Posts Populares

The Walking Dead – S08E01 – Mercy (SEASON PREMIERE)

“O mundo será nosso…”

Após a longínqua pausa da série, The Walking Dead retorna em sua oitava temporada e centésimo episódio com as expectativas baixas e seguindo a velha e tradicional receita de bolo da série. 

Mostrando como Rick e seu grupo planeja atacar Negan e os Salvadores, vemos uma série de eventos que no fim não terminam em muita coisa, e eu confesso que fiquei com um ponto de interrogação desde o início e me perguntando qual o propósito disso tudo. Vemos de inicio os três grupos aliados em um discurso inspirador. Esse evento, ao que parece, aconteceu antes do plano ser executado, e falo isso pois esse episódio foi repleto de flashbacks e flashforwards, o que acabou dificultando um pouco a interpretação em alguns momentos. Eles planejam seguir até a base dos Salvadores com uma grande horda de zumbis, e deixando tudo muito bem sincronizado, um pequeno grupo, composto por Daryl, Carol, Morgan e Tara ficou responsável por inicialmente levar essa horda o mais perto possível da base da oposição. Após alguns desdobramentos no caminho, e a eliminação estratégica de vigias em pontos específicos, Rick e seu grupo consegue chegar na base sem grandes dificuldades, e lá eles colocam a primeira parte do plano em ação. Negan surge junto com os seus “sargentos” assim podemos dizer, e ele se encontra bem confiante diante do cerco de Rick. Sem ter muito o que conversar, a artilharia começa mas com um propósito, deixar a base dos Salvadores exposta para a grande horda que está chegando.

Além disso, eles miraram os tiros na grande vidraçaria do local, o que da a entender que isso faz parte do plano, para possivelmente eles atacaram lá dentro pelo lado de fora. Negan não revida o ataque, e em determinado momento se tornou um alvo fácil para Rick, que quase o matou, mas com a intervenção de Gabriel, não o fez.

E como não poderia faltar os momentos de burrada do querido padre Gabriel, ele tenta ajudar Gregory, que estava junto com Negan, mas após o ataque se separou e traiu, mais uma vez, Rick e seu grupo. Com os zumbis chegando, Gregory consegue recuperar um dos veículos que estava com Gabriel, e o deixa para trás com uma grande quantidade de walkers ao seu redor. Sem ter outra escolha, Gabriel consegue entrar dentro de um trailer(?) ou algo do tipo, e lá dentro se encontra com ninguém mais ninguém menos que Negan. Acho improvável que Negan o mate agora, e se ele não for burro, poderá usar Gabriel como uma forma de conter os futuros ataques de Rick.

E então, assim como começou, o ataque rapidamente termina, mas eu não tenho certeza se o que aconteceu foi bem sucedido. Agora, indo para o ponto que chamou a atenção no episódio, os flashforwards, que mostram o futuro de Rick, indicam que a guerra pode ter acabado, e com isso Rick saiu vencedor. Mas, penso eu que temos dois momentos futuros distintos nesse episódio, o primeiro momento é aquele em que Rick aparece sozinho e desnorteado, com os olhos vermelhos e encharcados. Esse momento futuro, penso eu, que ocorre logo após a guerra, e que pela intensidade da cena, Rick pode ter perdido alguém que seja importante para ele. O segundo flashforward é quando Rick acorda em sua casa no que parece ser Alexandria, ou se não Hilltop. Lá vemos Judith um pouco mais crescida (5 anos em alguns meses, pelo menos é o que parece kkk), e ele com o andar cambaleante, precisando do auxilio de uma bengala. Encontramos também com Maggie, e vi muitos questionamentos sobre ela não estar com a barriga em momento algum… Como assim passou tanto tempo? Ela teve ou não seu filho? Bom, a resposta é não, pois esse segundo momento futuro, só se passou três meses desde o presente da série, então ela ainda não teve seu filho, mas somando isso, teríamos cinco meses de gravidez, então ela teria que estar com uma barriga já bem saliente. Claro que esse é só um pequeno erro de cena, ou talvez estejamos errados e na verdade já se passou mais de três meses, mas isso está deixando as pessoas confusas com a questão do tempo da série.

Eu particularmente não gostei desse retorno, achei ele perdido em diversos momentos e repleto de confusões, que se bem organizadas, poderiam ter dado muito certo. Entretanto, apesar da receita de bolo seguida, que é ação desenfreada com zumbis por todo lado, e um final que ordenará o ritmo da temporada, eu sinto que a mesma seguirá um ritmo diferente, tendo em vista esses lapsos de tempo que foram colocados nesse episódio. Essa ideia de passar a série em um presente até chegar em um momento mostrado que é no futuro é bastante interessante, então vamos ver se eles conseguirão executa-la bem.

E você? O que achou desse episódio? Deixe aí nos comentários sua opinião, e vamos trocar uma ideia. Qualquer erro na review, digam para mim que eu prontamente mudarei. Nos vemos na próxima pessoal, até mais. 🙂 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu