Posts Populares

The Voice US: The Comeback Stage (Digital Exclusive) – S15E03/04

E não é que o negócio tá super legal mesmo?!

Estamos de volta com a análise semanal dos nossos selecionados para o Comeback Stage. Kelsea segue recrutando e dando segundas chances àqueles que não tiveram cadeiras viradas. E mais que isso, ela tem a missão de prepará-los para um face-off para entrar nos lives shows. Esse pessoal tem que mostrar ao que veio, e é melhor fazer bonito, hein! A parada não vai ser fácil não.

O esquema da análise será como semana passada. Primeiro, brevemente irei comentar a audição fracassada dos acts, e depois, com ajuda do meu comentarista especial, irei avaliar os ensaios das segundas chances dos nossos pupilos! Essa fase das audições é realmente bem introdutória, o jogo começa pra falar nas batalhas, onde eles começaram a duelar entre si, até que reste apenas 2!

Hoje trago meu BFF Lindomar para comentar! Sim’bora!

Lynnea Moorer – “Location” by Khalid

Avalie a performance:

Gente, que timbre diferente e bonito! Preciso concordar que Lynnea não soube muito bem como encontrar seus espaços na música, mas sua voz marcante definitivamente se destaca. Eu nem acho que tenha sido uma má songchoice, afinal, já está mais do que na hora desses programas musicais se renovarem e passarem a dar atenção ao que está fazendo sucesso no momento. Não dá pra viver de “Run to You” e “When I Was Your Man” pra sempre, né. Apesar da performance bagunçada, ficou claro pra mim que Lynnea tem muito a oferecer ainda. Boa aquisição, Kelsea!

Wyatt Rivers – “River” by Leon Bridges

Avalie a performance:

Mas gente, chocada! Eu adorei a voz desse moço! Eu não sei se eu estou fácil demais de agradar, ou se realmente esses artistas estão dando conta do recado, mas o fato é que, mais uma vez, eu achei que a pessoa merecia ter cadeiras viradas. A voz do Wyatt soou um pouco trêmula em algumas partes e ele escorregou na afinação sim, mas nada que tirasse a beleza da performance. Inclusive, ele parecia estar bastante conectado e pra mim isso conta demais. Meus artistas preferidos nessas audições (DeAndre e Mackenzie) me ganharam exatamente pelo coração que entregaram em suas performances. Enfim, Wyatt muito reizinho merecedor do comeback! Kelsea, te amamos!

 

 

Comeback Stage: Lynnea Moorer – “My My My!” by Troye Sivan

Luana: Que coisa linda, aaaaaaa! Quando perguntada sobre o que possivelmente deu errado em sua audição, Lynnea concordou com o que Adam disse, que ela tentou “muitas coisas” e acabou se perdendo um pouco. Por conta disso, para sua segunda chance, ela optou por algo mais emocional, onde pôde estabelecer uma conexão e focar mais na emoção do que em seus malabarismos vocais. E minha gente, QUE ARRASO! Essa voz soa como veludo e na música correta ficou perfeito! Eu amei muito! Ele Ivory segue sendo minha preferida do Comeback, mas Lynnea é simplesmente maravilhosa!

Lindo: AAAAAH EU AMEI TANTO A VOZ DA LYNNEA em sua audição. Ela errou em diversos momentos mas mostrou um dos timbres e gingados mais singulares até então. Fiquei ainda mais surpreso em ver ela com essa canção do Troye Sivan e vimos uma outra vocalista ali no palco. Lynnea mostrou confiança, ritmo e afinação e vimos que ela pode ser uma cantora que pode navegar pelo R&B, Pop, Alternativo e Soul com facilidade, ansioso para ver sua batalha.

Comeback Stage: Wyatt Rivers – “One Call Away” by Charlie Puth

Luana: Olha gente, adorando as escolhas super atuais dos artistas nesse Comeback, sei que já falei isso, mas sempre bom destacar, haha. Mas algo engraçado aconteceu aqui…. Na contramão de todos os outros artistas retornantes, eu gostei mais de Wyatt em sua audição do que em sua segunda chance. Não achei o falsete dele tão legal, e apesar da música ser muito boa, acho que a primeira encaixou melhor com o timbre dele. Mas bem, isso foi só um pedacinho do ensaio, não podemos julgar definitivamente sem ouvir a obra final! Sigo ansiosa pra próxima fase! Haha.

Lindo: Eu vou dizer que amei o timbre dele, rouco e potente, mas ele acabou se perdendo no meio da linearidade da canção e no ritmo e isso justificou nenhuma das cadeiras virarem para ele. Por outro lado, gostei muito da sábia decisão de Kelsea Bailarinaaa trazer ele volta! E adorei ver ele jogado em uma música mais popular e que acabou dando liberdade para ele explorar o falsete em alguns momentos, tudo ficou mais claro e simples, começo a acreditar que ele pode ir longe viu.

P.S. (Luana): Morri com o “Kelsea Bailarina” no comentário do Lindo, LMAO.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Selecionados da Kelsea: Ayanna Joni, Ele Ivory, Lynnea Moorer, Wyatt Rivers.

Bem, o exército da Kelsea já começa a tomar boa forma, né? Ele é formado majoritariamente por mulheres, e todo mundo parece ter uma veia bem atual, bem comercial. Já consigo imaginar um possível embate entre Ayanna e Lynnea, já que ambas têm grandes vozes e perecem seguir numa lane mais pop/r&b. Ele Ivory segue sendo minha preferida, e de longe, a artista mais interessante do grupo! Wyatt é bem curioso também, é o único homem até aqui e parece ser bastante promissor! Até aqui, um bom grupo, vamos ver o que eles tem a oferecer daqui pra frente!

Olha, não vou mentir pra vocês não… Inicialmente achei que esse twist fosse ser bem bomba, mas na verdade, estou curtindo bastante! E vocês, já tem um favorito? Não deixa de responder nossas enquetes aqui no fim da página, tá? E até semana que vem, people! :p

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Imagine só que um dia me foi perguntado quem eu era, e juro, até hoje não sei responder. Mas os fatos são: tenho 21 anos; sou de escorpião; amo meu cachorro e meu gato mais que tudo; estudo Rádio/TV/Internet, ouço Maroon 5; piro no Adam Levine; consigo colocar os pés atrás da cabeça; e - contraditoriamente - por fim, nasci de 7 meses.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu