Posts Populares

American Idol – S17E01 – Auditions, Part 1 [SEASON PREMIERE]

A mãe de todos os realities musicais está de volta!

Após um comeback muito satisfatório no ano passado, o American Idol retorna para a sua 2ª temporada na ABC! Os jurados permanecem os mesmos: Lionel Richie, Luke Bryan e Katy Perry. E infelizmente, Ryan Seacrest segue apresentando também.

E em clima de folia, hoje eu conto com a presença do meu BFF do Panelas, Lindomar, comentando as performances comigo! Sim’bora colocar o Bloco do Idol na rua!

Walker Burroughs – “Love Like This” by Ben Rector

Avalie a performance:

Luana: Caralho, eu me apaixonei pelo boy, tudo bem que é carnaval, mas?????? Que personalidade linda, gente. E isso porque eu nem entrei no mérito da voz dele ainda, misericórdia. Walker é um fofo e tem um carisma ABSURDO, eu nem sei como explicar pra vocês, hahaha. E daí ele foi lá no pianinho e cantou, porém muito antes disso eu já estava torcendo por ele! Ele mandou super bem nas duas músicas, mas claramente a conexão da canção realmente escolhida por ele fez toda a diferença. Ele tem uma voz muito segura e precisa, e tem tudo para ir bem longe na competição, viu! Adorei!

Lindo: Excesso de fofura? É assim que eu definiria esse moço pelo qual já adorei antes mesmo de cantar. Apesar disso achei que a primeira música que ele cantou não valorizou sua voz ou mesmo a projeção que ele teria, no início ficou até difícil ouvir ele, entretanto no pouco que ele fez na segunda música pudemos ver uma mudança nítida com ele sendo mais agressivo, estando mais solto e conseguindo mostrar toda beleza de seu timbre e os nuances que ele poderia trazer! O boy tem potencial, adorei ver ele seguindo.

Aprovado

Johanna Jones – “I’m Not The Only One” by Sam Smith

Avalie a performance:

Luana: Primeiramente, como pessoa VICIADA em batata frita e cantora profissional (-sqn, lol) de karaokê, gostaria de dizer que adorei o ritual pré-performance e irei aderir com toda a certeza, haha. E olha, por toda a gracinha do início, eu confesso que cheguei a duvidar um pouco do que Johanna poderia apresentar. Ainda bem que fui surpreendida para o bem aqui, viu! Apesar de não curtir muito Sam Smith, acredito que ela acertou na canção, pois a permitiu mostrar as melhores partes de sua voz e isso é o que todos devem almejar em uma audição, né não? Enfim, Johanna tem uma voz muito bonita e fez por merecer seu ticket para Hollywood!

Lindo: HAHAHA, descobrimos que tanto Johanna quando Katy são viciadas em batatinha kkkk, simplesmente MORRI com Katy engolindo até o pacote e o Luke salvando ela kkk. Quanto a música apesar de não gostar da Sam Smith (muito gêmea de Luana sim) concordo totalmente que a música foi um tiro certeiro para Johanna. Ela se conectou com a música e conseguiu trazer certa emoção, trouxe bons vocais e mostrou que tem até um certo “grunge” na voz que me deixou com a pulga atrás da orelha sobre ela puxar um pouco para o country também. Enfim, ela fez uma ótima audição e mereceu avançar. 

Aprovada

Kai, The Singer – “My Girl” by The Temptations

Avalie a performance:

Luana: Essas histórias de superação sempre me derrubam, e quando Kai disse “quando você está vivendo, não parece realmente sofrimento, parece apenas a vida”, nossa… Que real, né. Às vezes eu reclamo de coisas tão pequenas na minha vida e esqueço o quão sortuda eu sou. Kai tem uma personalidade incrível e uma maneira muito singela de ver a vida. Quando ela cantou “Thinking Out Loud”, estava super nervosa e acabou não entregando algo tão bom. Mas fiquei feliz quando o Lionel pediu uma segunda música, e ela simplesmente brilhou no piano! Kai não é uma das cantoras mais brilhantes que eu já ouvi, mas ela merece demais a chance de continuar evoluindo e buscando algo melhor para sua família! Dizem que determinação é tudo, mas não é não. Sabem o que é tudo de verdade? Determinação E oportunidades, apenas com esta combinação podemos ser minimamente justos! Estarei torcendo demais para a Kai!

Lindo: AAAAAH Kai <3 Que coração mais puro, que história e que determinação. Sinceramente depois de ouvir toda sua história e ver ela sucubindo ao nervossimo com Thinking Out Loud eu fiquei bem triste, mas graças a deus essa bancada é PURO AMOR e compreende que existem momentos e momentos, foi simplesmente lindo ver Lionel sendo como um pai ali. Kai foi ao piano e mostrou seu lindo timbre, tão puro, tão claro e com uma versão de My Girl que soou tão autentica, simplesmente AMEI. Merecidissimo a sua aprovação. 

Aprovada

Tyler Mitchell – “Whenever You Come Around” by Vince Gill

Avalie a performance:

Luana: Tá, legal. Audição legal, mas nem tenho muito pra falar, porque não senti muita coisa aqui. Mas acho que Tyler mereceu demais seu ticket, até porque, ele teve que lidar com Luke Bryan entrando no meio da música e não soando exatamente legal, hahahaha. A gente ouve tantos artistas country nesses realities americanos que realmente fica difícil se envolver com todos, né. Apesar de Tyler ter uma ótima voz e um timbre muito bonito, eu não sei se torceria por ele nas próximas fases. Mas vamos ver, né.

Lindo: Confesso que eu só queria pular os primeiros minutos com aquela voz arrastada country da qual peguei ranço após 16 temporadas de The Voice, mas Tyler mostrou uma voz sólida e potente. Ele mostrou certa desenvoltura conseguindo transbordar emoção e realmente se conectar com a música, acho que faltou um pouco de originalidade mas para o nível das audições eu acho que ele foi bem e fez o necessário para a aprovação. 

Aprovado

VoKILLZ – “American Creature” (Original)

Avalie a performance:

Luana: Por Deus? Eu esperava coisa muito pior. Eu nem acho que VoKILLZ qualifica como joke act, porque ele realmente mandou bem no que se propôs a fazer. No entanto, eu fiquei em conflito, porque não sei como um act assim encaixaria na competição. Ao mesmo tempo, não é meio injusto a gente desqualificar alguém simplesmente porque o estilo musical que ela canta não é o convencional de realities musicais? Heavy metal é um estilo, essa voz “gritada” é uma forma de canto, tem toda uma técnica envolvida e realmente demanda trabalho vocal (mais do que se imagina). Talvez eu também tivesse dado um “não” para o moço, mas essa audição realmente me fez pensar sobre essa questão.

Lindo: Heavy Metal não costuma ter espaço em realities e acredito porque o público de casa não terá uma relação muito amistosa com alguém gritando em sua TV. VokillZ trouxe uma caixinha de som e mandou ver nos grunhidos, nos gritos e em uma voz extremamente GROSSA. Eu não vou me meter a falar algo técnico aqui porque não entendo nada do que ele fez e não acho que ele conseguiria avançar no show e entendo os não que ele recebeu, além de tudo isso não vi ele levando tudo com seriedade de certa forma, enfim, eu acho que acompanharia os votos de Lionel e Luke. 

Reprovado

Margie Mays – “Shot” by Lawrence

Avalie a performance:

Luana: Eu queria dizer que Margie é forçada, mas daí tudo foi seguindo, e sei lá…. Ela pode, possivelmente, realmente ser assim? HAHAHA. Bom, eu sei que não conseguiria ser amiga dela sem surtar (porque eu já sou surtada), mas se é pra falar de voz: ARRASOU! Eu adorei de verdade a performance da Margie! Ela tem uma vibe bem teatral, então imagino que ela deve cantar musicais divinamente bem, e apensar de não ser meu estilo preferido, eu gostaria de vê-la tentar, de verdade! Bom, se estamos falando de voz, a moça superou todas as expectativas e mais do que mereceu seu passe para a próxima fase!

Lindo: Me senti assistindo alguma audição de #Glee com toda uma teatralidade sendo explorada e ao mesmo tempo os vocais on point, Margie fez um bom trabalho e com certeza mereceu avançar. Para as próximas fases ficarei bem curioso porque ela precisara ir para songs choices mais complexas que exigem mais dos vocais e talvez esse lado teatral que traz vida a suas performances fique mais de lado, mas vamos ver. 

Aprovada

Myra Tran – “One Night Only” by Jennifer Hudson

Avalie a performance:

Luana: Gente????? Meu Deus, como pode uma mocinha tão pequenininha emitir essas notas tão gigantes? Eu estou chocada, hahaha. Myra é uma fofa e apesar de ter cantado com tanta convicção e firmeza, ela parecia incrédula dos jurados terem gostado tanto. Eu amo essas pessoas que tem talento, mas acima de tudo, uma humildade incrível. Essa menina tem uma voz gigante e eu realmente espero que ela siga conquistando seus sonhos e metas! Arrasou demais!

Lindo: SOCORROOO, a primeira grande audição e eu já estava ficando irritado com as risadinhas do Luke kkk. Myra matou a pau e fez jus a uma das melhores composição da deusa Jennifer Hudson. Myra tem o pacote completo para seguir a linha diva na competição e arrasar semana pós semana. Vamos ver ela destruindo muito ainda.

Aprovada

Uché – “Ain’t No Other Man/God Is Able” by Christina Aguilera/Smokie Norful

Avalie a performance:

Luana: Eu já vou logo ser honesta e dizer que não gostei. Uché parece ter bastante energia, e claramente tem muita personalidade. Mas nem na música da Xtina, nem no gospel, eu curti a voz dele. De forma alguma estou dizendo que ele não pode cantar, pois o talento está ali. Só acho que é uma voz que não teria tanto destaque na competição e não acho que ele fez um bom trabalho de apresentação vocal. Lionel deu o seu “sim” baseado em potencial, então eu realmente espero que Uché corresponda às expectativas do jurado, e acabe me surpreendendo também.

Lindo: Uché tinha muito com o que se preocupar ao escolher Christina Aguileira e ainda querer dançar, ele acabou que ficou devendo em tudo. Faltou vocais, faltou segurar as notas, faltou respiração e os passos de dança ainda não foram lá essas coisas. Quando ele cantou gospel, sua voz ainda soou meio quebrada não deixando tão claro o quão potente os vocais dele poderiam ser, eu diria não.

Aprovado

Laci Keye Booth – “Mama Tried” by Merle Haggard

Avalie a performance:

Luana: Que linda! Gente, a voz dessa moça soou pra mim como uma mistura de Miley Cyrus e Amy Vachal (ex act da S9 do The Voice), e bem, são duas vozes que eu sou simplesmente apaixonada. Geralmente, eu não vou na direção de artistas country, mas acho que Laci transcende essas barreiras. Eu concordo demais com o que a Katy disso sobre a voz da moça ser extremamente única, porque é! Ela tem potencial de sobra de seguir firme e forte na competição. E espero demais que ela tenha futuro e siga escolhendo boas músicas para sua voz, porque um timbre aveludado desses é doce para os ouvidos de qualquer um!

Lindo: Gente ela tem algo tão único, tão singelo e melancólico presente no timbre dela que tornou uma performance que poderia ser boring em algo novo, refrescante e lhe caiu muito bem. Laci não saiu do básico mas baseado em seu timbre único acabou lhe sendo o suficiente para avançar, vamos ver as próximas fases. 

Aprovada

Nick Rogers – “Mine” by Bazzi

Avalie a performance:

Luana: O grito com o pobre do Lionel, HAHAHAHAHAHAHA. Ai geração nova, por que és tão desavisada? Ôh gente, como que alguém não conhece a icônica “HELLO! IS IT ME YOUR LOOKING FOR???? I CAN SEE IT IN YOUR EYES, I CAN SEE IT IN YOUR SMIIIIILE” e seu videoclipe MA-RA-VI-LHO-SO?! Ai, que dor no coração! HAHAHAHAHA. Mas bem, Nick fez uma boa audição. E pra ser sincera, o rap dele realmente me impressionou. Semana passada assisti um suposto “rap” numa audição do The Voice e fiquei com vergonha de ser branca, porque bem ruim e a pessoa claramente tinha certeza que estava arrasando. Mas esse boy aqui mandou bem de verdade. Eu não sou especialista de rap/hip-hop, mas única por intuição acho que ele se garantiu.

Lindo: Eu to é morto com o branquelo falso falando que Lionel era uma de suas raízes e pego no pulo pela Katy. Ele fez um bom trabalho vocal em um rap/hip-hop básico ali, conseguiu controlar a respiração e conquistar o juri. Gostei e foi apenas isso kkk.

Aprovado

Tiffanne LeMay – “Best Part” by Daniel Ceasar

Avalie a performance:

Luana: Que amor de criatura! Eu amo que nessa audições do Idol sempre aparecem essas personalidades super carismáticas e naturalmente “cool”. Eu sou socialmente esquisita e eu tenho certeza que jamais teria a capacidade de estar na frente dessas pessoas sem parecer uma completa idiota não funcional. Ter que apresentar seminário da faculdade na frente de pessoas que eu conheço há 4 anos e meio já não é fácil, imagine então algo assim. Mas enfim, Tiffanne tem uma linda voz. E eu senti um “quêzinho” de R&B atual, desses estilo SZA, H.E.R., sabe? Dessa renovação do gênero que realmente está pegando com tudo. Ela pode render muito na competição, e eu torço por isso!

Lindo: Tifanne FADA que merecia o SIM só por trazer o icônico álbum que Chandler (Friends) aparece escutando em seu “walkman” (vocês sabem o que é isso?) e mandando ver em um dueto com a maravilhosa Phoebe. Thifane tem uma linda voz gente, um timbre delicioso de se ouvir, consegue transitar entre notas mais altas e suaves, traz uma vibe mais renovado ao R&B. Simplesmente adorei. 

Aprovado

Nick Townsend – “Let It Go” by James Bay

Avalie a performance:

Luana: Ai nossa, que pesado. Eu quase não consigo assistir a história do Nick até o fim, porque eu tenho um irmão mais novo e nós somos extremamente unidos, e eu simplesmente não conseguiria nem imaginar a dor que esse rapaz carrega consigo. Enfim, uma família que já passou por tanta coisa merece esses momentos gratificantes, né? Nick tem uma voz muito legal e um timbre agudo que entra muito fácil e gentil nos ouvidos. Além disso, sua voz tem umas nuances rasgadas que realmente lembram a voz do próprio James Bay. Linda audição!

P.S.: Eu lembro desse menino lá na S12 do The Voice cantando “Writting’s On The Wall”, não virando cadeiras e me deixando REVOLTADA (acho que até comentei na review aqui do site do episódio no dia). Como o mundo gira, né! Merecido demais, Nick.

Lindo: Olha eu fui as lágrimas já na história de vida do Nick, eu não consigo me imaginar passando pelo que passou, é simplesmente surreal. Nick pegou uma das minhas músicas favoritas e conseguiu mandar bem, ficou nítido que ele estava nervoso e poderia ser ainda melhor, mas ele trouxe ótimos nuances, conexão com a música e fez o suficiente para avançar. Já estou na torcida por Nick. 

Aprovado

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Então, não acho que foi uma premiere “uau”, mas foi muito consistente e bem promissora. Eu adorei a grande maioria dos acts de hoje! Até aqueles que não me surpreenderam tanto vocalmente, conseguiram compensar em outros fatores. Gostei também de não estarem mais colocando tantos “joke acts”, pois é um conceito muito batido e criar entretenimento humilhando os outros não é legal, e sempre foi uma das coisas que me afastavam um pouco tanto do Idol, quanto do X Factor.

Mas enfim, gente! O que vocês acharam dessa estreia? Animados para temporada?

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Imagine só que um dia me foi perguntado quem eu era, e juro, até hoje não sei responder. Mas os fatos são: tenho 21 anos; sou de escorpião; amo meu cachorro e meu gato mais que tudo; estudo Rádio/TV/Internet, ouço Maroon 5; piro no Adam Levine; consigo colocar os pés atrás da cabeça; e - contraditoriamente - por fim, nasci de 7 meses.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries