Posts Populares

The Voice US – S13E26 – Live Finale Performances

Que hino de Top 3!

Depois de um massacre bem traumático pra mim, estou aqui pra falar sobre esse hino de Top 3, com três cantoras que me agradam bastante, e dto Red, né? Mas este por meras obrigações contratuais haha. Eu sei que em primeira instância pode parecer apenas implicância com ele por causa de seu estilo musical, mas não é. Pra mim, temos um arrastado pela máfia e a desculpa sobre o fato dele ser um “country clássico” não cola pra mim e chega a ser um desrespeito com outros candidatos do estilo que já passaram por ali.

Mas, enfim, que bom que temos outras três boas artistas para salvar essa grande final e estou escrevendo essa introdução esperando performances no nível de “Total Eclipse of The Heart”, “A Case of You” ou “Amazing Grace”. Será que teremos? Espero que sim! Hoje teremos três performances de cada artista: o cover, a original e o dueto com o técnico, totalizando 12 apresentações. Para comentar sobre elas, tenho comigo hoje os paneleiros João e Nye. Bora começar, pois hoje a noite é longa!

[#TeamAdam] Addison Agen – “Humble & Kind” by Tim McGraw

Tati: Quando fiquei sabendo do quanto essa música é especial para Addison e tudo que significa para ela e sua família, já sabia que ela se emocionaria muito no palco. Primeiramente, pela letra que em si é muito bonita e segundo pela capacidade maravilhosa que essa menina tem de se conectar com qualquer música. Dessa vez não foi diferente e ela, mais uma vez, teve a capacidade de contar uma história através de sua voz. Eu achei uma apresentação leve, embora estivesse carregada de emoção. Era como uma forma de gratidão mesmo. O choro no final não me incomodou e me deixou mais tocada ainda.

João: EU TE PERDOO, ADDI, PERDOO DE TODO MEU CORAÇÃO. EU CHOREI JUNTO COM ELA, NÃO VOU MENTIR. Jesus amado, queria muito que o The Voice surpreendesse a gente amanhã e essa menina saísse com a vitória viu? Quanta emoção em uma performance, quanto amor, quanta classe, isso sim é uma apresentação de final. Não apelou na songchoice, escolheu algo que tem valor sentimental, e cantou com o coração. Addison Agen, eu escolhi te amar. E nem mesmo os deslizes vocais no final (por conta das lagrimas presas na garganta) me incomodaram, porque foi com tanto sentimento, que eu nem consegui me importar. Me surpreenda positivamente, The Voice, eu nunca te pedi nada.

Nye: Eu não sei nem por onde começar, pois essa menina me emociona em um nível fora do normal. Tenho que enaltecer a capacidade dela em se conectar tão intimamente com as canções que cantou durante TODA A TEMPORADA e sim, mantendo-se sempre “humble and kind”. Tem como um artista conversar tão bem assim com tudo que canta? Se alguém ficou incomodado ou achou fake a emoção dela no final? Por favor, reveja e venha amar essa menina!

   

[#TeamBlake] Chloe Kohanski – Wish I Didn’t Love You – Original Song 

Tati: A Chloe de “Total Eclipse of The Heart” está VIVÍSSIMA! Eu senti a mesma conexão, a mesma entrega e a mesma concentração que ela apresentou semanas atrás. Dessa vez, senti diferença na questão técnica, realmente deu pra perceber sua voz estava desgastada e a percebi desafinando em alguns momentos. Mas esses problemas não me incomodaram, pois eu fiquei o tempo todo conectada ao que ela cantava. Eu achei a letra dessa música muito boa e tenho certeza que expressa o pouco da artista emocional que Chloe é.

João: Olha a música é até boa, vou mentir não. Gostei do palco, o vestido dela tava MARAVILHOSO, tudo muito bom. Exceto por ser a Chloe. Vamos e convenhamos, qualquer outra pessoa que cantasse isso na Original, não pegaria #1, talvez nem top10, mas a América tem um hype com essa menina que EU NÃO SEI EXPLICAR??? Que que vocês veem nela, gente? Ela tem a voz rouca gostosinha, mas nada além disso. Além de ter dado altas falhadas no meio da apresentação. “Ah, mas a Addison falhou e você elogiou” veja bem, são coisas diferentes, Addison falhou porque tava quase chorando, Chloe falhou porque não atingiu a nota mesmo, são coisas bem diferentes. Mas ok, já aceitei que essa menina vai ganhar.

Nye: Primeiramente gostaria de falar que eu AMO a voz da Chloe de paixão e enaltecer o quanto ela evoluiu na competição em questão de entrega. Nessa canção senti a voz dela falhar inúmeras vezes, mas realmente é algo que não chega a incomodar e baixar o nível do que ela entrega. Minha queixa vai ao fato dela estar escorando nesse estilismo para falhar sem qualquer consequências. Porém, um timbre único e sem dúvidas merece muito caso ganhe.

   

[#TeamBlake] Red Marlow & Blake Shelton – “I’m Gonna Miss Her” by Brad Presley

Tati: Olha, o começo estava agradável, a voz de Red estava “boa” e eu estava esperando algo mais emocional, pois eu não conheço a música. Mas do nada o arranjo mudou e voltamos àquele country que nos faz sentir em uma fazenda no meio de Nashville, com umas vaquinhas fazendo coro logo atrás. Sinceramente, eu achei um saco, não foi terrível, mas nada que me faça querer escrever nem mais uma linhazinha sequer.

João: Quer algo pior que um country? Só DOIS countrys. Jesus amado, já é nítido meu ódio por esse country raiz chato que só me da sono, e vocês me colocam dois country raízes com o mesmo timbre e o mesmo estilo pra cantar. Meu ranço só fez aumentar depois disso. Vi esse dueto só pensando em um possível dueto do Noah com a JHud, e imaginando as músicas que eles poderiam cantar, e o quão lindo seria. Saudades Noah. Para esses dois aqui só posso dizer uma coisa: dormi.

Nye:  Vamos começar a pagar as minhas penitências por todos os pecados que cometi em 2017, né mores? Antes de tudo quero ressaltar que tenho ranço real do Red, então meus comentários não serão imparciais. Mas quem liga, né? Para variar, o Blake nos levou para o chiqueiro e trouxe o típico dueto country raiz onde ele pode finalmente cantar sem pagar mico. Isso significa que a gente vai gostar, Nye? Não! Significa que não vamos saber distinguir esse dueto com os outros 50 que ele fez em outras temporadas.

  

[#TeamMiley] Brooke Simpson  – “What Is Beautiful” Original Song

Tati: Quando ouvi essa música pela primeira vez, alguma coisa me soou repetitiva, mas a melodia me fez gostar bastante do estúdio. No ao vivo, no começo percebi que ela também não estava 100% vocalmente (acho que todos, né?), mas eu percebi a evolução dela na própria performance, tanto vocalmente, quanto na questão emocional. Achei a final da performance tão intensa e bonita. Principalmente, a parte do “I’m rock”em diante. Não foi a melhor apresentação dela vocalmente, mas ela deu um show de entrega, como tem feito ultimamente, aliás.

João: Comecei gostando da música, da voz da Brooke na canção, realmente tava encaixando bastante. Mas chegou um ponto que tudo só repetia, ficava falando a mesma coisa do refrão varias e varias vezes. Foi bem enjoativo, achei fraco para uma original, preferi até mesmo a da Chloe. E o que era aquilo no ombro do vestido dela??? Ela brigou com o figurinista, C E R T E Z A. Palco tava bonito, mas nada que garantisse a vitória da Brooke, afinal, Chloe continua como favorita.

Nye: Não dá pra criticar a voz dela, né mores? Então vamos ao que me incomoda. A produção deu um figurino babado que servia como dica para a Brooke controlar o tanto de movimento exagerado que ela faz com o corpo, mas não é que a bonita deu um jeito de puxar o vestido e dar o tão famoso chutinho no ar que ela faz em TODAS AS APRESENTAÇÕES? Eu elogiaria muito a Brooke em um musical, pois essa teatralidade é bem típica, mas aqui me incomoda, me soa falso e agora me soa repetitivo. Tem que ter um chute, uma jogada de cabelo e um dedo indicador pressionando o peito senão não é a Brooke.

[#TeamAdam] Addison Agen & Adam Levine “Falling Slowly” by Once

Tati: MEU DEUS DO CÉU, EU ESPEREI TANTO POR ESSE DUETO. Da minha dupla do amor dessa season. Eu confesso que esperava outra música, mas achei a escolha tão boa e acertada para os dois. Foi algo tão singelo, simples e tocante. As vozes se harmonizaram de uma forma tão perfeita. Menos, nesse caso, foi mais, bem mais! E pra mim, esse foi o melhor dueto da noite.

João: Que coisinha mais fofa. Eu poderia escutar um álbum inteiro dos dois cantando só músicas assim. Sinceramente eu esperava algo mais puxado pro emocional, tipo Lost Stars, mas to feliz, esse dueto já valeu muito. Adam arrasando sempre nos falsetes, e a voz da Addi não foi engolida pela dele, como já ocorreu em alguns duetos (oi Will). Enfim, amo os dois, meus mozões, adorei, nota 10.

Nye: Eu não estava preparado para isso minha gente. QUE HINO DA PORRA! Obrigado por lavar minha alma, Addison e Adam. Obrigado por fazerem valer a pena essa final e me fazer esquecer do Blake por alguns instantes. AAAAAAAAAAAH. Você quer harmonia com seus pupilos, Miley e Blake? Sentem, assistam e aprendam!

[#TeamMiley] Brooke Simpson & Miley Cyrus by – “Wreking Ball” by Miley Cyrus 

Tati: Diferentemente do outro dueto, a proposta desse é bem diferente, até pela escolha da música. Eu sabia que as meninas iriam fazer uma performance bem poderosa e que uma hora ou outra Brooke iria fazer do palco uma pipoqueira e começar a pular haha. Eu não vou mentir que eu gostei, mas pelo menos deu pra perceber o quanto candidata e coach estão conectadas. Miley é muito maravilhosa no palco, gente! E Brooke tentou acompanhar como pode e quando deu, pulou, ao menos.

João: Que arraso esse palco, amei demais. Adorei esse dueto, de verdade, foi um lacre de vocais, com esse monte de brilho nas roupas, e esse jogo de luzes. Quando soube da songchoice achei que viria alguma cagada, mas a Miley trabalhou bem, embora em grande parte ela ficou cantando o principal e a Brooke só fazendo notas mesmo. Mas foi uma boa performance, melhor que a original da Brooke pelo menos. Só queria enaltecer a Miley cantando com aquele roupão HSUHUHUAHUAHU achei tendência, vou aderir.

Nye: MEU PAI AMADO O QUE DIABO FOI ISSO? Eu to bem decepcionado!!! Quando eu soube a música imaginei que ia ser O LACRE dos duetos, pois finalmente a Brooke ia poder soltar a franga em paz. Porém, ela simplesmente foi ATROPELADA pela bola de destruição Hannah Montana. Ao menos ela tentou, né mores? Ah, e o que dizer da decepção Miley com esse roupão prometendo uma super revelação e nos jogando um balde de água fria

[#TeamBlake] Red Marlow – “I Pray” (Original Song)

Tati: A apelação aos céus não pode faltar jamais, não é mesmo? Mas não vou mentir que achei a letra bonita e pelo menos ele tentou se conectar com a música. Isso quer dizer que achei a apresentação maravilhosa? Não, mas foi acima do que ele vinha entregando. O que não quer dizer muita coisa, já que Red é a definição de básico.

João: Se eu tivesse assistido só um minuto da apresentação eu já teria visto ela inteira. Linear, chato, na zona de conformo, não mudou nada de uma semana pra outra. Essa é a original, mas mesmo se ele tivesse cantado ela la no top12 e repetido aqui, eu não saberia, porque tudo que ele canta é idêntico. Me revolta um act tão fraco desse na final COM CHANCES DE GANHAR, e Noah fora, Jon eliminado no top12, Karli eliminada nos KOs. Esse cara na final é a maior prova de que a vida não é nenhum pouco justa viu? Tinha que ficar em 4º.

Nye: Oh, Blake, por que apela tanto? Pra que essas orações na final com esse homi que nem devia tá aqui? É sério, gente, eu não aguento. Sabotem esse homem! Olha que apresentação rasa, vazia, sem graça, sem sal e que CERTAMENTE vai ser amada pelos americanos. Mas o que dizer desse povo que elege Donald Trump, né? Enfim, penitência 2/3 cumprida com sucesso. Espero ir pro céu depois de hoje!

[#TeamBlake] Chloe Kohanski & Blake SHelton – “You Got It ” by Roy Orbison 

Tati: Ai gente, desculpa aqui, mas Blake tem o poder de deixar tudo chatinho enquanto está cantando, MAS Chloe deixou tudo tão melhor. Ela estava soltinha, deixou a performance tão mais leve. Blake praticamente não cantou e ela deu muito conta do recado. Pra mim, essa menina está pronta e eu fico feliz que o programa tenha deixado que ela brilhasse. Foi um dueto, mas pra mim só uma pessoa brilhou e mesmo tendo sido brega eu gostei hahaha, confesso que ele ficou atrás no meu ranking de duetos da noite, mas devo ressaltar que a songchoice foi acertada que combinou com Chloe e com a guitarra que foi bem tocada por Blake, ao menos.

João: Só vi até o final porque tinha que comentar. Dueto chato, música repetitiva, roupa da Chloe ridiculamente feia. Essa final ta MUITO ruim. Não vou lembrar de metade dessas performances daqui uma semana. Season 5 mandou um beijo com final de qualidade com SÓ 3 acts viu? Enfim, Chloe ofuscada, entrou errado em um tempo da música (de tão repetitiva nem a menina tava aguentando né?). Enfim, chatíssima, pior dueto da noite. Blake já foi melhor em moes? Acho que a idade ta chegando.

Nye: Unidos de Vila Shelton, quesito: Harmonia, nota – ZERO! Eu jurava que depois de detestar o dueto da Brooke eu não iria ter mais decepções, mas o Blake conseguiu cagar até a Chloe. A pobre entrou meio tímida, apagada, sem brilho, depois teve que levar a apresentação quase toda pra tentar salvar a gente do martírio que foi ouvir o seu técnico cantando. Ela tava tão desesperada para acabar logo com o mico que chegou a adiantar uma entrada e corrigir rapidamente. Quando os americanos vão nos presentear com uma final sem esse tipo de mico?

[#TeamBlake] Red Marlow – “To Make You Feel My Love” by Garth Brooks

Tati: Essa música é covardia comigo, minha gente! Eu amo tanto! E, mais uma vez, confesso que gostei do Red. A simplicidade, nesse caso, veio a calhar com a canção. Pra mim, existe uma linha tênue entre ser básico e mediano e ser simples e suficiente. No meu ponto de vista, Red em sua trajetória no programa sempre beirou as duas primeiras opções, mas, essa performance foi simples e suficientemente boa e acredito que tenha sido sua melhor performance.

João: Devo admitir que essa foi um pouquinho melhor, já que consegui um pouco de emoção dele na música, mas ainda assim, ELE NÃO SE ARRISCA NEM UM POUQUINHO. Inaceitável, meu deus do céu. #VoltaNoah. Como a América salvou esse country básico no Instant Save???? As tias do sofá descobriram o twitter, não tem lógicaaaaa. Quero chorar só de lembrar que isso era pra ser uma final “justa”.

Nye: Finalmente chegou ao fim minha penitência. Oh glória! Foi ruim? Não, foi péssimo mesmo! Principalmente porque a todo tempo a única coisa que eu queria fazer era tirar os fones e lavar meus ouvidos com muita Addison e Chloe (ou até mesmo Brooke). Vamos nos concentrar agora apenas em comemorar o fim disso!

[#TeamMiley] Brooke Simpson  – “O Holy Night” by Adolphe Adam 

Tati: Nas últimas semanas, Brooke tem optado por cantar músicas mais voltadas aos céus e acho uma jogada bem estratégica já que a gente sabe que isso toca os corações das tias e nada melhor do que uma música de natal para uma fase como essa. Achei a escolha muito acertada para Brooke e o coral casou perfeitamente com o momento e com a voz dela. Ela melhorou muito no quesito emocional e mais uma vez eu a senti conectada com o que estava cantando. Apesar de não ter sido melhor que “Amazing Grace” e “Faithfully”, eu gostei bastante.

João: A Brooke quer ganhar a qualquer custo né? Colocar uma musica de natal na final só porque ela sabe que os americanos vão morrer de comprar. Eu to bem revoltado. Todo mundo sabe que não é isso que ela quer fazer para a vida, mas a viada vai e faz isso na final só por conta dos votos. De qualquer forma, ficou paradinha lá, com o pedestal, fez bons vocais, o vestido tava melhor que na original, o palco tava legal, e o coral ajudou também. Mais pontos positivos do que negativos, só queria que ela fosse mais autêntica na música mesmo.

Nye: É amores, pelo visto Miley Cyrus está aprendendo a apelar com o Blake, viu? Se tem coisa que americano ama tanto quanto country e gospel card é música de Natal. Parabéns Miley Shelton! Mas vamos falar da apresentação e tentar ser o menos ácido possível. Brooke mandou muito bem e finalmente não a senti tão teatral, mas vocalmente achei que ela não mostrou muito, talvez pela música que tenha a limitado. Foi gostosinho, mas não passou disso.

   

[#TeamAdam] Addison Agen “Tennessee Rain” Original Song 

Tati: Addison é um anjo, vocês sabiam? Pelo menos é essa sensação que eu tenho toda vez que a escuto cantar. É como se toda a emoção que ela carrega em sua voz, descarregasse de mim qualquer sentimento ruim. Não importa se a música é triste, se fala de um ex-drogado, de uma mãe abandonada pelo marido, de alguém sofrendo o lado mais triste de amar ou de qualquer outra coisa pesada que nos faça querer chorar, o timbre e leveza da Addison me fazem sentir tudo de mais maravilhoso que a música é capaz de despertar em alguém. Essa menina, minha gente, é uma das minhas candidatas preferidas de todas as seasons. Não me importa que ela não ganhe, não me importa que outras pessoas a achem mediana e imatura e nem acho que o fato de eu achá-la maravilhosa e incrível seja desculpa para desmerecer tantos outros artistas igualmente maravilhosos que conhecemos nessa season, mas essa menina representa um pouquinho do que a música é capaz de fazer comigo. Minha performance favorita dela e eu só sei chorar com ela.

João: PRIMEIRO A GENTE GRITA “QUE HINOOOOO” DEPOIS A GENTE COMENTA. Addison não me decepciona nunca, meu deus do céu, que jeito lindo de fechar esse programa para essa bebezinha de apenas DEZESSEIS anos. Que música linda, ainda mais linda na voz e interpretação desse anjo que caiu do céu (obrigado Miley) no Team Adam. Outra coisa que gostaria de comentar é a relação linda que o Adam desenvolveu com ela, isso é raro, e só mostra o quão especial essa garota é. Ela pode não ganhar amanhã, mas não se esqueça dela, América, eu imploro. Obrigado The Voice por trazer mais esse presente pra minha vida. Sou muito Addison boy sim!

Nye: Não há mais palavras que possam descrever o quanto eu venero a Addison. Posso parecer aqueles fãs cegos e sem limites que enchem o saco enaltecendo sem limites um artista, mas olha pra isso, gente? Tem como achar um único defeito nesse anjinho lindo? A música é original e eu já consigo imaginar um álbum inteiro dela. Eu tô muito feliz que finalmente uma voz nesse estilo chegou a final e com chances reais de ganhar. América, vem com a Addison se redimir das várias temporadas cagadas que vocês fizeram!

[#TeamBlake] Chloe Kohanski – “Bette Davis Eyes” by Kim Carnes

Tati: Que HINO de cenário, Brasil! E como Chloe estava linda e entregue nessa performance! Essa apresentação veio pra não deixar dúvidas, que Chloe faz sim por merecer todo buzz em cima dela, pois ela realmente tem uma vibe retrô bem maravilhosa. O começo com os espelhos foi tão lindo e depois tudo que ela fez foi levar a apresentação de uma maneira tão gostosa de assistir. Devo concordar com Blake, ela é uma rockstar e eu fico um pouco impressionada sobre como ela é capaz de fazer duas apresentações tão distintas na mesma noite e ao mesmo tempo arrasar.

João: Tenho que falar que gostei bastante, ela parecia mais solta no palco, mais confortável. A música (que eu nunca tinha ouvido) se encaixou bastante na voz dela e foi ótimo. Mas como uma última performance da noite, em uma final, eu esperava MUITO MAIS. Achei quase tudo muito fraco, na noite toda. Pouquíssimas apresentações que foram realmente no nível de final. Estou decepcionadíssimo. Chloe fez a lição de casa, apenas, nada mais, e mesmo com isso deve levar o troféu pra casa. Eu to bem triste

Nye: Olha a Chloe finalmente saindo da zona de conforto, hein mores? Ensaiando um pouco mais de atitude, de presença, de domínio de palco. Apesar de elogiar a coragem dela, acho que foi um tiro no pé mexer em time que estava ganhando nessa reta final. Queria minhas bregueiras sim! Apesar disso, uma boa apresentação e execução okzinha.

Terminada as apresentações, só nos resta esperar o dia de amanhã, atentíssimos ao iTunes. Sinceramente, acho que todos eles irão muito bem, afinal, são as últimas vendas. Sinceramente, não acho que as posições no iTunes de hoje mudarão o resultado sobre campeã da season. Pra mim, está claro que será a Chloe e acho que só uma reviravolta bem grande (que não há mais tempo de acontecer) tiraria o título dela. Que bom, pois acredito que será uma boa vencedora.

Sobre o nível do programa de hoje: eu fiquei satisfeita. Addison, Brooke e Chloe fizeram ótimos covers e eu gostei das três músicas originais delas. Sobre os duetos, fiquei um pouco decepcionada, mas ainda bem que tive Adam&Addison para salvar a noite nesse quesito.  Amanhã voltamos para comentar sobre os frutos colhidos após as performances de hoje e, claro, comentar sobre a grande noite de resultados. Lembrando que a amanhã será dia de festa e já temos a confirmação de todas as atrações. Vejam abaixo quais são:

Duetos das finais com músicas CONFIRMADAS:

Noah Mac & Bastille – World Gone Mad
Red Marlow & Vince Gill – When I Call Your Name
Davon Fleming & Jessie J – Not My Ex
Chloe Kohanski & Billy Idol – White Wedding
Adam Cunningham, Keisha Renee & Bebe Rexha – Meant to Be 
Brooke Simpson & Sia – Titanium
Addison Agen & Norah Jones – Don’t Know Why

Algumas músicas bem batidinhas, né? Mas parece que teremos uma noite boa! Conto tudo para vocês amanhã. Enquanto isso, não deixem de votar nas enquetes! Beijos!

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Marjorie

    Acho que as 3 girls fizeram por onde pra chegar aonde chegaram e qualquer uma delas vencendo tá ótimo! Por questões de afinidade, prefiro a Chloé porque gosto bastante da voz dela (por mais desgastada que tenha ficado agora), do gênero e representatividade que tem e da evolução que o Nye comentou. E olha que era minha fave do team Miley, pq do Blake sempre foi a Keisha. Brooke é uma ótima vocalista mas a maior parte da competição soou muito exagerada, só ajustando as arestas de fato no top 10. Addison tem uma voz maravilhosa, evoluiu vocalmente e é uma grande intérprete, mas acabou me cansando um pouco por sempre cantar de forma “doída”, queria pelos menos uma música mais leve ou movimentada pra mostrar aquele algo a mais. Red, o que tenho a ver? Não que seja ruim, mas sai do programa do mesmo jeito que entrou nas blinds… Queria que fosse a Keisha ou Noah no lugar :/

    Enfim, qualquer uma ganhando é justo, aposto na vitória da Addison pelo simples fato de que Blake não ganha quando tem 2 acts na final e que Miley acordou tarde pra ser uma boa coach.

    • Sofia Ferreira

      Eu penso da mesma forma Marjorie, para mim Chloe e Addson merecem, mas se fosse pra escolher uma, me identifico mais com Chloe. Já está na hora de um cantor alternativo ganhar, sempre o country e o R&B não dá!

      • Marjorie

        Felizmente isso vai acontecer hj 🙂

    • Lindomar Albuquerque

      Blake não ganha com 2 acts na final? Ele ganha mlr, ganhou com Swon Brothers e Danielle; ganhou com Terry e Cassadee…acho que Chloe leva hoje.

      • Marjorie

        Sim, verdade, mas foi há 84 anos e o roteiro (e credibilidade) do programa era outro hahaha Mas vamos ver… Pelo menos o top 3 está muito digno <3

  • Boris

    A Addison é e foi a melhor cantora de toda a edição. Incrível. Também não consigo entender o porquê da Chloe (que eu achei que poderia justificar o hype que vinha recebendo) e do Noah receberem tanto buzz, mesmo não sendo, nem de perto, tão bons quanto ela.
    Sabemos que o The Voice não é um programa que o melhor vence, mas espero que a justiça seja feita dessa vez. Ficarei na torcida.

    • Tatiane Silva

      Ei, Boris! Também gostaria de uma vitória da Add, mas hoje apostaria mais em Chloe mesmo.

    • Tatiane Silva

      Ei, Boris! Também gostaria de uma vitória da Add, mas hoje apostaria mais em Chloe mesmo.

  • FINALMENTE UM SELO QUE ME REPRESENTA!
    https://uploads.disquscdn.com/images/f98e10a0ec352c561bb74a9cb8940fbccdefd7e134172a03e7a9e79c0e8aa18d.jpg

  • Pérola

    Não vi as apresentações ainda, só vim comentar: NORAH JONES TÁ VIVA E VAI CANTAR ‘DON’T KNOW I’ COM A ADISSON…… AAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

    • Tatiane Silva

      Mulher, só consigo imaginar esse dueto. Essa música, inclusive, seria perfeita para ela cantar no programa haha

Tatiane Silva

Sou uma Social Media e Community Manager que ama tanto o que faz, que acaba fazendo isso quase que o tempo todo. Eu moro na internet, por isso acrescento doses diárias de cultura inútil e memes que é pra eu não me entendiar. Amo realities musicais, gasto horas em grupos de discussão e sou viciada em coisas que me fazem dar boas risadas e esquecer da minha conta bancária negativada.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu