Posts Populares

Altered Carbon – S01E02 – Fallen Angel

Enquanto Kovacs tenta encontrar um homem que enviou a Bancroft uma ameaça de morte, a tenente Ortega quebra as regras para controlar o seu paradeiro.

O assassinato do bilionário Laurens Bancroft segue sendo a trama central da série que trouxe mais alguns elementos nesse segundo episódio que se conectam a essa ideia central. O primeiro desses elementos vem com a história por trás do assassinato da jovem Lizzie Elliot, descobrimos através daquele dispositivo que contém a “alma” de Lizie que ela morreu de alguma maneira muito drástica o que lhe causou certos traumas psicológicos e uma certa angústia que a impedem de ser reeimplantada em outra capa.

Os momentos que antecedem o encontro entre Kovacs e o pai de Lizzie, Vernon Elliot são sensacionais. A forma como eles exploram a tecnologia com as habilidades de Kovacs para encontrar o possível assassino de Bancroft são incríveis. Afinal é preciso justificar o porque acordar um mercenário que estava congelado por 250 anos. Enfim, descobrimos então que Lizzie sempre se encontrava com Bancroft e que a ameaça que o pai dela fez a ele tinha uma possível razão.

Dada a situação vemos o lado mais Sherlock Holmes de Kovacs aparecer, ele acaba indo a um bordel onde de forma convincente se passa pela mãe de Lizzie e engana uma das prostitutas que trabalha naquele local para conseguir mais informações. Descobrimos então (como esperado) que Laurens não é nem um santo e que gosta de brincar de forma radical com as garotas, chegando inclusive a matar ela e pagar novas capas mais jovens e belas para elas quando certos acidentes acontecem. Mais um dilema moral se pararmos para pensar, afinal se você é rico o bastante você pode matar e pagar para reviver aquela pessoa em outra capa como se nada tivesse acontecido, e além do mais o quão ético é isso, esses pequenos detalhes acabam construindo a singularidade da série.

A saída de Kovacs do bordel acaba com um momento de ação, envolvendo ele, o pai de Lizzie e alguns lutadores estranhos e bizarros, inclusive um deles portando uma super armadura em sua coluna que eu só fiquei esperando os segundos para ver quando o Kovacs iria fazer aquilo de acertar em algum ponto para causar um curto circuito, achei bem óbvia a cena da batalha e ainda mais óbvia a chance da Tenente Ortegã levar ele preso por alguns minutos.

O segundo elemento veio com uma outra personagem, uma jovem loira aparece caindo em um lago e aparentemente morrendo ali. Uma criança a encontra, mas o pai dela se nega a ajudar. Aparentemente seria algo que não teria relação nenhuma com a trama central, mas se está ali é porque tem! Mais tarde, após um dia de cão para a Tenente Ortegã que foi pega no flagra por um dos seus colegas com um rastreador que ela não deveria estar usando, a própria precisa se encontrar com a mãe da garota e tentar explicar o motivo pelo qual o corpo da garota não foi liberado para a mãe.

Para fechar o dia de cão de Ortegã, ela ainda tem uma conversa com a mãe que resolve fazer aquela intromissão na vida para alimentar a filha, quem nuncaaaa! A mãe dela chega lá palpitando e julgando ela por conta da religião deles, os Neo-Católicos que não acreditam e não compactuam com essa passagem de capas e capas. Tudo isso fica mais interessante quando vemos Ortegã entrando no necrotério e se deparando com uma câmera fria que aponta como vazia, de lá ela puxa e encontra o corpo da garota morta.

Mais a frente vemos a mesma Ortegã indo a uma capela e pedindo perdão por algo que ela fez, vemos então ela arrancando o disco da jovem que morreu e umas cenas apontando sobre a morte de Laurens Bancroft, será que foi ela então? Ainda precisamos de mais peças para montar esse quebra cabeça.

Com os dois elementos apresentados tivemos ainda uma participação pequeno do excêntrico Poe, o dono do hotel que sempre aparece de forma peculiar com pequenas cenas e comentários ácidos e pertinentes. O final ainda envolveu aquele encontro premeditado do primeiro episódio, Miriam Bancroft e Kovacs se envolvem e o close em bundas foi altíssimo minha gente, que BUNDAS! Rola um sexo forte entre ambos e vemos que alguém está filmando tudo para divulgar no Redtube ou no site porno que existe naquela época! kkkk

Acredito que o segundo episódio conseguiu manter a boa estréia da série, apesar de amar os efeitos visuais, os cenários e tudo que vem sendo utilizado, confesso que esperava um tiquinho mais do enredo e dos personagens, talvez um pouco mais de carisma de alguns deles, mas vamos indo, restam mais 8 episódios para Altered Carbon justificar todo o AUE em torno de seu nome.

P.S. Destaque para todas as cenas do passado que remeteram a tudo que Kovacs viveu e a forma como ele foi treinado e tudo mais, essa parte da série acredito que tenha sido um dos maiores acertos dos roteiristas até aqui.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Amado por 30 milhões de Brasileiros! Paulista, Canceriano, 25 anos, Químico e atualmente faço Doutorado em Biotecnologia e Polímeros. Me achou nerd neh? Sou mesmo! Amo uma boa banda alternativa/indie, fã número 1 de Imagine Dragons e adoro perder um bom final de semana maratonando séries! P.S. Sou bêbado também gente, me chama para uma cerveja e para falar de série!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries