputada entre Shelby Brown e Amanda Ayala. Shelby é a grande favorita para esse confronto. Entre os sete integrantes se me mandassem montar um top 20 sem ter uma quantidade mínima de candidatos por equipe, levaria seis dos sete presentes, só tiraria Viktor. Enfim, Adam vai ter muita dor de cabeça para montar os pareamentos da próxima fase e nós provavelmente vamos sofrer.

TEAM GWEN: Ellie Lawrence (51,0), Regina Love (44,5), Korin Bukowski (44,0), Riley Bierderer (41,5),  Kota Wade (40,0), Braiden Sunshine (39,0), Jeffery Austin (37,0).

Gwen acabou de mandar sua #4chair embora, e usou seus dois steals em Regina e Riley, que se mostraram boas cantoras, mas que não vejo indo longe se consideramos os votos do público, sendo assim foram dois steals conduzidos pela emoção e não pela estratégia, o que é algo que Gwen deixou de lado desde sempre! Kkk, Ela ainda tem 1 vaga em sua equipe que será disputada no duelo entre a cantora country Summer Schappel e a combada Hanna Ashbrook, nem preciso dizer quem é o favorito não é mesmo? Enfim, o time dela ainda tem salvação, ela tem boas vozes como Ellie e Korin!

TEAM BLAKE: Barrett Barber (53,0), Chance Pena (46,5), Chris Crump (44,5), Blind Joe (42,0) , Zach Seabaugh (40,5), Ivonne Acero (36,5).

Blake usou um steal de forma adequada (Chance) e o outro foi um desperdício total (Ivonne). Ele tinha uma equipe totalmente country, porém hoje, consigo enxergar alguns outros artistas que podem despontar como Chance. Nas batalhas da última noite teremos: Nadjah Nicole vs Cole Criske / Emily Roberts vs Morgan Frazier. A primeira batalha envolvendo dois artistas de ritmos diferentes, mas que não vejo indo longe no Team Blake, e a segunda é o choque das cantoras countries, a chance de uma delas chegar aos lives é grande, já que só temos elas que ocupam a cota de cantora country na temporada, por isso acredito que seja uma batalha chave. Olhando para sua equipe, vejo o Team Blake chegando ao top 5 com pelo menos uns 3-4 artistas countries, isso se não forem os 5 country, só nos resta esperar.

 TEAM PHARRELL: Mark Hood (46,0), Evan McKell (45,5), Madi Davis (44,0), Sianna Im (39,5), Tim Atlas (38,0).

Se tem alguém que não soube usar o steal agora foi Pharrell, Tim foi o maior desperdício da história! Ainda temos três vagas nesta equipe, uma de um steal que rolara amanhã e as outras duas que serão disputadas entre Daria Jazmin vs Darius Scott / Amy Vacchal vs Jubal e Amanda. Os favoritos para mim são Darius e Amy, respectivamente. Pharrell apesar de mandar embora Sydney, montou uma boa equipe para os nocautes, pois ainda tem Madi, Evan, Mark, a estranha Sianna e ainda, se tudo seguir o caminho óbvio, teremos Amy e Darius aumentando o poder de fogo. Olhando assim, só fica atrás do Team Adam em termos de candidatos que podem ir longe.

Só relembrando as batalhas do próximo episódio são:

PHARRELL – Daria vs Darius (Confirmado)

PHARRELL – Amy vs Jubal e Amanda (Confirmado)

GWEN – Summer vs Hanna (Confirmado)

BLAKE –  Morgan vs Emily (Confirmado)

BLAKE – Nadjah vs Cole (Confirmado)

ADAM – Shelby vs Amanda (Confirmado)

Três dessas seis batalhas serão combadas, pelo preview sabemos que Morgan e Emily será uma das batalhas mostradas!

Assim término essa review, espero que tenham gostado e espero os comentários de vocês logo abaixo. A temporada só está começando minha gente e estou animado com os caminhos que ela vem tomando apesar de algumas eliminações como Lyndsey! =(.

Já ia esquecendo da enquete, na semana passada a batalha de Keith e Manny foi escolhida como a melhor performance com 75% dos votos.

Não se esqueçam de conferir a página do nosso parceiro Grupo Sub Voice, que legenda o nosso reality preferido e ainda disponibiliza as músicas (versão iTunes e das performances) para download.

lindomar

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Amado por 30 milhões de Brasileiros! Paulista, Canceriano, 25 anos, Químico e atualmente faço Doutorado em Biotecnologia e Polímeros. Me achou nerd neh? Sou mesmo! Amo uma boa banda alternativa/indie, fã número 1 de Imagine Dragons e adoro perder um bom final de semana maratonando séries! P.S. Sou bêbado também gente, me chama para uma cerveja e para falar de série!


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu