Antes de irmos para a nossa review de cada dia, queria pedir perdão aos nossos leitores pelo atraso desse que vos fala e prometo que a season finale sairá em dia.

Essa semana eu estava fazendo uma pesquisa mais aprofundada sobre o caso do O.J. e uma coisa que fica na cabeça de todos é: Porque o Júri inocentou alguém que tem culpa no assassinato? E eu já estava me perguntando, o porque que a série não deu destaque ao júri se foram eles que deram um rumo para essa historia que acompanhamos? Ate que veio o episodio 8 que nos deu um entendimento maior de tudo isso.

Logo de cara, temos o corpo de júri do caso do O.J revoltadíssimo porque era previsto que eles passassem 2 meses em serviço do tribunal, e não 8 meses. Em seguida fomos levado para o inicio, quando todos já tinham sido escolhidos e podemos perceber que na verdade boa parte deles queriam passar “ferias” em um hotel de luxo, e outros queriam aparecer “sofisticados” na frente do tribunal, mas não foi bem assim que ocorreu e eles viram que o negócio era muito mais em baixo, quando, eles foram proibidos até de ver TV.

Depois da vergonha que a promotoria passou ao fazer com que O.J. experimentasse as luvas, Marcia tentava tapar o buraco da derrota,quando, ela usa o DNA do O.J. encontrado na cena do crime como prova.

ACM43

Ps. Ok! Vamos abrir um espaço aqui para trazer alguns fatos reais sobre o caso. A promotoria trouxe ate o tribunal, mais de 100 evidências que provariam a culpa de O.J. nesse caso. A defesa é claro, contra-atacou alegando que as provas foram frutos de buscas não autorizadas. As evidencias que O.J. era o assassino estava cada vez mais clara,pois, o seu sangue era compatível com a cena do crime, as pisadas no local do crime, cabelos semelhante com a do acusado, e claro, o famoso par de luvas ensaguentadas que continha o DNA do O.J. E sem contar o histórico de agressão que Nicole sofria pelo ex jogador. Tudo isso dava ao júri motivos suficientes para condenar o acusado.

Voltando para review, a defesa estava esmagadora, e cada evidência trazida para favorecer a promotoria, a defesa fazia com que tudo que fosse apresentado,não passasse de provas concretas da inocência do O.J. E isso só trazia cada vez mais o júri para o lado deles.

ACM44

O júri em si, estava sendo desintegrado aos poucos, pois, alguns deles tinham mentido em seus formulários e esconderam coisas do tipo como: prisão por sequestro e violência doméstica, o que deixou Cochran furioso por perder dois votos “negros”. O juri se destacava porque mesmo em silencio, eles falavam o que pensavam.

ACS46

O júri do julgamento se tornou uma disputa. De um lado, a promotoria eliminava todos os prováveis votos em favor de Simpson, e do outro, a defesa tentando se antecipar na substituição do júri o que causou atrito entre Marcia e Cochran.

ACM45

Enquanto o júri se torna um personagem de destaque dessa novela que se tornou o julgamento de O.J Simpson, O.J. deu a ideia e não abre mão de depor no julgamento, o que divide o seu “Dream Team” mas Cochran persuasivo que é, convence a todos que isso seria uma boa jogada.

O episodio se encerra com Rob Kardashian se dando conta da personalidade duvidosa do O.J. E com a certeza que ele matou Nicole.

Screenshot_1

É isso meus amores. Apesar do atraso, eu espero que vocês também estejam amando a serie como eu estou. Então, escolha i seu lado, monte a sua defesa e vem com nois comentar American Crime Story.

Dam Souza
Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: