Sinistro!

A atual temporada de American Horror Story tem me deixado tão intrigado que seria mentira minha dizer que não estou amando toda essa bagaceira. Com a promessa de uma grande reviravolta no episódio seis, Ryan Murphy parece ter se reinventado ao resolver moldar a sua série antológica de uma maneira diferente. Até então, todo esse suspense relacionado a todos eventos que giram em torno dessa casa e a forma como a história está sendo desenvolvida, está funcionando de forma demasiadamente impactante. Só queria que AHS fosse Netflix para que eu pudesse assistir logo essa temporada toda, pois não estou me aguentando de ansiedade.

439564

A cada episódio que passa, a vontade de me aprofundar em tudo que possa envolver a colônia dos Roanokes só aumenta, chega a ser triste por não ser algo referente à cultura brasileira, então se faz necessário uma pesquisada sobre o assunto, a qual não encaixa na minha falta de tempo. Conhecer mais sobre os personagens de Lady Gaga e Kathy Bates e deparar-se com a inserção de Cricket foram as duas ótimas surpresas deste episódio. De um lado Lady Gaga, bizarra por si só com todo essa produção admirável, induzindo até mesmo o libido de Matt, enquanto que Kathy Bates, atuando deslumbrantemente no papel de Thomasin White, mostrou para nós quem é que manda nessa porra.

O desaparecimento de Flora trouxe consigo uma série de fatores importantes para a construção do suspense ao redor da trama presente nesta temporada e, junto ao fato de sempre que avisto um porco estou automaticamente relacionando o fato à primeira temporada, a aparição de Cricket acabou por trazendo à tona este lado sinistro que dá gosto de assistir, aquilo que nos remete à essência de American Horror Story, vulgo Asylum que é a melhor temporada da história. E foi de fato importante, pois ao menos eu estava precisando de um certo esclarecimento.

439752

Por mais que tenha acontecido tanta coisa nova, não há muito o que falar sobre este episódio. O mesmo passou tão rápido que não me deu a chance de me encontrar no meio de todo esse suspense e, quando acabou, dentro de mim havia o desejo de que pudesse ter mais o que assistir. As cenas em si não foram tão impactantes ou inesperadas, a morte de Mason foi por mim glorificada de pé, porém minha maior vontade é apenas descobrir mais sobre tudo que esteja sustentando a trama. Também é válido ressaltar que, além de querer saber mais sobre Priscilla e ver o rostinho dela, sinto que há alguma coisa estranha por trás da filmagem deste documentário, parece algo fora do lugar ou simplesmente não encaixando. Por isso, espero relutante o que está por vir e a grande reviravolta, para ter mais certeza do que pode vim a render esta nova temporada. Contudo, com um elenco maravilhoso desse e uma história tão intrigante como essa, só me faz esperar grandes desfechos vindo por aí.

CROATOAN!

Confiram a promo do próximo episódio:

No mais, não deixem de compartilhar conosco suas opiniões sobre o episódio, sintam-se à vontade para darem suas dicas e também comentários sobre a review. Até a próxima!

 

 

Antonio Netto
Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.
Deixe-nos um comentário!
  • Bruno

    Kathy Bates e Angela Basset são muito maravilhosas!

%d blogueiros gostam disto: