Posts Populares

This Is Us – S02E07 – The Most Disappointed Man

“Os Pearsons seguem em frente. Nós não paramos!”

Em meio a tanta emoção, me pego intrigado com a capacidade desta série em me cativar e arrancar lágrimas de meus olhos durante seus 25 episódios exibidos. E me encanta ainda mais notar como a trama é narrada e descrita de maneira inteligente e cuidadosa, é difícil não se apaixonar pelas particularidades de cada personagem. O melhor de tudo é que, por mais clichês que algumas cenas soem, This Is Us sempre consegue surpreender.

Inicio os tópicos falando sobre o plot de Kevin atualmente, pois está um saco. Não sei que ideia é essa de quererem vincular sua fraqueza a de Jack, mas não tem tido um impacto positivo sobre mim. Sigo achando Sophie uma guerreira, por aguentar toda essa enrolação, e por mais que até eu mesmo seja um Kevin da vida, simplesmente não consigo respeitar. Espero que arrumem algo mais interessante para ele, pois esse lado vulnerável não tem feito tão bem, a não ser que tenha algo surpreendente reservado. Achei a cena da conversa forçada e chatérrima, e obviamente Sophie e Kevin não chegaram a ter uma convivência como Becca e Jack para que ela pudesse ter agido de outra forma em relação a toda essa bagunça.

Mas nem tudo atualmente está tão chato assim. Kate e Toby continuam a me emocionarem bastante e os poucos momentos que apareceram neste episódio foram cruciais ao ponto de me fazerem chorar fortemente. Primeiro de tudo que ele é um sonho de pessoa, e segundo que diante de tanta dificuldade que Kate enfrenta, não há ninguém melhor que Toby para dar uma subida no climão. Só espero que não matem essa criança, pelo sangue de cordeiro. E em tratando-se da atualidade, é bom falar um pouco sobre a relação de Randall, Beth e a relação com Deja. Tem sido muito legal e envolvente ver o amadurecimento dessa família com a decisão de adotar alguém que realmente precisasse de ajuda. Esta parte da trama rendeu-me duas cenas incríveis neste episódio, e as duas envolvendo Randall na cadeia, uma com Linda e a outra com a mãe de Deja. Foram impactantes e é sempre bom conhecer de perto estórias que podem nos fazer refletir por um momento.

Sempre bom lembrar como acho maravilhosa a sacada de dar um enfoque nostálgico, trazendo-nos momentos do passado de alguns dos personagens, acredito que esse seja o aspecto que distingue This Is Us das outras séries. Dessa vez tivemos o retorno de William e os tramites da adoção de Randall. O primeiro caso foi trabalhado de forma brilhante. Acho magnífico como os roteiristas sempre refrescam nossa memória sobre os personagens, é tão tal que Jack está aí, morto na atualidade e vivo nos corações de todos. Sinto que William possui uma notoriedade grandiosa na trama e seu retorno foi visto com bons olhos, ao menos por mim. Pude amar Rebecca novamente com toda essa ousadia e persistência que ela possui. O discurso dos juízes me fez pensar na vida bastante, sobre a sociedade naquela época e como a combinação da família Pearson era incomum para as pessoas. Bom ressaltar também o quanto em arrepiei e chorei com a cena de William e o juiz libertando-o, bem como da conexão que Randall trouxe e sua fala sobre adultos tomando decisões pelas crianças e me fez pensar as consequências de tudo isso no andamento da estória.

Sinceramente, esse episódio foi um show de reflexões e mexeu comigo, pois meio que tento imaginar o dia-a-dia de pessoas com vidas totalmente distintas da minha. No mais, sintam-se a vontade para compartilharem suas opiniões sobre o episódio e/ou review e, se possível, darem dicas ou sugestões, pois tudo é bem vindo. Espero encontrá-los em breve, abração e até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu