Um mix de grandes emoções, um crescimento gradativo na qualidade dos episódios e com grande chances de renovação, é dado início então à segunda metade da atual temporada da franquia da Marvel na ABC.

Depois da queda da S.H.I.E.L.D. e com a H.I.D.R.A. em ascensão, vimos o #TeamCoulson em apuros, como fugitivos e com poucos recursos para impedir as novas ameaças que vieram a calhar. Recrutando novos membros, pouco conhecidos, o que não foi nem um pouco negativo, só fortificou a equipe, cada vez mais. Depois do que Ward fez com Fitz-Simmons, deixando o pobre Fitz em uma situação psicológica complicada e Ward é prisioneiro/informante dos nossos agentes, mexendo com a cabeça de Skye para que ela busque pelo seu pai, o que acaba acontecendo, deles finalmente se verem. E com a chegada do novo vilão do pedaço, o Doutor Whitehall, Simmons deu um jeito de se infiltrar em HIDRA como espiã até que chega o momento que ela é resgatada e volta para SHIELD, tivemos o prazer de conhecer Peggy Carter, e o romance de Hunter e Bobbi cada vez mais forte (mesmo que eles não admitam), a SHIELD cada vez conquistando espaço e conseguindo fortalecer-se, uma boa dosagem de May com as melhores caras, atitudes e ganhando até uma cópia (sou fã), Whitehall sendo morto por Coulson, fazendo com que o pai de Skye fique sem uma missão para seguir e Ward fugindo da cidade alien com a Agente 33,  até que Skye começa a descobrir coisas do seu passado ao lado de Raina (ambas 0-8-4), até que acontece algo inesperado, e vimos elas passarem por um tipo de transformação, Trip acaba por falecendo e temos a chance de conhecer os Inumanos.

tumblr_ngcnc82ZNM1u3kolao1_1280

Vindo para o episódio 11, que começou de uma forma intrigante e introdutória, mostrando-nos o passado do Inumano que apareceu no fim do episódio passado, Gordon, e da sua relação com a mãe de Skye (Em 1983). Após isso já temos a oportunidade de acompanhar uma cena bem interessante de Skye e Coulson adjunto ao modo como a equipe está lidando com o que aconteceu no templo, Skye em quarentena, Coulson sempre com palavras de boa fé e determinação e Fitz frente à frente com o que restou de Trip (é, não é fácil pros nossos Agentes), e fica a deixa: Cadê Raina? Como ela está? Após isso, começam as especulações para quem substituirá Whitehall numa reunião de pessoas nem um pouco fãs da SHIELD.

Raina finalmente aparece e já matando três pessoas (em forma de porco espinho), e Simmons ao ver o acontecido tenta reagir e Raina acaba escapando. Coulson resolve atacar HIDRA e nada mais nada menos do que uma discussão entre a equipe para agitar um pouco as coisas, e quando eu digo agitar é um agito mesmo: deixando Skye nervosa e fazendo com que ela faça as coisas tremerem dentro da quarentena, sem contar a cena que ela tem com Fitz, as coisas vão bem além.

tumblr_nkoyntqk9u1tcbchho6_r1_250

Bashki que até então é refém, é usado de isca para que haja o ataque à HIDRA e tudo ocorre bem. Até agora estou me perguntando, se Skye está diferente, por que ela não se transformou? Sabemos que deve ter algo a ver com a sua mãe, mas por que? O fim dos episódios estão sendo muito intrigantes mesmo. Todos lembrando de Trip, Raina sendo salva por Gordon, Skye e Fitz mantendo segredos e Mack e Bobbi, o que será que eles estão tramando? Serão eles da HIDRA? Quais serão os novos desafios de Skye? Será que ela encontrará o seu pai mais uma vez? Só sei que a SHIELD venceu mais uma batalha! As expectativas para os próximos episódios estão altas. Até a próxima galera!

tumblr_nkp6ok6Ye71te2y97o1_250

Antonio Netto
Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: