Eliminação dupla à vista!

Chegamos ao Top 10 da temporada, minha última participação aqui nas reviews da Season 11. Nas próximas duas vocês terão Lindomar no Massacre e Dam na final. Então esta semana será minha despedida…

Nesta noite tivemos um festival de escolhas musicais chatas, algumas apresentações sem graças, outras surpreendentes e algumas bem ruins. Mas vamos falar de coisa boa: teve Maroon 5 cantando o novo sucesso também. Que você confere logo abaixo:

Então sem mais lenga lenga, Clarice e Netto vão comentar tudinho aqui, tim tim por tim tim. Se vocês não concordarem em algo com eles, eu mando o endereço por inbox pra vocês problematizarem rs. Vamos começar!

#TEAMADAM: Billy Gilman – “Anyway” by Martina McBride

Gerson: Tava demorando pra Billy começar a apelar pro country e pro gospel. Aproveitou e já fez tudo de uma vez. Sinceramente, considerando as últimas semanas, Billy tava bem desgastado na minha lista de favoritos. Mas hoje ele arrasou! Os agudos estavam indo bem, até chegar ao fim da música e ele começar a soltar uns agudos desenfreados. Isso me irritou, podem ter certeza. Tirando isso, a melhor performance dele nos Live Shows, pra mim.

Clarice: Me julguem, mas sinto por Billy a mesma empolgação que sentia por Jacquie, Tess, Alisan, Jordan, Matt… não estou comparando qualidade vocal nem estilo, apenas aqueles que me emocionam e me fazem amar semana após semana. Não gostei da songchoice, mas sou obrigada a admitir que Billy mandou muitíssimo bem. Esteve controlado na maior parte da música, partindo pros high notes FODÁSTICOS no final… e que high notes!!! <3 <3 <3

Netto: Meu pimpolho é simplesmente incrível, #TeamAdam então, melhor combinação. Sinceramente, não esperava boa coisa sobre a performance, pois não conhecia a música e achei que fosse resultar em algo bem mais ou menos. Porém, Billy adora surpreender e, além de me passar emoção, alcançou essas notas incríveis de forma maravilhosa. Só consigo amá-lo cada vez mais semana após semana, mesmo que essa tenha sido uma de suas performances mais fracas, ainda mais com essa última nota estendidérrima, um tapa na cara da sociedade. Obs: Parece piada colocar o melhor da noite no death spot.

selo_tvus_142_blake_gritamaisdemonia selo_tvus_138_adam_quesomeesseeumlacre SELO_TVUS_085_Adam_Emocionado

#TEAMBLAKE: Courtney Harrell – “If I Could Turn Back Time” by Cher

Gerson: Uma das piores do Top 10, Courtney tinha uma senhora música nas mãos! Ela não conseguiu segurar a marimba não. Várias notas agudas cagadas, várias desafinadas, conexão zero com a música… um verdadeiro desastre! Prestou mesmo foi a atitude e a presença de palco, mas isso aqui não é X Factor né gata.

Clarice: JESUS MARIA JOSÉ… meus ouvidos estão sangrando com essas desafinadas horrorosas da Courtney. Sabe qual foi o melhor momento da performance? Quando acabou… porque a performance toda foi bem cagada. hahahaha

Netto: Procurando algo que tenha prestado nessa performance cheia de gritos desnecessários e que ainda foram executados de forma enjoativa. Sinceramente, essa mulher tinha nem que estar aqui. Se ela fica no caderninho a tarde toda anotando coisas sobre a performance, eu irei fazer o mesmo e repetir nas linhas “Courtney péssima, já devia ter saído.” E assim até que ela seja eliminada. Que horror.

SELO_TVUS_101_RyanSill_HoraExtra SELO_TVUS_052_Xtina_ESTOROUMEUTIMPANO SELO_TVUS_034_Miley_XoDesgraça

#TEAMADAM: Josh Gallagher – “Real Good Man” by Tim McGraw

Gerson: Hora do meu preferido do Top 10 mostrar a que veio e apagar a má impressão de semana passada! E não é que foi bem mesmo? Pra mim, foi a melhor apresentação vocal de Josh e ainda por cima ele pôde mostrar mais do seu estilo. Me incomodou só aquela guitarra, que ele ficou tocando um bom tempo. Queria ver ele mais solto, bancando a atitude que a música pede. No geral, amei demais (pra variar).

Clarice: Estou gostando de ver Adam sabendo trabalhar um artista country (Chupa tias do sofá! hahaha). Achei a performance de hoje claramente a melhor dele no programa, ele trabalhou bem o palco, interagiu com a banda. Estava todo cheio de energia e empolgou a todos. Gostei. 🙂

Netto: Quando se tem um coach que sabe escolher a música dá nisso, né non? Josh entregou sua melhor performance da temporada até então, o pepito que Adam roubou não possui os melhores vocais, para ser bem franco, é até genérico no mundo do country, mas além de ter sido uma ótima songchoice, o candidato soube aproveitar para explorar e envolver a plateia com uma presença de palco maravilhosa. Odeio country, mas amei a performance.

SELO_TVUS_087_Adam_AMEI SELO_TVUS_081_Blake_Arrasou SELO_TVUS_093_Xtina_MeAbana

#TEAMMILEY: Aaron Gibson – “Rocket Man (I Think It’s Going to Be a Long, Long Time)” by Elton John

Gerson: Aaron é claramente o perseguido do público americano na temporada. Ele fez uma ótima apresentação semana passada e acabou no Bottom. Nessa semana, também gostei da música, só que a apresentação deixou um pouco a desejar. Não sei se Aaron estava nervoso ou se a música não dava muito espaço pra ele crescer, mas achei bem pombo. Já faz o check-in no Bottom, querido.

Clarice: Se tem algo que gosto no Aaron (e no Brendan) é aquela rouquidão característica da voz dele. Semana passada foi sua melhor performance, em “Hurt” sua voz grave encaixou tão bem… pena que os migos americanos não curtiram. Já hoje, a songchoice não favoreceu e ele sequer mostrou seu timbre mais grave. No geral, a performance foi morna… faltou vida, é uma pena! 🙁 Miley quis dar essa música pra que fosse algo divertido, e se isso foi divertido, migooo, essa festa foi bem lixo! (Luana, te dedico hahahaha)

Netto: Com o início dos lives, me veio uma pergunta: Onde danado se meteu o Aaron que eu amava e venerava? Com aquela batalha maravilhosa, Aaron despontou como um dos que mais gostava de acompanhar na competição. Mas é aquela coisa né migos, quando o coach não contribui a ponto de dar um up na vida do participante, assim como ele mesmo não tenta extrair algo de bom das merdas que lhe são dadas, resulta nisso. A pessoa já está praticamente condenada e não se esforça. Performance pombo da porra, melhore!!!

SELO_TVUS_061_Adam_QUASELA SELO_TVUS_074_Adam_ToBemTriste selo_tvus_122_xtina_asaidaelogoali

#TEAMALICIA: Christian Cuevas – “Million Reasons” by Lady Gaga

Gerson: Vamos começar pela escolha musical inusitada: really? Mesmo achando que poderia ser uma cagada, achei que Christian foi muito bem. Faltou toda a emoção que Gaga passa com essa música, claro. Mas no geral, achei que ela segurou a marimba e conseguiu dar sua cara pra canção. Esperava mais entrega, esperava uma apresentação sem pedestal, com Christian inclusive se jogando no chão… mas tá valendo. HAHAHAHA

Clarice: Confesso que fiquei surpresa com a ousadia da songchoice… já previa que seria um desastre… e foi. A música exige uma performance mais marcante, mais intensa, e foi tudo menos isso. Eu realmente sinto falta daquele Christian que me encantou na blind e naquela battle fodástica de “Hello”, porque hoje novamente não funcionou.

Netto: NINGUÉM MERECE! Não consigo enxergar essa maravilhosidade em Christian, sinto dizer fãs. Os vocais foram bem oks, a entrega foi sem sal e sem emoção, mas não teve nada de envolvente nesta performance. Yesterday, The Scientist e agora Million Reasons? Socorro gente, qual será a próxima? Stay de Rihanna? Aí sei que meus colegas paneleiros ficariam irados, assim como euzinho.

selo_tvus_119_adam_adoravel SELO_TVUS_079_GagaXtina_NaoFoiDessaVez SELO_TVUS_094_Xtina_CREDO

#TEAMBLAKE: Austin Allsup – “Missing You” by John Waite

Gerson: Oh, Austin é aquela pessoa que nem fede e nem cheira. Ele me anima umas semanas e desanima em outras. Dessa vez desanimou. Ele fez algo diferente, tentou se jogar mais na performance, mas achei bem sonífera e cansativa. Totalmente dispensável. Isso que eu amo country, hein…

Clarice: Eu realmente queria entender de quem foi a ideia de dar essa música pra Austin picolé de chuchu. Mas fiquei incomodada durante toda performance porque algo estava errado, e novamente Luana entra em ação e me aponta que ele estava fora do tom. Sigo achando que Austin está fazendo hora extra no programa… arghh!!

Netto: Eu só queria que acabasse mais essa performance desnecessária. Gente, eu detesto country, mas sinto que eles deviam ficar no mundinho deles. Austin agora é o reinventor do soul music? Aretha e agora Diana Ross? Se já não bastasse ser um participante esquecível, ainda me vem umas apresentações desconexas e detestáveis. Só queria logo o fim e felizmente sobrevivi.

SELO_TVUS_010_BlakeS_ParaDePassarVergonha SELO_TVUS_075_TayloS_TinhaNemQueEstarAquIQueridinha SELO_AllReality_001_RangerRosa_ToAgoniada

#TEAMALICIA: Wé McDonald – “God Bless the Child” by Billie Holiday

Gerson: Wé foi outra que apostou em uma música diferente essa semana. Muito teatral, ela esteve super à vontade no palco. Achei que ela conseguiu se destacar legal, mas a presença de palco foi horrível. Ela soou muito como Alicia, inclusive na postura do palco e na interação com a plateia. Foi uma apresentação gostosa de assistir, tirando aquela nota bizarra no fim.

Clarice: O QUE ALICIA FEZ COM A WÉ?????? Por essa água de Jesus, que apresentação cagadaaa!!! hahahahahaha Eu só consegui rir o tempo todo, e só piorava com o passar do tempo. Eu ODEEEEEIO essa teatralidade que Wé trouxe e vem trazendo toda semana, essas falas durante a música querendo fazer a Alicia, essas reboladinhas tentando ser sensual… nada disso faz parte do que Wé é e acaba deixando tudo tão forçado que não me conecto a nada do que ela canta. Sei que muito vão amar Wé hoje, mas eu novamente odiei. Saudades Wé com seu tom mais grave arrasando na vibe MENOS É MAIS de “No More Drama”

Netto: Eu tô dividido. A performance foi legal vocalmente, mesmo sendo descontrolada e Wé teve uma entrega divertida, ao menos pude rir mais uma vez. A bicha foi de tropeço, uivo, e agora esta vibe bem Broadway evangélica. Sinceramente, Wé is the new Koryn, só consigo rir bastante ao fim de cada performance. Quero saber a surpresa do próximo live e, no mais, só sinto falta da Wé dos nocautes, aquela sim arrasava.

SELO_TVUS_064_Adam_MTOBOM SELO_TVUS_046_Carson_OLHAOMICO SELO_TVUS_083_Adam_QualNecessidadeDisso

#TEAMADAM: Brendan Fletcher – “True Colors” by Cyndi Lauper

Gerson: Quem nasce Brendan nunca vai ser Javier. Bjs! Assim, achei arriscadíssima e erradíssima a escolha da música. Brendan é bem chato, fez uma apresentação linear, chata, e quando tentou subir soou agressivo, totalmente fora da mensagem da música. Eu achei um saco, sonífero e completamente desconexo. Não deu não.

Clarice: Brendan hoje tirou o pé e mostrou algo totalmente diferente. Veio mais lento, um arranjo inusitado de “True Colors”, deu até uma segurada na sua rouquidão QUE EU AMOOOO pra se encaixar melhor na música, mas sua emoção aparecia mesmo quando ele colocava a rouquidão em jogo. Não foi sua melhor performance, mas foi lindo mesmo eu ainda achando arriscado pela songchoice. hahahaha

Netto: Vamos lá migos. Brendan não foi necessariamente a pessoa que mais amei desde o início, Adam escolheu-o ao invés de Bindi nas batalhas (que odiei, mas superei), e aí ele deu uma melhorada significativa no nocaute. Foi naquele momento que entendi o porquê do amor de alguns dos meus melhores amigos paneleiros por ele. Porém, não gostei totalmente de nenhuma performance dele nos lives. A rispidez presente na voz de Brendan permite que o mesmo seja raivoso apresentando-se, por isso ao ver True Colors fiquei preocupado, pois é uma música sobre paz e bem. Amo o sorriso do homem e senti que ele se esforçou pra não soar muito agressivo, dada a mensagem da música. Porém, tenho que assumir uma coisa: AMEI a aspereza dele precisamente no verso “Don’t be afraid”, casou muito bem. Por fim, já tiveram piores dele no programa.

SELO_TVUS_092_Xtina_MorteHorrivel selo_tvus_143_adam_foiadoravel SELO_TVUS_111_Usher_AtéQueFoiBem

#TEAMBLAKE: Sundance Head – “Me and Jesus” by Tom T. Hall

Gerson: Gente, chocado com Sundance! Esse homem faz de tudo um pouco! Depois de arrasar com o hino de Alicia Keys na semana passada, ele trouxe um estilo diferenciado dentro do country, numa música gospel. Só que alguma coisa deu errado… Começou muito devagar, sem graça, cansativo. Só que no fim Sundance conseguiu se jogar e brincar com a música, levantando a plateia! Aí sim eu amei!

Clarice: Nosso amiguinho Dança do Sol vem de uma semana BRILHAAAAANTE com “No One” pra esse country gospel bizarro? Sério isso, braseeeel??? Eu só sabia era rir… vergonha alheia total!!! hahaha

Netto: Eu adoro Sundance, mas que porra foi essa? Odeio roça + gospel vibes, não me diverte em nada, só me traz Jake W. em 2º lugar na 6ª Temporada e Bradcu vencendo a 4ª. Sundance é muito melhor que isso. Sigo sonhando por uma temporada igual à 5ª, sem country uos e torço para que um dia exista um programa apenas sobre artistas pertencentes a este gênero músical, para que assim meus indie, pop, rock e folk possam brilhar sem medo de serem tombados pelos fazendeiros.

SELO_AllReality_033_Ines_Gente selo_allreality_045_gloria_talokabixa SELO_TVUS_115_Adam_DEUSMeLeva

#TEAMMILEY: Ali Caldwell – “Without You” by Harry Nilsson

Gerson: Mesmo muitos odiando Ali na semana passada, eu adorei que ela saiu de sua zona de conforto. Nessa semana, ela trouxe algo diferente de novo: uma música de diva (quem não lembra de Mariah Carey cantando isso?). Assim, achei que Ali estava bem entregue à música, estava plena, bem diva mesmo. Mas não foi um lacre não. Poderia ter sido, mas não foi. Foi legal.

Clarice: Eu sou uma grande fã de Ali desde sua blind (que foi com songchoice errada, mas eu via potencial), porém seu grande momento foi nos Playoffs. Hoje ela tinha uma grande música em mãos e poderia LACRAR O CÉU E O INFERNO… mas quando acabou fiquei com a sensação de que faltou algo. Vocalmente ela foi ótima, os high notes do final foram incríveis, mas a subida da música não soou legal pra mim… ela pareceu ter perdido o tom, a afinação.

Netto: Quando vi que era Mariah, sabia que viria coisa boa, é a área de Ali. Pra falar a verdade, não foi nada espetacular, mas foi até legal. O que não ajuda muito é ter sido essa música chata e repetida. Porém, em respeito à boa técnica que Ali sempre apresenta, tenho que elogiar, mesmo sabendo que já houveram melhores em sua trajetória no programa.

SELO_TVUS_084_Adam_MandouBem selo_tvus_121_miley_yourefabulous SELO_TVUS_066_Adam_GOODWORK

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Bom gente, nenhuma performance lacradora nesta noite, mas várias performances legais e divertidas. Amanhã quando acordarmos não lembraremos de mais da metade, mas tá valendo KKKKKKKKKKK

Considerando que Aaron já está no Bottom, o par ideal pra acompanha-lo seria Brendan e Courtney, que foram bem sem graça e esquecíveis nessa noite. Porém, sabendo que Brendan é o queridinho do público, não me surpreenderia de ver Austin ou Christian dividindo o Bottom com Aaron e Courtney.

E vocês, o que acharam da noite? Quais suas apresentações preferidas? Quem merece sair? Não deixem de dar suas opiniões e votar na nossa enquete! Amanhã trago os resultados quentinhos pra vocês, assim que saírem. Até lá!

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
  • Pingback: Panela de Séries » Arquivo » The Voice US – S11E22 – Top 10 Results()

  • Ricardo F.

    PIOR TEMPORADA DE TODAS!!! Sério, não tem NINGUÉM que eu consiga ver como um vencedor decente! A única que ainda simpatizo é a Ali, mas a Miley tá cagando completamente nas song choices (dar Without You pra alguém cantar em pleno 2016 é o cúmulo!). Eu realmente queria acreditar que ainda pode melhorar, mas, a essa altura, é praticamente impossível 🙁

    • Gerson Elesbão

      Oh Ricardo! Você esqueceu da S6, homem? Aquela temporada chatíssima que coroou o Josh Flopmann! HAHAHAHAHA

      Enfim, a temporada tá ruim mesmo. Não dá nem pra ter esperanças, faltando 2 eps só!

      abraços!

  • Tatiana

    Pra mim, melhores: Billy e Sundance (não me decepcionam), Christian e Brendan, me surpreenderam, gostei. Agora, Ali, Wé e Courtney acham que podem ganhar no grito. Wé, foi uma piada, e imitando a Alicia (até no cabelo) ficou pior ainda, Ali, muita raiva do que a Miley está fazendo com ela (música brega, vestido brega e até aquele vento estava brega)… deusulivre! Pra mim saia a Courtney e a Wé que não fariam falta alguma. Os outros… são os outros.

    • Gerson Elesbão

      Tati, quanto ódio no coração! HAHAHAHAHA

      Billy e Sundance os donos da temporada, resta aceitar. Por outro lado, não gosto de Brendan e Christian. Sou mais Ali e Wé, mesmo com as cagadas das coaches. Vamos torcer pra que melhorem!

      abraços!

  • Gabriel Esteves

    Gerson… tudo bem? Já sabe né, quero esses bottoms por e-mail.

    Falando do Top 10 gente, que flop foi esse. Pior que o Top 11, essa temporada vai ser a pior da história de longe. Falarei por times…

    Team Adam: Não entendo mais nada de Billy, gente, tanta música Pop maravilhosa pra ele cantar e Adam só dá coisa ruim pro menino, sério, terrível. Josh foi mais uma vez just ok, ele é genérico e isso não é a melhor coisa pra minha opinião, pois já é Top 10, precisa de inovar. Sobre Brendan, cara, não canta a música do Playoff de Michelle Chamuel não, sério, você não passou emoção alguma, cantou palavras sem qualquer sentido, mexeu em terreno errado, Adam, detestei, o pior é ver essa apresentação no Top 10 do iTunes, América, de cagada já basta o Donald Trump sério mesmo.

    Team Miley: Check-In no Bottom pro Aaron. Acho que a música foi mal escolhida, ainda acho que Miley deve dar música dessa década pra ele, não tá rolando essas músicas. Ali foi bem, mas senti que falta alguma coisa, pelo menos é competente e espero que chegue a final.

    Team Alicia: Gente, Alicia tá tendo aulas de coaching com o Pharrell só pode. O que essa música do Christian, serio, cancela isso e ele forçando choro, vergonha alheia. Wé segue superestimada mas dessa vez pelo menos tentou inovar, ficou uma merda, mas tentou, sobre forçar presença de palco, volta na apresentação no Top 12 e veja ela, forçada desde sempre e péssima.

    Team Blake: Gente, essa Courtney, elimina. Horrível. Austin é outro também, péssimo nem devia estar ai. Sundance me decepcionou, não gosto dele mas ele inovava, tentava fazer algo, achei super brega.

    Por fim, como não sou obrigado a lembrar que o Brendan cantou “True Colors” deixo o Live Playoff de Michelle Chamuel. Volto amanhã se Deus quiser com uma vitória de Miley no Bottom e ainda tirando dois do Blake numa cajadada só. Até.

    • Ricardo F.

      Esse Playoff da Michelle é um dos melhores da história do programa! Enquanto isso, temos que aguentar uma temporada que, em pleno top 10, não entregou nenhuma apresentação memorável!

    • Gerson Elesbão

      Gabriel, vou ter que correr atrás da Clarice e do Lindomar pra eles te enviarem os bottoms! Prometo que até o fim da temporada tá lá! HAHAHAHHA

      Adorei seus comentários e concordo em quase tudo. Acho que Josh foi super bem, assim como Wé e Sundance. Os piores mesmo foram Brendan, Aaron, Austin e Courtney. Pelo menos os eliminados vieram daí! Podia ser o Brendan, mas aí é sonhar mt alto KKKKKKKKKK

      abraços!

%d blogueiros gostam disto: