Panela de Séries » Arquivos The X Factor UK - S14E17 - Live Shows 1: Boys vs Girls - Panela de Séries

Posts Populares

The X Factor UK – S14E17 – Live Shows 1: Boys vs Girls

Bem-vindos aos Live Shows!

E chegamos aos Live Shows, finalmente! Depois de fases anteriores com resultados coerentes e um Top 12 justo, pela primeira vez em anos, estamos prontos pra começar as fases ao vivo, onde os candidatos seguem eliminados até restar apenas o grande vencedor deste ano.

Resultado de imagem para nicole x factor gif

Nesta temporada, os Live Shows funcionarão de maneira diferente. Por conta de 4 WildCards, um de cada categoria, teremos o Top 16 e não Top 12. Os WildCards escolhidos pelo público na noite de hoje foram Alisah Bonaobra, pelas Girls, e Leon Mallet, pelos Boys. Aí entra a segunda mudança: agora temos apresentações e eliminações na mesma noite. No sábado 2 categorias se apresentam e 1 é eliminado, e no domingo a mesma coisa. As eliminações agora são diretas, sem a influência dos jurados, sendo eliminado diretamente o menos votado pelo público. O mais votado de cada noite concorrerá a um prêmio, em um sing off entre os mais votados.

Excepcionalmente, por ser o primeiro find de Lives Shows, vamos ter eu e Tati, reviewers do Panelas, comentando junto com Ives e Thairo, que sempre participam conosco. Qualquer dúvida ou indignação, corre pros comentários!

[GIRLS] Rai-Elle Williams – “No”/“Doo Wop (That Thing)”/“Lost Ones” by Meghan Trainor/Lauryn Hill

Gerson: Olha, pela primeira vez eu gostei de Rai-Elle. Assim, esse monte de música misturada não precisava, mas tudo bem. Ela conseguiu mostrar sua voz, fez uma apresentação corretinha. Só acho que falta Star Quality nela, como se ela ainda não estivesse preparada e Sharon não ajuda muito nisso.

Tati: Tristíssima por essa apresentação da Rai! Minha girl estava claramente sem fôlego e apesar de ter sido uma apresentação divertida, eu senti que vocalmente ela foi muito prejudicada. Acho que a performance exigia um pouco mais para o que ela poderia entregar já na primeira semana de lives. Enfim, foi a performance que menos gostei dela.

Ives: RAI-ELLE EU TE AMOOOO. Não foi uma performance perfeita, mas vendo a noite de hoje, ela foi a mais comercial de longe e vocês sabem que é o que eu mais prezo. A interação dela com a câmera foi incrível e apesar de achar seus vocais um pouco estridentes, o mashup ficou ótimo. Fico triste em ver que a produção não quer vê-la indo longe, já que ela foi a primeira a cantar, mas espero que ela consiga sobreviver pelo menos umas três semanas para me alegrar.

Thairo: Gosto bastante da Rai, sinto nela uma inocência e carisma que me contagiam e me motivam, o jogo do XFactor com dançarinos e aquele quadrado brilhante ajudaram e MUITO ela, acho que pelo fato da música não ajudar muito também, nessa performance fiquei achando que faltou um pouco de maturidade nela, mas gostei sim. O que eu tava na dúvida é: se fosse a Georgina, como seria a abordagem? Pergunto a vocês.

 

[BOYS] Spencer Sutherland – “Who You Are” by Jessie J

Gerson: Diferente de Rai-Elle, já vejo Star Quality em Spencer. Porém, não sei se essa música foi acertada pra ele não. Muitas vezes parece que faltou força na performance dele, já que é uma música desabafo né. A voz não tava das melhores também, bem abaixo do que ele já mostrou. No geral, foi bem, mas não nível Spencer que estávamos acostumados.

Tati: OMG, um tanto quanto surpresa com o arranjo que fizeram para minha música preferida de JJ. Estranhei um pouco o arranjo e talvez isso tenha interferido em minha opinião final sobre a apresentação. Eu gostei da entrega e da conexão de Spencer, mas a apresentação em si, pra mim, não foi das melhores dele até aqui.

Ives: Uma das cantoras que eu mais tenho ranço no mundo é a Halsey e além dos fatores de personalidade, o que me incomoda é modo sussurrando como ela canta e o Spencer cantou idêntico hoje, ao invés de focar na letra da música e sentir a emoção, ele forçou uma emoção na voz e ficou horrível. A trajetória dele vinha me agradando, eu havia curtido ele na judges house, mas acho foi tudo por água baixo, muito ruim mesmo.

Thairo: QUE HOMEM, brasil. O melhor dos três boys que o Louis levou para os lives. Faltou abrir um pouco mais o olho, deixa eu me conectar contigo Little Spencer, e assim até o próprio poderia se sentir mais à vontade no palco, em relação a isso acho que o cenário não ajudou muito pois eu esperava um coisa mais intimista, ou seja sem tantas cores né, com mais foco nele e na letra; e faltou os falsetes (maravilhosos), mas foi bem sim e vou defendê-lo ❤.

 

[GIRLS] Holly Tandy – “Hollow” by Tori Kelly

Gerson: AAAAAAAA Que pisão! Música ótima que casou perfeito com a voz de Holly. E que voz, meus amigos! Não errou uma nota, não semitonou, não desafinou! Vocalmente perfeita a minha menina! Único problema que ficou claríssimo aqui foi a presença de palco, que Holly precisa trabalhar mais. Quem sabe dançar, se jogar no chão, sei lá kkkkkk

Tati: Eu esperava mais, viu? Durante toda a apresentação fiquei com a sensação de que um grande momento iria acontecer e a apresentação ficou lá, na mesma coisa. Mas isso não quer dizer que foi uma apresentação ruim, até porque ela estava bem à vontade (e maravilhosa <3) no palco e os vocais foram ótimo, só foi um pouco abaixo do que eu esperava.

Ives: Eu tenho certeza que cada vez que o Simon vê a Holly, ele visualiza tudo que ele queria na Emily e eu fico chateado em vê que se o número de lives e estilo fossem igual ao ano passado, a Holly teria uma trajetória incrível. Achei a conexão da Holly zero e isso já era algo que vinha me incomodando, ela precisa se conectar com a música e ter mais desenvoltura no palco, se ela conseguir essas duas coisas, ninguém segura essa menina.

Thairo: Não vou mentir que está perfomance dela me trouxe boas lembranças (claro) da dona desse programa vulgo Louisa, gostei da interpretação dela com os dançarinos e me fez ficar mais curioso por essa música que eu não conhecia, me deu a vontade de procurar e baixar caso goste da versão original também, ela executou bem as notas, jogou no momento certo sem exageros e cumpriu o dever de casa.

 

[BOYS] Leon Mallet – “Stay” by Zedd ft. Alessia Cara

Gerson: Se eu amei? Arrasou, meu menino! Leon era meu boy preferido e hoje mostrou o porquê. Arrasou numa apresentação enérgica, cheia de atitude, com bons vocais e boa presença de palco. Mas devo confessar, passei a apresentação inteira imaginando ele numa boyband ou como vocalista de uma banda pop.

Tati: Eles fizeram uma leve mudança no arranjo e isso me incomodou um pouco, pois foi mais uma apresentação que achei um cadiquinho morna, mas tirando isso gostei da apresentação de Leon e fiquei feliz que ele tenha voltado pois é um dos meus boys favoritos.

Ives: Primeiro gostaria de agradecer a UK por não ter trago o Maloney 2.0. Falando da apresentação, eu amo essa música, a Alessia é uma artista incrível e fico feliz em ver que sua música não foi estragada. Eu havia previsto que o Leon seria o melhor boy e não é que eu tava certo? A apresentação foi boa, os vocais foram razoáveis, presença ótima e o palco estava incrível.

Thairo: AMO stay, foi uma música que eu conheci recentemente por algum reality ou algo assim e me apaixonei na música, e a música casou bem com a voz do Leon. O seu início foi muito bom quase que a capella, quando entrou a batida achei que ele iria se perder na música e sem controlar a respiração, ficando afobado; porém não foi isso que ocorreu, e ele fez mais e ainda introduziu um rap pisando na cara do Louis.

 

[GIRLS] Alisah Bonaobra – “This Is My Now” by Jordin Sparks

Gerson: Uma voz é uma voz, isso é inegável! Alisah fez uma apresentação vocalmente impecável, talvez a melhor da noite. Mas incomoda o fato de ela estar presa nesse nicho que puxa sempre pro datado. Faltou se conectar com a música também, interpretar a letra, ao invés de se preocupar só com as notas. Mas acho que ela não merece ser eliminada hoje não.

Tati: Não gosto de Alisah, mas hoje ela me ganhou e com uma música que acho um porre haha. Sério, eu arrepiei com ela cantando e a voz dela estava bem agradável. Enfim, pela primeira vez me senti conectada com o que ela cantava e gostei bastante da apresentação.

Ives: Não da gente, eu juro que tentei gostar dela, mas três vezes eliminadas e me vem com isso????? Eu não sei até onde meu ranço vai, mas eu quero essa garota mais eliminada que a Melanie McCabe. Ela é chata, forçada, feia, datada, sem graça, ela tudo que o X factor não representa, mas apesar de tudo isso, adorei ter voltado, pois terei o prazer de vê-la sendo eliminada de novo.

Thairo: Vocês acham que a Alisah vai longe? Pois eu acho. Amo uma “gritaria” como chamam, sou fã MESMO. Mas não sei, com ela eu não consegui ter muita conexão sem ser nas Auditions Room, não se pode negar que ela tem técnica vocal e uma (desculpem por isso) puta voz, canta muuuuuito. Acho que ela deveria na hora das notas não somente olhar para cima, mas também para frente até para ela alcançar mais facilmente o tom.

 

[BOYS] Sam Black – “Faith” by Stevie Wonder ft. Ariana Grande

Gerson: Mas gente, tem como desver? Que cagada! HAHAHAHA Cagada de música, apresentação sem graça! Sam tentou, mas parecia fora do tempo e ritmo da música o tempo todo. Voz bem meia boca, mas compensada pela presença de palco que foi ótima. Enfim, até então foi a pior da noite pra mim.

Tati: Gente, tô morta com a cara do Louis tentando gostar disso, pois não foi fácil não, viu? Achei quase tudo muito mediano, algumas partes fora do ritmo e, de fato, ele é meio esquisito na hora que tenta dançar. Enfim, eu entendo a proposta dele: tipo de número mais voltado para o entretenimento, porém, não me desceu muito.

Ives: Eu assisti as performances de hoje com dois amigos e um deles a vê essa apresentação disse o seguinte “não importa se a música é antiga, se ela é animada, eu preciso estar no mínimo mexendo os ombros e a única coisa que eu quero é que acabe.” e eu não poderia dizer nada melhor, o tempo todo foi ruim, ele com certeza deveria ser eliminado e uma coisa que precisa ser corrigida imediatamente é a sua postura de palco, ele canta curvado e isso me dá um nervoso enorme.

Thairo: O que são essas meias Sam? Gostava dele na audição, achei super arriscado Louis trazer eles para os lives, trazer na Judges House já era algo arriscado (sendo que tinha Benji que merecia uma chance). Foi brega, faltou voz, faltou dança, faltou energia, faltou carisma, faltou.. simplesmente tava tudo meio estranho, não acho que ele possa mudar muito no decorrer das semanas.

 

[BOYS] Lloyd Macey – “City of Stars” by La La Land Soundtrack

Gerson: Aqui temos o mesmo problema de Alisah. Lloyd tem uma grande voz, isso é inegável. Mas ele se jogou num nicho que é MUITO chato e tedioso. E assim foi essa apresentação: vocais ótimos, conexão zero, presença de palco pior ainda. Não acho que mereça ser eliminado HOJE, mas espero que seja em breve.

Tati: É um estilo que me agrada? Não! Se eu amei Llyod? Sim! Me senti num musical da Disney e pra mim ele arrasou. Como já disse, não é o estilo que mais me agrada, mas ele é muito competente na proposta dele e vocalmente ele foi muito bem, como sempre.

Ives: Gente, la la land no X factor? O que é isso Brasil? Não tem nem o que comentar porque eu realmente to em choque com o nível de cafonice que essa performance foi.

Thairo: Tenho preguiça do Lloyd e essa versão piorada Ché 2.0, espero que ele não faça igual o mesmo e tire alguém bom da final (saudades 4Th Impact). Teve esse nota aí no meio que ele realmente mandou bem, melhor que o Sam vocalmente, mas para mim os dois estão na mesma linha.

 

[GIRLS] Grace Davis – “Too Young” (Original Song)

Gerson: Vou praticamente repetir meu comentário sobre as Judges Houses, que fiz pra Grace. Ela tem um talento incrível em escrever canções, mas ela precisa diversificar o seu arsenal. Trazer um cover, uma original mais animadinha, algo diferente do que ela já fez. Não foi ruim não, foi muito boa. Mas pareceu mais do mesmo.

Tati: Eu já falei aqui várias vezes que amo originais, mas confesso que eu gostaria muito que Grace fizesse alguns covers. Para variar um pouco e mostrar um pouco da capacidade dela de interpretar outras canções, né? Mas, de qualquer maneira, eu AMEI A LETRA e amei a abordagem de Grace mais uma vez. A voz dela é incrível e ela é extremamente emocional. Espero que na semana que vem, ela ouse um pouco mais.

Ives: Ficou nítido quem a produção quer que vença né? E eu confesso que não ficarei puto, ela vem construindo uma trajetória interessante de se acompanhar e apesar de eu achar ela nada original, apenas uma cópia da Sia, eu a vejo fazendo um barulho por aí. A música é ótima, só estou um pouco surpreso de ser mais uma original, já que em 2012 ficou claro que originais em lives não dão certo. Estou bastante curioso em vê como o programa irá vendê-la.

Thairo: A princesinha dessa temporada; ainda bem que tenho espaço para opinar aqui sobre uma coisa que vem me incomodando, preciso da Grace cantando covers para saber da capacidade dela em adaptar musicas e ver qual estilo ela quer representar de fato. Voltando a perfomance de hoje, amei, foi tudo na medida, sem exageros de cenários apesar do nome da música enorme ali já para vender. A Sharon me representou durante a perfomance, Grace ARRASA, todos já sabem que ela estará na final e dificilmente vão tirar o troféu da mão dela, só se haver alguma cagada grande no caminho e acho bem difícil, amei a música, provavelmente a melhor que ela já apresentou no show, o detalhe do microfone de flores foi algo bem pensado e que casou com a perfomance, tudo na medida, tudo bonito, tudo massa, tudo tudo.

 

RESULTADOS E CONSIDERAÇÕES FINAIS

E aí chegou a hora de a gente descobrir se os britânicos iriam fazer justiça e eliminar Sam Black, ou iriam acabar com o sonho de alguém que não merecia. Começamos a salvar os acts, nessa ordem:

SAM BLACK

RAI-ELLE WILLIAMS

HOLLY TANDY

GRACE DAVIS

LLOYD MACEY

ALISAH BONAOBRA

Eu já estava indignado com Sam sendo salvo logo no começo, junto com acts mais ou menos, como Rai-Elle e Lloyd. Mas fiquei mais indignado de ver meus meninos Spencer e Leon tendo que disputar a última vaga. Foi triste! Mas o último salvo foi…

LEON MALLET

Dessa forma, o eliminado da semana acabou sendo o americano Spencer Sutherland. Foco no “americano” hahahahaha Enfim, começamos os Lives com uma eliminação injusta, uma vez que tivemos outros candidatos piores. Isso já nos mostra a falta que faz o Sing Off entre os menos votados.

E foi hora de a gente descobrir quem ganhou a maioria dos votos do público e concorrerá ao prêmio no domingo à noite. Nicole e Sharon acharam que Alisah fez a melhor performance, enquanto Louis apontou pra Lloyd. Eu queria me jogar do barranco com essas escolhas HAHAHAHAH Mas o público decidiu que o melhor da noite foi…

GRACE DAVIS

Se eu concordo com os resultados da noite? Bom… poderiam ter sido melhores kkkkkkk Acho que pra uma primeira noite de Lives Shows foi legal. Nada surpreendente, ninguém pisando muito em ninguém, mas ninguém sendo uma grande decepção também. E vocês, o que acharam? Votem na sua performance favorita da noite abaixo! Amanhã voltamos com os Overs e os Groups!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu