Posts Populares

Vikings – S05E08 – The Joke

Vikings como nunca vi.

Não vou mentir, de certa forma, eu meio que tinha umas expectativas acima do que foi exibido. No entanto, não posso deixar de admitir o quão positivamente surpreso fiquei ao assistir, refletir sobre o episódio e perceber que, de fato, Vikings está em uma nova era.

A princípio gostaria de elencar apenas os outros núcleos que tiveram seus momentos no episódio, a fim de distanciar um pouco o foco do duelo pelo qual todos estavam esperando. Não tenho certeza, mas Wessex me pareceu estar muito bem após as derrotas consecutivas em York, e o semblante de Aethelwulf não nos deixa dúvida da esperança depositada em Aethelred como o sucessor no trono, o que torna mais interessante a sensação de que Alfred, com sua notável ousadia, irá dominar e cumprir suas promessas, até porque suas atitudes e a pose apresentada diante do abade, bem como descontentamento em relação a felicidade nos olhos do rei. Não teve muito neste, assim como também com Floki e seus seguidores. Se me permitem dizer, tornou-se cansativo este núcleo, e certamente virá acontecer algo em breve entre esse pessoal, pois desde que tomaram posse do lugar que está nessa ladainha sobre o futuro e o arrependimento de ter vindo nessa viagem. Não sei bem o que este nos reserva, mas já adianto dizendo que não tenho muita expectativa para com o mesmo.

Me desculpem os fanáticos da série, mas não pude deixar de pensar na “Batalha dos Bastardos” de Game of Thrones, a partir do momento que vi os dois grupos separados e, no meu ponto de vista, chega a ser positiva uma comparação dessas, uma vez que o episódio do aclamado seriado da HBO teve um das melhores produções e desfechos dentre todos os que já tive a felicidade de assistir um dia.

Para ser bem sincero, não vejo “The Joke” como um exemplo de ótimo episódio em todos os aspectos, a não ser ter sido bem produzido e talvez por termos conhecido um novo lado desse povo que já mostrou ser tão bruto. Na verdade, depois acabei entendendo o porquê deste não ter sido meio enrolado e não tão decisivo, talvez o mais impactante está por vir, principalmente por faltarem ainda dois episódios para finalizar a primeira parte desta temporada.

Como esperado, a cena da batalha foi incrível! Vikings nunca decepciona neste quesito, e ainda tivemos bem mais junto disso. Na minha opinião, este duelo envolveu muito drama familiar e por muitos momentos imaginei que Lagertha estivesse negativa sobre o resultado desta batalha. Na verdade, chegou a ser cômico o fato do suspense feito em cima sobre onde Ivar e Harald iriam atacar Kattegat, quando neste episódio tudo parecia nada surpreendente, desde o fato de um grupo estar esperando pelo outro, bem como ter passado despercebido para Harald o fato de Lagertha estar preparada para o ataque.

A parte do episódio que teve maior impacto negativo sobre mim de início foi ver os grupos e pensar alto: agora vai, porra! Quando, de repente, eles decidem conversar como se não tivessem sedentos por uma luta. Foi aí onde percebi um distanciamento da essência da série, contudo, acabei me conformando e aceitando que era pelo fato de ser um duelo entre pessoas que costumavam ir à luta lado a lado.

Na cena em que eles sentaram-se para bater um papo bem pacífico, eu jurava que Ivar iria fingir um “cessar-fogo” só para infiltrar-se em Kattegat e acabar com todos, mas meu sonho não demorou muito a ser desfeito. Não me levem a mal, não quero a morte de nenhum personagem importante, só que depois de Ragnar e Athelstan terem se despedido, estou pronto para qualquer desfecho e tento me apegar o mínimo que posso. Mais uma vez Ivar tentou se safar, e acredito que tenha sido pelo fato de ter notado a derrota que viria a acontecer. O que acabou nos trazendo outra grata surpresa e levantando até mesmo uns questionamentos. Os Sami foram, junto com Bjorn, os gloriosos do episódio e da batalha, foi legal ver o quanto são audaciosos na mata. Mas se teve algo gostoso de assistir, isso sim foi a cara de puto de Ivar com a derrota, impagável!

Os dois questionamentos que ficaram pra mim foram:

  1. Heahmund irá se aliar a Lagertha? Qual será o desfecho disso aqui, algum dos dois morrerá?
  2. Será que Astrid não está todo esse tempo com infiltrada e só está fingindo para sermos pegos de surpresa no fim?

No mais, convido-os para assistirem ao vídeo promocional do que está por vir, compartilharem suas opiniões sobre o episódio e/ou review e, se possível, darem dicas ou sugestões, pois tudo é bem vindo. Espero encontrá-los em breve, abração e até a próxima!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu