Posts Populares

The X Factor UK – S15E08 – Auditions

Dia de conhecer as categorias de cada um dos jurados! 

Oi, gente! Guerreiros e guerreiras que ainda não desistiram do The X Factor e, assim como eu, estão acreditando que essa temporada vai melhorar. Bom, sendo Alice ou não, eu estou vendo algumas melhorias e espero que consigamos perceber evolução nas próximas fases. Por falar em fases, hoje foi dia de descobrir a categoria que cada jurado será responsável nas próximas etapas. Então, vem comigo pra ver tudo o que rolou hoje. Trouxemos os leitores Ives e Nícolas para comentar com a gente! 🙂

Chloe McAllister – “Say You Love Me” by Jessie Ware #APROVADA 

Tati: O timbre da Chloe é muito lindo e interessante, enquanto eu a escutava, imaginei ela cantando muitas músicas. Eu adoro vozes assim, que permitem que o artista transite por diversos tons. Porém, gente, eu odiei esse arranjo. Cruzes! A música ficou chatinha demais e eu não consegui curtir muito. De qualquer jeito, ela é uma ótima cantora e se mostrou muito conectada com a música. Curti demais!

Nicolas:  Timbre lindo, e escolha da música certa. Chloe trouxe uma leveza para o palco, e me conquistou. Sou apaixonado por performance com piano, e gostei muito do timbre dela. A conexão dela com a música estava ótima, e eu sinceramente não tenho criticas pra essa audition.

Ives: “Say you love me” é um hino e apesar de preferir a versão original, a Chloe deu um toque especial e deixou ainda mais emotiva, beirando ao boring, mas não chegando a estragar. Ela me lembra muito a Abi Balton e acredito que ela vai seguir o mesmo estilo. Se pegar o Robbie de mentor, está feita, pois o plot de filha é certeiro.

Blaise Duncan – “Bailando” by Enrique Iglesias #APROVADO

Tati: Todo mundo elogiou, mas não deixaram o menino cantar nem 30 segundos??? Das duas, uma: ou eles realmente nao gostaram da audição, mas o passaram por ele ser uma simpatia ou eles estavam de saco cheio do dia de audições e quiseram terminar com isso logo hahaha. Pra mim, a primeira opção me pareceu mais coerente. Olha, Blaise um tchuchuco! Mas convenhamos, né? É um pouco limitado. Vamos ver se os jurados conseguem extrair mais dele no decorrer do programa.

Nicolas: Ele é muito carismático, tem uma boa presença de palco, e por mais que não tenha os vocais muito consistentes (acredito que pela idade) ele foi bem. Por mais que eu não goste muito, acho que ele seria ótimo pra um grupo estilo Rak Su.

Ives: Então, bem cru né gente? Na verdade esse meu comentário serve para os dois que vieram depois e ficou bem claro os planos da produção, juntar os três e vê no que dá.

Jon Guelas – “7 Years” by Lukas Graham #APROVADO

Tati:  Cantou tão rápido que nem dá pra falar muito, né? Começo num tom tão baixinho… Aí foi aumentando, mas mesmo assim achei bem pouco! Ele tem um timbre até agradável, mas me parece um pouco despreparado e desses artistas WGWG bem comuns sabe? Por isso, não consegui curtir muito.

Nicolas:  Esse menino foi super fofo, também muito carismático, porém a apresentação num todo não foi tão boa. Não gostei muito do timbre dele, e o vocal também não estava consistente. Seria um bom integrante pra algum grupo.

Ives: Canta pra fora menino, mas tudo bem, ele só tem dezoito aninhos, tem muito o que melhorar e definitivamente não deveria estar em uma boyband, mas o Simon tá louco.

Elliot Horne – “Lost In Japan” by Shawn Mendes #APROVADO

Tati: Ai, gente, mais uma audição curtíssima de um cantor sem muito diferencial que não dá pra gente analisar com mais segurança se é bom ou não. Olha, pelo que vi, achei ok. Voz bonita, simpático e tudo mais. Mas não é daqueles artistas que amo profundamente. Vamos ver ao longo da competição.

Nícolas: Achei o Elliot super comercial, com um timbre que combina bastante com o pop (por mais que eu não tenha gostado muito). Queria ter ouvido um pouco mais (por isso que não suporto joke, eles tem um tempão de programa, enquanto alguns participantes que podem ter futuro na competição tem 15 segundos). Talvez em um grupo misto (pois tenho ranço de Boyband) ele seja muito bem aproveitado.
Ives: E chegou o terceiro do Emblem3 UK, ele pra mim é o melhor e provavelmente vai ser o líder do grupo, bem estilo 5 am. Não estou nada animado para isso, mas vamos ver.

ATTY – “Mercy” by Shawn Mendes #APROVADO

Tati: Awwwwn, duas audições seguidas com música do Baby Shawn! <3 Eu não aguento isso, não! Mas preferia que não tivesse, viu? CRUZES, GENTE! QUE COISA TENEBROSA FOI ESSA? Achei horrível, horrível, horrível! Eu detestei a voz dele e as harmonias estavam tenebrosas. Eu até enxerguei talento nas meninas, mas eles precisam evoluir muito como grupo, pois não senti sintonia e a escolha da música foi péssima! Valei-me!

Nicolas: Mas que desastre foi esse? Essa música não combinava com nenhum do grupo, e quando eles cantavam juntos piorava mais ainda. Mataram minha música, e eu não entendi nada, pois realmente os timbres não se encaixam nem entre si, e muito menos com a música.

Ives: De repente eu to muito doido, mas eu achei eles horríveis, as harmonizações foi péssima, eles estavam super nervosos, a música ficou horrível na voz deles e eu tenho certeza que uma nem cantou, eu daria um não sem dúvidas.

Thomas Pound – “Simply The Best/Proud Mary” – Tina Turner #APROVADO

Tati: Gente, Thomas é uma simpatia que só! Eu gostei demais da energia dele de palco e, apesar dele ser super simpático como Thomas, quando ele voltou de Drag ele estava muito mais solto e contagiou demais o povo! A presença de palco dele é realmente algo elogiável e eu estou ansiosa para ver mais da alegria dele no programa.

Nicolas: Thomas se mostrou um artista completo nessa performance. Ele tava todo fofinho conversando com os coaches, mas foi só começar a música que ele trouxe muita atitude para o palco. Quando voltou montada, QUE MARAVILHOSA! Eu amei a drag dele, e por mais que vocalmente a segunda performance não tenha sido tão boa vocalmente, a presença de palco e interação com o público estavam ótimas.

Ives: Eu tenho um amigo que faz a arte drag e uma vez conversando ele me disse que ser drag é igual a atuar, pois ele é muito tímido, mas a sua drag é cheia de atitude e no Thomas isso fica bem nítido, ele não fica tímido no out, mas ao estar de drag ele libera toda uma energia incrível, eu me vi dançando aqui vendo, foi uma ótima audição para encerrar, viva a diversidade e que o mundo seja um lugar onde o amor sobressaia o ódio e foi essa a mensagem que eu senti, todo mundo abraçou aquele menino e a sua arte e é assim que tem que ser.

Após as audições, foi dia hora de conhecer as categorias de cada um dos jurados. Bora conhecer?

Se você ficou com preguiça de ver o vídeo (não vou te julgar hahahaha) o resumo da divisão das categorias é esse:

Simon Cowell – Girls

Ayda Field – Overs

Louis Tomlinson – Boys

Robbie Williams – Groups

*

*

*

Então, eu achi que as categorias ficaram bem divididas e espero que todos eles possam ajudar cada uma das categorias. Nesse ano, o nível do programa está tão abaixo da crítica, que nem consigo dizer quem pegou a melhor categoria. Porém, acredito que Ayda e Robbie terão um grande trabalho pela frente, viu? Na semana que vem é dia de fase nova! É isso, gente, obrigada pela companhia e até a próxima! 🙂

gostou da matéria? deixe um comentário!

Tatiane Silva

Sou uma Social Media e Community Manager que ama tanto o que faz, que acaba fazendo isso quase que o tempo todo. Eu moro na internet, por isso acrescento doses diárias de cultura inútil e memes que é pra eu não me entendiar. Amo realities musicais, gasto horas em grupos de discussão e sou viciada em coisas que me fazem dar boas risadas e esquecer da minha conta bancária negativada.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu