Posts Populares

The Walking Dead – S08E09 – Honor

Rest In Peace Carl Grimes

Voltamos com a oitava temporada de The Walking Dead, e creio que muita gente não estava muito ansiosa para esse retorno, já que a primeira parte da temporada foi assustadoramente desinteressante, mas, esse retorno proporcionou um bom colírio para os olhos de seus telespectadores, pois o episódio foi muito bom, e conseguiu superar facilmente todos os outros episódios anteriores dessa temporada tão fraca. 

Começando por Ezekiel, que segue preso pelos salvadores, ele estava pouco ligando para sua possível e inevitável morte por Negan, e ele estava consciente que seu trabalho havia sido feito, já que ele conseguiu ajudar o seu povo a escapar do ataque dos salvadores. Entretanto, Carol e Morgan vão ao resgate de seu líder, e armando um plano sorrateiro, conseguem ir derrubando um por um os salvadores. Ao perceberem que estavam sendo atacados, os vilões acabam pegando o rei e levando para sua própria sala, para fazer um confronto direto com os dois infiltrados, mas eles foram surpreendidos quando Morgan e Carol acabaram entrando pela saída secreta que havia naquela sala, iniciando assim o tiroteio. Nessa cena, tivemos algo assustador, e a confirmação de que Morgan é um verdadeiro psicopata (como não pensar isso depois de todas as suas cenas nesse episódio?). Ele arranca o estomago de um dos salvadores com a própria mão através da ferida que o salvador tinha na barriga, e assim o mata instantaneamente. Todos ficam paralisados com a cena, e o ‘líder’ daquele grupo de salvadores consegue fugir assustado com o que acabou de ver. Porém, Morgan persegue o rapaz, e no maior estilo serial killer, arrastando sua lança no chão, creio eu fazendo referencia a algumas cenas clássicas do gênero, ele quase mata o salvador em questão, mas ele reage conflituosamente e se encontra em uma batalha emocional, pois o medo daquele antigo monstro sem ‘alma’ voltar é grande. Por fim, somos surpreendidos quando Morgan quase mata o salvador, mas quem acaba matando ele é Henry, deixando todos surpresos.

E indo para a parte principal do episódio, temos o triste fim de Carl, que como vimos ao final do episódio passado, foi mordido por um zumbi, e já estava em seus últimos momentos de vida. Eu achei muito lindo ele vivendo seus últimos momentos feliz ao lado de quem ama, com Judith, Michonne e claro, seu pai. As cenas decorrentes, chegando no momento da mordida, até mostrar sua quase transformação foram muito bem feitas. Eu chorei, tenho que admitir, pois foi bem triste quando Rick e Michonne estão tendo a última conversa com ele, e também quando Judith se despede de seu irmão. Mas, além de triste, foi no minimo decente fazer de Carl um herói, tanto que “honra” é o título do episódio. Carl foi o herói, mesmo com a pouca idade ele não teve medo de enfrentar qualquer um para proteger aqueles que ele ama, fora que com sua alma bondosa, ele conseguiu ajudar Siddiq, que poderá ser útil para o grupo mais para frente. Agora, vamos combinar que a morte do Carl foi um grande tiro no pé, pois o seu personagem estava excelente, e tinha muito potencial para conseguiu tirar a série da cova, se seguisse a mesma trama da HQ. Enfim, é uma pena ver Carl partir, eu não esperava que sua morte acabasse me atingindo bastante, e creio que atingindo os fãs da série também.

Vamos ressaltar aqui também como o Rick se portou nesse episódio. Ele estava completamente destruído em certo momento, e é claro que seu coração estava em pedaços por ver seu filho partir, entretanto, tive a impressão que ele aceitou a morte de seu filho e o viu como um verdadeiro herói por tomar toda a situação com coragem, e agir como um adulto forte. A relação entre eles foi bem orgânica, e creio que se fizessem mais que isso poderia até ficar exagerado, então foi ótimo exatamente da forma que eles fizeram. Com a morte de seu filho, creio que Rick também percebeu que não vale mais a pena ter guerra, tanto é que ele naquelas “visões do futuro” via a paz reinando no local, e até mesmo Eugene e Negan como possíveis aliados aparecendo. A morte do Carl pode trazer uma grande reviravolta na série com relação as ações de Rick, e isso pode ser crucial para como ela irá terminar. 

E assim chegamos ao final de mais um episódio de luto. Fiquemos na esperança que a série melhore, pois depois desse episódio confesso que meu olho voltou a brilhar um pouco. Até a próxima e #RipCarl 🙁 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu