Posts Populares

The X Factor UK – SE14E05/06 – Auditions

E as auditions continuam a (quase) todo o vapor ! 

E aí, gente! Tudo bem? Aqui estamos nós caminhando para a terceira semana de audições da décima quarta edição desse nosso reality tão amado e até então dá para ter uma pequena noção do que teremos pela frente, já que o programa já nos presenteou com boas apresentações.

Bom, ontem e hoje tivemos o quinto e sexto episódio e, ao meu ver, o nível caiu um pouquinho. Mas, mesmo assim, consigo destacar alguns nomes que demonstraram certo potencial nesses dois últimos episódios e vou destacá-los para vocês logo mais. Hoje comigo, trago o Ives, nosso comentarista oficial dessa season, sempre nos dando aquela forcinha e o Álef para nos fazer companhia.  <3 Então vem com a gente e vamos relembrar juntos o que houve de mais importante nesses dois programas.

 

Amrick Channa – “Pump Up The Jam” by Technotronic #REPROVADO

Tati: Achei ele até simpático e estiloso, mas, sinceramente, esse tipo de artista me dá preguiça e vocês verão (e muito!) eu reclamar desse estilo de cantor no programa. Eu sei que existe uma cota para quem ousa seguir o estilo do Amrick, que isso entretém e blá blá blá, mas eu não curto muito. Sobre a apresentação em si, achei vocalmente fraca e nem um pouco divertida. Pra mim é não, sem dúvidas.

Beverley West – “Big Spencer by Shirley Bassey #REPROVADA

Tati: Toda vez que vejo esse programa tenho a certeza que minha cota de vergonha alheia será renovada HAHAHA. Essa senhora pelo menos tentou interpretar a canção ao melhor estilo Broadway (?) e pelo menos deu pra me divertir um pouco. Mas, gente? Não dá né, a última nota deu pra mostrar que ela não conseguiria segurar a marimba de uma fase ao vivo. Faltou fôlego, faltou alcance, faltou tudo. Muito simpática, mas não deu.

Benji Matthews – “If I Ain’t Got You” by Alicia Keys #APROVADO

Tati: If I Ain’t Got You é um hino, mas confesso que já não aguento mais ouvi-la em reality show ahaha e quando o Simon interrompeu o menino falando que não queria ouvir mais Feeling Good, pensei que viria algo diferente, mas ok, veio IAGY e o menino até que foi bem, viu? Não vou mentir e dizer que amei tudo, mas vi potencial nele e acredito que os jurados também. Ele tem voz e alcance legais pela idade que tem e isso pode ser bem trabalhado durante o programa. A parte do refrão foi muito bem executada e demonstrou que ele tem certa técnica. Eu também daria sim e vamos ver no que vai dar daqui pra frente.

Ives: Vocês não têm noção do medo que eu estou, esse garoto cheira a final. É bonitinho, tem uma voz agradável, aparentou ser aquele tímido-engraçado, o neto que todo vó britânica gostaria de ter, ou seja, um Nicholas McDonald (segundo lugar em 2013), caso vá para os lives, é preciso que trabalhem sua linguagem corporal e tirem as mãos de divas.

Álef: Então achei até legal a voz dele , porém a escolha da música não favoreceu pois me pareceu maior que ele , mas canta bem, vamos ver as próximas etapas. ( Por favor sem mexer as mãos o tempo todo me irritou um pouco)

Tracy Leanne Jefford – “Will You Still Love Me Tomorrow” by The Shirelles #APROVADA

Tati: Trace é uma retornante que tentou o programa em 2006 e resolveu arriscar mais uma vez, onze anos depois. Eu não me lembrava dela, mas ela veio demonstrando estar bem mais madura e com uma escolha musical um pouco arriscada para uma audition. Achei o timbre dela chatinho, mas ela demonstrou estar bastante segura e entregue à canção e ficou nítido que isso agradou os jurados. Foi uma audição agradável, controlada e na medida certa, mas confesso que não me empolgou nada, mesmo eu amando a música.

Ives: Tem um timbre interessante, mas não achei conjunto nada especial, se for longe será inteiramente devido sua história.

Álef:  Foi bacana , audição super gostosinha relaxante , gostei . Quero ver mais pra ver se ela tem potencial ou não.

Ronnie Parker – “Simply The Best” by Tina Turner #REPROVADA

Tati: Gente? Eu odeio quando colocam vovozinhas para cantar, pois eu não consigo xingar e falar que elas são ruins, pois eu olho para cara delas e penso: “ain poderia ser minha avó ahahah”. E, no caso dessa senhora, poderia mesmo, viu? Pois a minha canta tão mal quanto, a única diferença é que ela ainda não ousou passar vergonha em cadeia nacional. Gente, foi muito ruim! Fora de ritmo e sem graça. Ela é uma fofa, mas para o programa, não dá não!

John Fitzsimons – “Sapce Oddity” by David Bowie #REPROVADO

Tati: Minha gente, esse dia de audições foi na porta de um banco no quinto dia útil, foi? Mais um vovozinho para trazer fofurice ao programa, mas qualidade musical NENHUMA! Foi muito ruim, senhor! ahahaha E um pouco assustador também, já que teve alguns momentos que ele ficou rodando feito barata tonta no meio palco, totalmente perdidinho, o coitado. Enfim, vocalmente ruim e a performance então, nem se fala.

Russell Jones –” I Wanna Be Like You” by The Jungle Book #APROVADO

Tati: Eu amo o tipo de artista que Russell promete ser, pois me lembra o do meu amor Bublé, que, infelizmente, já está quase extinto em realities. Porém, a grande diferença entre Russell e cantores como Bublé está na voz, já que o menino não demonstrou um talento vocal tão visível. Mas, pra mim, ele foi muito bem na interpretação da música, sendo bastante divertido no palco. Acho isso imprescindível para o estilo dele e por isso eu também o deixaria ficar mais um pouco no programa.

Ives:  QUE SAUDADES DO MEU ONLY THE YOUNG (beijos Nicolas), gente, isso é o Olly Murs ruim, a música é boa e tals, mas ele desafinou bastante, passou pela simpatia.

Álef:  Chato também , nada demais! Prefiro mil vezes Only the Young manda lembranças ! kk

Nicole Simpson –”Just Hold On” by Drake #APROVADA

Tati: Até que enfim alguém para eu AMAR! Nicole é uma fofa, que tem uma voz potente e que conseguiu me tocar nessa audição. É claro que ela apresentou algumas falhas e isso incomodou os jurados, mas eu gostei muito da voz e dos agudos da moça e, principalmente, da intensidade que ela deu à canção. Até aqui, a categoria dela está forte, mas a menina tem potencial.

Ives: Acho que estou apaixonado, comecei achando tudo bem comum e que seria mais um cover sem graça, mas a música cresceu e não foi a melhor audição dessa season, mas eu gostei bastante do controle vocal dela e como ela sabe usar o falsete e o vibrato na hora certa e eu enxerguei uma imunda em potência, mas vamos aguardar.

Álef: Gostei forte … Princesinha canta muito fiquei com gostinho de quero mais … E triste ao mesmo tempo porque sempre que ouço essa música lembro da Christina Grimmie  /:

Gregor Coleman – “Stay” by Rihanna #APROVADO

Tati: Que gastura essa borboleta desse tamanho no pescoço dele HAHAHA. Quando ele começou com Riptide eu até estava gostando e não entendi o motivo de Simon parar. Fiquei mais sem entender quando ele voltou com Stay, pois não me pareceu muito o estilo do menino. O começo foi um pouco sofrível, ele estava usando um tom que não combina muito com a música, mas ele foi evoluindo durante a apresentação e terminei a performance com a sensação que ele tem futuro sim.

Ives:  1- Graças a Deus pararam ele, pois amo riptide e não aceito alguém genérico cantando. 2- QUE NERVOSO essa tatuagem no pescoço. 3- Pediram para que ele viesse sem violão, mas a batida de stay estava no violão (??????). 4- Tira a mãe, chama os amigos e monta uma boyband, só assim tem chance, vlw flw.

Álef: Na segunda apresentação melhorou um pouco mas senti falta de algo mais …

Sean and Conor Price – All Along The Watchtower by Jimi Hendrix #APROVADOS

Tati: E esses filhotes de Ed Sheeran, gente? ahahaha quanto fôlego! Gostei muito deles, principalmente pela ousadia e acredito que todo mundo ficou surpreso ao vê-los cantar. Foram muito corajosos e inovaram no jeito de apresentar a canção. O mais novinho tem um timbre muito interessante e eu achei que, de alguma maneira, eles se completam e realmente formam uma dupla. Eu super daria sim e vejamos como será o futuro deles na competição.

Ives: Bem sem gracinhas né? Preferi a dupla que fez o mashup do Ed Sheeran. Achei um erro eles virem juntos, os dois são bons, mas acredito que separados seria melhor.

Álef: Gostei os dois tem atitude vozes legais, rap foi bom, foi satisfatório!

Megan Byrne – “I Put a Spell on You” by Screamin #REPROVADA

Tati: Ousada ela é, né gente? E tem que ser MUITO para ir passar vergonha em rede nacional, matando esse HINO com essa voz de taquara rachada e agudos tenebrosos. Eu adoro quando modificam o arranjo de músicas, mas essa mudança ficou horrenda, conseguindo se equivaler a voz horrível qeu ela tem. Sinceramente, não deu não. Ainda bem que os jurados estavam dentro de si.

Mark McKeown – “If I Let You Go” by Westlife #REPROVADO

Tati: Ainda bem que a produção teve piedade e nos mostrou apenas 48 segundos do que Mark apresentou. Gente, não tenho muito o que dizer, apenas que sou toda Nicole na hora que ele começou a cantar.

Alice Stafford – “Whenever, Whenever” by Shakira #REPROVADA

Tati: Mais um que a produção teve o cuidado de mostrar pouco, pois visivelmente foi bem ruim. Não deu pra avaliar muito, pois, realmente, tivemos poucos segundos, mas pelo pouco que vimos, deu pra perceber que foi bastante desafinado e sem ritmo.

Jamesy – “Can’t stop the feeling” by Justin Timberlake #REPROVADO

Tati: Aquela cota pra rir um pouco, né? Mas gente, ainda bem que Justin está lindo aqui no RIR e logo mais vou assisti-lo para esquecer um pouco do crime que esse cara cometeu com essa música maravilhosa. Ele é até divertido, mas a única parte boa foi o momento que a Nicole cantou o refrão e deu para ouvir um pouco da voz dela. Parece que o programa hoje só vai ser de reprovado, hein?

Chloe Rose Moyle – “Holding Out For Us” Original Song #APROVADA

Tati: Que princesinha com essas flores na cabeça ahahah! Gostei bastane de Chloe e achei a audição dela bem gostosinha de se ouvir. Achei a letra da música bem legal também e eu sempre gosto quando o artista vem com a música autoral e por ela ser novinha, acredito que ela possa oferecer mais ao programa, sim! Adorei.

Ives: Jiordan Tolli sua imunda, você achou que ninguém ia te reconhecer? Volta pra Austrália que você já teve sua chance. Brincadeiras à parte, achei ela boa e é só isso mesmo.

Álef: Gracinha essa menina, amei a música dela, voz muito boa de ouvir… promissora, gostei.

Harry Holmes –  Original Song #APROVADO

Tati: Foi tão rapidinho e eu não consegui pegar o nome da música, mas pelo visto foi uma original. Eu gostei do pouquinho que vi do Harry, bem afinado e tal. Uma pena que não mostraram a audição inteira, o que, ao meu ver, é um erro. Já que eles passam muito reprovados. Enfim, eu também diria sim, pois pela parte que vimos, ele fez tudo certinho.

Ives:  É o Whindersson Nunes?

Álef: Fico no meio termo pra mim nem bom nem ruim .

Imagen Harrison – “Suitcase” by Sia #APROVADA

Tati: Outra que foi bem rapidinho! Gente, socorro! Esse programa hoje tá corrido demais! Mas dessa não gostei tanto. O timbre dela soa um pouquinho chato aos meus ouvidos, mas nada que incomode demais e, ao menos, ela é bem afinada. Tenho minhas dúvidas se diria sim pra ela, mas também não foi nenhuma injustiça. Ao menos ela será encaixada em uma girlband e isso pode gerar trabalhos melhores.

Ives: Girlband.

Álef:  Voz legal se for bem trabalhada quem sabe né ? hehe

Descendance – “Can’t Hold Us” by Macklemore #APROVADAS

Tati: Eu tô bem de cara com essa mãe que mais parece irmã, gente? Quando eu vi a dupla fiquei bem na esperança de um pisão, mas fiquei um pouco decepcionada, assim como os jurados ficaram. Inclusive, eles pensaram o mesmo que eu: talvez elas funcionem melhor separadas. Principalmente a menina, que é MUITO BOA. Mas o conjunto foi fraco e eu também não gostei muito. A mãe ficou muito deslocada e talvez precise de mais ritmo.
Os jurados até sugeriram que elas se separassem, mas elas não quiseram. Mesmo assim, eles optaram por dar mais uma chance a elas. Vejamos o que nos aguarda, pois tenho pra mim que elas só vão prosseguir no programa por causa da filha.

Ives: Eu achei legal termos uma dupla diferente, mas está bem claro que a filha precisa vir sozinha.

Álef:  O drama do episódio sejamos sinceros a menina do rap roubou a cena msm , e a outra não quis aceitar entao os jurados passaram as duas eu gostei principalmente da menina do rap . hehe

Queen A –  Mashup “My Heart Will Go On” by Celine Dion & “Ignition” by R.Kelly  – #REPROVADA

Tati: A criatura chegou com toda marra e eu pensei “segura que já vem pisão” e no final da audição eu só fiquei “wtf?”. Gente, que coisa ruim! Mashup nada a ver, totalmente fora de ritmo e com uma voz limitadíssima. Realmente, hoje é um dia dificilíssimo para quem resolveu assistir X-Factor.

The Clique – “Touch” by Little Mix #APROVADOS

Tati: Bem performáticos e, pelo nível do programa de hoje, quando eles disseram o nome da banda já revirei os olhos e já tava esperando algo bem ruim.  Mas o saldo foi até positivo no final das contas e eu gostei do conjunto. Não vi nenhuma voz sensacional em nenhum deles, mas eles demonstram certa harmonia e mostraram que podem conseguir performar bem, já que parece ser essa a proposta do trio. Enfim, eu também aprovaria e vamos ver o que o (estrala os dedos) The Clique tem pra nos mostrar daqui pra frente.

Ives: Meus amorxs, o vale vai dominar o mundo, só não vê quem não quer. Amei terem cantando misturinhas, mas eles são bem jokes né? Não vejo indo longe não.

Álef: Gostei não, meio ruim né.

Taliah  – “Ain’t no way” by Aretha Franklin #APROVADA

Tati: Taliah escolheu uma música bem difícil e fez o famoso arroz com feijão. Não há muito o que criticar, mas ela também não fez nada que me brilhasse os olhos. Vocalmente ela foi bem correta e demonstrou-se conectada com a música. Para uma audição isso é suficiente, embora eu ache que essa música é tão hino, que merece um pouco mais. Eu também deixaria ela prosseguir, pois tem bastante potencial.

Ives: Eu curti ela, não vi nada demais e não a vejo nos lives, mas focando nessa fase, eu curti bastante. Tem uma voz potente, é bonita, se porta bem, uma ótima act para ser eliminada no 6cc pela Holly.

Álef: No começo tava até gostando , mas  depois foi uma gritaria desnecessária que acabou com tudo , da próxima tomara que ela saiba utlizar bem seus recursos porque é uma boa cantora.

Gary Barker – “A Change is Gonna Come” by Sam Cooke #APROVADO

Tati: Gary é a prova que uma songchoice mal feita faz toda a diferença! Tentou ser descolado com Bruno Mars, mas não deu não. Ele estava totalmente deslocado, sem passar a vibe necessária para esse tipo de música. Ainda bem que os jurados perceberam isso e a segunda música caiu como uma luva pra ele e ficou muito boa em sua voz. Eu fiquei espantada com seu alcance e seu timbre rasgado me agradou bastante. Que bom que os jurados perceberam algum talento nele e resolveram dar uma segunda chance.

Ives: Não entendi o pimp, mas ok. Voz interessante, mas só isso mesmo, eu literalmente não tenho nada para falar.

Álef: Tem uma voz bacana mas acho não vejo ele indo longe, não. Falta o X factor.

 

Bom, é só isso tudo galera. Mais uma review chegando ao fim e eu devo confessar que o nível dessa semana me desanimou um pouco. Mas, mesmo assim, tivemos bons nomes como: Sean and Conor Price e. Gary Barker De qualquer forma, o saldo continua positivo, pois as duas primeiras semanas foram muito boas e eu estou a com esperança que teremos uma season melhor que a última. O que vocês acharam do programa? Já possuem algum favorito?

Obrigada pela presença e nos encontramos nas próximas semanas. Um abraço, gente. <3

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Tatiane Silva

Sou uma Social Media e Community Manager que ama tanto o que faz, que acaba fazendo isso quase que o tempo todo. Eu moro na internet, por isso acrescento doses diárias de cultura inútil e memes que é pra eu não me entendiar. Amo realities musicais, gasto horas em grupos de discussão e sou viciada em coisas que me fazem dar boas risadas e esquecer da minha conta bancária negativada.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu