Posts Populares

The Voice US – S13E06 – The Blind Auditions, Part 6

ALL TEAMS ARE FULL!

E é em clima de encerramento que chegamos ao último dia de audições! O fatídico momento em que ouvimos, entre comemorações, quatro vezes a frase “MY TEAM IS FULL”. E preciso dizer: não via a hora de acabarmos de uma vez por todas e avançarmos pras batalhas! Haha.

E se a Miley tinha a meta de fazer “herstory” e ter o primeiro time completamente feminino do história do The Voice… Nós chegamos lá também! Pela primeira vez ever, tenho a honra de apresentar-lhes a primeira review do TVUS comentada por 3 mulheres poderosíssimas! Hoje tenho comigo, Clarice e Tati! Segura esse #GirlPower! ♥

Mas como sei que todos também estão impacientes e estão loucos pro fim do episódio, assim vemos os previews das batalhas… Vamos finalizar essas audições por agora e para sempre! ALELUIA, MANAS!

[#TeamBlake] Kristi Hoopes – “Heaven, Heartache and The Power Of Love” by Trisha Yearwood

Luana: Gente, antes de falar da performance, só tiveram 2 coisas que eu conseguia pensar: primeiro, por que diabos a menina estava usando um chapéu num estúdio? Segundo, a Jennifer não consegue ficar de fora quando outros 2 coaches viram, gente? LMAO. Mas enfim, vamos ao que importa… Kristi fez o dever de casa, mas vamos ser sinceros, com uma temporada tão cheia de artistas country, o que ela faz pra se destacar? Sinto que assim que o episódio acabar, eu não vou lembrar de mais nada dessa performance, sinto muito.

Tati: Primeiramente, eu adoro essa música. Ela é muito jeca sim, mas é daquelas que eu escuto e já quero colocar minhas botinhas. Mas Kristi ficou completamente sem fôlego e fora do ritmo em alguns momentos e acabou deixando a música completamente chata. Não deu pra gostar muito do que ela fez e achei um absurdo ela ter virado 3 cadeiras.

Clarice: Jura que Miley foi a única que não virou pra bixinha country? Mas amei que Miley disse que apoiaria Adam… gosto assim! hahahaha Notei uma certa vibe vintage em Kristi, no entanto a música foi meio chatinha mas ela se mostrou bem a vontade no palco e comandou a performance. Vocais dela foram bacanas, apresentou um alcance interessante e foi no safe ao escolher Blake. Mais do mesmo…

 

 

[#TeamAdam] Michael Kight – “Sugar” by Maroon 5

Luana: Chocada que eu estava no The Voice e nem sabia! Me identifiquei com a história do boyzinho sendo todinha sobre o Adam, LMAO. Mas vamos falar de performance… Ele ganhou uma cadeira de consolo, né? Eu tenho certeza que o Adam virou pra recompensar o rapaz, porque a versão foi super meia boca e os vocais dele sequer conseguiram expressar alguma coisa. Eu nem preciso piscar pra dizer: cordeirinho de batalhas, com certeza.

Tati: Chocada que o menino é fã do Adam de verdade. Mas também, né? Um mozão desses <3. Amo quando trazem hinos dessa banda maravilhosa, mas é preciso tomar muito cuidado com a canção. Sugar é uma boa música para a voz de Michael, mas não gostei muito da mudança do arranjo. No mais, ele tem um timbre gostosinho e fez o famoso feijão com o arroz e vamos ver o que ele mostrará daqui pra frente. Ps: achei fofo ele não conseguindo esconder o sorrisinho dele quando o Adam virou, eu também ficaria assim. Hahaha.

Clarice: Michael, colega, te entendo… Também abalaria minhas estruturas se visse Adam virando a cadeira pra mim! <3 Sou apegada demais as músicas das minhas bandas faves, apesar de amar novos arranjos, fico em cima do muro total! Gostei da mudança que Michael trouxe, voz dele é interessante e deve estar nas nuvens nesse exato momento!

 

 

[#TeamJHud] Jeremiah Miller – “Slow Hands” by Niall Horan

Luana: Antes de mais nada, que songchoice ruim! Eu já não gosto dessa música, acho chata, pra dizer o mínimo. Daí o carinha vem dizer que já esteve em boybands, vocês sabem o que eu odeio mais do que essa música? Boybands, eu tenho um ranço incrível de boybands. Ou seja, Jeremiah… Não tinha muita coisa que você poderia fazer pra conseguir tirar algo de mim. Mas vou te dar isso aqui: sua voz soa bastante atual, sabendo usar, nas canções corretas, talvez você possa ter sucesso na vida. Já no programa: por favor, vá pra casa e leve os outros 2 que vieram antes de você junto!
P.S.: perdoem minha amargura, mas foi muita coisa que eu tenho ranço junto, entendam meu sofrimento, por favor.

Tati: Obviamente, a escolha da música está me influenciando para eu não ter odiado essa audição. Achei Jeremiah um pouco fraco, em alguns momentos a voz dele me soou um pouco chatinha demais, mas deu pra assistir e curtir um pouco da música que eu amo demais. Enfim, esse é aquele tipo de candidato que a gente não vê muito futuro na competição.

Clarice: Dos ex-1D, Jeremiah pegou a música mais chatinha! Voz dele não pareceu ter um alcance muito grande, inclusive falhou num certo momento. O pop esteve bem presente na voz dele, mas deve rodar logo na competição pois tem artistas melhores.

 

 

[#ELIMINADA] Serina Rae – “Stand By Me” by Ben E. King

A gente tem tanta coisa igual nessa temporada, que eu confesso que lowkey desejaria que a Serina tivesse conseguido uma cadeira. Infelizmente, ela acabou deixando os coaches confusos com as transições entre inglês/espanhol, assim como também com suas passagens de registro alto para baixo, eles realmente pensaram que se tratava de 2 pessoas, uma cantora mais forte e outra não tão refinada. Então claramente, Serina tem bons pontos para trabalhar. Mas sei que teria sido MUITO legal ter alguém fazendo algo tão fora da caixinha nessa temporada tão dominada por country e R&B. Fica aqui meu lamento pela originalidade.

 

[#TeamMiley] Megan Rose – “Ode to Billie Joe” by Bobbie Gentry

Luana: Meu Deus do céu, lá vai a gente de country de novo! Megan é adorável, e acabou até me surpreendendo positivamente. Diferentemente da Kristi, eu consegui entrar mais na performance dela. Não vai chegar a entrar entre minhas favoritas, mas tenho certeza que ela pode vir a entregar boas performances mais pra frente. A única coisa pesando contra é que temos muitos artistas country na competição, e uma boa parte que é melhor (tecnicamente) do que Megan. Ela precisa encontrar seu caminho para se soltar da multidão, caso contrário, assim como Kristi, acabará esquecida em churrasco.

Tati: Ai gente, achei a voz da Megan muito agradável de se ouvir. Talvez tenha sido a songchoice que não tenha permitido que ela mostrasse mais. Mas achei uma blind decente, vocalmente ok, apesar de não ter me empolgado nadinha.

Clarice: A voz dela é mais suave que a de Kristi, ambas country, ambas com músicas chatas! hahahaha Acredito que se Megan tivesse vindo com uma músicas mais intensa, teria mostrado seus vocais de forma mais apropriada. Voz sabemos que ela tem, mas parecia escondida! hahahaha Ou a bixa mostra a que veio ou roda já já!

 

 

[#TeamAdam] Gary Carpentier – “Home” by Michael Bublé

Luana: Que timbre gostoso! Assim que o Gary começou a cantar eu só queria poder escutar mais, mas daí o Adam virou, garantindo a Gary a última vaga da 13ª temporada do The Voice, e o boy simplesmente quase morreu no palco… Era Gary chorando de um lado, noiva do outro, eu manteiga derretida emocionada aqui também, Jennifer e Blake fazendo um dueto, Miley cantando pro Adam… Era tudo, menos a mesma performance que do início, haha. Mais perto do fim, Gary conseguiu se recompor e a performance voltou a ser quase tão agradável quanto foi inicialmente. Por fim, espero que possamos ouvir mais desse timbre maravilhoso no próximo round!

Tati: Geralmente, a última pessoa a virar a cadeira sempre me agrada bastante, principalmente pelo nervosinho se vai conseguir ou não. Mas a blind de Gary foi uma das últimas a qual eu menos gostei das últimas seasons, viu? A voz dele é bem gostosinha, mas não consegui me conectar ao que ele cantava e até achei um pouquinho chata. Merecia cadeira, mas não me marcou tanto como eu esperava.

Clarice: Ahhhhhhhhhhhh eu adoro essa música! <3 Voz do Gary parece ser muito boa… mas foi o que menos consegui ouvir nesses 90 segundos porque teve chororô, bate papo, JHud cantando, Miley espiando (o que eu achei engraçadissimo) e o próprio Gary se tremendo todo e perdendo o rumo da performance. Mas gostei… só que terei que ouvir o estúdio pra ouvir mais! hahahaha

 

 

• CONSIDERAÇÕES FINAIS •

Agora com todos os times completos, já podemos focar nas batalhas, né não? Mas antes, vamos só dar uma breve checadinha nas equipes finais e enaltecer os meus favoritos, isso mesmo, no PLURAL. Após uma S12 desastrosa para essa que vos fala, a S13 parece promissora, onde eu talvez possa apostar em mais de 1 candidato para amar! Sem mais, sim’bora fechar isso aqui!

#TeamAdam: Adam Pearce, Anthony Alexander, Brandon Brown, Brandon Showell, Dave Crosby, Dylan Gerard, Emily Luther, Gary Carepentier, Hannah Mrozak, Jon Mero, Michael Kight e Whitney Fenimore.

O Team Adam é dono da maior concentração de 3 chairs por metro quadrado que possivelmente já houve nesse programa. E esse fato curioso acaba refletindo muito bem sua situação, é um bom time, mas bem morno no geral, um grande 3 chairs que bateu na trave da glória. Sem sombra de dúvidas, o grande destaque da equipe é o energético cantor pop Jon Mero e eu realmente espero que ele continue a entregar boas performances e se mantenha pop e atual, é um diferencial e tanto numa temporada tão dominada por outros 2 gêneros musicais.

Também destacaria, por gosto pessoal: Emily Luther, que com uma técnica quase que impecável promete trazer uma vibe mais vintage pro palco do programa; e surpreendentemente, Anthony Alexander, pode ser coisa de 1 performance, mas que eu fiquei muito viciada nesse falsete suave e que sai aveludado e sem esforço, eu fiquei sim! Manda mais!

#TeamBlake: Adam Cunningham, Anna Catherine DeHart, Dennis Drummond, Esera Tuaolo, Keisha Renee, Kristi Hoopes, Mitchell Lee, Natalie Stovall, Noah Mac, Rebecca Brunner, Red Marlow e Ryan Scripps.

O Team Blake, assim como de costume, é predominantemente country, mas conta com a presença de algumas ovelhas negras que podem buscar seu espaço, já que o Blake vem num trend de dar chances para outros gêneros musicais, principalmente o R&B! O principal nome do time tem de ser a única 4 chairs nele, a aspirante a cantora country, Keisha Renee! Keisha vem de um background R&B fortíssimo, mas segundo a própria, ela sempre quis ser uma cantora country e foi para isso que entrou no programa e escolheu o grande rei da máfia country! Sei que sempre poderemos esperar ótimas performances vocais da moça, então não vejo a hora de ter mais!

Também destacaria, por gosto pessoal: Noah Mac, que com um timbre maravilhoso tem tudo a seu favor para se tornar o grande underdog da competição, tudo o que precisa é de uma chance e espero que o Blake seja capaz de enxergar isso; e já voltando pro country, destacamos Mitchell Lee, que com sua vibe super Barrett tem escrito “GRANDE AMEAÇA” em sua testa. Ele tem crossover potential, o que o deixa ainda mais perigoso. Tendo o jogo a seu favor, Mitchell só precisa encontrar as músicas certas para melhor destacar sua voz e correr pro abraço no maior estilo Barrett Baber!

#TeamJHud: Alexandra Joyce, Chris Weaver, Davon Fleming, Eric Lyn, Ignatious Carmouche, Jeremiah Miller, Kathrina Feigh, Lucas Holiday, Maharasyi, Meagan McNeal, Shi’Ann Jones e Stephan Marcellus.

Outro time bastante dominado por um único gênero musical e representando o outro lado da moeda, é o Team JHud. A atual campeã do TVUK virou pra MUITA gente nessa temporada, mas acabou com um time bem unidimensional, ainda que bastante promissor! Na minha opinião, o grande destaque da equipe merece ir para Davon Fleming! Sim, Davon é mais um cantor de R&B, mas tem algo diferente nele, ele soa original e tem total capacidade de se destacar dos demais de sua equipe! Além de uma personalidade maravilhosa!

Também destacaria, por gosto pessoal: Chris Weaver, nossa amada drag queen que teve a honra de abrir as audições da temporada. Para alguns, devido ao tempo, o Chris parecer apagado, mas seu timbre bastante rico tem muito a oferecer e sua parceria com a Jennifer pode ser muito proveitosa; o outro destaque pode soar estranho para alguns, mas eu irei de Meagan McNeal! Ontem essa moça me desafiou e me fez gostar de uma versão completamente diferente de uma canção do The Weeknd e isso porque eu havia detestado sua preview! Meagan tem uma grande voz, e definitivamente, pode crescer na competição e alcançar novos patamares com ajuda de sua mentora!

#TeamMiley: Addison Agen, Ashland Craft, Brooke Simpson, Chloe Kohanski, Ilianna Viramontes, Janice Freeman, Karli Webster, Katrina Rose, Megan Rose, Moriah Formica, Shilo Gold e Sophia Bollman.

O Team Miley é a personificação do #GirlPower, pois é unicamente formado por garotas! E provando, mais uma vez, que o sexo feminino pisa horrores, este é também o melhor time até agora! Apenas 1 ou 2 nomes enfraquecem a corrente, mas creio eu, que exatamente por esse motivo, não irão permanecer por muito tempo por aqui (assim espero). O principal destaque dessa equipe é também a minha audição preferida de toda a temporada, Moriah Formica! Desde a S6, representado pela Kar Perkins, que o rock ‘n’ roll feminino encontrava-se morto numa vala! Mas Moriah parece vir contudo renascer este gênero maravilhoso das cinzas, assim como uma fênix! Já no aguardo dos próximos lacres dessa jovem aspirante à Janis Joplin.

Destacando também, por gosto pessoal: Karli Webster, dona e proprietária do timbre mais lindo de toda S13! Karli não precisou de muito mais que sua doce voz para entregar uma das blinds mais maravilhosa que tivemos e eu já consegui imaginar ela cantando coisas maravilhosas e me fazendo colecionar VÁRIOS estúdios, estou prontíssima; outro grande destaque da equipe tem de ser a loirinha country, Ashland Craft! Uma das perdas mais dolorosas (e que vai custar caro, digo de agora) do Blake Shelton nas audições, Ashland vem pra dar para a Miley a coroa de melhor aquisição country da temporada. E daqui pra frente eu não espero nada menos do que bom trabalho, e pelo amor de Jesus, BOAS SONGCHOICES e que fujam um pouco do tão batido country de cada dia!

Sem mais blá blá blá, ficamos por aqui e finalmente… Fiquem com o tão esperado sneak peek das batalhas, com a participação dos advisors Joe Jonas (Team Adam), Rascal Flatts (Team Blake), Kelly Rowland (Team JHud) e Billy Ray Cyrus (Team Miley)!

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Luiz Barcelos

    Por que os mentores não investem em músicas da incrível Christina Aguilera para as batalhas? Apesar de ser difícil de cantá-las, as músicas dela são perfeitas!

    • Luana Medeiros

      Xtina é minha cantora feminina preferida! Mas acho que depende muito do encaixe, lembro de uma vez o Adam ter dado “I Turn To You” em uma de suas batalhas na S7 e acabou deixando muito a desejar. Por ela ser uma grande cantora, dar uma música dela para uma batalha é complicado para fazer funcionar.

  • Pedro Oliveira Alves

    Alguns pareamentos, uns confirmados pelo vídeo (ou pelos spoilers) e outros apostados por mim, seguido das songchoices. Pode ser spoiler!


    ADAM
    Anthony Alexander x Jon Mero
    Brandon Showell x Hannah Mrozak (COLD WATER)
    Gary Carpentier x Emily Luther
    Brandon Brown x Whitney Fenimore
    Adam Pearce x Dylan Gerard
    Dave Crosby x Michael Kight

    BLAKE
    Rebecca Brunner x Esera Tuaolo (alguma do NSYNC, talvez BYE BYE BYE)
    Red Marlow x Ryan Scripps
    Mitchell Lee x Dennis Drummond
    Noah Mac x Keisha Renee (I’M SO LONESOME I COULD CRY)
    Anna Catherine DeHart x Adam Cunningham
    Kristi Hoopes x Natalie Stovall

    MILEY
    Addison Agen x Karli Webster (GIRLS JUST WANT TO HAVE FUN)
    Moriah Formica x Shilo Gold
    Janice Freeman x Katrina Rose
    Megan Rose x Ashland Craft (REDNECK WOMAN)
    Sophia Bollman x Ilianna Viramontes (I AM WOMAN)
    Chloe Kohanski x Brooke Simpson

    JENNIFER
    Chris Weaver x Kathrina Feigh (DANGEROUS WOMAN)
    Alexandra Joyce x Jeremiah Miller (ONE CALL AWAY)
    Meagan McNeal x Lucas Holliday (MY PREROGATIVE)
    Davon Fleming x Maharasyi
    Stephan Marcellus x Shi’Ann Jones (I’M YOUR BABY TONIGHT)
    Eric Lyn x Ignatious Carmouche

    boatos de que alguma dupla vá cantar alguma musica do Arctic Monkeys…

    • Luana Medeiros

      Nossa, seria meu sonho Arctic Monkeys no The Voice? Já quero! Haha

      • Pedro Oliveira Alves

        É só boato, mas se for “Why’d You Only Call Me When Yo’ure High” eu fico literalmente HIGH!! sz

    • Sofia Ferreira

      Só olhando os pareamentos já da pra se ter uma noção de quem vai ganhar hehe…

      Vazaram ontem um vídeo dos pares, você acertou quase todos, só:

      TEAM BLAKE
      Anna vs Kristi
      Natalie vs Adam

      TEAM MILEY
      Sophia vs Brooke
      Chloe vs Ilianna

Luana Medeiros

Imagine só que um dia me foi perguntado quem eu era, e juro, até hoje não sei responder. Mas os fatos são: tenho 21 anos; sou de escorpião; amo meu cachorro e meu gato mais que tudo; estudo Rádio/TV/Internet, ouço Maroon 5; piro no Adam Levine; consigo colocar os pés atrás da cabeça; e – contraditoriamente – por fim, nasci de 7 meses.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu